Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

iderley

Membros
  • Total de itens

    280
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Sobre iderley

  • Data de Nascimento 31-07-1979

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Estados Unidos, Itália, México, Peru, República Dominicana, Uruguai, Venezuela.
  • Próximo Destino
    Ilhas Galápagos (Equador)
  • Ocupação
    Analista de Sistemas
  1. Estive na Chapada entre os dias 18 e 22 de março. Gostaria de recomendar os serviços da Márcia ([email protected] - 65 92417582) para as trilhas em que a presença de guia é obrigatória. Ela é extremamente atenciosa e se assegura de que tudo corra bem durante as trilhas. Fabiano.
  2. Fala Leonardo, tudo ok? Se não me engano era próximo de USD 100 o dia, mas mande um e-mail perguntando quais serviços/passeios ele oferece que ele manda o preço numa boa. Daí é possível também customizar de acordo com o teu gosto e necessidade (transfers, passeios, etc.). Abs!
  3. Oi! Seguem as respostas: 1) No tópico em que fiz o relato após a viagem eu postei todos os gastos e quanto estava o câmbio na época, por aí vc consegue ter uma base: atacama-salar-de-uyuni-la-paz-lago-titicaca-cuzco-machu-picchu-lima-bogota-t69563-60.html#p723795 2) Tranquilamente! As mais conhecidas são a Colque e a Cordillera, mas tem outras menores também. 3) Sim, o trem parte de Uyuni para Oruro. Fique só de olho, no site do trem, pois não é todo dia que tem. http://www.fca.com.bo/contenido.php?seccion=2&subseccion=41 Inicialmente eu ia de trem, mas para economizar tempo (sacrificando o conforto) acabei indo de ônibus até La Paz. 4) Acho um pouco difícil pela quantidade de dias do seu passeio. R$ 1.500,00 daria uma média de aproximadamente R$ 100,00 por dia e nisso teria que estar incluso hospedagem, transporte, alimentação e passeios. Claro que o teu custo final vai depender bastante do seu estilo de viagem, mas acredito que acabe gastando mais. O Atacama é bastante caro e a Bolívia, em geral, bem barata. Quanto ao Visa Travel Money, possível é, mas nem sempre vai encontrar local para saque e às vezes quando encontrar pode não funcionar. Eu recomendaria sempre ter uns dólares à mão. Abs!
  4. Oi! Dá p/ fazer o roteiro da forma como vc falou sim. Copacabana não fica muito longe de La Paz e, voando por lá, normalmente é mais econômico mesmo. Sobre Puno, não vou afirmar pois não cheguei a fazer nenhum passeio por lá, só estive de passagem. Mas pelas minhas pesquisas não achei que fosse um local imperdível, até mesmo porque vc vai conhecer o Titicaca do lado boliviano. Não sei, se estiver com um dia sobrando de repente vale a pena ir, pois já vai estar por lá mesmo, do contrário poderia deixar que, acredito eu, não fará uma falta tão grande. Os tours que eu recomendo são os mais populares mesmo: Atacama: Vale da Lua / Vale da Morte, Lagunas Altiplanicas, Geysers del Tatio, Lagoa Cejar, Salar de Tara (este último é mais caro e leva praticamente um dia todo, mas acho que vale a pena) e Tour Astronômico (dependendo do seu interesse pelo assunto e $$$ "sobrando"). La Paz: Chacaltaya, Tiwanacu e Downhill (este último não fiz, seria mais se vc gosta de bike / aventura) Copacabana: Iha do Sol Salar de Uyuni: na minha opinião foram as melhores paisagens da viagem, o trajeto em si não é nada confortável, mas mesmo assim acredito que seja o "melhor" caminho do Atacama a La Paz (na verdade até Uyuni). Já as outras cidades que vc citou, só passei por Oruro, do mesmo jeito que Puno, apenas como uma rápida parada para o próximo destino. Acredito que não tenha nada realmente interessante em Oruto. Já Potosí e Sucre não posso opinar muito, mas Sucre me pareceu (novamente, com base nas pesquisas) como outras das cidades "grandes" da América do Sul. A minha preferência em viagens é ver natureza, mas se vc gosta de cidade, de repente vale a pena "esticar" até lá. Abs!
  5. Oi, Com certeza vai pegar um pouco mais de frio do que eu passei, mas acredito que nada "insuportável"... rs Um tópico que me ajudou bastante com dúvidas desse tipo foi esse abaixo: manual-basico-de-sobrevivencia-no-salar-do-uyuni-t44614.html Nas fotos usei uma Canon Rebel XTi, "velha de guerra"... rs Abs!
  6. Oi! Primeiro gostaria de pedir desculpas pela demora para responder. Se bobear já até fez ou está fazendo a viagem... rs O tempo para liberação não há como saber, dependeria do estrago causado. Agora, para chuvas "normais", não vejo motivo para bloquearem a subida. Só fiquei com uma dúvida, vc está se referindo simplesmente a ir para Machu Picchu ou à trilha? Já as outras ruínas, daria para visitar tranquilamente, mesmo com chuva. Abs!
  7. Oi, Primeiro gostaria de pedir desculpas pela demora para responder. Como comentei em outra resposta, não sei se tive sorte por lá, mas a impressão que tive é que a violência não chega nem perto do que é comentado por aqui. Para mim a cidade parece igual a qualquer outra capital da América do Sul. O que posso dizer, como já têm as passagens compradas, é para tomar o cuidado normal que teria no Brasil (São Paulo, Rio de Janeiro, etc.) que provavelmente não terá problemas. Abs!
  8. Oi, Sem dúvidas a mochila é mais prática, mas não acho inviável fazer o percurso com mala comum. Nada que uma dose de "boa vontade" não resolva... rs Abs!
  9. Oi M.Hoffman! Gastei cerca de R$ 2 mil, mas teria pagado bem menos se tivesse uma disponibilidade melhor de datas para a viagem. Principalmente se tivesse feito ida e volta pelo mesmo local. Abs!
  10. Oi Isis! Valeu pelo "mini relato". Mesmo após alguns anos é possível que haja alguma informação útil para outros mochileiros. Não fiz nenhum trekking até Machu Picchu, mas li alguns relatos antes de ir. Parece realmente uma experiência incrível. Quem sabe numa próxima viagem, com mais tempo disponível eu acabe fazendo. Ah! Também estou esperando pelo relato do Licancabur. Se ninguém postar até lá, volte aqui e conta pra gente como foi! Abs!
  11. Fala Willybuss! Foi mal pela demora na resposta. Os serviços que o Reynaldo oferece são os passeios por Caracas e Transfer de/para o aeroporto. O transfer vc combina com ele dia e horário em que chegará o seu vôo e ele ficará te esperando. Quando vc desembarcar, ele te leva de carro ao seu hotel. Na volta a mesma coisa, te pega no hotel, ou então no final do próprio passeio se vc já tiver feito checkout no hotel, e te deixa no aeroporto, com alguma antecedência do horário de partida do seu vôo. Já quanto aos passeios ele tem os seguintes pré-definidos: - Full Day City Tour Caracas I - Full Day City Tour Caracas II - Cable-Car Caracas Tour (Teleférico de Caracas) - 3 horas - Pueblo el Hatillo - 3 horas - Full Day Eco Tour Caracas - Full Day Colonia Tovar Tour - Full Day Art Tour - Arte Murano Tour - 3 horas Esses são os passeios que ele faria por padrão, mas se vc quiser alterar alguma coisa, é só falar com ele, pois ele é bem flexível. Não sei se é exatamente isso que vc gostaria de saber. Se não for, posta aí uma dúvida mais específica que eu respondo. Abs!
  12. Fala Luisquez! Nas palavras do próprio Reynaldo, é um trabalho de "formiguinha" para restabelecer a imagem da cidade. Apesar de muitos relatos denegrindo Caracas, o que vi na prática foi muito melhor do que eu esperava. Abs!
  13. Fala 1e2e3! Já estive mais ativo no fórum, mas ultimamente, por falta de tempo, ando respondendo apenas os tópicos que recebo notificação. Quanto aos alojamentos, acho que funciona bem a nossa expectativa, vá com a mais baixa possível, pois o que encontrar será "lucro"... rs Sobre a vacina da Febre Amarela, cheguei até a escrever sobre isso no relato. Pouco depois que cheguei ao Atacama percebi que havia esquecido o certificado internacional, ou seja, de nada adiantou ter providenciado tudo direitinho antes de sair do Brasil. Mas não tive problemas quanto a isso, em nenhum momento me pediram a carteirinha. Só que, teoricamente, poderiam ter pedido e até barrado minha entrada na Bolívia. O que eu te aconselharia a fazer é, se tiver tempo, providenciar tudo direitinho e levar, pra viajar mais tranquilo. Mas se não conseguir, aí conte com a probabilidade, afinal por tudo que já li por aqui é muito raro solicitarem a carteirinha. Aí vai da sua sorte (ou azar)... rs Abs!
  14. Fala 1e2e3! Banheiro privativo e quarto de casal em San Pedro vc vai até achar, só não deve ficar muito barato. A reserva vc pode fazer somente para as noites que ficará no Atacama, pois as outras vc passa em alojamento (no salar ou na cidade de Uyuni). Quem providencia a acomodação é a própria agência que vc escolher para a travessia do salar e a "diária" já está inclusa no preço do passeio. Não sei se vc já leu a respeito, mas normalmente são acomodações "trash"... rs O seu passeio pelo salar é de ida e retorno até o Atacama? Se for, provavelmente serão 3 noites em alojamento. Caso seja somente ida seriam 2 noites. Ah! E suas mochilas vão contigo no jipe. Abs!
×
×
  • Criar Novo...