Ir para conteúdo

carlosac

Membros
  • Total de itens

    55
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre carlosac

  • Data de Nascimento 22-06-1978

Bio

  • Ocupação
    Administrador de Redes.
  1. O bom da Bolivia. é que é tudo mais barato..rs... e as paisagens são bem legais... Quanto ao trem... é complicado, pois as cadeiras nao sao reclináveis, vc viaja de frente para outra pessoa, ou seja se pegar alguém alto, vai ficar o tempo todo com o joelho batendo no da pessoa da sua frente... as pessoas comem dentro do trem em saquinhos plásticos... etc... eu realmente aconselho a categoria Pullman ou super Pullman...rs... faz o mesmo caminho, mas vai direto, sem paradas... e outra vc viaja a noite, dorme no próprio trem, ganha tempo e nao paga uma noite de hotel...rs... aliás sempre se planeje para viajar a noite... é o melhor jeito de ganhar tempo. Eu fiz a trilha Inka tradicional... foi maravilhoso, mas tenho vontade de fazer também Salcantay. A diferença básica... Salcantay vc passa perto dos Vales Nevados e tem belas paisagens... e a trilha Inka tradicional, vc vê os vales Nevados ao fundo, tem uma bela paisagem também, mas tem o adicional de várias ruinas no meio do caminho... se for fazer a tradicional... vc precisa já se organizar quanto as datas e tudo mais, para poder reservar... a minha reservei em Maio ou Junho para ir em Agosto... qualquer coisa, é só perguntar. beijos!
  2. Eu nao sei te dizer se de Sta Cruz para Uyuni tem onibus direto, ou se é pinga-pinga... o fato é que de Uyuni para Sta Cruz demorei 23 horas... mas foi sofrível...rs... já de Sta Cruz até La Paz são cerca de 14 horas... e de La Paz Uyuni cerca de 10 horas... mas tudo em onibus bem melhores... se passar por La Paz, aproveite e vá para Tihuanaco... vc verá algumas paisagens, e conhecerá a cultura do povo Tiwunako que é a origem dos povos que povoaram a América do Sul... Em La Paz tem também a descida de Mountain Bike pela estrada da morte... e se tiver coragem, umas escaladas por montanhas... Em Copacabana, além das paisagens, ainda tem um trekking de umas 4 horas... Em Arica tem muito para fotografar e caminhar tbm... já em Arequipa e Puno, só curtir e fotografar... exceto na ilha Taquiles, que vc vai caminhar cerca de 1 hora ou um pouquinho mais... Já Cusco...vc tem de tudo...rs... vc vai fazer a trilha Inka? Quanto ao trem da morte, acabei pegando o expresso de luxo que sai a noite, limpo, serve até refeição, e bem mais rápido... O problema do trem da morte, é que vai muita gente... gente muitas vezes em pé, as Cholas são muito simples, e para elas fazer xixi no pinico, e jogar pela janela do trem é coisa normal...rs... se vc nao tiver problemas com limpeza, cheiros de comida e gente pentelhando o tempo todo... pelas proximas 18 a 24 horas que o trem costuma demorar...rs... quanto a seguro, se vc mora em cidade grande, não vai perceber nada de diferente...
  3. Pessoal, tudo vai variar da época do ano que vc for, e um pouco de sorte... eu fui em agosto de 2008... quando chegamos em MP o guia já avisou, que nem adiantava ir lá, que não ia ter vaga para subir... fizemos então o tradicional tour por MP, e depois voltamos até o "restaurante" que tem lá... comi um pedaço de bolo, tomei a Cusquena mais cara da minha vida...rs... e depois de algumas fotos e conversa jogada fora, fomos dar mais uma volta por MP... já era perto do meio-dia... fomos sentido norte, e perto do controle da Huayna, decidi perguntar se ainda dava para subir... detalhe... não tinha senha nenhuma... a única coisa, foi que quando passei, assinei um livro com o horário de entrada ( e depois de novo com o horário de descida)... tinha uma numeraçao no livro (peguei o 382)... Nao sei se dei muita sorte, e ninguém quis subir nesse dia... ou se eles liberam essa senha só pra chamar a atençao do pessoal para o controle, e o resto de MP ficar mais vazia...rs... mas por via das dúvidas, quem for por lá, tente ir ao controle em diferentes horários e ver se deixam entrar... Boa sorte!
  4. Vamos lá...rs... De Santa Cruz para Uyuni eu não sei se tem Ônibus direto (de Uyuni para Sta Cruz eu sei que não tem)... De Sta Cruz para Uyuni tem um trem... mas ele não sai todos os dias... talvez no site deles vc encontre (não lembro o site agora)... outra opção é ir até La Paz, e de lá para Uyuni... tudo vai depender do que vc encontrar por lá... mas para não enfrentar problemas na sua agenda, conte 1 dia como perdido nesse percurso... 1 dia em Uyuni ou 3 dias e cair direto no Chile... (via Salar... cai no Atacama). Daqui se vc escolher um dia em Uyuni, terá que ir para Potosi e depois para Arica... (1 dia de viagem)... se for do Atacama para Arica, quase 2 dias de viagem)... Arica é muito bonita, mas não tenho muitas informações do que visitar por lá... sei que tem Cassino, venda de roupas e eletronicos mais baratos, museu de armas, vulcoes, tem o lago mais alto do mundo, e claro a praia... se quiser visitar tudo vai em média 4 dias.... Arica e Arequipa estão próximas e vc pode fazer a viagem no fim da tarde, ou a noite... Arequipa é uma cidade de arquitetura muito bonita, mas acredito que um tour de um dia na cidade vc consiga ver tudo... Puno tem as ilhas Uros (flutuantes) e Taquiles, e também umas ruínas que lí a respeito, mas nao cheguei a visitar... (1 dia ilhas Uros e Taquiles, e mais um dia se quiser visitar as ruínas). Cusco, vc tem a opçao do tour na cidade (meio dia), Conhecer todas as ruinas (2 ou 3 dias - Moray, Pisaq, Ollantaytambo, Chinchero, etc...) Machu Picchu, entre outras diversas coisas... O que te interessa nessa viagem? A paisagem com certo sacrificio físico, ou só as paisagens com relax e descanso? Preciso entender o que vc gostaria de ver nas cidades... e gastos, depende de tudo que vc fizer por lá... mas vc não passa de 1500 dolares com certeza... a nao ser que volte com outra mochila só de compras...rs... eu acho que um bom cáculo é de 1000 dolares... e a Bolivia, nao vai conhecer nada em La Paz e Copacabana?
  5. Oi Carolina, Cusco-Puno, e Puno-Arequica eu sei que tem ônibus direto... agora de Arequipa... provavelmente vc terá q voltar para puno, ou tentar algo para La Paz... e de lá seguir para Uyuni... Nao sei te dizer sobre os horários... mas os preços pelo menos na Bolivia são praticamente os mesmos... O problema de ir para Cusco, é visitar Machu Picchu primeiro, e depois achar que os outros lugares não são tão legais assim...rs... mas tudo depende do tempo q vc tem, dos lugares q quer conhecer, quanto quer gastar, etc...rs... Mas é uma ótima opção... mas... Arequipa eu deixaria para ir no verão...rs... abraços!
  6. Bom o Huayna Potosí era o ponto chave e tenho q dizer... não é fácil... mas também não é impossível... Tinha visto todas as informações com o Jenaro Yupanqui, e a brincadeira ia ficar em 240 dolares (2 dias)... mas peguei as dicas do Filipi da XtremeDownHill e fechei com a empresa de frente a HuaynaPotosí (ops... na verdade a empresa se chama www.montain-jungle.com ...rs...) e fechei por 115 dolares... O pacote inlcui a Van desde a empresa até o acampamento base, o almoço e jantar do 1º dia, o café da manhã (que é tomado a 01h da manhã...rs) e o almoço do segundo dia. Um guia (para vc e no máximo mais uma pessoa), todo o equipamento necessário (só deve levar as pilhas para a lanterna - 3 pilhas AAA). Se chegar ao Cume, ganha uma camiseta, e pode pedir umas fotos na empresa que eles lhe preparam um CD... Considerações... um dos guias e donos da empresa é o Rodolfo... que pelo que já tinha lido por aqui já tinha brigado com uns brasileiros, realmente ele passa o jeito de ser meio falso, mas tudo temos que saber como levar... as roupas quando fui, estavam meio gastas, mas limpas e sem cheiros (mas... no dia seguinte chegaram todas as roupas novas no esquema da XtremeDownHilll.... show de bola)... Considerações2... quando for experimentar a bota, considere que vc estará com 2 meias... e deixe além disso 1 dedo de folga... pois quando for descer, seu pé ficará batendo no bico da bota, e isso lhe causará bolhas... no meu caso foi uma na joanete esquerda, e uma no dedão direito... quase não conseguia mais andar... Bom, aqui começa tudo... a Van te deixa aqui e você e o guia começam a caminhada até o Campo Alto (5130m)... segundo o guia em média é feito entre 2h30 e 3h... mas já estava bem aclimatado naquela altitude e fizemos em 1h30... só como informação adicional... o guia tinha só 24 anos e não parava...rs... e eu fui na cola dele... sem saber que eles utilizam esse caminho para ver como você se porta, se fica cansado fácil, se reclama, etc... com base nessa sua subida, ele calcula o horário que sairá para o dia seguinte. Quase chegando no Campo Alto, vc tem que parar e pagar 10 bolivianos por estar no Huayna Potosi... Após caminharmos por 1h30, chegamos no Campo Alto, e fomos almoçar... quando terminei o almoço quis sair para tirar umas fotos, mas as nuvens cobriram tudo, era nuvem neblina, não dava mais pra ver nada...rs... Após o almoço arrumei meu saco de dormir no andar de cima, e tentei dormir... em vão... acabei comento um Kiloco (um chocolate com amendoim que vendem em toda barraquinha de La Paz)... cerca de 16h escutei algo lá fora... seria neve caindo??? não.... era chuva mesmo... pensei Fodeu...rs... mas depois de uma meia hora parou, e cerca de 18h descemos todos para jantar... sopa e depois macarrão... aproveitei que ainda estava claro, e tirei essa foto, e também aproveitei para ir no banheiro... informação a parte... o banheiro é triste...rs... são dua casinhas... uma com porta, e outra aberta... um latão sem fundo, com uma tampa de provada por cima...rs... vc faz lá, e cai no chão uns 3 ou 4 mestros abaixo.... mas ... o banheiro com a portinha é terrível... tem b*sta em todo lugar... gastei meio rolo de papel higiênico na tampa, e sentei só na beiradinha....kkkkk Após isso, voltei para o saco de dormir, pois iríamos acordar a meia noite, tomar café da manhã, se trocar e sair entre 1h e 1h30 da manhã... Bom... de novo não consegui dormir, e o pior... quando acordei me dei conta que não devia ter comido aquele chocolate... ou será que foi o almoço, ou o jantar... sei lá... mas... após colocar a roupa e com um frio de -10 lá fora, desisti de ir no banheiro e decidi que ia me aguentar... afinal ficar de calças arriadas a -10graus e com o risco de me sujar todo naquele banheiro sem luz... no way... Bom tomei o meu café da manhã e comecei o processo de esvaziamento intestinal... não... não fui ao banheiro... simplesmente expeli gases durante as próximas 4 horas.....kkkkkk Aqui começa a brincadeira... saímos as 01h30, descemos as rochas por trás do acampamento, e de frente pro glacial, calçamos nossos grampos de gelo... como não fiz o dia de treinamento (que seria o 1º dia para o passeio de 3 dias), o guia aproveitou para me dar uma dicas como, onde devemos pisar, bater o pé, utilizar o piolet, onde guardar luvas quando tirá-las, etc... passou a corda e seguimos encordados durante todo o trajeto. Subimos bastante, e o guia sempre perguntando se eu estava bem... e para falar a verdade, estava bem melhor do que no dia anterior... aliás, ver aquele gelo e neve brilhando pela claridade da Lua e das estrelas, é algo que te dá forças pra seguir em frente... é uma pena que a camera não consiga registrar isso, mas é algo que sempre vou levar na minha mente... aquelas imagens são impressionantes. Aproximadamente 3 da manhã... podiamos desligar as lanternas que dava pra andar numa boa... Beirava 5 da matina e nada do sol aparecer... mas nem precisava, a lua dava conta do recado muito bem... Aqui já estávamos a cerca de 5800m de altitude, e foi quando comecei a sentir fome e sede e cansaço... tomei o que sobrou do meu mate de Coca (que estava quente ainda graças a uma garrafa térmica da Doite que comprei em La Paz), e outro daquele chocolate Aqui são quase 6 da matina, e o Sol aparece... lindo... mais muito fraco para abater os -15 em que já nos encontrávamos...rs... Quase chegando ao Cume... quase nada... aqui a pouco mais de 5900m de altitude, cada 5 passos e eu já tava quase morrendo... mas o guia tinha uma forte influência em mim...rs.... toda vez que eu parava ele dava uns segundinhos e dava uma puxadinha na corda, do tipo.... "vamos".... Pronto... tá quase... UHUUUUUUUUU... cheguei BARALHO....rs... 6088m... eu prometi que ia tirar uma foto pelado aqui, mas já tava cansado, com dor de barriga e fome, minha meia bala clava estava congelada, e tive que tirá-la pra respirar, estavamos com quase -20 graus... aí pensei bem... e se eu faço isso e não consigo descer... vai ser um papelão...rs... deixa quieto....rs.... E na descida vc começa a perceber que os buracos/gretas/grutas eram bem maiores do que você pensava, e tem até que pular por alguns...rs... Show de imagens.... Na descida, com o Sol, começou a me dar sede, porém... os 1,5litros de água que levei tinham congelado....kkkk... desci até não aguentar mais, e bebi aquela água gélida do jeito q deu... faltando quase uma hora de descida, percebi que já estava com bolhas no pé... com dor de barriga, fraco, e não me sentia muito bem... sorte que não tirei aquela foto (pensei)... Desci até o final do glacial, tirei os grampos da bota e o guia subiu para fazer o almoço... fiquei sem forças parado, sentado nas rochas... e descobri por que estava tão mal... eu estava desidratado... estava sem beber água, e minhas camisetas abaixo do meu polar estavam encharcadas de suor... tirei a jaqueta da agência, tirei minha jaqueta, o gorro, as luvas, e finalmente consegui subir até o acampamento... troquei de roupa o mais rápido possível, e fui ao banheiro... ufa.... voltei e bebi água, mas não quis almoçar... porém queria uma Coca Cola... não tinha... acabei pegando uma Pepsi... me senti melhor... acho que era o açúcar... feito isso, arrumei minhas coisas, e começamos a descida até o campo base, para esperar a Van... Bom pessoal, é isso... se quiserem mais informações, estou sempre à disposição... e a espera da próxima aventura... quem sabe Choquequirao, ou Chile, ou Argentina (Perito Moreno)...rs... abraços!
  7. Agora a descida pela estrada da morte... após pesquisar bastante optei pela XtremeDownHill... fica na Sagarnaga quase de esquina com a Illampu... o preço 53 dolares... achei uma por 40 dolares até... mas o suporte que a XtremeDownHill te dá compensa a diferença de preço... jaqueta e calça novas de bom material (estilo motoqueiro), capacete de motocross... luvas Gloover, joelheiras e cotoveleiras FOX, bike TREK com suspensão dianteira (se quiser com suspensão traseira também, adicione mais 110 bolivianos). O passeio inclui, café da manhã (simples... pão e chá...rs....) lanches (pão com queijo e ovo, etc) Coca Cola, bananas e água durante o trajeto; almoço e estadia no hotel após o passeio (não inclui bebidas). E no dia seguinte, passe na agência e pegue seu DVD com fotos e filmagens feitas durante o seu passeio e uma camiseta muito legal... Agora vamos ao passeio... Aqui estou eu pronto para testar a bike... e já devidamente uniformizado... Aqui eu e um Israelense que fechou o pacote com a Xtreme também... Aqui toda a galera junta... reparem a diferença de vestimenta das outras empresas... ninguém mais tinha cotoveleiras e joelheiras...rs... Começo da descida pelo asfalto... bom para testar a bike, principalmente o freio a disco... Show de bola... vc desce a uns 60Km/h... até passar por um posto policial, e depois tomar o café da manhã... Aqui é onde paramos para o Café da manhã. Logo após o café da manhã, descemos mais um pouco de bicicleta, e pagamos o direito de entrada para a estrada da morte (25 bolivianos). Aí as bikes voltam para a Van, e seguimos por uns 15 minutos... aí sim, começa a verdadeira descida... Aqui começa a aventura...rs... Essa imagem é demais... se errar a curva...rs.... vc desce pela terra e cascalhos, passa por cachoeiras, pedaços cheios de água... e se fizer na cola do guia vai descer também a quase 60km/h... e dale freio e derrapadas antes das curvas... Após terminar a brincadeira... você para em um botequinho de beira de estrada, para tomar uma cervejinha... aqui estou eu (careca) e dois outros brasileiros que encontrei por lá... são pai e filho... o pai foi na Van, e o filho de bike... muito legal... aliás fiquei devendo a cerveja pro tiozinho... q mancada..rs... Bikes guardadas, e todos a postos... vamos para a Van e seguir com destino ao hotel... Almoçar com uma vista dessas, e depois uma bela piscina... não tem preço... mas voltar depois com a Van pela Estrada da Morte, e perceber a loucura que fez toda vez que passávamos perto dos abismos... ah... valeu cada centavo de dollar gasto...rs.....
  8. Bom pessoal, desde outubro de 2008 quando estive no Chacaltaya (ainda com neve) tive uma forte vontade de escalar o Huayna Potosi... sendo assim, fiz a famosa subida até os 6088m de altitude nos últimos dias 21 e 22 de agosto... aproveitei que estava por lá, e fiz também a descida de bicicleta pela Estrada da Morte sentido Coroico... e logicamente aproveitei a cidade para comer coisas diferentes e comprar bastante por lá... abaixo vou colocar algumas dicas da cidade com preços e etc, e também dos passeios. Curtam... e programem-se... a neve por lá está acabando em um ritmo assustador... Bom pra começas vou dar dicas de 3 restaurantes na Calle Sagarnaga... 1º Banais Café [picturethis=http://www.mochileiros.com/upload/galeria/fotos/20100828192242.jpg 500 375 Banais Café]Aqui temos diversas opções de café da manhã... essa jarra de iogurte com Musli e frutas custou apenas 20 bolivianos... um café no estilo buffet onde você pode comer tudo com pães, frutas, iogurtes, sucos, omelete, panquecas, chás ou café fica por 25 bolivianos... e um café americano com 3 torradas, manteiga e geléia, suco e café ou mate por 15 bolivianos .[/picturethis] 2º 100% Natural Esse pequeno lanchinho com frango, tomate, alface e abacate em um pão integral fica por 17bolivianos e o suco por 6 bolivianos. Os pratos ficam em média 35 bolivianos (menos a truta que é 46...) 3º CUBANO Aqui um lanche com carne de porco... maravilhoso o sabor e apenas 15 bolivianos. E mais 10 da Pacena. Aqui um prato Cubano com carne de porco, mandioca, tomate, torresmo, abacate, arroz e feijão regados a pimenta locoto... 35 bolivianos... e um Mojito para acompanhar (com Run cubano) por apenas 15 bolivianos. Aqui não podia deixar passar em branco... um famoso slogan dito por lá...rs...
  9. Eu vi o pessoal fechando em La Paz, e sai mais caro... um passeio que você paga em Uyuni entre 20 e 25 dolares, você paga em média 35 dolares em La Paz, isso sem contar que eles ganham também na venda da passagem de ônibus... eu aconselho a fechar direto lá em Uyuni... e ir de La Paz para lá, em ônibus leito pela Omar... pelo menos não passei frio, e nem fome no ônibus... e o banheiro era digamos... limpo...rs.... pra voltar de lá... foi um "Deus nos acuda"...rs Quanto a xtremeDownHill, você até acha mais barato, mas é o que disse... os materias são excelentes... a jaqueta é do mesmo material de motociclistas... eu mesmo com calor, desci até o final com toda a roupa... afinal, se caísse não ia me dar tão mal...rs... mas pesquise sim... eu quando fui para lá, ia fazer o Huayna Potosi por uma empresa... até já tinha tratado de tudo com eles, mas acabei fazendo com outra pela metade do preço... (indicação aliás da xtremeDownHill)... e não tenho nada a reclamar... abraços!
  10. CrisAlves, eu rodei bastante por lá, e posso dizer que não vai achar outra melhor....rs... o material dos caras é impecável... paguei 370 bolivianos... encontrei até por 280 bolivianos... só q a diferença de material é gritante... ontem encontrei uma menina na minha empresa q fez com outra agência e disse o mesmo, que deveria ter feito com a xtremeDownHill...rs... e ela caiu e tomou 3 pontos, e nao teve ajuda de ninguém por lá... em termos de horário vc sai de frente da agência às 07h00 e retorna por volta das 18h a 20h..... abraços!
  11. DarkDan, Machu Picchu pode ser visitada indo de trem até Águas Calientes e de lá pegar um ônibus por meia hora e chegar a MP, ou caminhar pela estradinha e chegar em MP depois de 1 hora a 1hora e meia... outra opção é o Caminho Inka, que pode ser realizado em 2, 3 ou 4 dias.... e também a trilha de Salcantay... Eu fiz o Caminho Inka de 4 dias... para fazer esse caminho, você deverá comprar com uma agência um pacote que inclui as barracas, guia, café da manhã, almoço e janta... vc irá caminhar durante o dia e levar a sua mochila (com trocas de roupas, etc) a noite irá dormir na barraca que os carregadores armam pra você (você dorme no saco de dormir.... caso não tenha um, pode alugar junto a empresa). A partir do segundo dia você carregará também além da mochila, o isolante térmico e o saco de dormir... Bom... nas primeiras duas noites, banho só frio... e na terceira e última noite, pode tomar uma ducha quente por 5 soles... Te aconselho a procurar pela Marisol e fazer sua reserva com antecedência de alguns meses... e peça pelo guia Miguel... qualquer dúvida estou à disposição. Abraços!
  12. CrisAlves, Eu fiz e recomendo a Xtreme Down Hill (www.xtremedownhill.com) fale com o Filipi. Paguei 53 dolares (suspenção só dianteira... se quiser traseira também, sai mais uns 10 dolares), mas a diferença entre quem faz com ele e as outras é absurda... com ele você recebe: - camiseta (brinde) - DVD com fotos e filmagens do caminho (brinde) - durante o percurso: - bicicleta TREK com freios a disco e cambios Shimano Delore. - joelheiras e cotoveleiras FOX - luvas Glover - jaqueta e calça nova (limpa e cheirosa) rsrsrs... - café da manhã (simples). - água, bananas, lanche e Coca Cola... - almoço no hotel com direito a piscina (não inclui bebidas). - capacete de motocross... Você tem q pagar também 25 bolivianos na entrada da estrada... As bikes de quase todas as empresas lá são boas... mas pelo que vi, são os únicos que fornecem um capacete decente, joelheiras e cotoveleiras... fora que a roupa é impecável... nova... as outras pessoas q desceram conosco todas comentaram que deveriam ter feito com eles, pois a diferença de preço era mínima, e o q eles ofereciam era muito superior. A Xtreme Down Hill fica na Sagarnaga, quase de esquina com a Illampu, é fácil de achar... e você ainda vai ser convidado para entrar em uma roda de capoeira e comer uma feijoada com o Filipi... ele adora brasileiros...rs.... abraços!
  13. DarkDan, Eu te aconselho a rota 2, por te polpar um dia de caminho na volta... fazer o Salar primeiro é definitivamente melhor... Grana é muito relativo dizer, com 1000 dolares vc faz tudo isso sozinho e ainda sobra um pouco... eu calculo que uns 2000 dolares pra vc e sua esposa sejam suficientes... vai depender muito do que comprar de lembrancas, de saber pechinchar um pouquinho, e dos restaurantes que escolher pra comer... o maior gasto mesmo será no Peru, na Bolivia tudo saíra mais barato. Ah... esse valor nao inclui a trilha Inca... Vc ja pode chegando na Bolivia trocar uns 300 dolares pra vc e sua esposa... isso ja deve dar pra chegar até La Paz sossegado... e se ver que vai faltar boliviano, pode trocar na rua mesmo, ou em qualquer banco... a diferenca de cambio é bem pequena entre eles... de 6,96 a 7 bolivianos por dolar... no momento... Quais os pontos turisticos das cidades? Bom Sta Cruz tem o estádio...e... quase nada mais..rs... em Uyuni ah o Salar, o Cemitério de Trens, o hotel de Sal, o Vulcao... a Ilha no meio do Salar... e se quiser esticar um pouquinho chega no Chile... Já em La Paz tem o Chacaltaya, Valle de La Luna, Tiwuanaco, e se quiser escalar tem pelo menos mais umas 6 montanhas... fora diversos museus... Copacabana tem a ilha do sol e da lua, e o porto (q acabei nao visitando). Puno tem as Ilhas Uro e Taquiles. Cusco... bom Cusco é um caso a parte... tem Machu Picchu, Choquequirao, Ollantaytambo, Pisaq, Chinchero, a pedra dos 12 angulos... etc etc etc... Os hoteis aqui no relato mesmo eu coloquei os precos... como vai com a sua esposa, vai pagar praticamente a mesma coisa... aqui em La Paz pelo menos os precos nao mudaram mesmo 2 anos depois... abracos!
  14. CrisAlves, O Huayna Potosi pode ser feito em 2 ou 3 dias (com um dia de treino no Glacial). Paguei 115 dolares. Já a descida de bike pela estrada da morte saiu em 50 dolares com a XtremeDownHill... a descida leva em média 3 horas, por que paramos direto pra tirar fotos, lanchar, etc... creio que se fosse descer direto, fazia em 2 horas tranquilo... Voce sai da oficina as 07h... e comeca a primeira parte da descida umas 09h (asfalto), depois as bicicletas voltam pras Vans, e comecamos a descer novamente por volta de uma 11h...
  15. Opa, se precisar pode perguntar sim... estarei publicando um novo relato nos próximos dias... Estrada da Morte (Coroico) e Huayna Potosi. abraços!
×
×
  • Criar Novo...