Ir para conteúdo

Rosangela WS

Membros
  • Total de itens

    55
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra
  1. Obrigada pelo retorno! Entrei em contato com o cartão, como o Adriano sugeriu e é isso mesmo, ele cobre muitos países, inclusive a Croácia. Não ficarei mais do que 20 dias, então acredito que não terei problema quando ao prazo de cobertura do cartão.
  2. Olá! Gostaria de saber se é obrigatório o seguro-saúde para a Croácia. Eu ganhei o seguro quando comprei a passagem com meu cartão de crédito, porém ele cobre o Espaço Schengen e acredito que não cobre a Croácia. Se for obrigatório, teria que emitir um seguro à parte? Desde já, agradeço!
  3. Ô Bread, valeu! E parabéns pelo bom gosto! Tem um relato bem legal aqui mesmo sobre a Alemanha (outro país que eu adoro!) e Suíça, entre outros, não sei se você já viu, é muito bom! 11-2-a-11-3-2011-fotos-motorhome-na-alemanha-austria-italia-e-suica-t53152-30.html Me conte!
  4. Eu vou parar por aqui não porque me senti intimidada por você, e você tá ordenando que eu pare também mas porque você é uma pessoa que não sabe conversar, bem se vê que você não tem fineza. Além do que, estamos aqui para orientar pessoas que nunca estiveram nos lugares que estivemos e também postei porque não desejaria que as pessoas tivessem essa imagem da Suíça que você teve e quem sabe até desistissem de ir para lá. Tive amigas que foram para lá e até me perguntaram se encontrei a mesma limpeza que encontraram, tão impressionadas que ficaram. Inclusive uma amiga via pessoas ao lado de lixeiras batendo as cinzas dos cigarros para não sujar as ruas. Não é a toa que Zurique e Genebra são as cidades com a melhor qualidade de vida do mundo. Quer dizer que sou eu quem tenho alucinações visuais? Que bom, minhas alucinações me levam a ver coisas bonitas! Agora entendo porque você foi mal tratada por lá, quando você diz que pessoas te ignoraram na hora do atendimento e coisas assim, justamente devem ter notado que você é um purgante e ninguém tem vontade de falar com pessoas assim! O site dos mochileiros é feito para pessoas simples e em todos estes anos que eu acompanho o site, nunca vi uma pessoa agir com a indelicadeza que você agiu. Vou mesmo parar por aqui porque uma pessoa que escreve uma coisa no seu blog e depois vem se contradizer aqui usando de uma fúria que não condiz com o site dos mochileiros não merece que eu perca meu tempo.
  5. Realmente, cada um tem uma concepção e não duvido do que você vivenciou, mas fatos são fatos e não vi sujeira na Suíça nem falta de pontualidade nos trens, prá ficar em dois exemplos. Não são coisas subjetivas. Em compensação, quando estive em Amsterdam, que você achou limpa, havia montanhas de lixo por todos os lados, pior que em Nápoles. Talvez a urucubaca te pegou na Suíça e comigo ela passou longe!
  6. Acabei de ler seus relatos, inclusive o de Zurich e não acredito que visitamos o mesmo país! Estive lá no final de agosto e não vi nada do que você comentou, como sujeira, vômitos, trens péssimos, sacolejantes, barulhentos e mal sinalizados, inclusive você comentou que não gostou do aeroporto de Zurich, muito pelo contrário, eu até tirei fotos tamanha a organização e espaço do aeroporto. Também achei o povo muito simpático e prestativo, chegando ao ponto de uma atendente de uma confeitaria desenhar uma pera para me explicar do que era feito o doce que eu estava querendo. Passei duas semanas lá, almoçando ou jantando, e apenas em um lugar o atendimento foi demorado. Também encontramos muitas coisas para fazer, não achei as cidades entendiantes, quero até voltar de novo pois deixei de fazer muitas coisas e visitar muitos lugares por falta de tempo. Enfim, de todos os países que já visitei, sem dúvida a Suíça foi o mais organizado e limpo, com as paisagens mais bonitas, e o povo mais educado que conheci.
  7. Voltei da Suíça o mês passado e achei que o passe valeu muito a pena, pois fiquei 14 dias lá indo para um monte de cidades usando o passe. Ainda fiz passeios de barco, usei o passe para ônibus que interligavam cidades e também ônibus urbanos e não paguei entrada no Castelo de Chillon e outros lugares, por exemplo. Tive descontos em teleféricos, o único lugar que tive que pagar a mais foi no Jungfrau. Então eu acho que se você vai se deslocar bastante, seria interessante ter o passe. Pelo dólar de hoje, ele está em 440 dólares por pessoa. Na época tava bem menos, mas o dólar subiu demais. E sobre as refeições, eu achei meio caro sim, mas em compensação os pratos eram bem servidos, não passei fome como já aconteceu em outros lugares. Então, eu almoçava ou jantava num restaurante e a outra refeição eu mesma preparava comprando coisas no supermecado.
  8. Andei pesquisando sobre o Swiss Pass mas ainda não descobri como ele funciona na prática...Depois que eu compro o passe, eu tenho que ir reservando os assentos dos trens nos horários que eu escolher? Ou é só chegar chegando? Outra coisa, preciso pagar algo a mais além do valor do passe, conforme eu for pegando os trens? Desde já agradeço a quem possa me responder!
  9. Ai, que lindo! Passei por alguns destes lugares no ano passado e agora a saudade bateu! Taí um país que tem muitas, muitas atrações! Até ia de novo prá Alemanha em agosto, mas com essa história de bactéria assassina, tô até desistindo!
  10. Eu passei por Stuttgart no ano passado pois tive que parar lá para ir até o Palácio de Ludwigsburg, que é muito bonito. Andei pelo centro de Stuttgart e ali mesmo tem algumas coisas bacanas de se ver. Mais não fiz porque não deu tempo.
  11. Valeu, Glauber! Nas primeiras vezes na Europa, passei fome, mas a gente vai ficando esperto! Ultimamente eu dou uma olhada nos pratos que já estão servidos na mesa, prá garantir que eles são substanciosos, daí sim eu me sento num restaurante!
  12. Wilwil, obrigada, mas quem dera eu soubesse dirigir! Morro de medo, apesar de saber que é o melhor jeito de conhecer direito os lugares mais bonitos. O jeito mesmo é me contentar com um ônibus, quem souber, me diga!
  13. Oi, Glauber, legal que você comentou sobre este autogrill da estação Termini, vou ficar hospedada lá perto e estava preocupada com a alimentação. Já estive na Itália antes, passei fome ou comi mal, sem contar o jeito que a gente é mal-tratado, mas ao menos desta vez quero comer bem!
  14. Gente, estou querendo ir até Monteriggioni, saindo de Siena, vi que tem uma opção de ônibus, mas ele tem várias rotas diferentes, entrei em contato com o turismo de Monteriggioni e não me explicaram nada com nada! Alguém sabe me dizer qual o modo mais simples de chegar lá?
×
×
  • Criar Novo...