Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

MarcosDM

Colaboradores
  • Total de itens

    195
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Rafael, Obrigado pelas respostas e pela atenção! Desculpe, acredito que não me fiz entender. Eu quis dizer que não faria nem um roteiro totalmente pré-reservado e nem um roteiro sem reservas (como citado acima). Meu objetivo seria reservar as passagens e hotéis da cidade do dia 7, no dia 5, por exemplo. Assim eu sempre terei a reserva da próxima cidade (inclusive para fins imigratórios, como você bem apontou!), mas não ficarei com todos os roteiros engessados, possibilitando uma certa autonomia limitada. Pretendo imigrar por qualquer cidade, essa questão dependerá basicamente do valor das passagens. Claro que o ideal seria já chegar por Berlim ou proximidades. Opa! Gosto sim! Ótimo! Os ruins pubs parecem ser uma característica bastante única da cidade! Rafael, seriam 19 sem contar o deslocamento transatlântico! Sugeririas cortar algum deslocamento para poder encaixar melhor nesses 19 dias? Grande abraço
  2. Pessoal, estou estudando um roteiro para o Leste Europeu e queria ver o que vocês acham. A viagem seria realizada no verão europeu (sei que não é o ideal, mas infelizmente é o que conseguimos). Como já temos uma certa experiência de viagem e iremos no verão, viajaremos leve (só com uma mochila de ataque bem recheada), de modo a possibilitar deslocamentos ágeis. A ideia seria deixar o roteiro num estilo freestyle moderado... Isto é, não seria um roteiro engessado (todos os hotéis já reservados), nem um roteiro freestyle (nenhuma reserva feita... procurando hotel depois de chegar na cidade!). O objetivo seria ir sentindo o clima das cidades (Berlim já conheço) e ir analisando caso a caso, se encurtaríamos ou alongaríamos o última dia da cidade, a depender do que fossemos sentindo... Dessa forma, faríamos a reserva da cidade seguinte, no último dia da cidade anterior, possibilitando, inclusive, reduzir (Viena?) ou aumentar (Praga?) um dia, a depender das circunstâncias vivenciadas! Tentei deixar o roteiro mais sereno (focando em quatro noites), porque não gosto muito de maraturismo. Além disso, ficar 3 dias numa cidade é o mesmo que ficar, realmente, de férias, apenas um. Os únicos tiros curtos seriam em cidades que realmente são bem menores. Meu plano inicial seria este: Berlim – 4 noites (como gostei bastante de Berlim, a cidade tem muita história e minha esposa ainda não conhece, penso em alongar o último dia, até umas 6/7 da tarde) Trem 2h30/3hrs Dresden – 1 noite (A ideia de conhecer Dresden seria basicamente para dar uma quebrada nessa perna relativamente longa da viagem de forma a jantar numa cidade diferente ali pelas 9/10 e curtirmos o dia seguinte até o horário que entendermos mais adequado). O que acham? Quanto tempo vocês sugeririam em Dresden? Trem de 2hrs Praga – 4 noites (Pessoal, diante desse roteiro, vocês acham imperdível colocar Cesky Krumlov? Se ficasse 3 noites em Praga e 1 noite em Cesky, vocês acham que seria uma maldade com Praga? Nesse caso, recomendariam sacrificar um dia de Viena, que alguns acham que é o "patinho feio"? Considerando o tempo entre Praga e Cesky, que é de 3 horas, entendo que não seria muito agradável fazer um bate e volta de Praga, concordam? Se for para visitar Cesky Krumlov penso que seria agradável jantar lá e passar uma manhã tranquila, antes dos ônibus turísticos chegarem, o que acham? Também cogitei o Parque Nacional Bohemian Switzerland para dar um quebrada no turismo urbano...) Ônibus Praga-Viena parece ser o melhor custo-benefício 4/5hrs Viena – 4 noites (Eu gosto de museus e cidades com pegada cultural, mas depois de conhecer a Suíça fiquei um pouco decepcionado com esse estilo silencioso, esterilizado e quase inerte e não queria repetir a experiência. Prefiro cidades turísticas que tem uma personalidade vibrante como Roma, Cusco, Bangkok. Vocês sugeriam chegar a noitinha em Viena e sair na manhã do 5º dia ou sugeriam reduzir uma noite em Viena?). Minha ideia seria ir de barco pelo Danúbio, para acrescentar mais uma experiência à viagem. Bratislava – 2 noites (Pelo que eu li, Bratislava parece ser um destino bastante agradável e subvalorizado, por este motivo, pensei em colocar duas noites aqui para evitar ficar só uma noite e ter que chegar num dia e sair já no seguinte). Ônibus Bratislava/Budapeste parece ser o melhor custo benefício 2/3hrs Budapeste – 4 noites (Vocês acham que Budapeste comporta 4 noites?) Pessoal, o que acham da divisão de dias? Recomendariam algum daytrip imperdível? Fico aberto a sugestões e agradeço desde já a ajuda!
  3. MarcosDM

    Tailândia/Vietnã e Camboja

    Pessoal, se servir de ajuda, esse aqui foi meu roteiro e os preços que paguei nas passagens. Fiz viagem em fevereiro de 2017. Qualquer dúvida estou à disposição... 5 de Fevereiro – São Paulo (4.15)/Doha(22.50) 12h35min hrs de vôo 6 de fevereiro – DIA EM DOHA. DOHA(20.50)/Bangkok Dia 7 (7.05) – BKK 6h15min de vôo 7 BKK (terça) – Chegada às 7.05 8 BKK 9 BKK 10 BKK 11 BKK 12 BKK (7.00) – HANOI (8.40) – Direto (175) -U$55,85 13 Hanoi 14 Halong Bay 15 Halong Bay 16 HANOI (20.25) – SIEM RIEP (22.05) – U$ 163,50 17 Siem Riep 18 Siem Riep 19 Siem Riep 20 SIEM REAP – BKK – U$72 (9.15 – 10.20) Smile Thai (U$144,70) BKK – Krabi U$ 38 (12.25 – 13.45) Smile Thai (2.560 Bahts) 21 Krabi 22 Krabi 23 Phi Phi 24 Phi Phi 25 Phi Phi - KRABI (19.55) – BKK (21.10) – (116) U$37,23 26 BKK 27 de fevereiro – Bangkok(19.25)/Doha(22.40) 28 de fevereiro – Doha (8.10)/São Paulo (16.40) GASTOS: R$ 5.600,00 – 2 Passagens R$ 368,00 - 2 Passagens BKK - Hanoi (U$115,56) R$ 1.078,66 - 2 Passagens Hanoi - Siem Reap (327,00) Dolar 3,30 R$ 482,68 - 2 Passagens Siem Reap – BKK (U$144,70) R$ 241,00– 2 Passagens BKK – Krabi (2.560 Bahts) R$ 233,00 - 2 passagens Krabi – BKK (U$74,39)
  4. Juliad, Desculpa me atravessar no seu roteiro agora que parece que já está encaminhado, mas algum motivo especial para dormir em Torino e não dormir em Milão? Tenho parentes em Torino, fui lá duas vezes já, uma agora em fevereiro, inclusive. A cidade é legal e tudo... Já foi capital da Itália, mas se você ainda não conhece Milano valeria a pena passar ao menos um dia cheio lá. Torino é uma cidade normal, industrial, pessoal trabalhador, perfil normal, coisas bonitas para se ver. Milão tem um fator glamour e bom gosto em todos os lugares e em todas as pessoas que chama a atenção, não é muito comum encontrar isso em outros lugares do mundo. Para quem está viajando e querendo ver coisas diferentes, vale a pena dar uma pensada com carinho em um ou dois dias em Milão. Boa sorte
  5. Parece muito bem pensado e estudo. Só não esquece de encaixar o Monumento a Vittorio Emanuele! Se você é de família italiano tem um museu no andar inferior sobre a emigração que é bem interessante, fui em fevereiro e estava aberto.
  6. Nobre colega, Obrigado pelos elogios! Terminar este relato está definitivamente na minha lista de pendências na vida! Que inveja branca da sua licença-prêmio! Infelizmente a 8.112 acabou com essa possibilidade para a gente... Então, acho que vou trazer mais problemas do que soluções! 7 dias em Paris está muito bom! E ir para as praias da Normandia deve ser uma experiência única! Eu não conheço vários desses lugares paras os quais você pretende ir, então prejudica um pouco o objeto né... mas você não acha que dedicar 3 dias para Atenas e os mesmos 3 dias para Roma seria uma maldade com o berço do Direito? Roma tem muito mais coisa que Atenas. Tudo bem que você deseja ir para Itália e a Alemanha em outro momento, com mais calma, mas será que não seria mais interessante já poder visitar os lugares mais interessantes agora? Digo isso porque Berlim me cativou. Não tinha esperança nenhuma, mas a cidade agrega o lado histórico de Roma com o esmero de Paris. Além disso, tem a Universidade que Hegel, Savigny, Marx, Engels, Bismarck estudaram e o bloco do Direito fica bem em frente ao prédio principal. Outra coisa, você nunca sabe quando poderá voltar! Por enquanto é isso, qualquer coisa é só perguntar!
  7. MarcosDM

    Itália - Rotas e Meios de Transporte

    Amigo, Você já conhece Roma? Abraço
  8. Amigo, Estou meio sem tempo, então até chegar no relato de Atenas vai demorar um pouco. Posso adiantar que 2 noites lá serão o bastante para você ver tudo. Você não pode perder a subida da Acrópole, para ver o Parthenon, junto com o passeio das ruínas gregas que fica no sopé da acrópole. O ticket para essas atividades é único. Nas ruínas, voce vai poder ver um templo grego quase todo conservado. Imperdível mesmo é o Novo Museu que fica junto à Acrópole. Ali eles colocaram todas as peças de mármore que ficavam no Parthenon e não foram, digamos, levadas de uma maneira não gentil pelos ingleses. Esse museu é imperdível. Também vale a pena ver o antigo Estádio Olímpico, sede das Olímpiadas de 1896 e local da final da maratona de 2004 (onde o Wanderlei Silva chegou fazendo aviãozinho, lembra?). Ali na mesma região fica a sede do governo grego (que tem aqueles soldados com uma espécie de pompom nas botas). É muito interessante ver a troca da guarda! Ali perto existe também as ruínas de Júpiter, são as maiores colunas de templos que já vi. São gigantes. Também sugeriria comer um Gyros (bem dizer é um Kebab, mas lá na Grécia é Gyros, porque Kebab é turco e eles não são os dois povos mais amigos). A salada grega com queijo é muito boa e a cerveja é bem barata. De todos os lugares que eu fui, definitivamente, a Grécia é o mais barato. É o único que você pode sentar nos restaurantes e comer tranquilo. Qualquer dúvida é só perguntar.
  9. MarcosDM

    Itália 9 dias

    Voces tem 9 dias? Então façam isso que não vao se arrepender: Florença - 3 dias (um dia fazendo day trip para Pisa e Luca) Roma - 4 dias Napoli - 2 dias Agora Sam, vem cá... Se voces estão indo em casal, por que não dar um pulo em Veneza? Ficaria um pouco mais corrido, mas poderia fazer algo como Veneza - 2 dias Florença - 2 dias (sacrificando algumas coisas) Roma - 4 dias Napoli - 1 dia (com uma manhã cheia e uma tarde cheia você ve o basicão de Napoli e ainda come A pizza no almoço).
  10. Caros colegas, É com uma enorme alegria que inicio os preparativos para a minha 2º Eurotrip, dessa vez, pretendo fazer um roteiro focando no leste europeu e terminando com uma escapadinha na Itália para visitiar a família. Assim, para garantir uma viagem tranquila, gostaria de aproveitar a experiência da família do site! Acredito que a viagem seria realizada em setembro ou outubro e duraria 3 semanas. 1ª Dúvida: Outubro já é muito frio? Quando eu fui, peguei julho e agosto, gostei bastante, os dias duravam muito e as atividades rendiam bastante. Teria interesse em chegar por Milão para facilitar a volta, uma vez que deixaria a visita para os parentes em Torino por último. 2ª Dúvida: A divisão de dias e a sequencia das cidades está consciente? Munique - 4 dias (1 dia para um day-trip no castelo de Neuschwanstein) Praga - 4 dias Viena - 3 dias Bratislava - 2 dias Budapeste - 3 dias Sarajevo (?) - 2 dias Torino - 3 dias 3ª Dúvida: Além do Castelo em Munique e Torino que eu já conheço, alguma das outras cidades tem algum day-trip imperdível? 4ª Dúvida: Estava pesquisando os valores de passagens de trem entre Munique e Praga, gira em torno dos 95 euros mesmo? Achei meio caro para 5.30 de viagem. Estava até pensando em ir de Eurolines mesmo... 33 euros. Além disso, como a viagem não dura mais de 7 horas, acredito que inviabilziaria um trem noturno. 5ª Dúvida: Será que eu preciso reservar os trechos entre as cidades já aqui no Brasil ou seria possível comprar o trajeto seguinte no dia de chegada da cidade? Por exemplo: Chegar em Munique no dia 01 e comprar a passagem para Praga no dia 04. Pelo visto, Viena-Bratislava parece que vai ser tranquilo, pois uma é colada na outra. 6ª Dúvida: Eu até já sei que o pessoal vai torcer o nariz com a questão de Sarajevo, também sei que vai ser A pedra no sapato do roteiro... Mas tenho bastante interesse de conhecer a cidade, principalmente pelo fato da Guerra, do cerco e por ser uma possibilidade de ver pessoalmente uma cidade que poucos conhecem. Alguem conhece a cidade? Vale a pena? Não consigo ver horarios de trens de Budapeste pra lá, nem voos low-coast. Além disso, pelo que andei pesqusiando, parece que - ATUALMENTE -eles não cobram vistos, mas nada muito seguro, acredito que excepcionalmente eles não cobrem. Outra questão, se eu fosse de trem para Sarajevo, passando pela Sérvia, como seria a questão do trânsito? Precisaria de visto também para cruzar a Sérvia??? Pois é, sei que é um problema, mas se eu visitar o leste europeu agora e não for para Sarajevo, é capaz de demorar umas boas décadas pra conseguir ir pra lá, hehe! Alguma outra sugestão de transporte? Alguma dica de passeio ou albergue imperdível? Obrigado Marcos
  11. MarcosDM

    Costa Amalfitana

    Napoli é bem legal, valeria a pena ter mais tempo. Mas tendo em vista a sua situação, eu preferiria dar um jeito de deixar as mochilas em Pompeia e de lá seguir em uma linha reta para Sorrento, assim evitaria picotes no roteiro. E outra, entre ter problemas em Pompeia e em Capri eu preferiria bem mais sacrificar Pompeia! Voce vai ver quando chegar em Capri! "Outra dúvida: se por um acaso o carro não puder ser devolvido em cidades diferentes, conseguiremos conhecer Sorrento, Positano, ravello, Amalfi, salerno e voltar p deixar o carro em Sorrento, em 2 dias ?" Sim. De Sorrento a Salerno são uns 60 km, deve demorar umas 2 horas de carro, porque a estrada é meio sui generis... Além do mais, dormindo em Sorrento, voce meio que já mata a cidade, que é basicamente uma rua principal e as praiazinhas.
  12. MarcosDM

    Pompeia

    Não, não é necessário ter guia, basta o ingresso. Mas é como no Vaticano, se você tiver um guia as experiências serão mais fortes. Para subir o Vesúvio tb nao precisa de guia.
  13. MarcosDM

    Costa Amalfitana

    "Levando em conta tudo isso, vc acha q seria melhor se a gente conhecesse napoles pela manhã, fossemos p Sorrento deixassemos as coisas no hotel e de lá fossemos p Pompéia? Não ficaria mto corrido ? O melhor jeito de ir de Napoles p Sorrento é trem ? Como vc foi p Pompéia ?" Você quer conhecer Napoli apenas pela manhã e no mesmo dia conhecer Pompeia? Aí sim acredito ser corrido. Agora se voce tiver todo o dia 22 para conhecer Napoli, curtir a cidade durante esse dia e sair de lá de manha, chegar em Sorrento as 10 e de lá ir para Pompeia, blz... Eu ficaria com a Opção 3. A questão é, para voce conhecer Napoli com calma basta uma manhã cheia e uma tarde cheia... De manha você da uma caminhadinha no centro historico... castelo, porto, praça, come uma Pizza artesanal e a tarde vai ali no Museu Arqueológico e sobe lá no Belvedere. Pompeia exige entre 4 a 5 horas. Pompeia não é uma visita a um museu, é uma visita a uma cidade. Chegando em Napoli de trem pela Trenitalia, voce caminha menos de 1km e chega na outra estação de trem, da Circumvesuviana. Nessa estação voce consegue chegar a Sorrento passando pelo Vesuvio a esquerda e por Pompeia. Eu sai de Napoli por esse trem local, fui a Sorrento, curti a cidade a noitinha, no dia seguinte tirei pra ver Pompeia (também usando os trens da Circumvesviana) e subir o Vesúvio e no outro dia, também saindo de SOrrento, usei para ir a Capri. Dá uma olhada nas páginas anteriores que já deve ter algo que possa ser útil.
  14. MarcosDM

    Costa Amalfitana

    Emmanuele, Vamos lá. Não estou entendo uma coisa quando você fala "Ir p Capri e passar o dia inteiro lá, pegar o ferry p Sorrento"... Você vai sair de Napoli e pegar um ferry direto pra Capri e só depois vai para Sorrento? Se voce quis dizer que ira para Capri via Sorrento, o seu dia 24 pode não dar muito certo. Digo isso porque se você quiser passar o dia inteiro em Capri vai ter que chegar em Sorrento bem cedo. Pelo que eu me lembro, o primeiro ferry sai as 7 e pouco e o últmo volta de Capri pra Sorrento bem cedo, ali pelas 17. Então eu aconselho voce acordar em Sorrento no dia que quiser ir para Capri entende? Quanto às respostas: 1) Eu acordei em Sorrento, deixei minha mochila no albergue e fui para Capri com uma mochilinha de ataque. 2) Se você puder pagar a hospedagem em Capri não pense duas vezes, vai valer cada centavo. O problema é que é caro. 3) Acredito que sim, mas não sei se em Pompeia tem lugar para deixar o mochilão. Novamente, quando eu fui, usei Sorrento como base para ir à Capri e para ir à Pompeia. 4) Não sei. Eu vi algumas locadoras de carro na "avenida" principal de Sorrento, mas elas pareciam ser bem locais, regionais, então não sei se eles garantiriam essa possibilidade. Tem que negociar. 5) Depois de ter dormido em Sorrento e ter usado como base para Pompeia e Capri eu fui dormir em um albergue em Atrani (colado em Amalfi). Se voce dormir em Positano, Amalfi ou Atrani está tudo ok. Na realidade, para os nossos padrões, essas cidades são bairros, pois são uma pertinho da outra. Positano fica a 15km de Amalfi e para você ter uma ideia, de Atrani a Amalfi você consegue fazer da caiaque. 6) Sim. Qualquer coisa é só perguntar.
  15. Dia 13 Nice Gastos: 6,00 - Café 1,00 - Nice-Menton 1,00 - Menton-Monaco 1,00 - Monaco-Nice 2,00 - Postais de Monaco 5,00 - Kebab 5,00 - Vinho e chocolate 3,00 - Água Vista entre Nice e Monaco Praia de Menton - Isso que é estilo Subida do Cassino - F1 Zebra na subida do Cassino - F1 Curva do Cassino - F1 Curva Lowes, entre o Cassino e o Túnel, a curva mais lenta da Fórmula 1! Os carros normais andando na "contra-mão" na entrada do Túnel - F1
×