Ir para conteúdo

andreyangeli

Colaboradores
  • Total de itens

    88
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Sobre andreyangeli

  • Data de Nascimento 04-08-1986

Bio

  • Ocupação
    Mochileiro

Outras informações

  1. Isso mesmo Ralph, foi exatamente o que eu fiz. Hotel na I-Drive com transfer e I-trolley para os outlets.
  2. Eu sempre utilizei o transporte público nas minhas viagens, para mim é mais cômodo, barato e eu não gosto de dirigir em outro país, para quem é assim como eu, vamos ao relato: Em quase todos os blogs e sites que pesquisei era unânime em dizer que estas cidades a melhor opção era alugar um automóvel e se você olhar os comentários vai ver inúmeros dizendo que é muito barato. Porém com o dólar a 4 reais não está mais tão em conta assim alugar um carro, sem contar os gastos com pedágio, gasolina e estacionamento (quase todo lugar é pago). Orlando: Nossos amigos estão certos, é muito complicado andar de ônibus em Orlando, o transporte público é muito limitado, não dá para percorrer a cidade e nem ir nos parques, para se ter uma ideia, do meu hotel (na internacional drive) até o hotel mais de 2 horas, um absurdo, sendo que de carro são 20 minutos (veja a simulação abaixo no google). Simulação da rota hotel na I-drive para o Magic Kingdom no google maps Como eu só pretendia visitar os parques e outlets, ou seja, os principais pontos, me hospedei na International Drive. Estando na I-Drive, você estará próximo de tudo, dá para caminhar e ir em restaurantes, atrações turísticas e várias lojas. Reservei o hotel Rosen Inn Closest to Universal que já oferece transfer para os parques da Universal. Já no caso dos parques da Disney, há uma empresa dentro do hotel que oferece transfer por 20 dólares/pessoa (ida e volta) - o táxi sairia por 40 a 50 dólares só ida, dependendo do número de pessoas que você vá, pode valer a pena. Para ir aos outlets, dá para usar o Trolley que é um ônibus turístico (rota abaixo). Trolley de Orlando Caso você precise ir para outros locais como Florida Mall, Best Buy e Walmart, pode pegar o ônibus da empresa Lynx, o google maps mostra quais ônibus você precisa pegar - utilizei bastante esse recurso e sempre funcionou. Bom site que utilizei explicando como chegar nos principais pontos de Orlando http://dicasdafer.com.br/2012/04/07/transportepublico/ Dica Extra - Ingressos: Eu deixei para comprar os ingressos em Orlando e vi muita vantagem, consegui um desconto muito bom nos parques da Universal. Aqui eu compraria por 220 dólares (site oficial) e lá comprei por 165 dólares. Há vários pontos de venda na I-Drive. O da Disney já é mais limitado, não tem tantos pontos de venda e acabei comprando pelo mesmo preço da internet, porém a cotação do dólar que levei em espécie era melhor que comprar na internet, por isso também achei vantajoso. Viagem de Ônibus de Orlando - Miami Existem várias empresas que fazem o trajeto, porém cada empresa sai e chega a um local específico, não tem uma rodoviária como tem aqui no Brasil. Por isso, além de procurar a empresa, procure os endereços das paradas para ver qual é a melhor opção para você, principalmente em Orlando, a parada do ônibus é bem longe dos hotéis. Ônibus da empresa Greyhound Eu peguei o Greyhound, é bem popular e por isso mais barato (paguei uns 25 dólares). O ônibus possui Wi-fi grátis e também tomada para carregar o celular/tablet. A viagem dura de 4 a 5 horas, não tem muitas paradas. Para ir da parada de ônibus para o hotel, tive que pegar um táxi, que no meu caso custou cerca de 25 dólares em média (site de simulação de corrida de táxi). - http://www.taxifarefinder.com/ Dica Importante: Compre sua passagem pela internet, não dá para comprar lá no guiché na hora, é muito mais caro e não deixe para última hora pois o preço também sobe. Site Busbud que usei para compra de passagem - https://www.busbud.com/pt/onibus-miami-orlando/r/dhwfxh-djn4k5 Site do Megabus - não consegui comprar a famosa passagem por 1 dólar :-/ http://us.megabus.com/ Miami: Já Miami é uma grande cidade, então tem uma boa malha de transporte público, na verdade eu gostei muito. Consegui ir a todos os lugares de ônibus sem grandes problemas. Me hospedei no hotel Midtown Inn, 3400 Biscayne Blvd. O hotel fica bem localizado, com várias opções de restaurante bem na frente do hotel e para chegar no Downtown Miami é só andar 2 quadras e pegar o Trolley (grátis), é bem rápido. No Downtown Miami, eu utilizei o Metromover (grátis também). Trolley Miami - transporte público grátis Metromover Miami - transporte público grátis Já para lugares mais longe como Miami Beach ou Halouver Beach, utilizei os ônibus da cidade. Simulei no google maps os números do ônibus (veja figura abaixo). Simulação no google maps do trajeto para Halouver Beach Em ambas cidades, você pode compra o Day Pass para andar de ônibus. Bom post do Melhores Destinos explicando o sistema de transporte público de Miami. http://guia.melhoresdestinos.com.br/como-se-locomover-em-miami-71-472-p.html Dica Extra - Uber Caso você ainda não tenha o aplicativo, baixe lá nos USA que você receberá 15 dólares para usar na sua primeira corrida e caso você esteja em casal ou mais pessoas, dá para enviar um convite e ganhar mais dinheiro no app. É uma boa para economizar.
  3. Corrido demais. Pena que não consigo te ajudar. Mas se for, posta o relato aqui depois. Abraços
  4. Que bom que gostou Layam e mais importante que bom que as Dicas aqui do mochileiros tenha contribuído para sua viagem. Venha mais vezes sim pois tenho certeza que tem muito mais para conhecer e sempre tem promoção de passagem aérea. Abraços
  5. Vou colocar aqui o email que recebi com os passeios do lado brasileiro e argentino (email do dia 05/12/11, ou seja, os valores podem ter aumentado) Jungle (lado Argentino): Hola Andrey, Los valores actuales son : Gran aventura ----- $ 260.00 Aventura nautica -- $ 125.00 Paseo ecologico --- $ 50.00 Pasaporte verde --- $ 290.00 Pasaporte cataratas $ 160.00 Los valores son en pesos y por persona , menores de 6 años no pagan se puede contratar directamente en el parque , operamos todos los dias desde las 08:45hs hasta las 17:00hs los descriptivos podes ver en http://www.iguazujunglexplorer.com aprovecho para ofrecerte alojamiento en nuestras cabañas http://www.iguazujunglelodge tambien tranfer y excursiones. Todos los descriptivos de los paseos podes ver en http://www.iguazujunglexplorer.com Saludos cordiales, Sergio Areco Macuco Safari (lado Brasileiro), * VALORES SUJEITOS A ALTERAÇÃO SEM PRÉVIO AVISO * DURAÇÃO DOS PASSEIOS : tempos aproximados * FORMA DE PAGAMENTO : diretamente nas bilheterias - cash ou pelos cartões VISA ou MASTERCARD * CRIANÇAS DE 0 A 6 ANOS INCOMPLETOS ......... ISENTO DE 7 A 12 ANOS INCOMPLETOS ....... 50 % DESCONTO * DESCRIÇÃO DOS PASSEIOS : acesse http://www.macucoecoaventura.com.br, http://www.macucosafari.com.br , http://www.campodedesafios.com.br e http://www.kattamaram.com. *** O INGRESSO DO PARQUE NACIONAL NÃO ESTÁ INCLUÍDO EM NENHUM DOS PASSEIOS MENCIONADOS *** PARA RESERVAS E CONFIRMAÇÃO DE HORÁRIOS, ENVIE E-MAIL PARA OS ENDEREÇOS CONSTANTES NAS PÁGINAS DA WEB. *** O MACUCO SAFARI NÃO REQUER RESERVA (SAÍDAS A CADA 10 MINUTOS COM CAPACIDADE PARA 24 PESSOAS). CONSULTE SEMPRE SEU AGENTE DE VIAGENS. A seu dispor para o que for necessário e no aguardo de seus comentários. Atenciosamente.
  6. Moliterno, respondendo suas perguntas 1 - No primeiro dia, em um sábado, eu e minha namorada estamos chegando em Foz do Iguaçu de 13:30h, tem algum passeio que dá para fazer ainda no primeiro dia ? No sábado e no domingo dá para fazer os passeios nas cataratas ou as companhias só funcionam de segunda a sexta ? Dá para fazer um passeio mais rápido: Templo Budista, Marco das 3 Fronteiras ou Mesquita Muçulmana. Se o avião não atrasar, você ainda pode conseguir fazer o circuito especial de Itaipu, o último horário é às 16 horas. Do TTU até Itaipu são uns 20 minutos e do aeroporto até o TTU uns 30 minutos. 2 – Sábado e Domingo as cidades de Puerto Iguazú e Ciudad del Este funcionam normalmente ? As lojas estão abertas ? Sábado sim, agora Domingo creio que não. No Paraguai abre às 6 da manhã. 3 – Quando você passou pelo Duty Free argentino, por acaso, você encontrou algum Playstation 3 vendendo por lá ?Você viu vendendo o PS3 em algum lugar? Lembra o preço? Não vi o playstation, vi somente o Nintendo Wii. Vi playstation no Paraguai, em toda a esquina tinha. 4 – Em um dia eu consigo visitar o lado brasileiro, o parque das aves e realizar as seguintes atividades: Arvorismo, Rafting, Rapel e o Macuco Safari? Não sei se consegue realizar tudo não, mas alguns com certeza. Rapel é bem rapidinho e de fácil acesso. Agora, quanto ao Macuco Safari você pode fazer, ao invés, a Gran Aventura no lado Argentino que é similar e mais barato. 5 – Você acha melhor eu comprar essas atividades, incluindo a visita a Itaipu, pela internet ou quando chegar por lá? O que dá para comprar pela internet, eu sempre prefiro comprar pela internet, já chego lá com isso pronto e não perco tempo procurando isso. Comprei Itaipu e foi bem tranquilo. Não comprei os passeios na argentina para não pagar IOF do cartão de crédito. ps.: eu vi no seu roteiro que você pôs a Aventura Náutica, esse é o passeio de barco que é a mesma coisa feita tanto pelo lado brasileiro(incluso no Macuco Safari) quanto pelo argentino, o barco vai até embaixo das quedas 3 mosqueteiros. Outra coisa é que quando for no lado argentino, reserve o dia inteiro, ainda mais que você virá do Brasil.
  7. Obrigado, rpn! Vi o seu relato e achei muito bacana a economia de dinheiro, meu irmão mora em Ponta Porã, vou mandar seu relato para ele. Maneiro! Abraços
  8. Me responde umas coisas antes: Quais países pretende visitar? Vai com agência ou independente? Como pretende se locomover por lá?
  9. Perguntas Frequentes 1) Qual lado você achou mais bonito? Achei o lado Argentino mais bonito, porém acho que os dois lados são complementares. O lado brasileiro te dá uma visão mais ampla e do alto, já o lado argentino, você está dentro das cataratas sempre bem próximos das quedas e passando por cima do rio. 2) Qual foi o gasto da viagem? Gastamos cada um, aproximadamente, 950 reais. Passagem Gol (Vitória - Foz) = 250 reais Hostel Argentina = 84 reais (3 diárias) Hostel Brasil = 160 reais (4 diárias) - está caro, pois ficamos em um quarto privado Alimentação + transporte = 300 reais Ingressos: Cataratas Argentinas = 35 reais Cataratas Brasileiras = 24,50 reais Itaipu (Circuito Especial) = 25 reais Parque das Aves = 18 reais Paseo nas cataratas: Aventura Nautica + Paseo ecologico = 80 reais Esse foi o relato da minha viagem, espero que gostem e que possa servir no planejamento da viagem de vocês. Qualquer dúvida pode perguntar que tentarei responder o mais breve possível.
  10. É, com certeza, um lugar que merece uma segunda visita, ainda mais se não conheceu o lado argentino. Que bom que gostou do relato.
  11. 7º Dia - Circuito Especial/Usina de Itaipu Depois de 6 dias de muito calor, o sétimo dia amanheceu nublado para nossa alegria e por mais contraditório que possa parecer, esse dia preferimos passar a manhã inteira na piscina do hostel que ainda não havíamos experimentado. O tempo nublado deixou o dia mais agradável, pois quando estava sol era insuportável. Nesse mesmo dia, eu já havia comprado pela internet o passeio da Usina de Itaipu - Circuito Especial para às 16 horas. O ingresso foi meia para estudante e custou R$ 25,00. Depois de ficar a manhã toda, fomos almoçar. Descobrimos que bem mais perto do hostel havia a Churrascaria do Gaúcho que vendia um marmitex a R$ 5,00 com um pedaço de churrasco. Foi lá que fomos e achei a comida muito boa e o tamanho da marmita boa. Tá ai uma coisa que achei barato em Foz do Iguaçu foi a comida, o supermercado também achei mais barato que em Vitória, mas teve uma coisa que me revoltou; os produtos da chocolates Garoto lá são bem mais baratos do que no Espírito Santo, onde eles são fabricados, uma caixa que aqui está custando próximo de R$ 7,00, enquanto em Foz estava R$ 4,99 e as barras também estavam mais baratas. Ok, mas estou desviando do assunto. Nesse mesmo dia, eu tinha pensado em ir no Templo Budista já que no mapa ambos eram para o mesmo lado da cidade. Assim, chegamos no TTU às 13:30 horas com a intenção de passar no Templo e ainda chegar a tempo em Itaipu às 16 horas, não sei por que eu achei que dava tempo . A Linha até o Templo Budista é a Porto Belo, esperamos bastante até que por volta das 14:20 chegou o ônibus, mesmo assim resolvemos tentar ir - quem sabe o ônibus chega não lá em 10 minutos . Depois de 10 minutos, perguntei ao cobrador e ele disse que estávamos muito longe ainda e que ele avisaria quando chegássemos. Nessa hora já desanimei. Quando já eram umas 15:10 horas, o ônibus passou pelo Mosteiro, não que seja longe, é na metade do caminho para Itaipu, mas o ônibus dá tanta volta, entra e sai de bairros que a viagem foi muito demorada. Não fomos no Mosteiro, mas agora sabíamos como chegar. Continuamos no coletivo até sair do bairro Porto Belo e voltar para a Av. Ta[/Mostrar-Esconder]ncredo Neves onde pegaríamos a linha Conjunto C (via norte ou via sul, tanto faz) até Itaipu. Não demorou a passar e chegamos nos portões da hidrelétrica às 15:30 horas aproximadamente. Confirmamos nossos nomes e fomos assistir um vídeo sobre a Usina antes da visita (não obrigatório), já que o circuito iniciaria somente às 16 horas como previsto. Na hora marcada, embarcamos nos micro-ônibus para fazermos o passeio. A primeira parada é no mirante dos Vertedouros que para nossa sorte havia um aberto devido às chuvas recentes na parte alta do rio; segundo a guia, ver os vertedouros aberto é raro . Voltamos para o ônibus e enquanto estávamos a caminho da próxima atração, a guia nos contava histórias da Usina desde o início da construção na década de 70. A próxima parada, foi no mirante Central onde pode-se ver a barragem e o canal de desvio. Depois fomos até o topo da barragem para ver o lago e também o Rio Paraná seguindo seu curso natural. As outras partes da visita foram internas: sala de supervisão e controle, os geradores (tapados claro) e para fechar fomos ver um eixo da turbina funcionando (fazia um calor infernal lá embaixo devido a umidade e os sistemas de refrigeração). A visita durou 2 horas e para mim que gosto do assunto, foi ótima. Itaipu é um marco, um das grandes obras da engenharia do século 20 e temos que nos orgulhar dela. Dia 8º - Nova tentativa no Templo Budista Nosso voo de volta para Vitória-ES era só às 16 horas, então por que não irmos pela manhã bem cedo ao templo budista? Era domingo de Natal, mas isso pouco importa para eles. Domingo é dia de culto no templo e começa às 9:30 horas. Chegamos aos portões por volta das 9 horas e ajudei uma senhora a abri-lo . O templo está aberto a visitação todos os dias exceto às segundas das 9:30 até às 17 horas. O templo é muito irado, tem uma grande plantação (só não conseguir saber de que), há várias estátuas de Buda espelhadas pelo templo e dentro há uma sala com estátuas dos vários Dalai-Lamas - mas que não se pode tirar fotos. Às 9:30 começou o culto no templo e nossa visita foi ao som de mantras suaves, achei demais. O local é realmente inspirador e muito interessante. Dica: O bairro Porto Belo é um bairro pobre e o ponto de ônibus não fica exatamente na porta do mosteiro, assim seja cauteloso com suas coisas. "Não dê uma de turista." Outras atrações em Foz que não fomos: 1) Mesquita Muçulmana a via todas as vezes que passava de ônibus, mas não tive tanto interesse em ir até lá 2) Marco das 3 fronteiras até queria ir mas o cara do hostel falou que era meio perigoso e que o ônibus não te deixava próximo, teríamos que caminhar por dentro de uma "favela" e como era eu e minha namorada, preferimos não ir.
  12. 6º Dia - Compras no Paraguai Confesso que estava muito ansioso para conhecer a Ciudad del Este, mas vocês podem se perguntar por quê? Achei as Cataratas um paraíso, como eu imaginaria o Jardim do Éden lá dos tempos de Adão e Eva. Aquele lugar é demais, e o Paraguai? O Paraguai seria o contrário, em todos os relatos lia que foi o pior lugar que a pessoa já foi, que parecia o inferno e coisas do tipo. Céu e Inferno na mesma viagem. Não sei se é por que eu estava esperando o inferno que não achei tão ruim assim. É bagunçado, muita gente, um calor infernal, carro, moto, van, ônibus e gente disputando espaço nas ruas e calçadas, mas como eu disse eu já esperava ver isso tudo. Acho que o me surpreendeu foi ver que em meio aquela muamba toda havia lugares mais "luxuosos" como o shopping Monalisa. Havia de tudo para vender naquele lugar e mesmo as lojas e shoppings não se especializam em determinados produtos, vendem Pringles, perfumes, sapatos, mochilas, eletrônicos, celulares e tudo mais que eles puderem colocar na loja. Os preços são muito bons e confesso que se tivesse mais dinheiro compraria muita coisa que vi por lá, porém nos shopping nos quais os produtos não pareciam falsificados, os preços eram bem próximos aos do Duty Free da Argentina, por exemplo, o Nintendo Wii era 250 dólares e no Paraguai 270 dólares, infelizmente, eu voltei sem o meu . Mas como chegamos até lá? O ônibus que vai até o Paraguai passa de 5 em 5 minutos em frente ao TTU do outro lado da rua e custa R$ 3,50 . A viagem pode demorar devido ao trânsito na Ponte da Amizade, e como sempre partimos bem cedo antes das 8 da manhã, já que as lojas abrem às 6. Não é necessário descer do ônibus para passar na imigração como na Argentina. Andamos de 8 da manhã até umas 14 horas da tarde e sinceramente não conhecemos acho que nem 20% daquele local, é gigantesco, além dos infinitos camelôs nas ruas, todos os prédios possuem centenas de lojas, então vá preparado. Com nosso presentes comprados, meia dúzia de muambas, pegamos um ônibus de volta para o Brasil. Nesse momento, o trânsito já estava mais congestionado e na hora de passar pela Receita já no Brasil, um fiscal subiu no ônibus e mandou todos abrirem as sacolas - os caras não são muito educados, mas eu os entendo. Como nossas compras não passavam da cota de 300 dólares por CPF, não descemos do ônibus. Preferimos não almoçar no Paraguai, voltamos ao hostel e assamos uma lasanha comprada no Super Muffato. Um pouco mais tarde, fomos em uma feirinha permanente que há ali perto do TTU comprar uns souvernirs. Não é muito grande mas há algumas opções. ps.: Não temos fotos no Paraguai, pois claro não levamos a câmera fotográfica. Não me senti inseguro em nenhum momento lá, mas pela má reputação preferimos a cautela.
×
×
  • Criar Novo...