Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

TIRP

Membros
  • Total de itens

    53
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Oi Tiago tudo bem? Vou replicar pra você a pergunta que fiz para Maria Emília: Inicio meu mochilão dia 16/10/12 (Bolívia - Chile e Peru).Chego pela GOL em Sta Cruz no dia 16/10 às 13hs e gostaria de embarcar mesmo dia para Sucre, mas com este horário de chegada não consigo pegar o voo pela BOA que sai no período da manhã não é mesmo? Você acha que vale a pena arriscar e comprar na hora pela TAM? Quais são os horários, vc sabe? Alguma outra sugestão? PS: como muitos estou com uma viagem um tanto corrida e todo o tempo que eu conseguir dinamizar é melhor. Desde já agradeço muito. Abraço! Olá Luciana, a "aerocom" esta fazendo esse trecho a tarde, no momento é a única empresa que opera essa rota no período da tarde, eles tem um voo direto saindo de Santa Cruz pelo aeroporto El Trompillo as 16:00 horas. A tarifa estava em 570 bolivianos. Deve seguir no mesmo preço. Um pouco mais caro que as outras empresas, mas levando em consideração que vc chegara a Sucre no mesmo dia e nao precisara gastar com hotel em S. Cruz vale a pena. O trecho entre os 2 aeroportos é operado pela linha de Micro onibus do aeroporto e custa 6 bolivianos, mas pergunte primeiro ao motorista se vc conseguira chegar em tempo ao El Trompillo, caso contrario pegue um taxi que vai bem mais rápido e custa 60 bolivianos. O site da Aerocom diz que esta disponível a compra com cartão de credito pela internet, eu nunca comprei com eles, mas acredito que deva funcionar sim. Espero ter ajudado. Abraço
  2. Crisferod, vai ser beeemm apertado o tempo, nao sei se tem onibus com assento cama que saia antes das 17 de lá, o meu saiu as 17:00 e chegamos as 09:00 em Santa Cruz. Duas dicas que vc pode usar: compre sua passagem uns dois dias antes para se informar se existe algum bloqueio na estrada, porque já faz parte dos bolivianos fazer protestos na estradas quotidianamente, caso esteja tudo ok, fale com o motorista que vc pretende descer perto do aeroporto, o VIRU VIRU. Nao estou certo de que ele passa em frente ao aeroporto porque eu estava dormindo nessa hora, quando acordei nos estávamos na estrada que da acesso ao VIRU VIRU. Portanto tenho quase certeza que passamos lá na frente. Algumas pessoas descem antes de chegar a rodoviária, então vc nao terá problemas com isso. Com isso vc economizara muito tempo, levando en consideração o tempo que vc vai gastar da rodoviária até o aeroporto pode ser até mais de uma hora, ainda vai economizar os 60 pesos do taxi p o aeroporto. Se vc descer em frente ao aeroporto, espere o onibus (2pesos) que passa a cada 15 minutos e deixa vc em 5 minutos en frente ao terminal de passageiros que fica um pouco distante da entrada do aeroporto, o trajeto caminhando pode ser longo e cansativo. Nao se esqueça que Scz pode ter temperaturas beirando os 40 graus nessa época do ano, portanto qualquer caminhada de 10 minutos é um suplicio. Espero ter ajudado um pouco. Abraço!
  3. Ola Maria, Nestas fotos nao achei destino Santa Cruz de la Sierra, vc saberia me dizer se existe transporte de La paz -Sta Cruz? Horarios? Custos? Tempo? Qq coisa..rsrs..agradeco a informacao, alias agradeco todas as informacoes, usei varias delas para montar meu rotero..rsrs...abraco e ate mais! Crisferod as fotos da Maria Emília são das empresas que fazem rota internacional, p comprar o trecho La Paz - Santa Cruz vc vai entrar no terminal de La Paz e procurar as empresas do lado esquerdo, praticamente todas fazem esse percurso com vários tipos de ônibus. A Maria Emília indicou a Copacabana como sendo a melhor, mas eu encontrei 3 empresas com esse nome e fiquei com medo de comprar na empresa errada, por isso comprei na El Dorado o ônibus de 3 filas. O ônibus é de 2 pisos com classe única e a viagem foi bem tranqüila, parando 2 vezes p jantar e café da manha. O tempo médio é de 15 horas de viagem e a passagem custa 150 Bolivianos.
  4. Pessoal, a Amaszonas acabou de postar no facebook da empresa que iniciara os vôos para Cusco no dia 27 de agosto saindo de La Paz. Freqüência: segunda - quarta - sexta. Não atualizaram valores nem horários, mas oq se sabe é que a rota será operada em um Bombardier CRJ-200. Eles já haviam programado iniciar essa rota em Julho, mas por problemas operacionais não foi possível. Para mais informações procurem o facebook da empresa, Amaszonas S.A. Eles atualizam mais as redes sociais do que o próprio site.
  5. TIRP

    Compras na Bolívia

    Em Santa Cruz você não vai achar nada técnico, no estilo dos produtos encontrado na Tatoo e outras lojas em La Paz, poderá encontrar algumas peças nas lojas de caça e pesca na região da 7 Calles, no Casco Viejo e em uma multiloja que fica em frente ao "pontilhão" (aqui para nós é um viadulto) é só perguntat por lá que as pessoas informam. Dependendo da época em que você viaja, encontra muitas roupas popular para frio nas tiendas espalhadas pelas calles da cidade. Esse tipo de roupa, apesar de não ser nada técnico, aguenda muito bem o frio dos Andes, pois afinal, foi feito para o uso diário da população, que muitas vezes mora no campo, onde as temperaturas são ainda mais baixas (eu pessoalmente tenho muitas dessas roupas e recomendo) Então, vai da sua opção. Pode comprar em Santa Cruz de la Sierra, alguns poucos artigos técnicos e muita coisa popular. Deixar para comprar em La Paz, onde encontra grande variedade de produtos, alguns originais, muitos falsificados, sendo que esses estão divididos em no mínimo duas categorias, os feitos em Taiwan, Corea e China e os de fabricação "caseira" isso é no Peru (segundo me informou uma vendedora) Ou pagar o preço "salgado" pela compra no Brasil. Bom espero, não ter "bagunçado" muito a sua cabeça. Necessitando, pode escrever. Maria Emilia Maria Emília, sinceramente eu acho que em La Paz a gente encontra essas coisas muito mais fácil e mais barato Tb. Realmente tem que ficar de olho nas falsificações. Se não é muito familiarizado com a marca e a qualidade dos produtos é melhor comprar nas lojas como a tatoo pela certeza da origem. Em Santa Cruz eu acho que o nome da loja que vc quis falar é a multicenter? Tem a America home center e o plaza que ficam pertinhos um do outro. Lá só vale a pena mesmo se a pessoa tiver subindo direto p Sucre Pq realmente em Scre eu nunca vi nada desses artigos. Agora p quem quer economizar mesmooo, no inverno a feira da Cumavi em S. Cruz tem Muuuuita jaqueta columbia, the north face... O único inconveniente é que são todas de segunda mão. Mas vendo o preço a gnt esquece rapidinho disso. Uma jaqueta original pode sair até por 15 dólares. Maria Emília, valeu mais uma vez. Vou deixar pra comprar e Sta Cruz alguma coisa popular p/ frio, tipo cachecol, gorro, etc Thiago, sabe me dizer onde fica essa feira e quando ocorre? Estou indo p/ Sta Cruz e depois para Sucre direto valeu Dnbruno, a feira fica no bairro cumavi, se chama "feria de la cumavi" mas só vale a pena ir se vc for no inverno p comprar jaquetas. Senão, nem adianta. E vc só vai encontrar roupa de inverno, no inverno. Não sei Pq, mas depois de setembro é impossível vc conseguir achar uma jaqueta ou qualquer outra peça de inverno em qualquer loja da cidade. A não ser aquelas lojas especializadas p trilhas mesmo. Procure nessas 3 lojas que eu citei antes, em especial a multicenter, e oq não achar lá, pergunte p vendedores onde vc pode encontrar. Eu sempre encontro muita coisa perguntando p vendedores de loja. Alguns não sabem nem a direção do sol, mas tem outros que sabem de tudo.
  6. TIRP

    Compras na Bolívia

    Em Santa Cruz você não vai achar nada técnico, no estilo dos produtos encontrado na Tatoo e outras lojas em La Paz, poderá encontrar algumas peças nas lojas de caça e pesca na região da 7 Calles, no Casco Viejo e em uma multiloja que fica em frente ao "pontilhão" (aqui para nós é um viadulto) é só perguntat por lá que as pessoas informam. Dependendo da época em que você viaja, encontra muitas roupas popular para frio nas tiendas espalhadas pelas calles da cidade. Esse tipo de roupa, apesar de não ser nada técnico, aguenda muito bem o frio dos Andes, pois afinal, foi feito para o uso diário da população, que muitas vezes mora no campo, onde as temperaturas são ainda mais baixas (eu pessoalmente tenho muitas dessas roupas e recomendo) Então, vai da sua opção. Pode comprar em Santa Cruz de la Sierra, alguns poucos artigos técnicos e muita coisa popular. Deixar para comprar em La Paz, onde encontra grande variedade de produtos, alguns originais, muitos falsificados, sendo que esses estão divididos em no mínimo duas categorias, os feitos em Taiwan, Corea e China e os de fabricação "caseira" isso é no Peru (segundo me informou uma vendedora) Ou pagar o preço "salgado" pela compra no Brasil. Bom espero, não ter "bagunçado" muito a sua cabeça. Necessitando, pode escrever. Maria Emilia Maria Emília, sinceramente eu acho que em La Paz a gente encontra essas coisas muito mais fácil e mais barato Tb. Realmente tem que ficar de olho nas falsificações. Se não é muito familiarizado com a marca e a qualidade dos produtos é melhor comprar nas lojas como a tatoo pela certeza da origem. Em Santa Cruz eu acho que o nome da loja que vc quis falar é a multicenter? Tem a America home center e o plaza que ficam pertinhos um do outro. Lá só vale a pena mesmo se a pessoa tiver subindo direto p Sucre Pq realmente em Scre eu nunca vi nada desses artigos. Agora p quem quer economizar mesmooo, no inverno a feira da Cumavi em S. Cruz tem Muuuuita jaqueta columbia, the north face... O único inconveniente é que são todas de segunda mão. Mas vendo o preço a gnt esquece rapidinho disso. Uma jaqueta original pode sair até por 15 dólares.
  7. Agora que vi que seu vôo chega as 12 da tarde mesmo, pensei que chegava as 12 da noite. Pq a cinco anos que a GOL só tem um vôo p S. Cruz que chega 1 da manha e meia noite na época do horário de verão. Não sabia que tinham trocado o horário. Realmente, agora vai ser bem difícil p vc mesmo. Mas eu sugiro que vc espere um pouco então, Pq os horários dos vôos aqui trocam muito Tb. Em novembro vc procura ver como estão os horários e decide melhor. Abraço
  8. Donchefao, pelo que eu vi vc chega dia 12 em Santa Cruz e disse q nao tem voo BOA no mesmo dia para Sucre? Se for isso, eu dei uma olhada no site e tem sim, 1 direto e outro via Cochabamba. Todos saem por volta das 8 da manha do mesmo aeroporto que vc vai chegar com a GOL, o Viru-viru. A tarifa custa 391 bolivianos. A TAM faz esse voo por 390 bolivianos e sai do aeroporto el Trompillo, no centro da cidade. Por isso eu acho que vc deve procurar a agencia da BOA ai no Brasil e comprar o voo com ela mesmo, assim evita imprevistos na chegada a S. Cruz. Eles vendem passagens por email se vc não estiver em Sao Paulo, dividindo em 3x no Cartão. A boa é muito melhor que a Tam. Tam é militar, por isso vc não encontra muita informação no site deles. Uma comparação breve, são os antigos Búfalos da FAB que faziam alguns voos levando civis ao interior do país, serviço sem luxo e aviões bem estranhos. Hj esse serviço foi extinto no Brasil, mas na Bolívia ele só cresce a cada dia e hj a TAM é considerada uma companhia aérea da força militar, mas totalmente dependente da FAB (boliviana). Por isso nao faz venda de passagens em sites ou agencia de viagens fora da Bolívia. Os voos a Sucre na TAM geralmente são operados no BAE 146-200.
  9. TIRP

    La Paz - Onde ficar?

    Ola Erika, desculpa me intrometer na sua conversa com a Maria Emilia, mas eu acho que vc deve procurar um hostel bem badalado como o Torino ou o Loki mesmo, até pq vc esta viajando sozinha e vai precisar fazer amizades rápido. Da ultima vez que eu fui em La Paz eu fiquei na Hotel Sagárnaga que a Maria Emilia ja se hospedou tb. Gostei muito de la, mas pelo fato de ser quartos privados e ser hotel, não tinha muita interação com os hospedes. Os amigos que eu fiz foi na rua mesmo, nos bares e restaurantes.
  10. Sim, eu comprei uma passagem de Santa Cruz para La Paz e no dia do meu voo, todos os voos da Aerosur foram cancelados de vez. O reembolso nunca veio pq comprei com a Aerosur mesmo aqui em Santa Cruz e eles nao reembolsaram ninguém até hj. Mas o povo que comprou de agencia esta conseguindo receber o dinheiro de volta, até pq não houve repasse.
  11. Gustavo, sua duvida ja foi respondida no fórum inúmeras vezes, da uma passada pelo Guia troca de informações e pelos relatos de viagem. Enfim, os documentos exigidos são, Passaporte valido ou Carteira de identidade Brasileira ou expedida por algum país do Mercosul com no máximo de 10 anos da data de expedição. Carteira de vacinação INTERNACIONAL expedida pela ANVISA que conste estar imune contra a febre amarela, a vacina tem validade de 10 anos e vc so esta imune depois de 10 dias de tomada a vacina. Todas as outras fronteiras que vc ira passar sao pedidos os mesmos documentos. Para saber quanto tempo vc vai demorar na imigração de cada país, quais os perrengens vc poderá enfrentar, é melhor vc pesquisar no fórum, pois isso vai depender muito de cada cidade que vc escolher para entrar em um país e o meio de transporte que vc estiver viajando. Abraço e boa viagem.
  12. Leandrogod, a Decolar ja tem uma histórico de deixar os passageiros esperando meses e meses por um reembolso, isso é contra a constituição. Poste uma reclamação no reclameaqui que eles vão entrar em contato com vc na mesma hora dando alguma solução p problema, caso vc não fique satisfeito, diga que ira entrar com uma ação no Procon, caso eles não façam nada, peça apoio no Procon sim, não paga nada por isso e vc só tem a ganhar. Lembrando que a responsabilidade é de quem vende a passagem, portando o valor tem que ser devolvido de forma integral, sem nenhum tipo de desconto.
  13. Então, só vi pelo site da BOA...entrei em contato com eles, flei com o Ronaldo que me passou esses dados de voo para o dia q eu vou. Há três tipos de tarifas UOW 46,86 USD , VOW 50,57 USD e BOW 53,57 USD. Não entendi mto bem o pq das mudanças de valor nas tarifas, mas acho que o valor está dentro dos conformes...Acho que vou comprar com eles aqui mesmo, vai que o preço sobe (acho dificil maaaaaaaaaas....) Thaahh, se os valores forem esses, vale a pena comprar no Brasil mesmo. Pq são os mesmos valores praticados na Bolívia e não tem perigo de chegar em Santa Cruz e não ter mais vaga. A diferença de valores é uma regra das companhias aéreas no mundo inteiro, são oferecidos alguns assentos com uma porcentagem de desconto variados, para animar os passageiros a comprar as passagens com antecedência, os que comprarem primeiro conseguem as mais baratas ( com mais desconto), e quando essas acabam só restam as de tarifa cheia.
×
×
  • Criar Novo...