Ir para conteúdo

rchia

Membros de Honra
  • Total de itens

    206
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que rchia postou

  1. A Herdade do Esporão, na verdade, fica em Reguengos de Monsaraz, a uns 40 km de Évora. Mas Évora tem várias vinícolas próximas. Creio que a mais famosa para nós brasileiros é a Cartuxa (que faz também os vinhos EA). Atenção porque lá não há produção do vinho, apenas o estágio em barrica, portanto, a visita é mais simples. O Museu de Évora, próximo ao Templo de Diana, também é muito interessante, com certeza vale a visita. Também de Évora é possível visitar os Cromeleques dos Almendres, que são pedras (megálitos) que teriam sido colocadas na região há 5 a 6 mil anos.
  2. Quem estiver viajando para Washington e EUA em geral é bom dar uma checada no funcionamento de parques, museus e monumentos. Como o Congresso americano não chegou a um acordo sobre o orçamento, os servidores federais estão entrando em licença compulsória e a maioria dos serviços não essenciais parou de funcionar hoje, segundo as notícias. http://www.nytimes.com/2013/10/02/us/politics/us-government-shutdown.html?hp
  3. rchia

    Visto - Canadá

    Pessoal, meu visto chegou faltando dois dias para a viagem, só depois que encaminhei cópias das passagens ao VAC. Aconselho a quem quer viajar nos próximos meses, sem passar por muitas "emoções", que entre com pelo menos uns 40 a 50 dias de antecedência - um pouco mais se for no online. Os VACs garantem que a demora não tem nada a ver com a greve, mas só por causa da demanda. SE isso for verdade, do que eu duvido um pouco, pode ser que os prazos se normalizem, mas cada um faça sua aposta.
  4. Vi pelo Hertz mesmo e deu cerca de $ 40 por dia + taxes. Mas tenta pelo Priceline.com, acho que tem ofertas da Budget mais em conta.
  5. Caros, talvez eu faça aquela escala longa no Panamá e gostaria de contratar um taxista para um passeio. Procurei aqui e só achei o Riolando (que não respondeu meu email) e outra dica antiga, de 2011. Alguém aí tem contatos de pessoas que façam tour (de 4 ou 6 horas) por lá? Tem ideia de preço? Obrigado!
  6. rchia

    Visto - Canadá

    A greve continua: http://www.theglobeandmail.com/news/politics/no-deal-yet-for-striking-foreign-service-workers-feds-coping-with-visa-backlog/article13458343/
  7. Obrigado pela resposta, Jaumz. Como disse no outro tópico, minha viagem meio que subiu no telhado, mas só para ficar de referência para eventuais outros usuários: Pesquisei mais um pouco e concluí que realmente os preços são altos. Mesmo os descontos para estudante, quando existem, são relativamente pequenos (cerca de $ 3 a $ 4 a menos em relação ao preço cheio). Li em algum lugar que vale a pena procurar cupons nos hotéis e outros pontos em que circulam turistas. Em Montreal existe um passe, mas é só para museus, não inclui outras atrações - inclui, porém, o Biodome e o Jardim Botânico. http://www.museesmontreal.org/en/The_Montreal_Museums_Pass__your_cultural_passport_for_easy_access_to_38_museums.htm Fica o alerta, porém, em relação ao visto: atencao-visto-para-o-canada-t84830.html
  8. rchia

    Visto - Canadá

    Acabei de saber, por um amigo, que os oficiais de chancelaria canadenses estão em greve no mundo todo. Com isso, os processo de solicitação de visto estão tramitando lentamente e, em muitos casos, parados. Portanto, aconselho a quem tiver viagem planejada para data próxima que repense seus planos. Faço esse alerta porque apresentei minha solicitação no VAC do Canadá no início de julho e ninguém me avisou do risco de não sair o visto. Pelo contrário: perguntei quanto tempo demorava e a atendente disse com todas as letras que eram DEZ DIAS ÚTEIS, conforme consta do site. Sequer mencionou a possibilidade de atrasar. O resultado é que posso ter pagado taxas para três pessoas à toa.
  9. Estamos planejando uma viagem para breve ao Canadá (Toronto/Niagara, Montreal, Quebec). Pesquisando as atrações, de todos os tipos, achamos os ingressos bem salgados. Vocês têm alguma dica? Existem cupons? Sei que em Toronto existe o CityPass (CN Tower, Casa Loma, Zoo, Royal Museum e Science Centre), que reduz bastante o preço, mas, para o resto, não vi muitas opções... Qualquer dica será bem-vinda.
  10. Olha, se você tem disposição, dá para pelo menos conhecer alguma praia, até com certa tranquilidade. No Galeão, você pode pegar a linha 2018 ("frescão"), que passa de 20 em 20 minutos e custa R$ 13. Como é domingo, ele passa nas ruas internas e não pela orla, mas ainda bem perto das praias de Copacabana, Ipanema, etc. Quando descer, já veja onde pode pegar o ônibus para a volta. Vá ao site da Real Auto Ônibus para conferir as informações. Se você já estiver com cartão de embarque, sugiro pegar o ônibus de volta pelo menos 1h30 (mais se não estiver) antes do horário do seu segundo voo. E, claro, aproveitar o passeio, ainda que curto. Abs.
  11. rchia

    João Pessoa

    Amigos, Alguém sabe o custo ATUAL do táxi do aeroporto até as principais regiões de hospedagem (como pretendo viajar com bebê não tenho como pegar o ônibus)? Dei uma olhada nas mensagens anteriores, mas só achei bem antigas, de 2010/2011... Obrigado!
  12. rchia

    Bogotá

    Ao que parece, a identidade basta para entrar na Colômbia, nos termos de acordo celebrado entre os países membros do Mercosul e ainda Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela. http://www.portalconsular.mre.gov.br/antes/acordo-sobre-documentos-de-viagem-mercosul Mas, se você tiver possibilidade, dê sempre preferência a viajar com o passaporte.
  13. O "novo" Museu da Acrópole é imperdível. http://www.theacropolismuseum.gr O cemitério de Keramikos também é interessante (http://en.wikipedia.org/wiki/Kerameikos), mas eu passaria o resto do tempo andando ali por baixo, visitando a Agora, etc.
  14. rchia

    Bogotá

    Salvo engano, o Museo Botero abre segunda (fecha na terça). Dá uma olhada no site. Você pode dar um pulo lá, ir andando até a Plaza de Bolívar (coma um tamale no caminho), ver se tem um passeio grátis no escritório de turismo que fica na praça...
  15. Opa, Pedrada, estávamos procurando algo mais de cidadezinha mesmo, um lugar tranquilo que desse para andar, comer, de repente com alguns lugares históricos, etc., pois estamos com criança pequena - por isso nada de trilhas e cachoeiras . Ouvi falar que algumas cidades estão sendo revitalizadas por aqui, mas não sei se já há alguma coisa que valha a pena passar uns dias...
  16. Caros, Alguém indica um lugar nas proximidades de Brasília sem ser Pirenópolis e Goiás Velho? Não precisa ser nada emocionante, só para passear mesmo, uma cidade agradável... sempre falamos de Pirenópolis e Goiás Velho, haveria outra, ainda que não tão interessante?
  17. Lembrando sua recente morte, sugiro o Ray Bradbury... Aliás, comprei o Fahrenheit 451 na minha última viagem, para ler no avião de volta. Faltavam 40 e poucas páginas e simplesmente deixei o livro no bolso da poltrona! (Li o restinho pela internet mesmo...)
  18. Não sei se é o fórum correto, mas sugiro darem uma olhada nesse blog, de um querido amigo, sobre a viagem de moto que está fazendo do Rio de Janeiro ao Alasca: http://rumoaoalasca.blogspot.com.br/
  19. Dentro da Colômbia, o meio mais barato é, sem dúvida, o ônibus. Mas é preciso ficar ligado e pechinchar nas rodoviárias, pois os preços "oficiais" geralmente são muito altos, e eles baixam numa boa. Se você for fazer um trajeto mais comprido, e puder se planejar com antecedência, dá para achar passagens de avião a preços bem acessíveis. De acordo com as regras do fórum, e até para o pessoal poder ajudar mais, seria legal você pelo menos botar um rascunho com os lugares que pretende conhecer.
  20. Aconselho conferir num guia atualizado, já que essas coisas costumam mudar rápido, mas, pelo que me lembro, não é possível pagar diretamente em dólares. Também não confie muito no cartão de crédito internacional. Muitas lojas, até algumas grandes, só aceitam cartões emitidos na China. Uma opção é você usar seu cartão de débito ou crédito para sacar RMB/yuan direto nas caixas eletrônicas. O único inconveniente dessa opção é que você só vai conseguir um máximo de +- US$ 300 por dia. Se não der, pegue seus dólares e passaporte, entre em qualquer banco oficial e faça o câmbio. É bem simples. Por precaução tenha o endereço do lugar onde está hospedado.
  21. Agora quem quiser uma visão panorâmica de Brasília também pode ir, nos fins de semana, à Torre de TV Digital. Ainda não funciona como Torre de TV Digital (!), mas como mirante já está aberta. Parece que tem um limite de visitantes por dia.
  22. Não achei nenhum tópico mais recente, então resolvi atualizar esse aqui: O acesso às trilhas para a cachoeira do Indaiá e até o Itiquira (por cima) é feito pela entrada da Fazenda Indaiá, onde agora existe um hotel chamado Citates (tel: 61-3503-5049). O acesso só às cachoeiras custa R$ 10. Você segue de carro até um "estacionamento" e dali até a primeira cachoeira são uns 2 minutos. Até a terceira cachoeira, onde se cruza o rio, são uns 20 minutos. O percurso até o Itiquira, salvo engano (bom conferir), é de menos de 4 km.
  23. Só para dar o retorno à Flavia Val: fui lá no cemitério de Greenwood e não me arrependi. Com o devido respeito, o lugar é praticamente um parque, imenso e cheio de caminhos. Lá ocorreu a Batalha do Brooklyn (ou Batalha de Long Island), perdida pelos colonos americanos, mas considerada importante por ser um marco da resistência durante a Guerra da Independência. Era um local estratégico porque tinha uma posição privilegiada em relação ao rio e hoje oferece uma visão panorâmica da "skyline" de Manhattan. Para chegar lá é só pegar o trem R (amarelo), sentido Brooklyn, e descer na estação 25th Street. De lá é só caminhar um quarteirão para cima. Por falar em metrô, um programa "não oficial" que andei lendo por aí é tentar conhecer a estação City Hall, fechada há décadas. O segredo seria pegar a linha 6 (verde), direção Brooklyn Bridge, e NÃO descer na última estação. De lá o trem segue para a estação City Hall, que agora serve apenas para manobras, já que não comporta a operação dos trens usados atualmente... Se alguém quiser tentar...
  24. Md, se você começar cedo, e não se importar em não ter tempo para passear sem muito compromisso, um dia dá para ver Segóvia, e olhe lá. A catedral, por exemplo, vi correndo, mas acho que é um lugar que vale conhecer com mais calma (se bem que tem gente que acha que "igreja é tudo igual" ). Se bem que eu fui e voltei andando do aqueduto ao Alcazar, então você pode economizar algum tempo pegando um transporte. Fui a La Granja de carrro alugado, mas suponho que não deva ser muito difícil encontrar um transporte até lá. Se possível, tente planejar para um dia em que eles liguem algumas das fontes - nem todo dia isso acontece. Ao lado do aqueduto e na praça perto da catedral há escritórios de turismo que podem te ajudar e também oferecem passeios em grupo.
  25. Rene, fiz um roteiro bem parecido em 2010 e deu tudo certinho. Ficaria um dia a mais em Bogotá, pois, ao contrário do que possa parecer, há muito a se fazer por lá, mas no gera é o suficiente para aproveitar bem cada lugar.
×
×
  • Criar Novo...