Ir para conteúdo

sssazevedo

Membros
  • Total de itens

    220
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Sobre sssazevedo

  • Data de Nascimento 05-07-1980

Bio

  • Ocupação
    Analista de Sistemas
  1. Olá, Isabela. Desculpe pela demora em respoder mas é que já tem um tempinho que não dou uma passadinha por aqui. Eu acredito que no mês de Janeiro a situação fique mais um pouco tensa por lá, já que o frio deve ser bem pior. De qualquer forma acredito que na Rota Romãntica e Baviera vocês não terão problemas em dirigir. Porém nos Alpes, eu sinceramente não aconselho, já que é uma pista bem sinuosa e apertada, principalmente na divisa entre Alemanha e Áustria. Agora se vocês já tiverem experiência em dirigir nessa situação, fiquem a vontade em decidir. Em relação as estações de Esqui, eu acredito que não terão problemas para usufruir, apenas se preparem com roupas adequadas. Fique a vontade em fazer mais perguntas. Abração, Sandro Stéfano.
  2. Fala grande Victor, Realmente tivemos que pagar para entrar nos jardins. E como estava uma chuvinha fina, decidimos pagar o trenzinho e fomos até o Palácio de Maria Antonieta, muito bom. Dê uma lida no meu outro relato, da viagem que fizemos esse ano para a Áustria e Alemanha. Foi perfeito. Tenho certeza que vocês ficarão loucos para conhecer lá. Abração, Sandro Stéfano.
  3. Florença é uma cidade muito bonita. Infelizmente não pude passar por lá na minha ida a Itália. Com certeza estará no roteiro da próxima viagem para lá. Quando puder dê uma lida no meu relato que está aqui na assinatura, fiz algumas cidades que você visitou. Abração, Sandro Stéfano.
  4. Relato muito bom, meu amigo. Aguardo a continuação. Abração, Sandro Stéfano
  5. Relato muito bom sobre a minha cidade, Léo. Lindas fotos. Que bom que gostou daqui. Seja sempre bemvindo e volte sempre. Abraços, Sandro Stéfano.
  6. Ótimo relato, Marcelo. Que bom que gostaram da minha cidade. Voltem sempre. Abraços, Sandro Stéfano.
  7. Ótimo relato sobre o meu Estado, Russo. Espero que tenha curtido bastante esses dias. Volte sempre. Abraços, Sandro Stéfano.
  8. Olá, Naomi. Adorei seu relato sobre minha cidade Aracaju. Apesar de não sermos um destino turístico tão desenvolvido, estamos fazendo o máximo para melhorar esse cenário. Em breve teremos a ampliação do aeroporto com a possível chegada de voos internacionais. Qual foi sua avaliação sobre o nosso Estado? Abração, Sandro Stéfano.
  9. Fala, grande Marcos. Eu também fiquei muito surpreso com o tempo lá pois os relatos que havia lido informavam que já era um clima bem típico da primavera. Mas o frio não foi tão intenso quanto peguei na outra viagem que fiz em Outubro de 2011. As roupas que levamos foram suficientes sim, é só fazer o esquema de camadas que dá pra suportar numa boa. Esse lance de conciliar é muito complicado mesmo já que minha esposa é professora e só tem férias escolares, ou seja, no inicio do ano ou meio do ano, épocas que são frias demais ou quente demais e os preços não são bons. Então tento ver se ela consegue encaixar algumas folgas juntas com feriado e aí conseguimos fazer viagens de 10 a 12 dias. Tenho certeza que vocês irão adorar a Baviera. As paisagens são lindas, hospedagens excelentes e a comida muito boa. Abração, Sandro Stéfano.
  10. Lindas fotos e ótimo relato, Violas. Não sei se você leu meu relato mas também ficamos apaixonados pela região da Baviera. Espero voltar lá em breve. Abração, Sandro Stéfano.
  11. Grande Fernando, Muito obrigado pelo elogio. Sua presença por aqui é muito nobre. Tenho certeza que você adorará conhecer esses locais. Qualquer dúvida, fique a vontade em perguntar. Abração, Sandro Stéfano.
  12. Valeu, Letícia. Você foi muito importante desde a nossa última viagem. Foi baseado no seu relato que eu montei o meu roteiro em 2011 e que fiquei louco para conhecer Füssen. Ficamos apaixonados pela região. Pretendemos voltar lá em breve. Abração, Sandro Stéfano.
  13. Dia 05/05 Dia do retorno ao Brasil. A ideia inicial era acordar cedo e ir assistir o jogo do Munique 1860 no Allianz Arena, o estádio do Bayern. Mas devido ao cansaço acumulado da viagem e ao fato de que as 12:30 pegaríamos o trem para Frankfurt, decidimos dormir um pouco mais. Após o café da manhã, fizemos o check-out, deixamos as malas na recepção e fomos visitar o parque Englischer Garten, pois nossa amiga estava com muita vontade de ver a galera surfando nas ondas artificiais que rolam por lá. A recepcionista do hotel nos informou que poderíamos descer em 3 estações ao lado do parque mas que era melhor a última. Pegamos o metrô e descemos na estação indicada. Caminhamos pelas ruas com a ajuda do gps do celular e encontramos mais um Arco do Triunfo no meio do caminho. Aproveitamos para tirar fotos. Arco do Triunfo de Munique Entramos pela lateral do parque e após caminhar uns 15 minutos, descobrimos com um casal de alemães que as ondas artificiais ficavam na entrada do parque, ou seja, na primeira estação e não na terceira como havia falado a recepcionista. A caminhada até o local demoraria mais uns 20 minutos. Como nosso tempo estava apertado, decidi retornar ao hotel e eles continuaram a caminhada. Ainda tiramos foto de um lindo garotinho que andava de bicicleta no parque Parque English Garden Alemãozinho andando de bike Voltamos pro hotel, aproveitamos para dar uma geral na higiene e ficamos aguardando a hora de ir para a estação ferroviária. Quando estávamos saindo, nossos amigos chegaram e nos acompanharam até a estação. Segundo eles o surfe nas ondas artificiais era bem legal, valendo a pena a visita. Chegamos na estação e o nosso trem de alta velocidade chegou na hora marcada. Consegui pegar uma promoção da Bahn e a 1ª classe estava mais barata que a 2ª. Foi uma viagem de 4:30 de duração muito agradável. As paisagens até Frankfurt alternam entre cidadezinhas e fazendas. Despedida de Munique Acessando a internet no caminho para Frankfurt No aeroporto aproveitamos para pegar o tax free dos produtos comprados e aguardamos o nosso voo. O voo saiu no horário marcado e foi muito semelhante ao voo da ida. Após o jantar, dormi e já acordei na hora do café da manhã. Chegamos em São Paulo e aproveitamos para pegar nossas encomendas no Free Shop. Pegamos o voo domestico para Aracaju e chegamos por volta das 13:30. E assim terminou mais uma viagem a Europa. Gostaria de agradecer a todos que acompanharam o relato até aqui e que fiquem a vontade para tirar quaisquer dúvidas sobre o roteiro e outros assuntos. Abração, Sandro Stéfano.
  14. Dia 04/05 Após uma boa noite de sono, tomamos o café da manhã, fizemos o check-out, guardamos as malas no carro e fomos fazer o passeio pelo lago Königssee. Corremos pois atrás da gente já chegava uma tropa de japoneses. O passeio dura em torno de 1:30 minutos, contando ida e volta. Ele é feito através de barcos elétricos, ecologicamente corretos, quase não se houve o barulho dos motores. Cais de saída A paisagem é sensacional. Parece um quadro pintado a mão. É possível para em alguns cais e fazer algumas trilhas durante o caminho. Lago Königssee Cachoeira beirando o lago No meio do caminho o barco para e um jovem rapaz toca uma corneta. O som é ecoado entre as montanhas. Um momento mágico do passeio. Corneteiro alemão A primeira parada é no cais ao lado da Igreja de São Bartolomeu. Nós decidimos não parar nele para economizar tempo. Igreja de São Bartolomeu Seguimos até a última parada. Neste local, existe um hotel e umas lojinhas. Além disso, é possível fazer uma trilha que dura em torno de 20 minutos para chegar em um dos lagos mais bonitos que já vi na vida: o Öbersee. Recomendo demais essa trilha. A paisagem é coisa de outro mundo. Amamos. Lago Öberssee Lago Öberssee É possível ainda continuar a trilha e em mais 40 minutos se chega numa linda cachoeira. Nós não topamos pois iria demorar muito. Então decidimos retornar e seguir viagem para Salzburgo. Chegando em Salzburgo procuramos um lugar para estacionar. Enquanto isso presenciamos um casamento que estava ocorrendo. Uma linda noiva chegava na sua charrete. Perfeito. Linda noiva na sua charrete Já eram quase 1 da tarde, então decidimos almoçar. Achamos um bom restaurante italiano perto do centro comercial da cidade. Um bom almoço. De lá seguimos para a ponte dos cadeados e tiramos fotos dela e do castelo de Salzburgo. Castelo de Salzburgo Ponte dos cadeados com o castelo ao fundo Retornamos e passamos pelo museu de Mozart, mas devido ao tempo curto decidimos não entrar. Entrada do museu de Mozart Após passear um pouco pelas ruas de Salzburgo, decidimos continuar viagem para Munique. Este trecho estava bem movimentado. O legal foi ver alguns porsches e ferraris passando por nós na AutoBahn. Ao localizarmos o nosso hotel, Hotelissimo Haberstock, tivemos uma certa dificuldade para estacionar, já que ele está situado próximo a estação central de trem e bem no centro da cidade. Paramos na frente do hotel e ficamos muito preocupados de alguém bater no carro já que a rua era bem apertada. Tiramos as malas, deixamos as mulheres fazendo o check-in e fomos procurar a Avis para devolver o carro. Foi outro problema, já que a Avis estava dentro da estação de trem porém o lugar para deixar o carro é em outro lugar. Após uma certa dificuldade, conseguimos devolver faltando 10 minutos para o fim do aluguel Deixamos as malas nos quartos e partimos para o centro de Munique. Enquanto estávamos procurando o hotel, descobrimos que existia uma loja Saturn perto dele. Deixamos as mulheres numa loja de roupa e fomos procurar nosso celular. Graças a Deus encontramos dessa vez e saímos super felizes Centro comercial de Munique Passamos pela catedral de Munique e entramos para tirar fotos. Vale a pena. Muito bonita. Catedral de Munique De lá seguimos pelos calçadões até a Marienplatz, a principal praça da cidade. Tiramos muitas fotos da Rathäus, a linda prefeitura em estilo gótico. Prefeitura de Munique Marientplatz De lá seguimos para o Hard Rock Café que é bem bacana, tiramos algumas fotos e fomos para a cervejaria mais famosa de Munique, a HofBräuhaus. Hard Rock Cafe HofBrauhaus Como não somos de beber e estávamos com muita fome, decidimos comer uma pizza na Pizza Hut e assim terminou nossa noite em Munique. Voltar pro hotel para recarregar as energias. Continua....
×
×
  • Criar Novo...