Ir para conteúdo

ivaldo junior

Colaboradores
  • Total de itens

    23
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre ivaldo junior

  • Data de Nascimento 15-06-1983
  1. Olá pessoal, Por favor uma dica para o viajante sozinho... Até o momento vou ir de Salvador pra Lençois e chegar lá... me virar pra fazer os passeios... trilhas... etc.. encontrar grupos incompletos etc... Ficando em Lençois como "sede" da pra curtir legal por uma semana? Agosto dia 12/08 acho q to lá Obrigado
  2. Pra mim musica nao pode faltar... a vida devia ter trilha sonora! Apesar de estar sempre no mundo do Rock! Tem muita coisa boa por ai... Ouvi o disco Os Novos Baianos de 1972, musica brasileira de qualidade Uma musica de exemplo... Mistério do Planeta (Os Novos Baianos - Composição: Galvão - Moraes Moreira) Vou mostrando como sou E vou sendo como posso, Jogando meu corpo no mundo, Andando por todos os cantos E pela lei natural dos encontros Eu deixo e recebo um tanto E passo aos olhos nus Ou vestidos de lunetas, Passado, presente, Participo sendo o mistério do planeta O tríplice mistério do "stop" Que eu passo por e sendo ele No que fica em cada um, No que sigo o meu caminho E no ar que fez e assistiu Abra um parênteses, não esqueça Que independente disso Eu não passo de um malandro, De um moleque do brasil Que peço e dou esmolas, Mas ando e penso sempre com mais de um, Por isso ninguém vê minha sacola
  3. Apos a trilha de Salkantay e chegar ao topo de Waynapicchu !! (Isso mesmo de poucos dias atras ter perdido para o Estudiantes na final da Libertadores)
  4. Bacana as dicas, esse `Graham's 10 years old tawny` deu muita vontade de provar Tambem sou um apreciador do vinho e sua cultura (mas sem frecuras) Ainda nao tive uma boa ideia sobre a melhor maneira de levar vinho no mochilao ... numa montanha, trekking ou etc... Lugar que fiquei feliz foi no Chile, nunca tomei tanto vinho bom e barato e em garrafas gigantes la vi o Gato Negro sendo vendido em embalagem de Leite tipo Tetra Pak... rss Uma dica sobre um vinho Frances bom e barato serio o `Vinho Cave de Ladac Cotes Du Rhone 750 ml ` fica entre 20 e poucos Reais... T+
  5. Cacius, Tranquilo cara, sempre bom conhecer outros pontos de vista e tamo ai sempre aprendendo, acertando e errando, particularmente não lembro de já ter feito uma fogueira (sou uma negação pra isto, até pra acender churrasqueira rs) mas me parece que vc esta certo quanto a capacidade de recuperação neste tipo situação, numa próxima posso alertar e pra falar a verdade o cara que acendeu destitiu logo depois pois nao tava adiantando nada em relacao ao frio. E quanto ao vento, usamos as rochas sim, foi o que ajudou um pouco mas as barracas eram bem ruimzinhas e não aguentaram bem. Flw
  6. Opa, valeu ai Jorge, fui la e nao sabia o nome do pico, então Ant é "Agulhinha", Vi seu relato e fotos tb, massa. Well, então, são só uns 100 km de BH sentido BH-Vitória, acho que vale a pena fazer a travessia como no relato do Jorge, ai tem que ser em alguns dias. Cacius, no cume é só rocha e não estavamos muito bem preparados e não conseguimos firmar direito as barracas no chão e o vento era muito forte mesmo. Lá não tem vegetação, só rocha, aquela fogueira foi um colega que só acendeu alguns restos de fogueira que outros deixaram lá. Vlw
  7. Galera, Mais um destino mineiro para todos... “ Catas Altas é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2004 era de 4.459 habitantes. Situada ao pé da Serra do Caraça, a apenas 120 quilômetros de Belo Horizonte, a aconchegante e turística, a mineração de ferro é hoje a principal atividade econômica. Mesmo tendo causado grandes estragos ao meio ambiente, pois o controle ambiental é bastante recente, a atividade não conseguiu diminuir a imponência e beleza da Serra do Caraça, guardiã da cidade. “ (Wikipedia) Pico a direita, no fundo da imagem. Estava eu mais uma noite de sexta-feira tomamando aquela cervejinha quando um colega de Bom Jesus do Amparo chega ao bar e diz: "Vamo embora subir amanha as 4:00 a Serra em Catas Altas?" e eu sem muito pensar, cansado de tanto trabalho na semana e etc... respondo: "Bora" As 4:00 acordo morto de sono e vamo embora pra Catas Altas, As 5:30 chegamos a Catas Altas e encontramos o grupo de mochileiros na praça central da cidade, um deles e natural da cidade e ja subiu várias vezes. Iniciamos a subida ainda antes do amanhecer e pegamos inicialmente uma mata bem fechada, o que nos fez errar a trilha por varias vezes tb. Ao amanhecer deparamos com a seguinte vista do desafio. Sem desanimar continuamos subindo e pra resumir vou por os dados da subida abaixo: Tempo gasto: aproximadamente 9 hrs Dificuldade: Existem pontos proximos ao cume onde quase é necessário escalar. Situação da trilha: Ainda esta lá, mas esta um pouco desgastada e é aconselhavel ir com pessoa que conheça ou guia (não sei se tem). Cume: Faz bastante frio de noite (neblina), venta muito todas as barracas se desfizeram durante a madrugada e eu desisti e "dormi" com a minha desmontada sobre mim mesmo. Descida: existe pontos que escorregam muito, atenção no máximo. No mais, é isto ae ! Vista muito bonita de várias cidades ao redor e mais um desafio completo ! vlw
  8. Parece bem legal ein, Ja to animando a ir, Dave Matthews Band e Pixies ja me animam, sera que tem algum lugar bacana pra acampar etc..
  9. Parabéns Leticia, Muito bacana, sou BH e mesmo sendo cruzeirense nunca tinha ouvido falar do Cruzeiro Sport Bar ( dentre outros que tb não conhecia ) Vlw
  10. Responderei com 2 fotos: Pico da Bandeira (MG) WAYNA PICHU (Peru)
  11. Galera, até hoje, pra mim, foi entre a Bolívia e o Paraguay, porque eu e estava sozinho (indo para Foz do Iguaçu) num ônibus caindo aos pedaços e só tinha equatoriano e boliaviano. Era de madrugada e os policiais mandaram todos descerem do ônibus sem as bagagens e depois mandou o ônibus seguir, depois mandaram todos irem andando cerca de 500 mts no escuro ate uma pequena casa ( que no final era o posto boliviano e revistaram bastante a todos) Mas o que passa na sua cabeça nesses 500 mts no escuro foi foda viu !! flw
  12. Assunto muito interessante, tenho um perfil solitário e as vezes visto erroneamente como individualista, pois em muitos momentos aprecio a solidão e em muitos deles ela é necessária para se entender certas situações. Vivendo toda a vida em cidade grande, fui morar numa ciadde de 5 mil habitantes (acabei ficando 5 anos), devido a trabalho e estudo, descobri que tenho um escudo bem rigido contra a depressão pois em todo este tempo convivi com pessoas sem nenhuma afinidade comigo e que em muitas vezes me viam de formas erradas e até me excluiam, não tive depressão e vivi bem a vida com o trbalho, literatura, musica, intrumentos, etc etc. Claro, estar acompanhado é maravilhoso, principalmente de quem escolhemos estar ao lado. Meu maior objetivo é viajar o máximo possível pois até hoje foi assim que tive meus melhores momentos.
  13. Opa, Valeu ae Jorge, boas dicas, já tenho razões no futuro para poder voltar ao Pico da Bandeira, Flw
  14. Valeu! Sandro e Well, pois é, o importante é a disposição, perrengue dificilmente não se enfrenta nas aventuras ! flw, t+
×
×
  • Criar Novo...