Ir para conteúdo

Dickens

Membros
  • Total de itens

    71
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Dickens

  • Data de Nascimento 23-12-1984

Bio

  • Ocupação
    Professor.
  1. Sensacionais seus comentários, Káren! Me diverti aqui. Bom, passei a virada do ano já em Buenos Aires, com uns brasileiros muito legais que estavam no mesmo hostel. Mas do reveillon eu só me lembro da metade. Inclusive de ficar perdido em BsAs às 6 da manhã procurando um taxi (que não existia). Pacha Mama é a Grande Mãe no panteão Inca. As pessoas rezam para ela e fazem oferendas até hoje. Seria a correspondente à Mãe Natureza, Gaia, enfim...
  2. Mariana, três opções: 1) Levei um troquinho em dólares para emergências. Eles me salvaram algumas vezes. Era só trocar por moeda local, dólar é bem vindo em todo lugar. 2) Visa Travel Money. As cotações são ruins, mas voce saca em qualquer caixa eletronico com bandeira PLUS. E ainda consegue controlar teu saldo de qualquer computador. 3) Cartão Visa Internacional para uso somente como débito. Me salvou uma vez em que nada mais funcionou, rs.
  3. Fazer o Salar no caminho inverso sai o mesmo preço. Recomendo sair de San Pedro e ir para a Bolívia via Salar. É imperdível! Isso vai te custar umas 120 doletas, mas acho que vale a pena, totalmente.
  4. E aí, Gabriel? Que massa que você curtiu o relato. Pra isso mesmo que eu postei, pra encorajar outros a terem momentos tão inesquecíveis quanto os meus. Então vamos lá. 1) Trilha para Salkantay: Cusco tem 37283763287 agências de viagem. Todas oferecem um serviço diferenciado, bla bla bla bla. Os preços para Salkantay variavam de U$200.00 a U$750.00. Fechei a U$170.00 com ticket para Machu Picchu e Sleeping Bags inclusos pela Hiran Bingham Travels. O serviço foi ótimo, o guia sensacional. O valor também incluía o trem da volta. A minha surpresa foi descobrir que, do meu grupo de 12 pessoas, eu tinha pago o menor preço! Teve gente que pagou até U$800.00! Cada agência recruta 2 ou 3 pessoas e eles montam um grupo misto,com o mesmo guia. A minha dica: não reserve com antecedência. Pesquise. Vá e volte, faça contrapropostas. E peça um preço para hermanos latinos. Argumente que você não é rico como os europeus e americanos. Isso funciona MUITO. 2) U$1500 são suficientes para esse roteiro se você for econômico. Eu saí muito pouco, sempre bebia pelo albergue mesmo. E arrumei uns trampos em Cusco e La Paz, fazendo tradução para os albergues. Isso me economizou uns U$100.00. Agora para passagem aérea, recomendo ter mais uns U$500.00. A minha passagem de volta de La Paz custou U$450.00! Passagem só de ida é mais cara e a gente sempre compra na correria. 3) PLUMA é uma companhia de ônibus que eu NÃO RECOMENDO! Procure a Crucero del Sur. Companhia argentina de primeira qualidade. 4) Cara, Lima / Santiago é um pedaço de chaõ enorme. Você vai perder muita coisa bacana. Recomendo ir embora de Lima direto. Deixa o Chile pra depois. Você vai economizar dinheiro e tempo. 5) Como você vai de Porto Alegre para Salta? É isso =) Abração!
  5. Teris, que bom que você curtiu. Cara, você precisa de roupa para MUITO CALOR e MUITO FRIO. Peguei de 45 graus a -25 nessa rota. Recomendo um fleece e um anorak, que são leves e abrigam contra vento e chuva, e aquelas camisas dry fit para as trilhas. Uma boa bota, também. Eu tive que passar por muita lama, água, neve, sal e areia. E pouca roupa. Você lava pelo caminho - as lavanderias são super baratas.
  6. Eu recomendo o roteiro Diamantina/Serro/Milho Verde. Duas cidades históricas e um lugarejo mágico roeado por cachoeiras. O Serro é extremamente mimoso, vale a pena. Hospedagem em conta em todos os lugares.
  7. Dickens

    Belo Horizonte

    Com relação ao trem, o preço da passagem de executivo chega a uns 70 reais, mas é mais baixo que o da passagem de ônibus. O trem sai pontualmente às 07h30 da Estação Central de BH. É bom comprar a passagem com uns 2 dias de antecedência. Em caso de feriados, pelo menos uns 5 dias - são 1200 lugares e eles se esgotam! A chegada a Vitória acontece entre 19h30 e 20h30, dependendo do tempo que a logística de Governador Valadares gastar. Você vai levar a bagagem toda com você, mas é relativamente tranquilo. O trem dispõe de um vagão restaurante e um vagão lanchonete. No caso de classe executiva, leve blusa, porque o ar condicionado é forte. Na classe econômica, vá quase pelado - e prepare um banho para quando chegar, pois você chega bem coberto de minério, rs. Para chegar à estação da rodoviária: saindo da rodoviária, vire à esquerda e suba na passarela para a estação de metrô Lagoinha. Pegue o metrô no sentido Vilarinho e desça na próxima estação, a Central. Para embarcar no trem, saia da estação e entre nas docas que se encontram mais à direita. Recomendo estar na estação às 7h no máximo.
  8. Dickens

    Belo Horizonte

    João, eles podem ir de Metrô! É muito mais prático. Saindo da Rodoviária, seguir as placas de Metrô e pegá-lo na estação Lagoinha, sentido Vilarinho. Descer na próxima estação, a Central. Ela é a estação da Estrada de Ferro Vitória Minas. Dica para o trem: vá de executivo. O convencional é R$10,00 mais barato mas o calor ao longo do trecho é bem forte. Fora isso, quem viaja de convencional chega a Vitória com duas camadas de minéiro sobre o corpo, rs.
  9. Dickens

    [[Template core/front/global/prefix is throwing an error. This theme may be out of date. Run the support tool in the AdminCP to restore the default theme.]] Deserto de Atacama

    Meu Salar de Uyuni também foi pela Colque. Passeio ótimo, comida ok, motorista altamente monossilábico. Mas não tive problema algum (fora um cobreiro que todos os mochileiros pegaram num hostal em que o motorista nos deixou).
  10. AH! E uma dica boa: no Peru e na Bolívia você pode sacar dólares dos caixas eletronicos com seu VTM. Sque dólares e troque por moeda local em postos de câmbio. A cotação compensa muito mais.
  11. 3000 reais ou 3000 dólares? Com 3000 dólares eu viajo uns 6 meses por aqui =P Cara, eu deixaria o contrário. 10% em dólares, 40% en VTM e 50% na conta corrente do Banco do Brasil. Não gaste os dólares que você tem à mão - deixe para gastá-los quando não conseguir sacar dinheiro. Sempre opte por sacar. O único lugar onde voce pode ter algum problema é na Bolívia, em cidades como Uyuni e Copacabana. No resto é tranks,
  12. Realmente, foi uma baita viagem. E não sei se eu mudei tanto ao longo dela ou se o próprio fato de ela ter acontecido foi uma mudança, saca? Na dúvida... vá! =)
  13. Dickens

    [[Template core/front/global/prefix is throwing an error. This theme may be out of date. Run the support tool in the AdminCP to restore the default theme.]] Deserto de Atacama

    Exato. Salar de Uyuni e Atacama são muito diferentes e acho os dois imperdíveis também. RECOMENDADÍSSIMO: Agora o mais imperdível de tudo no deserto pra mim é o tour Astronômico! Na rua principal de San Pedro, há uma agência de um casal de astrônomos franceses que vendem o tour. Você sai de San Pedro à meia-noite em um frio de lascar e vai para a fazenda deles, num transfer de ônibus. Chegando lá, todas as luzes apagadas e você terá uma aula inesquecível de astronomia com os caras - dois apaixonados pelas estrelas. O curso é dado em Inglês, Francês ou Espanhol. Depois de altas explicações - incluindo o desenho das constelações com um laser no céu - você vai para os telescópios. Ver Saturno foi emocionante. É uma chance única, curtir o céu mais limpo, aberto e claro do mundo. E depois dos telescópios, eles levam todo mundo pra sala de estar da casa deles. Com uma fogueira no meio, uma clarabóia no teto para olhar as estrelas, o bate-papo corre solto até as 4 da manhã. E eles te servem o chocolate quente mais gostoso e reconfortante que você já tomou. Em fevereiro, o tour custou 15.000,00 pesos (correspondente, na época, a R$60,00). Mas vale a pena DEMAIS. Outra coisa em San Pedro é ficar de olho nos movimentos dos residentes. Eu fui numa batucada da madrugada no meio do deserto que foi sensacional.
  14. Cara, são vários. "Grande Sertão: Veredas", certamente um dos mais belos escritos de uma travessia; "Coração das Trevas" do Conrad e "A Casa dos Espelhos", do Sérgio Kokis, narrativas incríveis do ser estrangeiro. Agora o que não pode faltar mesmo é o "Livro do Desassossego" do Fernando Pessoa. Esse vai comigo a todo lugar.
  15. Durmam na Ilha!!!!!!!!!! Ficando por lá só uma hora não dá para ver nada. O lado de lá é bem mais legal, e só da para ir se você passar o dia todo. Fora isso, o visual é deslumbrante, e o lugar é sensacional para relaxar. Nada de badalação. A trucha é deliciosa. Tomar uma cerveja vendo aquele por-do-sol incrível já vale a viagem toda. Eu fiquei tentado a passar uma semana toda por lá. É ótimo para quem já está cansado de uma viagem longa e quer parar e dar uma reduzida na frequencia. Quanto a Copacabana, CUIDADO! O único caixa eletrônico da cidade não tem dias certos para funcionar. Eu quase rodei, se um holandês parceirão não tivesse me emprestado uns dólares.
×
×
  • Criar Novo...