Ir para conteúdo

Márcia Bastos

Membros
  • Total de itens

    146
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Márcia Bastos

  • Data de Nascimento 12-07-1969

Bio

  • Ocupação
    Estudante de Filosofia
  1. Olá, mochileiros. Visitei o Parque Estadual do Rio Preto e fiquei totalmente encantada com a beleza natural do lugar e com a excelente administração do parque. Trilhas bem cuidadas e o comprometimento dos funcionários com a preservação ambiental, são detalhes que me impressioaram. Realmente percebe-se o compromentimento de todos, tanto na preservação do ecosistema quanto na integração do visitante ao local.A área de camping além de funcional é bonita, com uma bela fonte de água potável. Para chegar em São Gonçalo do Rio Preto : Pássaro Verde - Todos os dias, 6h30m, sai da rodoviár
  2. Ôi, Gusta. Em Teresópolis vôce pode acampar em dois lugares. No camping Gato Maracajá, dentro do Parque Nacional da Serra dos Orgãos ou no Camping da Barra (http://www.campingquintadabarra.com.br). O camping da Barra fica praticamente no lado oposto ao Parque Nacional (que é a grande atração) mas tem mais "conforto", banheiros maiores, pscina e sauna. Em compensação acampar no Parque Nacional é sempre uma experiência maravilhosa mas não tem nenhum comércio por perto, por isso toda a comida tem de ser levada. Vibrações positivas,
  3. Olá,VAgnermr. Fui à Chapada Diamantina há alguns anos e é um lugar maravilhoso e com muitas atrações. As agências, para fazermos os passeios, centralizam-se em Lençóis e pelo que percebi não há muitos passeios que possamos fazer sem a intermediação das agências. Quando estive lá o pessoal da Lentur me impressionou, são muito legais, há "tipo" um atendimento personalizado. Se não me engano acho que eles também têm uma pousada. Quando fui me surpreendi com o frio no Vale do Capão mas só no período da noite, leve agasalhos. Lentur : Lençóis - Bahia - Brasil Tel: (75) 3334-1271 / 3334
  4. Ôi, Bia. Preciso da sua ajuda. Pretendo ir para São Gonçalo do Rio Preto em julho (a partir do dia 10/07). Já obtive pela internet algumas informações básicas sobre hospedagem, alimentação, mas preciso dos seguintes detalhes : - há algum tipo de transporte de São Gonçalo do Rio Preto até o parque ?(gostaria também de acampar no parque. Adoro acampar...). Um táxi ficaria quanto mais ou menos? - È verdade que nos fins de semana de julho tem um tipo de ensaio para os festejos de agosto (N.Sra do Rosário? Marujada?) ? - Essa Vila do Alecrim , é um lugar maneiro , tem cahoeira, mato, árvores
  5. Márcia Bastos

    Sana

    Agradeço pelas informações. Abraços,
  6. Márcia Bastos

    Sana

    Olá, Mochileiros. Por acaso alguém tem informações sobre Glicério ? As informações básicas já obtive mas gostaria de saber sobre as impressões de quem esteve por lá. A cachoeira da Siriaca é legal ? Tem algum lugar para acampar com infra (banheiro, fogão) ? Há mais cachoeiras próximas ao vilarejo de Glicério ? Glicério é um vilarejo ou já está com as mesmas condições do SANA ? Agradeço pela ajuda. Vibrações positivas!!!
  7. Marcos, trilhas em locais muitos frios , tipo com neve ou quase, eu nunca fiz e não tenho muita vontade de fazer neste momento. Temperaturas muito baixas não são de minha preferência. Trilha com chuva torrencial também não combina com minha sandália da Timberland. Na trilha com lama a vantagem da sandália é expressiva. A bota , com solado grosso, pode fazer as vezes de uma prancha descontrolada nas descidas e exigir passadas mais fortes na subida para evitar a derrapagem. Já a sandália adere no lamaçal devido ao solado mais fino, quanto aos pontos de tração a sandália tem travas bem po
  8. Olá. Uso a Papete Timberland Del Fuego, ela é fechada na frente e diminiu as consequências das inevitáveis topadas. Vibrações Positivas!
  9. Eu acho que o medo atrai. Ao entrar "no mato" peço às energias do local que cuidem de mim. Até agora deu certo porque acredito nessas "energias". Nas poucas vezes em que vi , elas passaram rapidinho meio que com medo de mim conforme comentado em um post , elas não querem enfrentar o ser humano, querem é passar e seguir o caminho delas. Na Chapada Diamantina, descendo o Morro Pai João, o guia avistou uma caninãna e nos contou que essa cobra, apesar de não ter veneno, é muito agressiva. Segundo ele, ela se enrrosca no tornozelo da vítima e fica batendo com a cauda na perna do coitado. Dize
  10. ótimo tema! Concordo com a importância da qualidade do produto para um desempenho seguro nas trilhas, principalmente as mais "pesadas". Não sei se algum de vocês passa pelo mesmo problema mas não me adapto as botas. Solados duros, além de me dar dor nas costas, provocam cãimbras nos meus pés (apesar de comer muita banana, sou chegada em cãimbras). O cano da bota não me fornece muita estabilidade em terrenos acidentados. Meu calçado de caminhada é uma sandália da Timberland, bem gasta por sinal, consigo ter mais "aderência", sinto melhor o chão e isso proporciona melhor equilíbrio ao corp
  11. Olá. Estive em Trindade, pela primeira vez, no fim de semana. É muito bonito. As informações do Augusto estão atualíssimas. Vi dois campings na praia do Caxadaço, o Camping das Bromélias e o dos Caiçaras, realmente não há energia elétrica. Não perguntei sobre preços ou se tem gás pra cozinhar, mas o acesso a parte mais movimentada da vila é bem tranquilo , é uma trilha fácil que pode ser feita a qualquer hora (à noite, com lanterna), exceto se chover pois fica muito escorregadio. Vibrações positivas!!!
  12. É verdade, a família do Artur e o espaço que eles criaram são muito alto astral. Vibrações positivas.
  13. O saco de dormir é a melhor solução mas se não atender ao quesito travesseiro (pra mim fica muito baixo), tente comprar um travesseiro inflável (Coleman). É leve e pequeno. Vibrações positivas.
  14. Por questão de grana/tempo (Quando tem tempo, não tem grana. Quando tem grana, não tem tempo) faço poucas trilhas, por isso cada vez que as percorro é sempre um momento especial. Uma delas: Ano passado na Ponta da Joatinga, em Paraty. Inverno, sem chuvas há mais de 15 dias, céu totalmente azul, durante a semana, só eu de turista...lindo, lindo, lindo. Ainda conheci "Seu" Manoel em Matin de Sá...ele é super gente boa. Vibrações positivas.
  15. - Cachoeira do Lajeado é a mais próxima ao vilarejo, é ampla. A do Canelau é linda e pequenininha parece uma pintura. A do Moinho é ampla e a água fez buracos (caldeirões como eles chamam) na pedra, criando piscinas pequenas, individuais, no rio que desagua na cachoeira. Do alto da cahoeira temos um lindo visual da montanhas. Cachoeira dos Carijós é deslumbrante. - Não acampei, fiquei na Pousada Sempre Viva. Ótimo lugar, de frente para o chapadão, muitas estrelas à noite mas "cadinho" longe do agito, é pra quem que sossego e gosta de mato. O casal, donos do estabelecimento, são pessoas ma
×
×
  • Criar Novo...