Ir para conteúdo

camilaf

Membros
  • Total de itens

    15
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que camilaf postou

  1. camilaf

    Trem da Morte

    Quando eu viajei era bem próximo do natal, dia 22 ou 23, eu não vi nenhum comunicado pela estação dizendo sobre o não funcionamento dos trens nos feriados. O que não quer dizer nada, porque eles simplesmente podem subentender que os passageiros sabem os trens que não funcionam nos feriados. Mas se eu fosse você, arriscaria, no máximo você perde uma um dia em Corumbá e vai conhecer o pantanal.
  2. camilaf

    Trem da Morte

    sao 2, eu consegui a mesma coisa, obvio q eu comprei na temporada baixa e por ferrobus. dpois eu posto um video (tenho q upar) feito dentro do ferrobus... o balanco nao e da pessoa q segura a camera e do trem... rapaz aqilo lembra uma maquina de lavar velha de filme americano! ahhahaha abracos Eu acho que depende muito da temporada e da sorte. Eu cheguei no dia 20 de dezembro em Corumbá, não tinham passagens para o mesmo dia, nem para o dia seguinte. Isto porque era próximo do natal e muitos bolivianos estavam voltando e também muitos mochileiros viajando. Eu consegui embarcar no dia seguinte porque fiz um esquema com um dos guardinhas do trem. Para quem quiser saber maiores detalhes do esquema, leia aqui: http://oporco-espinho.blogspot.com/2008/12/el-tren-de-la-muerte.html Mas, sinceramente, façam o esquema só se for extremamente necessário, eu fiquei tensa a viagem inteira. E para quem tiver curiosidade em dar uma olhada em fotos do busão http://oporco-espinho.blogspot.com/2009/01/el-autobs-de-la-muerte.html
  3. Eu acho que se for pra levar o saco é mais pela questão da higiene mesmo. Eu não levei, dormi com a roupa de cama que tinha e não passei frio. Foi bem tranquilo. Abs
  4. camilaf

    Trem da Morte

    Me respondeu! Rs... Segue abaixo o que ele disse. "Então,.....a estrada é enorme (uns 1.400 km) Parece que vc ta no interior de roraima! Passa varios caminhoes de madereira e vc acaba conhecendo uns vilarejos minusculos. Mas não passa no meio de rios não! e eu pelo menos não vi alagamentos, mas não dúvido que tenham. Ahhh o pedaço sem asfalto é enorme! Uns 500 km ou mais, ai vc vai devagar..."
  5. Se alguém precisar, aqui tem algumas fotos do trajeto Puerto Quijarro - Uyuni, via Oruro. http://oporco-espinho.blogspot.com/2008/12/blog-post.html
  6. Cara, Dá uma olhada em algumas agencias em SPA, elas te levam e trazem de Uyuni, mas não sei bem como funciona, porque eu fui de Uyuni pra SPA e de lá segui pra Salta. Quanto ao saco de dormir, eu não precisei. As hospedagens durante o passeio por Uyuni não são grande coisa e obviamente as roupas de cama não são trocadas com frequencia (acredito que pelo menos o lençol seja), então se pra você não for um peso maior, leve o saco pra dormir dentro dele na camas. Abs
  7. camilaf

    Trem da Morte

    Leo, Perguntei para o cara que fez a viagem de onibus e ele ainda não me respondeu como está exatamente o estado da estrada. Imagino que de moto você não terá muitos problemas. Também depende da data que você estará indo, mas a epoca de chuvas está passando, não? Depois conta como foi. Tá pensando em ir pra onde? Abraços
  8. camilaf

    Trem da Morte

    Os caras que tentaram me vender a passagem de onibus disseram que 1/3 ou metade (não me lembro exatamente) já estava pavimentado. O pessoal que foi de ônibus levou as mesmas 22 horas que eu para chegar em Sta Cruz. Mas eu fui no pinga-pinga que sai as 12:30. A situação ainda é braba pra aqueles lados.
  9. O trem das nuvens só funciona de abril/maio a outubro/novembro. Não sei o período exato, mas me lembro que era alguns meses do meio do ano.
  10. Olha, eu fiz o tour pela Ripley. Não tive nenhum problema. E paguei 20 dólares a menos que na Colque. Quando cheguei fui até a Colque e o cara atendeu bem mais ou menos e os lugares para visitar eram os mesmos. A única diferença é que no primeiro hotel que eu ficaria teria banheiro no quarto.
  11. camilaf

    Trem da Morte

    Nem sempre tem passagem para o mesmo dia. No final de dezembro agora quando fui pra lá, cheguei no domingo e só tinha passagem para terça. Um pessoal ficou na fila esperando o guiche abrir (no domingo abre só a tarde por 2 ou 3 horas) e tinha umas passagens de devolução, umas 10 passagens somente, mas não é bom contar com isso. Eu comprei a de onibus para o mesmo dia, mas daí o onibus quebrou, voltei pra corumba, dormi uma noite e no dia seguinte resolvi fazer um plantao na ferroviaria pra ver se conseguia uma passagem de trem. Um cara da ferroviaria disse que me colocava lá dentro. Corri na rodoviaria, vendi a passagem de onibus e embarquei no trem ilegalmente. Ainda bem que fui de trem, só metade do caminho está asfaltado até sta cruz e o onibus é pessimo. Se quiserem dar uma olhada no onibus entre neste link do meu blog e confira: http://oporco-espinho.blogspot.com/2009/01/el-autobs-de-la-muerte.html
  12. Se voce tem pouco tempo, faça de aviao. Dá pra comprar as passagens pela internet.
  13. Olha, não sei se compensa pegar uma agencia aí no Japão. Elas são bem caras e o roteiro fica bem engessado. A partir do Japão, eu comprei uma passagem em promoção de uma cia americana que eu esqueci o nome agora. Era Tokyo - Beijing e volta Tokyo - Cingapura. Tudo por 80 mil iene. Eu comprei a volta diferente da ida porque eu fui descendo até cingapura de onibus, avião e trem. De Beijing fui descendo até Shanghai, Hong Kong e Macau. Em Macau peguei um avião para Tailandia, depois outro avião para Laos, Vietna, Camboja e Malasia. Na Malasia peguei um trem até Singapura. Dá pra fazer tudo isso praticamente de onibus e trem, mas como eu tinha pouco tempo, acabei pegando bastante voos no sudeste da asia, era barato e mais rápido, tem o lance dos horários das fronteiras funcionarem e tal e isso atrapalhava meu tempo curto. Reservei tudo pela internet: hostels e passagens. Em alguns países tem que negociar os passeios. No camboja, por exemplo, eu negociei com um taxista 20 dólares para ele me levar em alguns lugares próximos a cidade onde eu estava. Foi sorte de alguma forma, pois ele falava bem ingles e sabia bem os lugares onde estava me levando, além disso, tinha uma conversa bem agradável e em nenhum momento tentou me enganar. Sugiro comprar algum guia da asia comprar as passagens de ida e volta e ir. Aos poucos vai se fazendo as reservas das outras passagens e dos hostels.
×
×
  • Criar Novo...