Ir para conteúdo

ppbergo

Membros
  • Total de itens

    12
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que ppbergo postou

  1. http://www.youtube.com/watch?v=b8tqc2cV_qE Partindo pra trilha! http://www.youtube.com/watch?v=1qPXDj3SaiU Segundo e terceiro dias... http://www.youtube.com/watch?v=Bv1N0g40SFE Quase lá! http://www.youtube.com/watch?v=NS6rPK2i6Cc E Machu Picchu, enfim!!!
  2. O terceiro dia é menos cansativo que o segundo, e tem mais coisas pra ver. Muitos lugares interessantes, e muita aula sobre a maneira inca de viver a vida e ver o mundo. Tem uma parte de descida que me judiou os joelhos e os dedões do pé. Chegamos ao acampamento de tardezinha. Um estreito trecho entre a montanha e o rio. Espero que você não tenha o mesmo azar que tivemos. A barraca que pegamos estava justamente ao LADO do mais fétido banheiro que conhecemos durante toda a viagem! =S Mas vale tudo! Nesse acampamento há um boteco onde você pode comprar água, refrigerante, comida, etc. E
  3. O primeiro dia é relativamente tranquilo. Não vou ser detalhista nem descrever muito, porque você vai querer ver com seus próprios olhos. O segundo dia é EXTREMAMENTE cansativo! Meu físico não é nada atlético, e exceto pelo pessoal acostumado com a trilha (carregadores e guias) todo mundo se cansa bastante pra completá-lo. N, integrante de nosso grupo, deu demonstrações de boa forma inúmeras. Em determinado momento, solidário ao meu sofrimento, subiu a montanha com sua mochila, e voltou para buscar a minha. Acabou bravo comigo, porque me recusei a entregar... Pra mim era um desafio pe
  4. Fizemos todos os passeios clássicos de que Cuzco dispõe! Ruínas dos arredores, passeio pela cidade, visita a museus... a cidade é bem bacana, e o clima é tranquilo. Mas de tudo que fizemos, o que realmente vai marcar pra sempre é a trilha inca. Entendo que muita gente algumas vezes viaja com pouco tempo, e a intenção é conhecer o máximo de lugares possível. Então, por isso, tem gente que prefere deixar de lado os quatro dias da trilha, e chegar a Machu Picchu de trem, pra ter três dias a mais na viagem e conhecer outros lugares. Mas olha, pense bem... porque a trilha é MUITO legal! No
  5. Nós olhamos muita coisa sim! A Bolívia é muito barata (pelo menos estava na época, com o dólar a R$ 1,65) então acredito que você não vá assustar com os preços por lá. Pechinche muito, essa é a palavra de ordem! E, na minha opinião, é melhor comprar lembranças por lá do que no Peru. É tudo semelhante, e o sole peruano é uma moeda mais valorizada... []s!
  6. Nosso primeiro problema: um bloqueio na estrada nos arredores de Puno, no Peru, nos impede de sair de La Paz em direção a Cuzco. Nosso planejamento previa um bus cama direto, para passear com tranquilidade por lá. Faríamos os passeios por Puno, los Uros e Copacabana na volta de Machu Picchu. Mas os colonos que faziam sua manifestação não deram a mínima pra isso... Que fazer? Cogitamos mais um dia em La Paz, mas o legal seria partir e conhecer algo novo! Decidimos deixar La Paz, mas não atravessar pro lado peruano. Fomos para Copacabana, na beira do lago. Lá passamos o dia todo, sem nada de
  7. http://www.youtube.com/watch?v=eSORQ-1RsJk Nossa partida e nossa passagem por La Paz. http://www.youtube.com/watch?v=3M_lAqEmt8E Tiahuanaco e Downhill http://www.youtube.com/watch?v=IMaVdYJ32yI Chacaltaya e nossa passagem pelo lago Titicaca (em duas oportunidades, ida e volta, compiladas num vídeo só) A imagem mais impressionante que captamos na calle de las Brujas: fetos de llama para uso ritual.
  8. Embarcamos rumo a Santa Cruz de La Sierra no dia 18 de Abril de 2008. A Bolívia, país que nos acolheria em nossa primeira etapa, não estava passando por momentos de ebulição política quando começamos a traçar nossas primeiras rotas, mais de um ano para trás. Naquele dia, a menos de vinte e quatro horas de nossa partida, notícias de bloqueios e paralisações no país deixavam-nos apreensivos. O departamento de Santa Cruz, o maior e mais desenvolvido economicamente, organizava um referendo para decidir se iniciava um processo de emancipação política do governo central, La Paz. Estaríamos naquele t
  9. 1 - Tanto no Peru quanto na Bolívia, a palavra de ordem é propina, isto é, gorjeta. Tudo é pago, especialmente o acesso aos banheiros. Não importa se o chão é de granito e a louça é de primeira, ou se o chão é de terra batida e a louça... potz, não tem nem louça? Pois é, é isso aí! Há lugares em que os baños são um horror, e nem por isso são gratuitos. Leve com você um papel higiênico, que ninguém é de cortiça, e o seu número dois rolará tranquilo. Tenha sempre moedinhas trocadas no bolso, e cuidado com a comilança. 2 - Nunca pague nada de primeira, sem pechinchar! Pra nós brasileiros soa
  10. Conversando com pessoas que já haviam feito algo semelhante ao que pretendíamos, descobrimos um cara em La Paz que foi um achado! Não sei se posso divulgar o site e o nome dele aqui, mas tá lá no blog pra quem quiser os detalhes. Descobrimos que viajar contratando uma empresa de turismo por lá pode ser muito mais barato do que viajando por conta própria (ou com uma empresa brasileira). Encontramos brasileiros durante toda a viagem, que comentavam a respeito do preço das coisas. Pelo volume de contratações e pelo número de contatos, as agências tem possibilidade de barganhar com os hotéis e
  11. Antes de mais nada, quero comentar um pouco sobre nosso planejamento. Éramos quatro pessoas. Começamos a planejar nossa viagem com um ano de antecedência. E posso dizer que planejamos tudo bem direitinho! E, mesmo assim, tivemos alguns contratempos notáveis! Portanto, se você for captar do meu relato apenas UMA informação, que seja esta: faça um planejamento cuidadoso. O que, aliás, não deixa de ser divertido! No início nossa maior preocupação era definir o roteiro da viagem. Tínhamos dezoito dias, tempo escasso pros padrões de mochilada, então tudo tinha que estar bem organizado para
  12. Saudações a todos! Minha intenção, postando a aventura do meu grupo aqui, é tentar colaborar com aqueles que pretendem fazer algo semelhante e, assim como eu antes de ir, estão indecisos ou confusos sobre algumas questões. Pesquisei muito, e li muitos relatos pela internet, até decidir quais coisas fazer e quais NÃO fazer! Se meu relato servir pra ajudar alguém a se decidir, que bom! Postei vários vídeos no Youtube (sob a tag "ppbergo"). Acredite no seu sonho! Bergo
×
×
  • Criar Novo...