Ir para conteúdo

Raulz!to

Membros
  • Total de itens

    240
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Raulz!to postou

  1. Raulz!to

    Litoral Sul Paulista

    Caramba... mudou muito o preço! Cara, acho que pesquisando por lá na hora você consegue coisa bem melhor hein... O lance do Cambriú de barco deixo para alguém que conheça bem o Marujá responder. Também fiquei curioso.
  2. Raulz!to

    Litoral Sul Paulista

    Segundo as regras do parque, feliz ou infelizmente, não. Mas rola você tentar reservar um quintalzinho pra acampar no Cambriú e pode voltar numa pernada só ou mesmo tentar a sorte e deixar pra fazer isso por lá. Caso você passe bastante tempo no Cambriú, dê uma bizoiada por lá e veja se encontra uma trilha que vara o costão pela mata. Queria saber dela...
  3. Fala Guilherme! Valeu pela dica, teu post é famoso por aqui (especialmente a foto da caninana!) e ajuda bastante, mas a dúvida maior que eu tenho é quanto a lugares para ficar próximos a Intervales. O link da fflch só fala das pousadas DENTRO do parque, que estão sempre lotadas. Eu queria uma alternativa fora do parque. Caso alguém conheça alternativas, agradeço se puder compartilhar!
  4. Fala galera! Vejo que este tópico tá um pouco caído, mas vou tentar mesmo assim. Vou cair na estrada com a namorada no feriado de 21/04 próximo e queria ir na direção do Vale do Ribeira, pois ela nada conhece por ali. Pensei no PETAR, que eu conheci em 1999 e queria voltar, mas como estou com a grana curta dessa vez acho que gastaríamos muito com guias e a coisa ia ficar meio cara. Daí pensei em Itararé/Sengés, mas por ali pelo que li também é necessário contratar agências porque as atrações não são sinalizadas e passam por propriedades particulares que necessitam de agendamento prévio també
  5. Raulz!to

    Litoral Sul Paulista

    Ah, se você (ou alguém aí na escuta) cair pros lados do Itacuruçá, tente fazer a focagem noturna de jacarés. Eu sempre tentei mas a maré nunca estava alta o suficiente... deve ser muito louco...
  6. Raulz!to

    Litoral Sul Paulista

    Borrachudos: O lance é que os locais de desenvolvimento do primeiro ciclo de vida desses carinhas são sempre abundantes em água, tipo cachoeiras, rios, ou córregos com correnteza e águas bastante limpas. Esses locais favorecem a proliferação de microorganismos, algas etc. que servem de alimento para os insetos. Ilhas são quase sempre abundantes em água e geralmente têm a flora intocada, como é o caso da porção norte da Ilhabela, toda a Ilha do Cardoso e por aí vai. É uma boa pista. Alimentação Creio que você consiga um PF simplão e uma tuba com dez mangos, mas os preços têm su
  7. Raulz!to

    Litoral Sul Paulista

    Cara, é o seguinte: 1. A entrada de turistas é controlada pelo número de hóspedes que as casas e pousadas podem receber. Nunca vi qualquer controle por barco, nas praias ou pessoal do PEIC circulando por ali. Se você reservar, está reservado. "Será que vagas para camping também acabam ?" No carnaval acho meio arriscado ir sem reservar, tanto do lado do Marujá, quanto em Itacuruçá. 2. Borrachudos lá são selvagens malacos violentos. Enlouquecidos, picam por cima da roupa e fazem a festa se você dá sopa do fim de tarde pra frente com pés descobertos. Sinceramente, não recomendo que
  8. Pow Juliana... indica um livro aí vai... tô indo ano que vem e já estava começando a procurar algo para me interar. Fiz isso antes de ir pro Peru em 2007 e valeu muito a pena. Quero ir pro Chile com a mesma sensação!
  9. Raulz!to

    Gonçalves

    Pessoal, passei um findi lá em novembro e acabei esquecendo de postar aqui as impressões de ter voltado alguns anos depois da primeira visita. E o resultado é: show! Gonçalves está tão linda quanto 5 anos atrás, com algum acréscimo de restaurantes e pousadas, mas ainda muuuuito pacata, com ótimas trilhas e o povo mais hospitaleiro do que nunca. Dessa vez fiquei na Dona Manoela (http://www.pousadadonamanoela.com.br) cuja vista é espetacular, a estrutura é ótima, cheia de firulas, novinha em folha e com um ótimo custo-benefício. Se forem ficar por lá, batam um bom papo com o Seu José Menino
  10. Galera, fiz esse rolê com o Bisan aqui do Fórum na semana passada, num dia só. Foi um sábado de muito calor e céu azul, com direito a chuvinha de fim de tarde. A trilha é mesmo muito bonita, não é difícil e passa por praias totalmente desertas, excelentes para banho de mar. A que eu mais curti foi a da raposa, alcançável em menos de 2h de caminha tranquila. Dá pra ficar horas no mar de boas e tem bastante sombra pra rangar depois. Vale muito a pena!
  11. Bela iniciativa! Aproveito para divulgar uma ONG paulista que também realiza projetos assim, dentre várias outras frentes no ambientalismo: http://www.ibiosfera.org.br . Visitem, participem!
  12. Nhioka2, com certeza será o fim de ano mais louco que já teve...rs Dessa vez vou ficar por aqui mesmo, no litoral, curtindo o mar e umas cervejas. O mais perto que chegarei dos hermanos será uma Norteña com picanha que tô preparando para o reveillon... huahauahuahuahu Mas 2011, chega mais que tô preparado! hehehe Abraço a todos!
  13. Sonho de moleque curtir essa trilha... Quanto a trilha ter desmoronado, é história antiga dos caras, anterior até à investida do Raffa. Eu mesmo já acreditei nela, mas sempre tem alguém que vai e volta para contar a história...rs
  14. Orte, tava acompanhando tudo até aqui... muito bacana a trip. Como agora vou viajar e estarei sem net, feliz ano novo pra vc! Boa viagem!
  15. Raulz!to

    Gonçalves

    Muito bom o relato do Robson. Estou voltando a Gonçalves daqui a algumas horas. Na volta, posto infos e impressões atualizadas! Abraço e bom feriado a todos!
  16. Raulz!to

    Litoral Sul Paulista

    Barco para o Perequê é tranquilo. Não há viagens regulares, mas os barqueiros de Cananéia levam tranquilamente. Pro Perequê já fui 5x, mas nunca tentei atravessar até Marujá. Aliás, vale muito a pena ficar por lá. Não há estrutura, mas o local é muito bonito. Nas últimas vezes vi barcos demais por ali, mas andando cerca de meia hora já se está em paz novamente. Vale a viagem!
  17. Raulz!to

    Litoral Sul Paulista

    Galera, alguém já fez à pé o percurso Itacuruçá-Marujá? Tem dicas ou infos? Tô pensando em me aventurar no mês que vem, já olhei no googleearth e percebi uns pontos em que pode haver problemas com a maré. Sabem se são contornáveis? Sabem se rola algum, digamos, contratempo, para acampar no caminho?
  18. hahaha, a foto fala por si, né? mas a estrada é muito louca mesmo... tem que curtir um rallyzinho, especialmente pela manhã, com as pedras úmidas. Em alguns trechos, pós-chuva, tem uma laminha esperta que tempera ainda mais. Recomendo! ahuuhahua P.S. Acabei de ouvir na Bandnews aqui de SP que nevou por uma hora ontem em Cambará do Sul...
  19. Então, na verdade ele não sai do hotel, mas passa no ponto que fica ao lado dele. E exato, quando você desce, já é Paraguai. A divisa é a famosa Ponte da Amizade, por cima do Rio Paraguai. Você vai passar ao lado do posto da PF (uma construção grande, de concreto), a ponte, a PF deles e aí vai cair numa avenida bem grande e movimentada, cheia de sacoleiros e carros pra todo lado. O ônibus talvez nem chegue ao ponto, pq qdo está congestionado ele abre a porta e o pessoal desde lá mesmo, no meio do trânsito. Você pode cruzar à pé se quiser, mas pelo grande acúmulo de gente, não é indic
  20. Caro amigo spaguetti, dq que exatamente vc precisa? Pra onde vai? O que gosta de fazer? Ficou genericão teu pedido...
  21. Demorô! Com o dia (ou a noite) limpo o visú noturno deve ser demais!
  22. Grande Cacius, posso por nesse tópico mesmo? É um relato de uma roadtrip SP-Bombinhas-Praia Grande-Cambará-Gram/Can-Bento Gonçalves-Urubici-Curitiba-SP...
  23. Concordo! Tive lá ano passado e curti demais. O Itaimbezinho é fantástico, mas o Fortaleza é sobrenatural! Bobeirinhas da minha trip: Para encarar os cânions e divertir-se sem preocupações, saia o mais cedo possível. À tarde é frequente que o nevoeiro (chamado de “viração” pelos locais) tome todo o cânion, inviabilizando ao visitante contemplar a paisagem. Não se esqueça de ir muito bem agasalhado, de touca e com roupas que barrem bem o vento, pois na região o frio é muito intenso, sobretudo quando o sol está encoberto por nuvens, ocasiões em que o minuano mostra toda sua crueldade. C
  24. Essa estrada é sensacional! Foi lá que aprendi lá pros idos do ano 2000 que não se deve descer uma estrada íngrime freiando demais (da pior forma) e foi lá também que descobri minha vocação por sempre optar pelo caminho mais difícil para chegar ao destino. "O que eu quero é ter tentação no caminho!" rs Bom saber que já estão dando um jeito por lá... olhando essas fotos fiquei com uma saudade do kct de pegar uma trilha praqueles lados!
×
×
  • Criar Novo...