Ir para conteúdo

albertinho

Colaboradores
  • Total de itens

    199
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que albertinho postou

  1. RACHEL Comida lá, é caro mesmo, recomendo fazer compras em Calama, se eu não me engano, o nome do nome do lugar é Casa Falabella, que é meio que um Extra chileno, vende de farinha à computador. Em SPA, é só mercearia beeeeeem carinha..... Mas restaurante, eu sugiro o La Soleña, (ou Solera) que dá pra comer com uns 5000 a 6000 pesos e até que é gostosinho, e fica alí perto da praça. Padaria, tem uma boa, muito boa mesmo, no fim da rua Caracoles. O padeiro é um francês, e acredito que não precise dizer mais nada. Agora, se vc estiver querendo ostentar, vá no Blanco, ou Adobe, e gaste uns US$ 60 dólares, não deixa nada a desejar aos bons de São Paulo. Saravá!
  2. Raquel: Lá em SPA, todos os lugares aceitam cartão de crédito, até mesmo as barraquinhas de artesanato. Existem dois caixas eletrônicos que vc pode sacar pesos, caso seu cartão permita isso, embora tenha umas taixas. Casa de câmbio propiamente dita, não existe. Oque róla, são as agências de turismo que trocam até mesmo real, mas trocar dinheiro com eles é o mesmo que soco em ponta de faca. Agora, o que vale mesmo a pena por lá, é usar dólar. Todo lugar aceita, além de vc ganhar um descontinho por usar a moeda yankee Agora, caso queira mesmo pesos, e esteja indo por Santiago, use casas de câmbio do centro, NÃO no aeroporto. Lá eles sacaneiam.... Por fim, caso seja cliente do Banco do Brasil, em Santiago você tem uma agência. Lá você pode sacar em moeda local, além de (se eu não me engano) não pagar taxas. Além de trocar reais sem trairagem. Boa viagem
  3. Ó Ferrucio, quanto a comprar coisas por lá, só se o seu "lá" for Santiago, porque em SPA, tem uma loja que tem apenas coias da Columbia (nem tão firmesa) e em uma agêmcia de turismo que eu não me lembro o nome, mas é a única agência que organiza os passeios mais forte (leia-se escalar vulcões) mas lá, são roupas usadas. Mas já em Santiago.... O único problema, é que o metro, não passa tão perto Boa viagem
  4. Olha, de uma procuradinha melhor! Lá temos os dois extremos, os incrivelmente caros, e os honestos. A carteirinha HI, parece ser aceita em todos E quando vocês irão pra lá? Aquele abraço
  5. Bem meu caro, é uma época diferente de se ir a região. Se prepare para FRIO, principalmente de noite! Não é porque é deserto que vai estar sempre quente, em especial ao passeio nos geiseres del tattio, onde deve-se chegar no máximo as 6 da manhã, a uma altitude de mais de 4000mts. Se época do ano em que estou escrevendo (verão), pela manhã, os termômetros marcam uns -10°, imagina em um julhão bravo! A presença de turistas brasileiros é praticamente nula se compararmos com janeiro. Se não me engano, em julho o lugar estará cheio de alemães. Recomendo também uma consultinha ao http://www.decolar.com, afim de evitar eventuais perrengues com deslocamento no Chile, como os anteriormente citados pelos nossos companheiros Abração e aproveite
×
×
  • Criar Novo...