Ir para conteúdo

Ploc-afta

Colaboradores
  • Total de itens

    88
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra
  1. E ai Fernando.. muito show o seu relato.... top mesmo! estou de viagem para lá tambem dentro de duas semanas.... gostaria de saber sua opiniao a respeito do roteiro abaixo... nao sera corrido, mas como voce ja esteve por lá talvez tenha dicas... e sugestoes de onde tirar e onde colocar mais dias ou ate acrescentar alguma cidade nao sei.... gostamos muito de historia e arqueologia, além de aventura se for possivel dar uma opiniao agradeceria muito.... chegada dia 24 de abril - Istambul ( chegada de tarde.. apenas visitar algum ponto proximo talvez uma volta pela Istiklal Caddesi até à praça Taskim) 24- 27 conhecer Istambul : - bem cedo no Sultanahmet ( Mesquita Azul, Hagia Sofia e a Basílica Cisterna) e na parte da tarde visitar o Grand bazar. jantar: restaurante que fica ao lado da Mesquita Azul, no Arasta Bazaar, com o nome de Cafe Meşale Restaurant. Tem danca tambem e é gratis - outro dia, bem cedo palácio de Topkapi ( Museu ou Harem ? ) e depois visitar ponte e torre Galata ( chegar no alto as 13:00 para ouvir as mesquitas) . Perto da ponte tem o bazar das especiarias - terceiro dia- Isktal Kadessi e praça, museu arqueologico ou Igreja chora ou passeio mar Bosforo pegar onibus para Goreme 28-30 Goreme ( conhecer o que for possivel e fazer varias trilhas que tem por lá) 1-2 de maio - Pamukkale : - Visitar as piscinas brancas e antigas e as ruinas romanas + Hierapolis e talvez as Afrodisias 3 de maio- Marmaris - conhecer o mar e se der fazer um mergulho com alguma agencia ( se nao tivermos torrado o dinheiro com o voo de balao) 4-6 de maio - Selcuk (: -visitar as ruinas de Efeso ( toda a manha) e na parte da tarde as ruinas do tempo de Artemis e no outro dia visitar museu Efeso tambem.e talvez vila grega de Sirince pegar um aviao da Pegasus ou outra empresa local para Istambul 6 de maio chegada novamente em Istambul 7 de maio- aproveitar para umas ultimas compras e pegar o voo de volta... desculpe a falta de acentos... estou com um teclado ruim aqui... valeu mesmo.........
  2. Show de bola o seu relato...!! estou planejando umas duas semanas na Africa do Sul para o proximo ano.. E animei em passar uns 2 ou 3 dias em Mocambique e mais 2 ou 3 na Suazilandia... por causa das tuas dicas... Mas fiquei com umas duvidas que talvez possa me ajudar.. Quanto custa o transporte de Johannesburgo a Nelsprut? E já em Johannesburgo tambem se pode conseguir o visto para Mocambique? Voce preferiu em Nelsprut por alguma razao em especial ou poderia ser em Johannesburgo tb? EStou pensando em conhecer algumas coisas mais em Johannesburgo, tipo o Lion Park, o Gold Reef Park, Pretoria.... chegou a ir nestes lugares?` Valem a pena? valeu mesmo... abraco..
  3. Sugiro a Feira Americana que fica em El Alto.... la voce encontra de tudo com otimo preco... itens novos ou usados.. Tem equipamentos da marca chilena Doite que sao muito bons mesmo.... ( mochilas, sacos de dormir, isolantes... tudo..) tambem na Calle Illampu tem umas lojas que valem a pena dar uma passada.... tem uma da Doite e ao lado uma da Tattoo gear uma rede de lojas de aventura que tem filiais na Bolivia, Peru, Chile etc... valeu..
  4. EStive na Ilha Grande ha poucos meses e percebi isso mesmo... ressalva e sugestao de pousadas que valem a pena pois o preco eh justo e o pessoal muito mas muito gente fina. Praia de Japariz - recomendo muito mesmo a Pousada Barulho do Mar. Fizeram um preco muito legal pra gente, algo como R$ 60,00/ casal num dia de pouco movimento. A comida eh muito boa e barata. Se estiverem por la mandem abraco para o Sr. Silvio, Bruno e Dona Lea... eles sao demais... Eles ate negociam um lugar para armar a barraca se desejarem. Mas somente para o pernoite, de manha cedo tem que desarmar tudo... Bananal - ficamos na Pousada "Mi casa su Casa" que pertence a um casal que tinha bar em Abraao mas tambem enjoaram do que aquilo se tornou.. Pousada muito legal... estilo bem artistico hippie oriental galera de varios paises... o preco foi o mesmo... e com um cafe da manha da hora... Eles conseguiram um barco que nos levou ate a Lagoa Azul e ficou esperando o tempo que quisessemos. Pagamos 30 reais o casal com coletes e mascaras de mergulho para flutuacao... Praia do Longa ... pra que pagar pra conhecer a Lagoa Verde quando voce pode ir caminhando em 15 minutos? Ficamos nesta praia, no quintal do Sr. Sergio um descendente dos japoneses que tinham empresas de pesca na Ilha. Ele deixou armar a barraca no quintal e nao cobrou nada. Disse que pensa em abrir um camping ou algo assim. Atras da Igrejinha caracteristica desta praia tem um casal que tem um bar e serve um PF dos bons... Ficamos ali e no dia seguinte corremos para a Lagoa Verde.. ficamos la sozinhos ate enjoar.. quando vimos que estavam chegando os primeiros turistas caimos fora... Fizemos uma meia travessia bem mochilera e conhecemos muita gente legal... fugindo totalmente da muvuca... nem quis pisar em Abraao... na verdade descemos ali vindo com a Barca CCR e nem paramos.... fomos em direcao ao Japariz... sao dicas curtas mas espero que ajudem... abracao..
  5. Ploc-afta

    La Paz

    Klebaum... no mesmo dia nao da tempo... ate sair do aviao.. pegar um taxi de El Alto para o centro de La Paz fica dificil encontrar uma agencia aberta.. comecam a fechar la pelas 19, 20h Mas voce vai ficar em que hotel? Vale a pena mandar um email para eles reservarem este passeio para voce. Talvez pague um pouco mais do que o valor direto numa agencia.. mas se for ver bem, nao sera mais do que 10 reais mais caro... vale a pena para aproveitar bem o dia. Mas fica o aviso: chegar em La Paz e ja no outro dia subir o Chalcantaya vai te dar uma dor de cabeca desgracada... pra alguns pode significar o fim da viagem devido ao mal da altura, o Soroche... o negocio eh punk... nao recomendo. Minha esposa eh de La Paz entao vai por mim... O ideal eh estar ao menos um dia inteiro de atividades leves antes de subir ao Chalcantaya.. a menos que ja esteja se aclimatando... da pra conhecer a Plaza Murillo onde fica o Evo, algum museu, comer alguma comida tipica ( tome um Api e coma um bunhuelo de manha), faca as compras.... mas quando for, na volta do passeio voce pode fazer compras sim.. em geral eles vendem o pacote Chalcantaya- Valle de la Luna... eu nao achei tao grande coisa o ultimo.. Voce pode parar na Sagarnaga (rua das agencias) e nao ir no Valle de la Luna... ali tem de tudo.. destaque para a Calle Linares (das bruxas) para comprar ate instrumentos musicais andinos - os que funcionam de verdade, nao os de turista para pendurar na parede rsrsr A Calle Llampu tem muita coisa de camping de marcas boas... a doite chilena eh bem legal.. enfim... vale a pena.. gosto muito de La Paz... eh um caos organizado...
  6. Puxa.. muito bom seu relato.. nao sabia que nesta fase de parque "fechado" se podia descer no Marumbi... o pessoal da Serra Verde me falou que nao estavam vendendo ate esta estacao ... mas como voce falou talvez falando com o pessoal do trem eles deixam... Por nao saber deste detalhe acabei nao indo uns meses atras.. foi muito util a informacao.. valeu.. Outro ponto, pelo que vi da pra descer na estacao Marumbi e no maximo subir ate Abrolhos ou alguma outra... porque o trem chega depois das 9:00 nao eh? Entao subir ate o Olimpo fica puxado... a menos que voce acampe no Morro de cima, saia cedo para fazer o cume e volte para la para acampar de novo.. mas ai fica bem chato... alguem sabe se o resto das obras recomecaram? valeu...
  7. muito legal o relato... parabens... estou querendo fazer a travessia no comeco de setembro... fala pra galera quanto saiu o guia para termos uma ideia... valeu..
  8. Tem razao.. acabei ligando para o IAP e me diceram que no bairro Porto de Cima em Morretes ha campings mesmo, mas nao souberam dizer quanto cobram.. Dali para o Parque leva 1 hora e meia de caminhada.... Entao se deixar tudo no camping, sair antes das 6:00 e ir bem leve da pra subir.. e descer no mesmo dia e entao voltar pro Camping... puxado... ainda mais porque pra ir ate o topo eh punk... Mas do IAP ate o parque eh facil de chegar ou ainda ha perigo de se perder? estou pensando mesmo em fazer esta trilha...
  9. Pessoal... lembro que quando fui ha uns anos atras.. havia uma casa e uma galera hippie morando la.... no comeco da trilha principal ( aquela que passa por todos os picos). Eram hippies mesmo tipo caidos de alguma Kombe la nos anos 70... Se tem gente morando la (ainda mais bicho grilo gente boa) sera que nao deixam acampar no quintal? Como fazem anos que nao vou la nao sei se ainda tem esse pessoal morando la... Outra opcao seria armar acampamento no comeco da tarde, dormir, no outro dia desarmar tudo, esconder as coisas, fazer os picos, voltar de noite, rearmar tudo, dormir e no outro dia pegar o trem para Morretes... sera que rola? Na verdade como na epoca nao tinha certeza se era seguro o parque acabei fazendo isso.. eh meio trabalhoso mas de boa.. Sabem se tem alguem cuidando das obras do lugar ou eh tranquilo fazer assim? O medo seria apenas dar rolo... problemas com as otoridades... porque acampar com consciencia e minimo impacto com certeza todos nos sabemos... Essas ideias tem sentido ou estou viajando completamente?
  10. Oi. Oaborges.. quanto estava a diaria da pousada e do guia? abraco..
  11. Levantando novamente a questao do Pico do Cabugi, tem espaco pra barraca la no pico? Pode ser perigoso com relacao a cobras e escorpioes ou eh de boa? obrigado..
  12. Realmente.. tive a oportunidade de ficar uns dias em Baia Formosa... o lugar é simplesmente incrivel... nunca vi nada igual... praticamente intocado... a cidade é super pequena mas tem de tudo... O passeio de buggy ate o Sagi é demais... o preco é mais ou menos o mesmo com qualquer buggy.. como ja mencionado.. So uma ressalva a respeito de uma situaçao bem chata que ocorre na cidade..segundo pude comprovar... Quem vem no esquema CVC fica necessariamente na pousada do prefeito da cidade .. ali dizem que nao tem nada de artesanato na cidade nem comida ou bebida no Sagi.. forçando os turistas a comprarem tudo ali.. e deixando os moradores locais sem poder tirar seu sustento com os turistas. Ha realmente uma loja de artesanato na propria pousada do prefeito mas por "coincidencia" a dona é esposa do excelentissimo... bela mutreta.. E quem tenta comprar de outros por perto é desencorajado pelos guias... Ha algumas coisas nessa tenda mas se quiser ver artesanato local de qualidade e variedade basta caminhar uns 300 metros. É só perguntar para qualquer morador local sobre onde fica o Mercado das artes.... tem muita coisa legal... Um ponto de referencia é a Pousada La Bonita que fica bem perto... Acho legal valorizar os artesãos locais que tentam viver disso. Entao ai esta a dica... Enfim o lugar é demais.. da vontade de nem ir embora... valew.
  13. Ai.. valeu a dica... ter os pes esbagassados numa trip nao rola.... Vou tentar provar na loja a 42 da Titan... ou entao vou de Tryton mesmo... valew..
  14. Verdade.... depois de uma tese ou ensaio sobre solados desses...rsrsrs perguntas respondidas. E mesmo ainda tendo alguns aspectos a desenvolver, esse atendimento e interesse nos usuarios da uma baita moral pra marca... parabens.. quem dera mais marcas tivessem essa atitude. :'> :'>
×
×
  • Criar Novo...