Ir para conteúdo

silvanaisabel

Membros
  • Total de itens

    31
  • Registro em

  • Última visita

Posts postados por silvanaisabel

  1. Silvana/Colibri,

     

    Faz 2 dias que voltei do passeio de 3 dias ao Salar.

    Recomendo que você feche o pacote em Uyuni mesmo, pois é mtoo mais barato que fechar em La Paz. As agências em La Paz cobram aprox $ 1.000 bolivianos... eu fechei por $ 600 bolivianos!!

    A agência que usei foi a SANDRA TRAVELS e achei bem bacana. Esse preço inclui acomodação e todas refeições.

    Apenas se atente a 2 pontos:

    A) o jipe é confortável para 6 passageiros + 1 motorista. No meu fomos em 7 pax + motorista... ficou um pouco apertado, mas nada impossível tb

    B) no último dia tem a visita às piscinas termais (vulcânicas), mas isso só é possível se a estrada não estiver bloqueada pela neve. No meu caso ela estava e daí a opção foi ir até a fronteira do Chile e ver mais lagoas... ou seja, nada demais. Eles normalmente sabem com antecedência se a estrada tá fechada e daí vc pode perguntar na hora de fechar o pacote.

     

    Os contatos da Sandra Travels são:

    [email protected]

    Fone: +54 725 94684

     

    PS: praticamente nenhuma agência aceita cartão de crédito!

     

    Oi Fábio, boa tarde

     

    Muitissimo obrigada pela dica da Sandra Travels...estou em contato com ela.

    E se fecharmos pacote pela internet com eles ainda daqui do Brasil? Você acha que vale a pena? A questão é que somos um grupo de 8 pessoas....Se chegarmos em Uyuni com nosso grupo, lá pela metade de agosto, será que dá tempo para fechar o pacote pro dia seguinte? Ou é arriscado?

     

    Abraço!

  2. Silvana/Colibri,

     

    Faz 2 dias que voltei do passeio de 3 dias ao Salar.

    Recomendo que você feche o pacote em Uyuni mesmo, pois é mtoo mais barato que fechar em La Paz. As agências em La Paz cobram aprox $ 1.000 bolivianos... eu fechei por $ 600 bolivianos!!

    A agência que usei foi a SANDRA TRAVELS e achei bem bacana. Esse preço inclui acomodação e todas refeições.

    Apenas se atente a 2 pontos:

    A) o jipe é confortável para 6 passageiros + 1 motorista. No meu fomos em 7 pax + motorista... ficou um pouco apertado, mas nada impossível tb

    B) no último dia tem a visita às piscinas termais (vulcânicas), mas isso só é possível se a estrada não estiver bloqueada pela neve. No meu caso ela estava e daí a opção foi ir até a fronteira do Chile e ver mais lagoas... ou seja, nada demais. Eles normalmente sabem com antecedência se a estrada tá fechada e daí vc pode perguntar na hora de fechar o pacote.

     

    Os contatos da Sandra Travels são:

    [email protected]

    Fone: +54 725 94684

     

    PS: praticamente nenhuma agência aceita cartão de crédito!

     

    Oi Fábio, tudo bomm?

    Ando em contato com a Sandra e com o Daniel do Uyuni Tours, vendo as condições de uma e de outra, analisando, pesquisando....ufaaa......

    Obrigada pela dica!

    Abraço!

     

    Colibri

  3. Oi Fábio, boa tarde

     

    Muitissimo obrigada pela dica da Sandra Travels...acabei de mandar email pra lá.

    E se fecharmos pacote pela internet com eles ainda daqui do Brasil? Você acha que vale a pena? Se chegarmos em Uyuni com nosso grupo de 7 ou 8 pessoas, lá pela metade de agosto, será que dá tempo para fechar o pacote pro dia seguinte? Ou é arriscado?

     

    Abraço!

     

    Silvana

  4. Pessoal:

    Olás!

    Eu e mais 6 ou 7 pessoas pretendemos viajar ao Salar de Uyuni em agosto, a partir de La Paz, para depois ir a San Pedro de Atacama. Pelo que pesquisei até agora, parece que são poucas as boas agências de Uyuni...pesquisando vários sites, vi que muitas pessoas recomendaram a Uyuni Tours (parece que é a agência mais antiga de lá) e a Cordillera. Mais alguém aí tem outras sugestões, experiências com essas aí, etc?

     

    Abraços mochileiros!

     

    Silvana

    Lima

    Oi Suelen, complementando o que o Rafael falou, seria bom levar em conta também quantos dias você tem disponíveis para a viagem, se vai fazer a trilha inca ou alguma outra por ali ou não, etc. No caso de Cusco, Macchu Picchu e adjacências, dá para gastar facinho uns 5 dias (para alguns mais, para outros um pouco menos) e sem fazer trilha...Leve em conta também se você gosta de degustar os lugares devagarinho ou se é mais acelerada, suas preferências pessoais, etc. Dependendo de vários fatores como esse, talvez valha a pena conhecer melhor o Peru com mais calma. No Brasil, geralmente por aí muita gente só ouve falar de Macchu Picchu, mas esse país tem muito mais a mostrar em diferentes regiões, como você deve ter percebido em vários fóruns aqui do Mochileiros.

     

    Um abraço e boa viagem! :)

     

    Sil

    [EDITADO - Coloque essa informação no seu perfil]

  5. Rosana, eu e meu esposo também compartilhamos de tua opinião. Algumas dicas sobre o que gostamos muito lá para quem for conhecer a cidade:

     

    - O Metrocable: são teleféricos fechados que transportam até 8 pessoas sentadas por cabine. É um meio de locomoção muito interessante implantado em algumas favelas de Medellin que também acaba servindo como atração turística. Eles fazem integração com o metrô normal. As vistas durante o percurso são muito bonitas, sem contar que, de cima dessas cabines, dá pra observar bastante do cotidiano normal da cidade: crianças brincando nas escolas, nas ruas, gente jogando futebol, gente varrendo o quintal das casas, etc. O final de um desses percursos, que não lembro agora o nome, dá acesso a um "Metrocable extra", pelo qual você chega ao Parque Arví. Esse parque é relativamente novo ainda, tem pouca coisa, mas vale pelo passeio de "voar" em cima das árvores. No Youtube achei um video legal sobre o Metrocable: http://www.youtube.com/watch?v=y6NiIWP7 ... re=related

     

    - O Parque Explora: é um parque com alguns brinquedos ao ar livre que trabalham conceitos de física e também com salas interativas temáticas divertidas e interessantes tanto para crianças como para adultos. Dá para passar um dia inteiro lá. Os preços das entradas variam de acordo com as atrações às quais você quer ter acesso. Super interessante! Queria ter um desses aqui em Brasília! Para você ter uma idéia mais concreta de como é esse parque, o site dele está aqui: http://www.parqueexplora.org/

     

    - O Museu Interativo: fica no Parque de los pies descalzos. Tem o mesmo espírito do Parque Explora, só que é menor e está somente em espaço fechado. Mas não é menos interessante. Vale a pena visitá-lo. Lá a gente encontra até uma máquina de simulação de terremotos na qual você pode "experimentar" sua resistência e equilíbrio aos diversos graus da escala Richter (!!!). Experimentei ficar em cima dessa máquina e, sinceramente, espero nunca ter que passar por um terremoto de grande magnitude, a coisa é assustadora mesmo, ehehe.

     

    - O Museu de Antioquia: pra quem gosta de arte, é um prato cheio. Várias pinturas e escultura do célebre Botero, que nasceu lá mesmo em Medellin, e também de outros artistas.

     

    - Praça Botero: também pra quem gosta de arte. Há 23 esculturas dele lá, ao ar livre.

     

    Pra quem gosta de Baladas, tem o Parque Lleras, que me lembra muito o bairro de Vila Madalena, em São Paulo, à noite. Vários espaços verdes bonitos, como o Jardim Botânico e o Parque onde está o Pueblito Paisa, que não me lembro agora o nome. Há o Parque de los piés descalzos, ao lado do edifício inteligente das empresas públicas de Medellin, espaço no qual as pessoas podem relaxar colocando seus pés num espaço com água (não se preocupem, ele é devidamente tratado e higienizado, ehehe. Fui testemunha disso com meus próprios olhos numa das vezes que fui lá.), na areia ou em pedras de diferentes tamanhos nos quais você pode subir e caminhar, entre outros lugares.

     

    O que não falta lá é coisa para se ver e fazer...

  6. Oi, Fmerencio!

     

    Voltamos da Colômbia faz alguns dias. Eu e meu esposo gostamos bastante de Medellin. O que achamos imperdível lá:

     

    - O Metrocable: são teleféricos fechados que transportam até 8 pessoas sentadas por cabine. É um meio de locomoção muito interessante implantado em algumas favelas de Medellin que também acaba servindo como atração turística. Eles fazem integração com o metrô normal. As vistas durante o percurso são muito bonitas, sem contar que, de cima dessas cabines, dá pra observar bastante do cotidiano normal da cidade: crianças brincando nas escolas, nas ruas, gente jogando futebol, gente varrendo o quintal das casas, etc. O final de um desses percursos, que não lembro agora o nome, dá acesso a um "Metrocable extra", pelo qual você chega ao Parque Arví. Esse parque é relativamente novo ainda, tem pouca coisa, mas vale pelo passeio de "voar" em cima das árvores. No Youtube achei um video legal sobre o Metrocable:

     

    - O Parque Explora: é um parque com alguns brinquedos ao ar livre que trabalham conceitos de física e também com salas interativas temáticas divertidas e interessantes tanto para crianças como para adultos. Dá para passar um dia inteiro lá. Os preços das entradas variam de acordo com as atrações às quais você quer ter acesso. Super interessante! Queria ter um desses aqui em Brasília! Para você ter uma idéia mais concreta de como é esse parque, o site dele está aqui: http://www.parqueexplora.org/

     

    - O Museu Interativo: fica no Parque de los pies descalzos. Tem o mesmo espírito do Parque Explora, só que é menor e está somente em espaço fechado. Mas não é menos interessante. Vale a pena visitá-lo. Lá a gente encontra até uma máquina de simulação de terremotos na qual você pode "experimentar" sua resistência e equilíbrio aos diversos graus da escala Richter (!!!). Experimentei ficar em cima dessa máquina e, sinceramente, espero nunca ter que passar por um terremoto de grande magnitude, a coisa é assustadora mesmo, ehehe.

     

    - O Museu de Antioquia: pra quem gosta de arte, é um prato cheio. Várias pinturas e escultura do célebre Botero, que nasceu lá mesmo em Medellin, e também de outros artistas.

     

    - Praça Botero: também pra quem gosta de arte. Há 23 esculturas dele lá, ao ar livre.

     

    Pra quem gosta de Baladas, tem o Parque Lleras, que me lembra muito o bairro de Vila Madalena, em São Paulo, à noite. Vários espaços verdes, como o Jardim Botânico. Há o Parque de los piés descalzos, ao lado do edifício inteligente das empresas públicas de Medellin, espaço no qual as pessoas podem relaxar colocando seus pés num espaço com água (não se preocupem, ele é devidamente tratado e higienizado, ehehe. Fui testemunha disso com meus próprios olhos numa das vezes que fui lá.), na areia ou em pedras de diferentes tamanhos nos quais você pode subir e caminhar, entre outros lugares.

     

    O que não falta lá é coisa para se ver e fazer...

  7. Oi Cris! Nossa, quantas cidades...pra te dar dicas, descreve o que você mais gosta de ver e de fazer em viagens. Vc pensa em fazer trilha na Ciudad Perdida, perto de Santa Marta? Dizem que é muito legal, é considerada a "Machu Picchu colombiana". Quem sabe um dia não volto lá para conhecê-la?

    Beijos!

     

    PS: Agora que cheguei de viagem vou curtir de novo teu blog, acho que ainda não li vários de seus textos novos...

  8. Oi gabriel

     

    Ai, espero não ter te desanimado, eheh. Bom, como aqui cada um bota suas impressões dos diversos lugares, achei legal colocar a minha também, embora possa destoar da maioria. Muita gente diferente circula por aqui, naturalmente com gostos e bagagens vivenciais diferentes. De repente, você não ache lá tão ruim assim. Só resolvi botar alguns pontos concretos para servir de aviso a quem, de repente, possa pensar como eu. Espero que meu comentário não tenha parecido "elitista". Gosto de ver o povo local nas ruas, seus costumes, suas maneiras de falar, etc, não me importo se são pobres ou não. Aliás, para mim nem poderia ser diferente pois metade de minha família é peruana...e minha crítica, além de ser também turística, tem também um fundo social.

    Tudo aquilo que comentei em meu texto anterior me incomoda não apenas por uma questão de estética, mas também de saúde, tanto da população local como a de qualquer turista que vai circular por ali. Quanto às atrações, realmente o Castilho é bem legal e merece ser visitado, assim como a visão panorâmica do alto do bairro de La Popa. Quanto aos vendedores, eles existem em toda cidade muito turística. Só tive a impressão que lá eles conseguem ser mais insistentes e chatos do que em dezenas de outras cidades muito turísticas onde passei, sabe-se lá porque...Quanto ao bairro da Candelária, em Bogotá, ele precisaria também de um trato...ele é muito bonito, mas também está meio largado. Poderiam ter aproveitado o marco dos 200 anos da independência colombiana para fazer isso.

     

    Abraço!

  9. Oi pessoal, voltei ontem da Colômbia.

     

    No geral, gostei do país. Achei o povo de lá com o jeitão parecido ao dos brasileiros. Para quem estranha muito estar fora do Brasil, acredito que essa talvez seja uma facilidade, aliado ao fato que lá se come muito feijão e se acha facilmente café :)))))). Aliás, o tempero colombiano, no geral, achei parecido ao brasileiro. Porém, achei os preços em geral caros em comparação, por exemplo, com Bolívia, Peru e alguns outros países latinoamericanos. Pelo menos cinema, ônibus, metrô e táxis para circular dentro das próprias cidades eram mais baratos, pelo menos para nós que moramos em Brasília...

     

    Passamos por Bogotá, Medellin e Cartagena. Gostamos de Bogotá, adoramos Medellin (a grande boa surpresa da viagem) e não gostamos de Cartagena. Confesso que eu e meu esposo nos decepcionamos muito com Cartagena. O Centro Histórico é muito bonito sim, mas está meio largado atualmente. Várias de suas ruas estão sujas, muitas cheiram a urina e esgoto, sem contar com várias calçadas quebradas. Em alguns pontos, cheguei a flagrar água empoçada com larvas que me pareciam ser de mosquito da dengue, imaginem...Meu marido comentou que o ideal seria passear ali somente à noite, pois a iluminação caprichada consegue "disfarçar" um pouco certas coisas. Com os cheiros, isso já é um pouco mais difícil....Quanto à Bocagrande, pareceu-nos tão comum quanto várias cidades de praia nos quais já passamos. Nada demais. A quem me pergunta de lá, digo que o ideal é ficar o maior tempo possível em praias distantes e/ou enfiado em alguma ilha, pois a cidade em si, pra nós, enquanto estiver naquele estado, não é lá "aquela" Brastemp toda...a nós nos pareceu muito que Cartagena é "Marketing para Gringos". Várias outras cidades coloniais pelas quais passamos em nosso próprio continente são mais interessantes e bonitas que Cartagena. Pelo menos, essa é a nossa opinião....

     

    Bogotá nos pareceu uma cidade multifacética e interessante. Muita coisa para se ver e fazer: museus, o bairro histórico da Candelária, a bela paisagem do Cerro Montserrate, os diferentes bairros, o hacienda Santa Bárbara, a Catedral de Sal, que foi escavada dentro de uma mina de sal na cidadezinha de Zipaquirá, próxima a Bogotá (pra mim um dos pontos mais interessantes que vimos na Colômbia, que classifico como imperdível), enfim, muitas coisas.

     

    Medellin nos pareceu uma cidade que, apesar de muito grande, consegue ainda um bom nível de organização, além de transparecer algum cuidado com o meio ambiente. Em vários pontos, vimos lixeiras de coleta seletiva, além de vários espaços verdes na cidade, isso sem contar lugares muito legais que envolvem, ao mesmo tempo, ciência, conhecimento e divertimento, como é o caso do Museu Interativo e do Parque Explora. Isso sem contar com o metrô, que facilita muito o deslocamento dentro da cidade, e o Metrocable, prolongamento do metrô comum, que serve à população de algumas favelas da cidade: muito bom! Além de ser um transporte digno e rápido para a população mais pobre, ainda serve como atração turística!

    Lima

    Como alguns já citaram aí anteriormente, em Lima há muita coisa para se ver e fazer. Só gostaria de deixar um alerta: há alguns lugares que se pode visitar mais barato pegando um táxi, dependendo de onde você estiver, do que pagando o Mirabus. É bom ficar atento. E quem passar em Lima, se puder, não deixe de visitar o Circuito Mágico das Águas, que fica no Parque da Reserva. Não lembro o preço, mas a entrada é baratinha. Nas noites de 4ª a domingo (é bom checar os dias), em horários pré-definidos, há o espetáculo da dança de algumas fontes, com sincronia de luzes, cores, músicas e "coreografia" das águas. Além disso, o próprio parque em si é um lugar muito agradável. E também lá há um pequeno agrupamento específico de pequenas fontes nas quais o desafio é ir passando para o seu centro sem se molhar (elas sobem, descem, somem, reaparecerem meio que sem aviso prévio), achei bem divertido. Algumas pessoas prevenidas chegam a ir lá brincar com capa de chuva, ehehe.

    Achei interessante ressaltar aqui essa atração de Lima pois em Águas Calientes encontramos uma turista brasileira que não sabia dessa atração porque seu guia não havia falado (!!!!). Meu esposo comentou: "Vai ver ele não falou desse parque porque a gente pode chegar e entrar lá gastando pouco e sua agência não vai ganhar nada com isso". Vai ver que é verdade...

  10. Obrigada pela dica! Por coincidência, vamos ficar também no Utama.

    De repente, é uma outra opção que podemos ter lá. A princípio, queremos ir a Tiawanaku porque dizem que lá a festa do ano novo Aymara dura a madrugada inteira. Como curtimos frio e estamos muito curiosos pra ver a festa, o plano inicial é este. Mas, vamos ver o que acontece...

    Mais uma vez, obrigada por tua narrativa. Não a achei grande, eheh. Poderia ter escrito mais :)))

    Abraço!

  11. Pessoal, alguém aí já foi às festas do ano novo Aymara (21 de junho)?

     

    Eu, meu marido e mais quatro amigos estaremos em Copacabana, Bolívia, dia 19 e queremos ir às ruínas de Tiawanaku para curtir a festa que, dizem, dura a madrugada inteira de 20 para 21. Alguém nos informou que o ideal seria nos hospedar na cidade de Tiawanaku mas parece que lá já não há mais vagas. Não pretendemos chegar a La Paz. O que podemos fazer para nos deslocar de Copacabana a Tiawanaku? Acho que dá para pagar táxi ou van de Copacabana até lá, mas não tenho certeza.

×
×
  • Criar Novo...