Ir para conteúdo

malenkaya

Membros
  • Total de itens

    7
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Olá pessoal, Em janeiro iremos para Argentina e Chile de carro, pra depois conhecer o Peru e Bolívia de ônibus. Para tanto, precisamos achar um lugar seguro no Chile para deixar o carro estacionado. Como a passagem de ônibus de Arica para Tacna é relativamente barata, resolvemos deixar o carro no aeroporto de Arica, no Chile. No entanto, não consigo achar nenhuma informação sobre o aeroporto em si, e nem sobre o estacionamento. Alguém já fez algo parecido? Tem algum site onde eu possa fuçar pra achar essa informação? Obrigada!
  2. Olá Pessoal, Venho pesquisando durante alguns dias os custos referentes à ida ao acampamento base do Everest. Até agora, achei apenas os custos gerais para a escalada ao cume, mas nada que se refira especificamente ao acampamento base. Alguém teria informações acerca de um trekking apenas até o acampamento base do Everest? Precisamos saber qual é o valor da permissão de entrada na montanha, e se há agências que se disponibilizam a nos levar apenas ao acampamento base. Qualquer informação relevante será bem-vinda. Obrigada!
  3. Beier e Pedro, Muito obrigada pelas informações. Provavelmente iremos por São Borja; na volta conto pra vocês como foi! Abraços!
  4. malenkaya

    Nevado Sajama

    Leo, Muito obrigada pela tua resposta. Dei uma olhada no Parinacota, e realmente, dever ser uma delícia chegar ao cume desse bicho. No entanto fica aquela coisa: meu negócio é mais técnico, por mim eu ficava horas, mas eu nunca subi cima dos 4000m em gelo. Já meu namorado curte escalar, mas nem tanto, e nunca escalou em gelo (mas subiu o Misti em 2007). Optamos por algo menos técnico, até porque, se necessário, dá pra dar um up no condionamento físico até lá. Agora, arranjar tempo pra fazer escalada técnica vai ser difícil (eu tô com uma fratura de estresse no pé e fico de molho até junho, e ele rompeu o tendão supraespinal e fica de molho até setembro). Eu tenho uma leve impressão de que a gente vai acabar se aventurando no Nepal (já foste?) antes de voltar a escalar na América do Sul, mas já coloquei o Parinacota na minha lista de "coisas para fazer" (que já incluía o Illampu e Illimani.) Obrigada mais uma vez!
  5. Olá Pessoal, Estamos planejando uma viagem de carro pela América do Sul, que começa, efetivamente, em Corrientes, na Argentina. Saíremos de Porto Alegre e portanto temos duas opções: cruzar a fronteira em São Borja ou em Uruguaiana. Constatamos que o caminho por São Borja é mais curto: 609km. É também a melhor opção quando chegarmos na Argentina, pois o caminho de São Borja até Corrientes é menor do que de Uruguaiana até Corrientes. No entanto, nunca cruzamos a fronteira em São Borja. Dei uma lida nos tópicos e achei informações sobre a fronteira em Livramento e Uruguaiana, mas São Borja, niente. Alguém já foi pra Argentina de carro por São Borja? Foi tranquilo? Temos um certo receio, pois não é uma fronteira "conhecida", digamos. Outra: Passando São Borja pegaríamos a Ruta 120 na Argentina, e depois a Ruta 12 até Corrientes. Dei uma olhada no Google Earth mas não tem como dizer em que estado as rodovias se encontram. Alguém já passou por ali de carro e poderia me dar uma luz? Mais uma pergunta, dessa vez saindo um pouco do tópico "Argentina": no Rio Grande do Sul, a estrada que vai pra Uruguaiana (BR290) está bem conservada? E a estrada que vai pra São Borja (BR287)? As duas se equiparam, ou tem uma que é muito melhor que a outra, em qualquer sentido? Obrigada!
  6. malenkaya

    Nevado Sajama

    Oi Léo, Eu morei 10 anos em Boston, ou seja, quase todas as escaladas que eu fiz foram em gelo. Eu tenho um bom conhecimento técnico, mas a montanha mais alta que eu escalei foi a Mount Robson, no Canadá, que chega apenas a 3954m. Isso durante o finalzinho do outono, ou seja: frio afu, o gelo tava bom, tinha um baita vento, mas tava numa direção que não nos atrapalhava. A escalada do Sajama ou do El Chachani aconteceria ao final da nossa viagem, ou seja, estaríamos a um mês numa altitude de mais ou menos 4000m. Em termos de preparo físico, creio que não teremos problemas. É mais uma questão de eu não conhecer o local, nem o clima, muito menos a topografia, de não poder levar meu equipo (e de não ter equipo suficiente pra duas pessoas), enfim. Qualquer coisa pode virar roubada se não for pesquisada/planejada direito, e é por isso que eu gostaria de ter essas informações. Valeu!
  7. malenkaya

    Nevado Sajama

    Olá pessoal, Sou nova aqui no fórum e por isso peço desculpas antecipadamente se um tópico parecido já foi discutido. Procurei por toda a parte e não achei um relato referente à subida do Sajama, na Bolívia, de 6500m. É uma escalada que eu estou a fim de fazer, em meio a outras coisas, em fevereiro de 2010 (sim, eu planejo com antecedência, hehe). Enfim, vi que neste site aqui (http://www.hikingbolivia.com/c-huayna.html) eles têm guias para a escalada do Sajama, que leva quatro dias. No entanto, mandei um email e até agora nada. Sei que a subida do El Chachani, em Arequipa, não é recomendada pra esta época do ano, devido ao gelo derreter e tornar a escalada mais difícil. Portanto, pergunto: 1) Alguém já escalou o Sajama? 2) Relatos de como foi a subida (nível técnico, mal de altitude, etc) 3) Usaram guias? Quem foram? 4) Em que época foi a trip. 5) Se é muito, mas muito roubada tentar subir em fevereiro. Como alternativa, pensei em escalar o El Chachani. No entanto, em todos os guias que eu achei, me disseram que a escalada em si começa aos 5000m. Meio brochante. Alguém tem alguma outra sugestão de montanha/vulcão acima de 6000m que possa ser escalado nessa épocas, de preferência com guias? Valeu!
×
×
  • Criar Novo...