Ir para conteúdo

casLu

Membros
  • Total de itens

    43
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre casLu

  • Data de Nascimento 06-07-1983

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Muito legal seu relato! Obrigado! Vou fazer o Circuito W agora em Abril. Esperando pegar muito frio e vendo gelado! O que levou na mochila para esse trekking?
  2. Recomendo sim. Tudo foi bem tranquilo. Pagamos R$800/pessoa pelos 4 dias e 3 noites. Dormimos na casa dos locais e levamos apenas uma mochila de ataque e parte da comida em nossas mochilas.
  3. Boa tarde. voce tem o contato do Lodge que voce dormiu em Milford? Obrigado!
  4. Galera, Segue meu relato da viagem para Chapada Diamantina BA em Julho 2015. Tentei ser bem objetivo, mas se alguém precisar de algum detalhe adicional é só perguntar! Abraço Dia 1 Salvador>Morro do pai Inácio>Lençóis Saimos de Salvador às 11h30. Alugamos um carro e seguimos para Lençóis. Ao invés de chegar em Lençóis, decidimos tocar direto até o Morro do pai Inácio para vermos o pôr do sol. Chegamos às 16h30. Acesso ao Morro das 9h às 17h. Valor R$5/pessoa. Deixamos o carro no início da trilha e a subida é leve, de uns 20min. Dormimos em Lençóis no Hostel Aventurismus. Dia 2 Lençóis: Gruta da Torrinha e Fazenda da Pratinha Logo cedo partimos de carro rumo à Iraquara. Antes do município, pegamos saída para Torrinha. Paramos o carro no início do passeio. Custou para nosso grupo R$45/pessoa para fazer Passeios 2 e 3, sem o Palácio dos Cristais. Um guia local acompanha. Pela gruta caminhamos por 2h30 sempre com lanternas e capacete do lugar. Na gruta faz muito calor. Recomendo levar apenas água e máquina. Rasteja-se para passar por algumas fendas. Voltamos para Lençóis. Dia 3 Cachoeiras do Sossego e Ribeirão do Meio Saimos do Hostel em Lençóis a pé direto para a trilha da Cachoeira do Sossego, sem guia. No caminho nos perdemos e acabamos juntando com outro grupo e o guia que nos acompanhou o rolê inteiro. Recomendo o guia. A trilha tem suas particularidades, e o guia ajuda a superar os obstáculos pelas pedras certas. Trilha pesada com trecho longo sobre as pedras do leito do rio Preto. Depois de 2h30 pulando pedras, rastejando e cruzando o rio chegamos na Cachoeira do Sossego. Voltamos pela mesma trilha e seguimos para a Cachoeira do Ribeirão do Meio. Depois de algum tempo relaxando e descendo no escorregador natural, voltamos para Lençóis. Total trekking 12,49km. Dia 4 Cachoeira do Mosquito e Poço do Diabo Passeio sem guia. Saindo de Lençóis pegamos a BR sentido Tanquinho. No lado esquerdo da rodovia há a Brasilgas, alí inicia a estrada de chão que leva até a Fazenda Santo Antônio. Pagamos R$10/pessoa pelo acesso. Uma trilha pequena leva do estacionamento até a cachoeira. Ótima para banho, tem chão de areia e algumas lajes de pedra. Nível fácil. Voltamos para a estrada sentido Lençóis, passamos a entrada da cidade e estacionamos no acesso ao Poço. É um restaurante do lado esquerdo da BR sentido Iraquara. Uma descida fácil de uns 20min e chegamos no Poço do Diabo. Ótimo para banho e para nadar, pois tem um poço grande e fundo. Ainda seguindo pela direita da Cachoeira chega-se à Garganta do Diabo. Voltamos para Lençóis. Dia 5 Trekking Vale do Pati Dia 1 Fechamos com a Aventurismus, agência do Hostel que ficamos. Percurso Guiné - Andaraí. Saimos de Lençóis com o carro da agência às 9h30. Estrada longa até Guiné, de onde iniciamos o trekking. Início da trilha às 11h30. Começamos com uma subida muito ingrime de umas 2 horas de escalaminhada. Passamos pelos Gerais do Rio Preto e paramos no Rio Preto para banho e lanche. Seguimos até um mirante em que podemos ver todo o Vale do Pati. Descemos até a casa do Sr. João onde pernoitamos, em Igrejinha. Antes disso ainda fomos até a Cachoeira Altinha para um banho e fechar o dia. Um banho gelado de chuveiro e colocamos roupa quente pois a temperatura cai bem rápido. Total trekking 11Km. Dia 6 Cachoeirão Depois de um café da manhã reforçado saimos em direção ao Cachoeirão. Foram 9Km somente para chegar. O tempo estava feio, com chuva e muito vento. Voltamos cedo por mais 9km de trilhas. Total trekking 18Km, longo, mas fácil. Dia 7 Casa de Sr. João para de D. Linda Os guias juntos prepararam um banquete de café da manhã. Com bolo e pães feitos no dia, além de muita fruta, café, chá e sucos. (Feijão, Lobinho, Flor e Kinkas) Mudamos os planos por conta do tempo. Não fomos ao Morro do castelo, mas sim até D. linda, com uma parada em piscinas naturais para banho. Poço da Árvore no rio Pati. Total de trekking 10,2Km. Dia 8 Dia de sair do Vale do Pati com destino à Andarai. Acordamos 6h para um rápido café da manhã na casa da D. Linda. Contornamos o morro do Castelo até a Prefeitura, de onde seguimos até Andarai. Trilha total de 12km. O João estava com o carro nos esperando. Voltamos para Lençóis. Pegamos nosso carro e fomos ao Vale do Capão. 65km total 2h viagem. Caímos na Pousada Sempre Viva. Dia 9 Vale do Capão Cachoeira da Fumaça por cima. Depois do café seguimos até o inicio da trilha. São 6km ida e 6km volta. Trilha fácil na ida, mas volta difícil por conta da descida que exige muito dos joelhos. Comemos o pastel de palmito de jaca com queijo, super recomendado! Total 12km trekking Dia 10 Vale do Capão Cachoeira da Purificação e Angélica. Seguindo na rua do camping do Sr. Dai e do camping Sempre viva chega-se à trilha para Cachoeiras Angélica e Purificação. Trilha fácil e bem marcada. Pegamos o carro e seguimos para o Riachinho para o pôr do sol: Depois do centro de Capão, pega a estrada sentido Palmeiras e logo após a ponte fica o acesso. Gratuito e fácil com escadas. Comemos a famosa pizza dois sabores. Dia 11 Vale do Capão > Ibicoara Saímos do Capão às 11horas com destino à Ibicoara. Chegamos às 15:30 e nos hospedados na Pousada do Seu Mário. R$35/ pessoa com café. Fechamos com o Ramon, guia da cidade, para fazer o Buracão no dia seguinte. Dia 12 Ibicoara Saimos as 9:30 com destino ao início da trilha da cachoeira do Buracão. Cachoeira do Buracão: trilha fácil, guia obrigatória pela regra local, taxa R$ 7/pessoa. Voltamos para a cidade e seguimos para Mucugê no mesmo dia. 1h viagem. Dia 13 Mucugê > Igatu O tempo estava muito feio com chuva e resolvemos partir para Igatu. Saimos de Mucugê às 10:30 rumo à Igatu. No caminho paramos no Projeto Sempre Viva, de preservação da flor de mesmo nome e história do garimpo. Descemos até a Cascata do Tiburtino. Saímos às 15h e fomos à Igatu. Pousada Flor de Açucena, super recomendada! Dia 14 Igatu > Lençóis Em Lençóis fomos ao Morro do Pai Inácio, novamente. Dormimos no Hostel Aventurismus novamente. Dia 15 Lençóis > Salvador > São Paulo Logo cedo pegamos a estrada para Salvador. Voltamos para SP! Total da viagem 1.700Km carro + 100Km trilhas!
  5. Eu li o seu relato, deiafranzoi... Muito legal! E obrigado, Felipe, pelas dicas. Estou extendendo os dias da viagem de carro para aproveitar mais cada lugar e ficar menos tempo no carro! Vou alugar o carro em Christchurch e seguir para Greymouth. Na sequencia pretendo passar por Franz Joseph e dirigir até Queenstown. Neste trajeto, na costa oeste, quais os lugares que voces indicam para dormir/visitar? Pretendo fazer o trajeto em 5 dias. Obrigado!
  6. Outra dúvida. De Queenstown para Milford Sound. Estarei com carro alugado... Vale a pena dormir uma noite lá ou voltar no mesmo dia? Meu roteiro até agora: Dia 1 Auckland Dia 2 Auckland Dia 3 Auckland e voo para Christchurch Em Christchurch aluga um carro e vai até Greymouth no mesmo dia. Dia 4 Greymouth para Franz Joseph Dia 5 Franz Joseph para Queenstown Dia 6 Queenstown Dia 7 Queenstown - Milford Sound. Dia 8 Queenstown voo para Sydney. Sugestões?
  7. Boa tarde, pessoal. Pretendi ficar 6 a 8 dias na NZ em Dezembro. Soube dos passeios de trem e quero saber se alguém já fez? De Auckland para Wellington De Picton para Christchurch De Christchurch para Greymouth Chegando em Greymouth pretendo alugar um carro e ir até Queenstown. Vale a pena fazer os três?
  8. Ayla A estrada é de terra mas possível sim. Considere 2h30. Em Mucugê fiquei na Estalagem Jardim do Eden. Pagamos R$30/ pessoa sem café. Quarto com banheiro. Fica na praça da cidade.
  9. Voltei agora da Chapada e fiz o seguinte roteiro de 15 dias. Rodamos 1.700Km de carro e 100Km de treking! Se puder, ajudo nas dúvidas do pessoal! Dia 1 Salvador>Morro do pai Inácio>Lençóis Saimos de Salvador às 11h30. Ao invés de chegar em Lençóis, decidimos tocar direto até o Morro do pai Inácio para vermos o pôr do sol. Chegamos às 16h30. Acesso ao Morro das 9h às 17h. Valor R$5/pessoa. Deixamos o carro no início da trilha e a subida é leve, de uns 20min. Dia 2 Lençóis: Gruta da Torrinha e Fazenda da Pratinha Logo cedo partimos de carro rumo à Iraquara. Antes do município, pegamos saída para Torrinha. Paramos o carro no início do passeio. Custou para nosso grupo R$45/pessoa para fazer Passeios 2 e 3, sem o Palácio dos Cristais. Um guia local acompanha. Pela gruta caminhamos por 2h30 sempre com lanternas e capacete do lugar. Na gruta faz muito calor. Recomendo levar apenas água e máquina. Rasteja-se para passar por algumas fendas. Dia 3 Cachoeiras do Sossego e Ribeirão do Meio Saimos do Hostel em Lençóis direto para a trilha da Cachoeira do Sossego, sem guia. No caminho nos perdemos e acabamos juntando com outro grupo e o guia que nos acompanhou o rolê inteiro. Recomendo o guia. A trilha tem suas particularidades, e o guia ajuda a superar os obstáculos pelas pedras certas. Trilha pesada com trecho longo sobre as pedras do leito do rio Preto. Depois de 2h30 pulando pedras, rastejando e cruzando o rio chegamos na Cachoeira do Sossego. Voltamos pela mesma trilha e seguimos para a Cachoeira do Ribeirão do Meio. Depois de algum tempo relaxando e descendo no escorregador natural, voltamos para Lençóis. Total trekking 12,49km. Dia 4 Cachoeira do Mosquito e Poço do Diabo Passeio sem guia. Saindo de Lençóis pegamos a BR sentido Tanquinho. No lado esquerdo da rodovia há a Brasilgas, alí inicia a estrada de chão que leva até a Fazenda Santo Antônio. Pagamos R$10/pessoa pelo acesso. Uma trilha pequena leva do estacionamento até a cachoeira. Ótima para banho, tem chão de areia e algumas lajes de pedra. Nível fácil. Voltamos para a estrada sentido Lençóis, passamos a entrada da cidade e estacionamos no acesso ao Poço. É um restaurante do lado esquerdo da BR sentido Iraquara. Uma descida fácil de uns 20min e chegamos no Poço do Diabo. Ótimo para banho e para nadar, pois tem um poço grande e fundo. Ainda seguindo pela direita da Cachoeira chega-se à Garganta do Diabo. Voltamos para Lençóis. Dia 5 Trekking Vale do Pati Dia 1 Saimos de Lençóis com o carro da agência às 9h30. Estrada longa até Guiné, de onde iniciamos o trekking. Início da trilha às 11h30. Começamos com uma subida muito ingrime de umas 2 horas de escalaminhada. Passamos pelos Gerais do Rio Preto e paramos no Rio Preto para banho e lanche. Seguimos até um mirante em que podemos ver todo o Vale do Pati. Descemos até a casa do Sr. João onde pernoitamos, em Igrejinha. Antes disso ainda fomos até a Cachoeira Altinha para um banho e fechar o dia. Um banho gelado de chuveiro e colocamos roupa quente pois a temperatura cai bem rápido. Total trekking 11Km. Dia 6 Cachoeirão Trekking Vale do Pati Dia 2 Depois de um café da manhã reforçado saimos em direção ao Cachoeirão. Foram 9Km somente para chegar. O tempo estava feio, com chuva e muito vento. Voltamos cedo por mais 9km de trilhas. Total trekking 18Km Dia 7 Casa de Sr. João para de D. Linda Trekking Vale do Pati Dia 3 Mudamos os planos por conta do tempo. Não fomos ao Morro do castelo, mas sim até D. Linda, com uma parada em piscinas naturais para banho. Poço da Árvore no rio Pati. Total de trekking 10,2Km. Dia 8 Trekking Vale do Pati Dia 4 Dia de sair do Vale do Pati com destino à Andarai. Acordamos 6h para um rápido café da manhã na casa da D. Linda. Contornamos o morro do Castelo até a Prefeitura, de onde seguimos até Andarai. Total trekking 12Km Voltamos para Lençóis. Pegamos nosso carro e fomos ao Vale do Capão. 65km total 2h viagem. Dormimos na Pousada Sempre Viva. Dia 9 Vale do Capão Cachoeira da Fumaça por cima. Depois do café seguimos até o inicio da trilha. São 6km ida e 6km volta. Trilha fácil na ida, mas volta difícil por conta da descida que exige muito dos joelhos. Comemos o pastel de palmito de jaca com queijo. Total 12 km trekking. Dia 10 Vale do Capão Cachoeira da Purificação e Angélica. Seguindo na rua do camping do Sr. Dai e do camping Sempre viva chega-se à trilha para Cachoeiras Angélica e Purificação. Trilha fácil e bem marcada. Seguimos para o Riachinho para o pôr do sol. Depois do centro de Capão, pega a estrada sentido Palmeiras e logo após a ponte fica o acesso. Gratuito e fácil com escadas. Comemos a pizza dois sabores na Pizzaria do Capão. Dia 11 Ibicoara Saímos do Capão às 11horas com destino à Ibicoara. Chegamos às 15:30 e nos hospedados na Pousada do Seu Mário. R$35/ pessoa com café. Fechamos com o Ramon, guia da cidade, para fazer o Buracão no dia seguinte. Dia 12 Ibicoara Cachoeira do Buracão. Saimos as 9:30 com destino ao início da trilha. Trilha fácil. Custo de R$ 6/pessoa. No mesmo dia seguimos para Mucugê. Dia 13 Mucugê Saimos de Mucugê às 10:30 rumo à Igatu. No caminho paramos no Projeto Sempre Viva, de preservação da flor de mesmo nome e história do garimpo. R$ 10/pessoa. Descemos até a Cascata do Tiburtino. Saímos às 15h e fomos à Igatu. Dormimos Pousada Flor de Açucena. Dia 14 Igatu > Lençóis Em Lençóis fomos novamente ao Morro do Pai Inácio. Dia 15 Lençóis > Salvador > São Paulo
  10. Galera. Alguém recomenda um Hostel no Capão? Valeu!
  11. Petroni. Vc fez os trekkings do Vale do Capão e do Pati? Como faz com o carro nos dias que está no trekking? Abs.
  12. Rafael. Ta tri o roteiro. Estou indo em Julho, praticamente no mesmo esquema. Quando vc estiver no Pati, vai devolver o carro em Lençóis mesmo? Tem a locadora lá.
×
×
  • Criar Novo...