Ir para conteúdo

GustavoBSB

Membros
  • Total de itens

    27
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre GustavoBSB

  • Data de Nascimento 15-11-1988

Bio

  • Ocupação
    Estudante de Direito - UDF
  1. Obrigado! Qualquer duvida sobre esse roteiro basta perguntar, estou com tudo aqui, locais bons pra ficar, comer, passeios... Abraço!
  2. Fiquei no Obelisco, e muito bom e bem localizado, fica a uns 200metros do Obelisco, bem no centro de Bsas... Fui no Florida e vi que é muito bom também, mais e a galera da bagunça... Ou seja.. Mais tranquilo: Obelisco (U$12,00 por dia) Mais movimentado: Florida ou Milhause (U$15,00 por dia) =]
  3. Foi um sonho, segue o video do mochilão! 30 dias sozinho no Chile, Argentina e Uruguai! Link:
  4. Urgente... Alguem sabe quanto estão pagando no real? O dolar esta muito caro, R$1,93.. Estou pensando em levar em real mesmo, li que estao pagando 290 no real, 500 no dolar, correto a informação? Estive no norte do chile em janeiro e estavam pagando os 500 no dolar mesmo, agora o real eu nao lembro, aqui nego ta falando que esta pagando 230... alguem sabe informar? Obrigado!
  5. Pessoal segue meu roteiro para Julho 2010, já comprei a passagem para Santiago. Alguem tem uma sugestão melhor ou esta legal assim? Obs. 02/07 a 19/07 02 - Saída BSB 03 - Santiago 04 - Santiago (vale nevada) 05 - Santiago 06 - Santiago a Púcon (12hrs) 07 - Púcon 08 - Púcon 09 - Púcon a Bariloche (07hrs) 10 - Bariloche 11 - Bariloche 12 - Bariloche a Buenos Aires (22hrs) 13 - Buenos Aires 14 - Buenos Aires 15 - Buenos Aires a Montevidéo (4hrs) 16 - Montevidéo 17 – Montevidéo (Punta Del Este) 18 - Coringa 19 - Montevidéo a Brasília
  6. Estarei em Buenos Aires nos dias 12/07/10 a 14/07/10... Ou seja, irei chegar na segunda-feira e ir embora na quarta, esses dias qual e a melhor balada? Alguem vai estar nessa época? me add msn [email protected] Abraço!
  7. Segue o vídeo do El Panico Mochileiro na Bolívia, Peru & Chile! de 13/01/2010 a 29/01/2010... Machu Picchu, Arica, Salar de Uyuni.. Entre outros locais. Video engraçado!!!!!
  8. Eu irei de Brasília tbm, vou seguir da Bolívia ao Peru & Chile... estou partindo dia 13 de janeiro a 29 de janeiro... Segue meu roteiro...
  9. Abaixo esta a viagem que fiz de 15 de Abril a 23 de Abril de 2009, viajei sozinho, fiz quase tudo do meu roteiro inicial, apenas troquei a ordem, coloquei os gastos, algumas coisas eu esquece, mais o principal esta ai, conhece os seguintes lugares: Santa Cruz de La Sierra La Paz Copacabana Isla Del Sol Chacaltaya Vídeos da viagem: Isla Del Sol: Chacaltaya: Vou ficar devendo o vídeo da viagem inteira, incluindo os vídeos de Santa Cruz, La Paz, Copacabana... depois faço com mais tempo e posto. Mais fotos no meu Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile.aspx?uid=7852616349602705852 Blog que fiz: http://gustavomochilao.blogspot.com/ Gasto total da viagem: R$1350,00. Paguei 605,00 na passagem e levei mais U$300,00 dólares, fiquem em hotéis bons e come muito bem, não passei vontade de nada e ainda comprei muita lembranças. 15-04-09 - Brasília a Santa Cruz de La Sierra A viagem já começou com adrenalina, o meu vôo era as 18h50 e 17h eu estava na rua correndo atrás de um taxi de baixo de chuva e não tinha nenhum taxi, quando chove em Brasília para tudo, mais ou menos umas 17h e 20min me desesperei e parei um carro que estava saindo de um estacionamento na 512 e expliquei minha situação para um rapaz que me levou em um ponto de taxi, chegando lá a segunda surpresa: Tinha apenas um TAXI e tinha acabado de ser ocupado, cheguei e expliquei minha situação novamente para o taxista, a menina que estava no taxi escutando minha situação falou, eu não me importo da gente ir junto, você me deixa na 408 e depois leva ele lá, mau ela acabou de falar eu já tinha voado pra dentro do TAXI, ai veio a terceira surpresa: CONGESTIONAMENTO gigante no eixão, o taxista falou "não vai dar tempo, vou tentar te colocar em outro taxi, mandou radio, e NADA, só tinha ele de taxi na cidade", foi quando a menina falou "Eu não me importo de deixar ele no aeroporto e depois me deixar em casa, não estou com pressa, desde que zera o taxímetro quando chegar na Asa Sul", o taxista concordou e fomos, no caminho fui descobrir que a menina era da mesma igreja que eu, e que era da mesma EQUIPE, muito coincidência, era da Liga dos Bravos da equipe do Jean e Fernanda, infelizmente esquece o nome dela, mais espero ver ela de novo pra poder agradecer com calma, cheguei no aeroporto umas 18h10 e fiz o checkin sem problema, não tinha fila e as 18h50 saiu o avião e fui sem problemas. Gastos: R$21,00 TAXI R$5,90 Caderno Anotação 16-04-09 – Santa Cruz de La Sierra a La Paz Cheguei no aeroporto umas 02:00 da manha, tem uma diferença de 1h com o horário do Brasil, estava meio perdido e vi uma menina perdida igual eu, cheguei para puxar assunto e conhece a Juliana, ela estava na Bolívia por causa do seu Doutorado em Psicologia e estava em duvida se iria pra La Paz de avião ou ônibus, apos muita conversa convence ela de irmos de ônibus juntos, então dividimos um taxi e resolvemos procurar um hotel pra dorme, a principio eu queria ir pro 7 de maio que já ficava perto do terminal Bimodal, mais o taxista falou que era perigoso e que era melhor dormimos no centro, a Juliana insistiu e fomos pro centro, ficamos no Hotel Copacabana, achei legal, o preço do duplo era quase o mesmo de um individual, então dividimos um quarto duplo (duas camas), quando chegamos a Juliana abriu a janela e viu que tinha uma sacada, pulou a janela e foi dar uma olhada, eu fui atrás ehehe.. Batemos um papo e depois fomos dormir, achei o hotel legal, e limpo, banheiro bom, só deixa a desejar no café da manha que veio um pão de uma semana atrás, estava muito duro, com manteiga e uma geléia, apenas a geléia estava boa, botei dentro do pão e mandei pra dentro, levantei bem cedo, umas 07hrs da manha e fui tomar banho e depois chamei a Juliana, tomamos café e fomos para o quarto arrumar as coisas, deixamos as coisas no hotel e fomos dar uma volta em Santa Cruz, pra nossa surpresa a Plaza 24 Setembro estava do lado do hotel, fomos conhecer, tiramos algumas fotos e depois fomos almoçar no Mercado Los Potes, vi uma indicação nos mochileiros que era bom e: DECEPÇÃO TOTAL! Lugar feio, totalmente sem higiene, as comidas fica expostas, o pessoal pegava as coisas com a mão, falei com a Juliana que não iria comer e ela resolveu comer assim mesmo (Que Coragem!), comeu um prato, pagou 10 Bolivianos, menos de U$1,5 dólares, uns R$3,20 reais! Depois andamos mais um pouco e achei uma lanchonete tipo fast food americano, já era umas 15h e estava morrendo de fome, come um sanduíche com refre e papas (batata) por apenas Bs. 15, barato e estava muito bom! Voltamos pro Hotel e conhecemos o Felipe e Nelli, outros dois Brasileiros que estavam indo pra La Paz, logo fizemos muita amizade e dividimos o Taxi para o Terminal Bimodal, já éramos 04 pessoas andando juntos, o grupo estava crescendo, compramos na Trans. Copacabana por Bs.130, com leito e TV, achei o ônibus legal, e confortável e vale os 130 Bs, compramos o "Saroche Pills" (Remédio pra Altitude) e embarcamos, na saída teve uma discussão de uma boliviana com o pessoal da trans. Copcabana, gravei a discussão e deu ate briga no ônibus, saímos uns 30min atrasados por causa disso. Gastos: Hotel Copcabana (meia de quarto duplo): 105,50bs. Tel: 16bs. Trans. Copcabana: 130bs. Alimentação: 20bs. Remédio (Soroche Pills): 12bs. Taxi: 28bs. 17-04-09 – La paz a Copcabana Então tivemos um problema, foi combinado que o ônibus pararia duas vezes, uma 20h para jantar e outra pra tomar café da manha, já que era 16hrs de viagem e o ÔNIBUS não parou nenhuma vez, não levamos água nem comida e na altitude a gente desidrata muito rápido, e recomendado tomar 4l de água por dia, umas 04 da manha eu passei muito mau, acordei praticamente desmaiando, a única coisa que consegue fazer foi chamar o Felipe que me socorreu, estava sem AR e delirando já, acho que minha pressão foi quase a zero, a Juliana tinha mexerica e me deu e um pouco de água, demorei a volta ao normal, foi tenso. Também foi a única vez que passei mal na viagem inteira, acho que foi porque tomei dramin pra dormir, junto com a desidratação e altitude, a Nelli sentiu dor de cabeça, chegamos a La Paz e pegamos um taxi para o Plaza Murillo e fomos ao Alexander Café, simplesmente PERFEITO, recomendo! Primeiro café da manha descente que tomei na Bolívia, paguei 32 bolivianos no café americano: Um bife gigante, três ovos mexidos, batata, chá de coca, uma vazia lotada de fruta, um pão gigante muito bom, era tudo que eu precisava depois de umas 18hrs sem comer, foi os 32Bs mais bem pagos, a Juliana ficaria em La Paz e começaria seus estudos, então o Felipe e Nelli me convidaram a ir pra Copacabana com eles, e aceitei o convite, no meu roteiro inicial copacaba seria o ultimo dia, mais o bom de ser Mochileiro e isso, mudar tudo de ultimo hora, pegamos outro Taxi e deixamos a Juliana no lugar que ela iria ficar e fomos pro cemitério pegar o ônibus para Copacabana, pegamos um ônibus velho e cheio de índio conversando suas línguas nativas (queixa), foi legal, a vista e muito bonita, chegamos lá já fui procurar dois Hotel que vi falarem no mochileiros que era bom, um deles o Las Kantutas e digo: É ÓTIMO!, Pagamos 120 bolivianos em um quarto triplo, ou seja, 40 bolivianos pra cada, o quarto era muito bonito, era dois quartos juntos com 04 camas, uma vista espetacular para o Lago Titicaca, tudo limpo, TV, banheiro impecável, valeu muito a pena, a Nelli estava passando mal e foi deita, eu e Felipe resolvemos dar uma volta pra conhecer a cidade e fomos jantar a famosa "Truta", ai veio outra decepção, achei caro e nem e essas coisas, não sei se foi o local que come, mais pra mim foi um peixe normal que se come em qualquer lugar, levamos pra Nelli também que estava muito mau e nem conseguiu comer, ficamos preocupados mais resolvemos deixar pra ver se ela melhorava no outro dia, na altitude e normal sentir fortes dor de cabeça, enjôo e tontura os primeiros dias, outra coisa que esquece, em Copcabana fecha tudo as 23hrs, e costume do local os hotéis deixar os hospedes do lado de fora após esse horário, o Felipe só lembrou desse detalhe umas 23:20hrs, estava tudo deserto na cidade, chegamos o Hotel estava trancado mais abriram pra gente entrar. Gastos: Café: 40 bs Taxi: 10 bs Van p/ Copcabana: 15 bs. Tel: 25 bs. Net: 10 bs. Lanche: 10bs. Hotel: 40bs. Janta: 25 bs. Pilha: 25bs. 18-04-09 – Isla Del Sol (Vídeo: ) Acordamos cedo, as 08:00 e fomos tomar o café da manha, a Nelli já estava bem melhor, o café dos Las Kantutas e ate bonzinho, vem um leite com café, pão, ovo mexido, dá pro gasto, aproveitei e tomei mais um chá de coca pra reforça e compramos no hotel mesmo o ticket para a isla del sol, que sairia as 13:30, nesse tempo sai pela cidade e aproveitei para comprar umas lembranças, depois arrumamos as malas e deixamos o grosso no hotel, cobraram 10 bolivianos pra guarda nossas coisas, levamos apenas o essencial em uma mochila menor, já que na ilha iríamos andar bastante, pegamos o barco e tinha praticamente gringo no barco, no máximo um ou dois nativos, batemos papo com algumas pessoas de Israel, Suíça, a vista do barco e incrível, muito bonito, quando se esta chegando na Ilha tem uma vista muito bonita para a Cordilheira, chegamos na ilha mais ou menos umas 15hrs, resolvemos contratar um guia por 30 bs (cada um pagou 10bs.), que nos falou um pouco da historia da ilha e nos levou no Hotel llhapu (acho que e isso), muito legal, vista espetacular por apenas 30 bolivianos pra cada, ele nos falou que tinha as ruínas e o ponto mais alto no sul, para irmos ver o por do sol lá, então ele foi embora porque tinha que treinar futebol que teria um jogo no outro dia x um time de La Paz, ele estava usando uma camisa do Brasil =D, o plano original e que iríamos andando pro lado norte da ilha, mais como já estava tarde resolvemos dorme no Sul e ver o por do sol no ponto mais alto, então fomos, a caminhada e tensa, e meio difícil chegar e compensa apenas pela vista da cordilheira e da ilha de lá, quando o sol de pós a temperatura caiu muito rapidamente, coisa de 20min minha mão já estava congelando, resolvemos descer então, fomos em um restaurante que fica ao lado do hotel e pedimos um macarrão, ai uns gringos começaram a fumar do nosso lado, com tudo fechado, cancelamos o pedido e fomos procurar outro restaurante, tivemos que subir a ilha toda de novo, com fome e no escuro, foi muito tenso e ate pensei em desistir, chegamos a um restaurante de pizza e tinha macarrão, eu e Felipe pedimos de bolonhesa e a nelli de verduras, quando terminamos de comer ficamos pensando "de onde veio essa carne? já que não vimos boi na ilha", foi o macarrão mais caro que já come na vida, 25bs e pagamos 20bs em um refri 2l, mais naquela situação que chegamos pagaríamos ate o dobro, depois descemos para o hotel e ficamos vendo o céu a 4.000metros, e muito bonito, nunca vi tanta estrela na vida, batemos um papo e fomos dorme. Gastos: Lembranças: 190 bs. Hotel: 30 bs. Barco: 20bs. Taxa: 05bs. Guia: 10bs. Lanche: 10bs. Janta: 32bs. 19-04-09 – Copacabana a La Paz Acordamos 06:00hrs pra ver o nascer do Sol, foi massa! O Sol nasceu atrás da cordilheira, vale à pena. Depois fomos tomar café da manha no restaurante abaixo que o pessoal estava fumando no dia anterior, pedimos o tradicional "americano", foi bom, mais nada comprado ao do Alexander de La Paz, depois do café eu e Felipe decidimos ir as ruínas, que era uns 5km de distancia, a Nelli preferiu ficar no Hotel, a ida e bem tranqüila e bonita, praticamente decida, chegamos lá era umas 09:30 e estava fechado, sendo que abria as 08:30, não pensei duas vezes e pulei a cerca e fui ver as ruínas, o Felipe não teve coragem e ficou do lado de fora, chegou dois americanos e pulou também, ai o Felipe tomou coragem, as ruínas e legalzinho, porem nada de mais.. Tiramos algumas fotos, os americanos ficaram nem 3min e foram embora, quando eu e Felipe estávamos saindo chegou o boliviano que cuidava das Ruínas e nos pegou no flagra, queria 2bs. e nos não demos, quem manda não abrir o negocio na hora certa, ficou com cara feia e fomos embora, a volta e muito cansativa, tivemos que parar umas 3x pra respirar, e praticamente só subida, chegamos no hotel morto e fomos descansar um pouco, nos falaram que pra ir do Sul a Norte seria 04hrs de caminhada, e ficamos com medo de perde o barco, então desistimos de ir pro Norte, vai ficar pra próxima vez, descansamos ate o horário de sair o barco, nisso conhecemos vários Brasileiros que estavam na Ilha, e no barco mais Brasileiro, foi show, chegando em Copacabana compramos o ticket para La paz em um ônibus que saia as 18:30, chegamos lá umas 17:30 e tinha um ônibus as 18:00 mais estava muito destruído, parecia o que a gente tinha vindo, decidimos esperar um pouco e ir no ônibus melhor que era o mesmo preço, aproveitamos pra ir lancha e buscar as mochilas no hotel, paguei 10bs em um hambúrguer com batatas, estava ótimo, chegando em La Paz no cemitério, logo que descemos chegou um guarda da Policia Turística e nos abordou, perguntou se tínhamos Hotel, falamos que iríamos ficar no Torino, logo ele parou um taxi e nos embarcou, anotou a placa do taxi, achei muito fera, isso mostra que estão preocupando com a segurança do turista, sei que chega vários turista e fica dando bobeira lá e quando e assaltado fica falando mau do país, chegamos no hotel umas 21hrs, a Nelli fui tomar banho, Eu e Felipe fomos dar uma volta nas redondezas, andamos ate umas 22hrs e voltamos pro hotel pra dorme, pegamos um quarto triplo e paguei 45 bolivianos por ele, ate bonzinho, só o banheiro que achei ruim. Reservei o passeio pra Tiwanaku no dia seguinte e fui dorme. Gastos: Café: 18bs. Lanche e Outros: 35bs. Hotel Torino: 45bs. (quarto triplo) 20-04-09 – Chacaltaya (Vídeo: ) Acordei 07:30 e fui no Alexander tomar o café "Americano" de novo, show de bola! O Felipe e Nelli estavam indo pro Salar, foi hora de despedir deles, estava programado pra ir a Tiwanaku quando o cara fala "a pista para tiwanaku esta fechado, tem apenas Chacaltaya, pode mudar?", não pensei 2x e falei que sim, estava querendo ir a Chacaltaya muito mais que Tiwanaku, mais estava com medo por causa da altitude, quando o guia chegou ele de cara me perguntou "Você e Brasileiro?", não entende a pergunta e perguntei o porquê, ele respondeu "Chacaltaya, gelo", na hora não entende, quando cheguei ao Ônibus tinha 08 pessoas, e adivinhem? 08 Brasileiros AHAHAH, foi muito engraçado, bagunça total, a estrada para Chacaltaya e muito bonito e eles param 2x na ida, uma pra compra lanche (chocolate, fruta, água) e outra de um ponto pra tirar foto dos Picos de longe, muito fera, nosso guia era muito gente boa e engraçado, chegando a certo ponto da estrada eu cheguei a perder o AR, e muito perigoso, ele passa em uma estrada de terra sem a mínima estrutura com apenas uma faixa a 5.000 metros, tem trechos que se olha pro lado e vê apenas os penhasco, adrenalina total (tem no vídeo), chegando lá fomos escalar e adivinhem? Mais Brasileiros AHHAa, mais bagunça, a escalada e meio difícil, mais nada impossível, se ir de vagar e tranqüilo, a vista e perfeita, foi o melhor passeio que fiz, valeu muito a pena e recomendo, na volta tomei uns 6 capotes e rasguei o dedo escorregando com o meu Olímpicos careca, outra situação engraçada foi quando eu falei com um cara "Posso te jogar uma bola de gelo?", ele falou "beleza", fiz a bola de gelo e taquei em outro cara sem querer, finge que não era eu AUHAUA, dai fui desviar de uma bola e capotei uns 2metros na neve, rasguei o dedo mais foi tranqüilo, chegamos e fomos para o Valle del Luna, lá e legalzinho, nada de mais, porem não recomendo, achei extremamente perigoso, você anda em trechos sem proteção que se escorregar cai em buracos que não consegue ver o fundo, eu com meu olímpicos careca passei aperto, me arrepende e não recomendo, não se vê nada demais fazendo a caminhada, apenas corre risco, depois disso voltamos para o Hotel, me deixaram a duas quadras e aproveitei para andar e fazer mais compras, comprei mais lembranças e voltei pro Hotel, chegando lá minhas coisas estavam em um quarto simples (para uma pessoa) e o Felipe e Nelli tinham ido embora pro Salar, grande amizade que fiz, curte muito a amizade de vocês e espero reencontrados futuramente, deixei as compras no hotel e sai para andar mais, vi muito coisa legal, casais nas praças namorando, ruas lotadas a noite, lanchei em um fast food local e fiz mais compras, voltei para o Hotel umas 23hrs e fui dormir. Gastos: Passeio: 50bs. Taxa (Chacaltaya e Vale): 30bs. Café: 32bs. Lanche: 22bs. Lembranças e Compras: 272bs. Tel.: 40bs. Net: 07bs. Janta: 15bs. 21-04-09 – La Paz a Santa Cruz de La Sierra Acordei tarde, umas 09:00hrs, tomei o banho mais demorado da viagem, pois sabia que poderia ser meu ultimo banho na Bolívia, fui no Alexander tomar o ultimo café americano, show de bola! Saí para procurar uma caixa pra comprar as lembranças, foi difícil achar, ate descobrir que caixa e carras, depois voltei para o Hotel, arrumei as coisas e fui peguei um taxi para o Terminal, comprei passagem na Trans Copacabana novamente, desta vez na primeira poltrona que e mais confortável pois da pra esticar as pernas, cheguei no terminal umas 12:00 e o ônibus sairia apenas as 17:30, eu poderia ter ido em Tiwanaku que daria tempo, mais resolve andar por La Paz, fui descendo e percorre o Prado inteiro, fui na agencia do Banco do Brasil, tomei o melhor sorvete da minha vida e vi uma concessória da VW, resolve entrar pra dar uma olhada quando o guarda vira e fala "O que você quer?", responde que queria ver os carros e ele falou que poderia, achei estranho, entrando vi dois carros que ainda não foi lançado no Brasil e comete o equívoco de tirar a câmera pra tirar uma foto, na hora o gerente veio pra cima de mim perguntando porque eu estava tirando foto, que precisava de permissão, achei que seria preso, expliquei que no Brasil não tinha chegado os modelos e que estava tirando as fotos pra mostrar pros meus amigos, ele fez cara de **, tirei a foto e sai da loja, vi uma concessória da TOYOTA também, mais nem entrei depois do ocorrido, ehehe.. Fui andando ate que não tinha mais nada e resolve me aventurar em uma vanzinha de transporte pra voltar, paguei 1,5bs. Quando do nada vejo o "Bobs", mandei parar e fui lá pra provar, come um sanduíche com batata e é igual o nosso Bobs mesmo, depois fui andando ate o terminal e embarquei para Santa Cruz de la Sierra, desta vez fui preparado, comprei 2l de água, chocolate e mais umas coisas, se não parasse não tinha problema, mais aconteceu o contrario, o motorista parou muito mais do que devia, acho que umas 6x e os próprios bolivianos apelaram com ele, foi uma viagem tranqüilo, tirando as paradas no meio da madrugada que eu ficava meio aflito pensando que poderia ser um assalto ou algo parecido, passou o filme Velozes e Furiosos e fui vendo, foi fera! Gastos: Passagem: 130bs. Mais Lembranças: 26bs. Lanche e Alimentação: 90bs. Hotel Torino (Quarto Simple): 50bs. 22-04-09 – Santa cruz de La Sierra Cheguei ao Terminal e peguei um TAXI para o Aeroporto já que estava com a caixa pesada de compras, chegando no Aeroporto tentei fazer o Checkin e me informaram que seria apenas as 01:30 da manha, isso era umas 11:00 da manha, fui em um lugar pra guardar as bagagens e queriam 40bs, achei caro e prefere ficar com as bagagens, então tive um dos dias mais entediante da minha vida, quase 18hrs dentro de um aeroporto carregando um monte de bagagem e tudo caríssimo, come no subway um combo por 33bs. E passei o dia na internet a 12bs a hora e dormindo nas poltronas mesmo, foi quando digitei a maior parte desse relato na net, fui dar uma cochilada e pensei que a viagem já estava terminada, quando acordei tinha um boliviano na minha frente, resolve puxar assunto e conhece uma grande pessoa, Tomas, ele estava indo pro Japão tentar a vida, falava muito bem português e iria pegar o mesmo vôo que eu pois teria uma escala em São Paulo, depois iria para Roma para finalmente ir para o Japão, fizemos umas estratégias pra lancha duas vezes no avião AHHAHA e deu certo, quando estava no avião ele sentou do meu lado e fui dar uma cochilada, acordei com ele olhando a foto de sua família, acho que foi a cena mais triste da viagem, chegando em São Paulo ficamos conversando um pouco e nos despedimos, espero que de tudo certo pra você Tomas. Gastos: Taxi: 50bs. Gastos aeroporto: 180bs. 23-04-09 – Santa cruz de La Sierra a Brasília Tomei café da manha na Bolívia, lanchei em Campo Grande, almocei em São Paulo e Jantei em Brasília =) Nessa viagem conhece muitas pessoas, amizades que eu acredito que ira continuar e verei essas pessoas futuramente em outras viagens, aprende muitas coisas de um povo bem diferente, fui muito bem recebido em todos os lugares que fui, sempre que precisei de ajuda tinha uma pessoa disposta a ajudar, isso prova que o mundo não e mau como pensamos, com certeza acrescentou muito na minha vida e foi o primeiro de muitas viagens nesse mundão.
  10. Mais uma coisa renan.. Bus La Paz a Copacabana = 15 bolivianos (saindo do cemiterio), + 1,5 bolivianos pra atravessar uma parte de barco Pra ir Copacaba a Isla del Sol = 25 bolivianos pra te deixar na norte e pegar na sul, eu dorme um dia na sul e paguei 20 bolivianos ida e volta, nao fui na parte norte. Nao compensa carregador, melhor voce deixar o grosso da bagagem em Copcabana, pode deixar no Hotel Las Kantutas, vao te cobrar uns 10 bolivianos e voce pega na volta. Fica no Hotel Torino em La Paz que e melhor, pela localizacao e 90% e mochileiros, hotel bem legal e pra uma pessoa esta 50 bolivianos.. (sem cafe da manha) Desculpe a falta de pontuacao e que ainda estou na Bolivia e nao me adpitei a esse teclado. bye
  11. Ronan deixa pra ir a chacaltaya no ultimo dia que ficar em La Paz, pra dar tempo a se aptar a altitude, estive la a 3 dias e eh tenso cara, se ñ tiver aptado passa mau mesmo. Faz primeiro os passeios como tiwanaku....
  12. Eu achei a isla del sol fantastico, dorme uma noite na parte sul, me cobraram uma taxa de 5 bolivianos, no barco ainda! entrei sem problema! dorme em um hostel bem legal por 30 bolivianos (quarto triplo, cada um pagou 30), falto engano e algo el shamp! Na ilha tem mais gringo que nativo, mais e show, recomendo dorme na parte Sul e ver no por do sol no ponto mais alto da ilha (que fica no sul), e meio cansativo chegar mais vale a pena, uma vista espetacular para a cordilheira, ver o nascer e por do sol atras da cordilheira e muito show, o ceu e o mais bonito que ja vi, muitaaaa estrela! Achei apenas a alimentacao na ilha cara, paguei 25 bolivianos em um spaguett e 20 bolivianos em um refre de 2l, muito caro, tem mais barato, mais e meio sem higiene, ehehe.. dorme um dia em copacabana tambem, fantastico a cidade, mais vai sabendo que em copacabana e isla del sol nao e igual La Paz que se consegue desconto em tudo, as coisas sao tipo 3x mais caras e sem desconto. Ah, recomendo ficar no Hotel Las Kantutas, melhor hotel que fiquei na bolivia, fiquei em um quarto duplo, com varanda para o titicaca, um cafe da manha razoavel por 40 bolivianos (triplo, cada um pagou 40, sendo 120 o triplo), tudo novo, banheiro show de bola e o pessoal da recepcao e muito massa tbm! Obs. desculpa a falta de pontuacao e os erros, ainda estou na Bolivia e nao me acostumei com esse teclado.
  13. O Hotel Torino tem Wi Fii ou Internet? Café da manha? cambio? Obrigado!
×
×
  • Criar Novo...