Ir para conteúdo

LÉO SJC

Membros
  • Total de itens

    7
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que LÉO SJC postou

  1. LÉO SJC

    Aconcágua

    Certo! ... valew pela dica!! RSss abusando um pouquinho... vc acha q vale a pena alugar os equipos la, ou pro campo base, n precisa de tanto... ?? Valew!
  2. LÉO SJC

    Aconcágua

    Salve mochileiros!! Alguém poderia me passar +- o custo total pra chegar até o acampamento base da rota normal? Vou sozinho. Valew!! e Feliz 2010 pra todos!
  3. LÉO SJC

    Monte Verde

    Salve mochileiros!!! Seguinte... gostaria de saber como está a situação da trilha para monte verde a partir da bifurcação da trilha do Jorge... e gostaria de ter a opnião dos meu colegas..... dá pra chegar ao pico do selado partindo de SFX pela trilha do Jorge, em 1 dia e voltar no outro? qt tempo eu gasto?. Obs: a trilha do Jorge eu conheço bem, a que sai para monte verde faz anos q eu n vou... e o pico do selado eu nunca fui.... Abraço a todos!!!
  4. Olá galera.. voltei... Bom vou contar um pouquinho sobre a trilha de SFX a Monte Verde! Bom... saindo de São José as 8 hs da plataforma 16 da rodoviária, tem +- 1 e 40 hs até a praça central de SFX, eu estava acompanhado do meu amigo Anderson ( Aliás a trilha do Mirante ele não conhecia). Arrumamos as mochilas que por sinal estavam bem pesadas, pois as barracas eram um pouco grandes, pois tinha-mos programado a trip para ficar 3 dias acampado lá, então levamos muita comida.(estavamos cada um com+- 30 Kg na mochila). Entramos na estrada que liga São Francisco até Joanópolis e andamos uns 2 Km até chegar a ponte sobre o rio Santa Cruz (acho q é isso mesmo o nome do rio), então tomamos a nossa direita e seguimos pela estrada do bairro dos Ferreiras, para chegarmos até a fazenda Monte Verde ( Fazenda do Jorge). Ao longo da estrada existem apenas 2 pontos de água, um logo no começo e o outro no meio do percurso onde tem uma "gruta" de Nossa Senhora Aparecida. Nesse dia o sol pegou forte e desgastou muito na subida até a fazenda, pois são 5 Km da cidade até la. Por volta das 11 hs, eu e Anderson paramos para descançar e nos encontramos com o Marcelo na última subida antes de chegar a fazenda, essa é a pior de todas.... Então como os nossos ritmos estavam bem parecidos o Marcelo se juntou a nós e começamos a caminhada, mas o destino dele era Monte Verde. Pois bem, após umas 2 horas de caminhada seguindo montanha acima, o Marcelo como estava mais leve se distanciou da gente e nos esperou na bifurcação. Após uns 15 minutos chegamos a bifurcação e aproveitamos para descançar e eu mostrei a eles o marco da divisa de estados. Após a despedida do companheiro de trilha, seguimos trilha acima, onde a mata se fecha mais e onde começam as piores subidas.A trilha nesse ponto esta um pouco fechada, mais pelo uso frequente e algumas erosões por causa das chuvas, não tem como se perder. Após +- 30 min de subida a partir da bifurcação chegamos ao mirante ou pedra da onça, armamos acampamento e aproveitamos um pouco da vista la de cima que é incrível, isso ja era por volta de 15 h. Com o fôlego recuperado e estômago cheio, sentamos na pedra para apreciar a paisagem quando avistei de longe uma nuvem não muito legal.... era chuva forte chegando. Eu e o Anderson reforçamos a barraca e por coisa de 20 min a chuva forte chegou. Era por volta de 22 hs a temperatura la em cima estava próxima aos 6 graus e a chuva ja tinha parado. Eu para ajudar ainda, comi algo que não caiu bem e fiquei mal a noite toda. Decidimos mudar o nosso destino e iriamos sair no outro dia bem cedo e seguir para Monte verde para nos encotrarmos com o Marcelo, para tentar chegar ao Pico do Selado, mas eu já estava sem forças para caminhar, então achei que era melhor voltar para casa. Esse é um breve relato da nossa trip a SFX, que alias fazia um bom tempo que eu não fazia mais nenhuma trip. Alguns toques sobre a trilha para quem vai para o mirante: - Se for acampar la em cima, a última bica é uma que fica numa parte descampada da trilha, você verá que na saída da bica existem algumas manilhas (pois antigamente passava por ali uma estrada) antes de chegar a bifurcação, se tiver chovido um dia antes, ao longo de toda a trilha tem bicas. - La em cima no mirante, tem uma outra "trilhazinha" que dá para uma pedra (alías cuidado la pois venta muito), essa trilha está bem fechada, ela começa um pouco antes da entrada do mirante a esquerda. - Tem uma coisa bem legal, se você der sorte, ao longo de toda essa trilha pode ver o macaco Muriqui, o maior macaco da américa. Eu particularmente só vi ele 1 vez, durante esses 5 anos de trip. Valew galera, espero ter ajudado em alguma coisa, se precisarem eu estou a disposição. Abraço!
  5. Olá galera mochileira! Bom vou contar um pouquinho sobre a trilha de SFX a Monte Verde! Bom... saindo de São José as 8 hs da plataforma 16 da rodoviária, tem +- 1 e 40 hs até a praça central de SFX, eu estava acompanhado do meu amigo Anderson ( Aliás a trilha do Mirante ele não conhecia). Arrumamos as mochilas que por sinal estavam bem pesadas, pois as barracas eram um pouco grandes, pois tinha-mos programado a trip para ficar 3 dias acampado lá, então levamos muita comida.(estavamos cada um com+- 30 Kg na mochila). Entramos na estrada que liga São Francisco até Joanópolis e andamos uns 2 Km até chegar a ponte sobre o rio Santa Cruz (acho q é isso mesmo o nome do rio), então tomamos a nossa direita e seguimos pela estrada do bairro dos Ferreiras, para chegarmos até a fazenda Monte Verde ( Fazenda do Jorge). Ao longo da estrada existem apenas 2 pontos de água, um logo no começo e o outro no meio do percurso onde tem uma "gruta" de Nossa Senhora Aparecida. Nesse dia o sol pegou forte e desgastou muito na subida até a fazenda, pois são 5 Km da cidade até la. Por volta das 11 hs, eu e Anderson paramos para descançar e nos encontramos com o Marcelo na última subida antes de chegar a fazenda, essa é a pior de todas.... Então como os nossos ritmos estavam bem parecidos o Marcelo se juntou a nós e começamos a caminhada, mas o destino dele era Monte Verde. Pois bem, após umas 2 horas de caminhada seguindo montanha acima, o Marcelo como estava mais leve se distanciou da gente e nos esperou na bifurcação. Após uns 15 minutos chegamos a bifurcação e aproveitamos para descançar e eu mostrei a eles o marco da divisa de estados. Após a despedida do companheiro de trilha, seguimos trilha acima, onde a mata se fecha mais e onde começam as piores subidas.A trilha nesse ponto esta um pouco fechada, mais pelo uso frequente e algumas erosões por causa das chuvas, não tem como se perder. Após +- 30 min de subida a partir da bifurcação chegamos ao mirante ou pedra da onça, armamos acampamento e aproveitamos um pouco da vista la de cima que é incrível, isso ja era por volta de 15 h. Com o fôlego recuperado e estômago cheio, sentamos na pedra para apreciar a paisagem quando avistei de longe uma nuvem não muito legal.... era chuva forte chegando. Eu e o Anderson reforçamos a barraca e por coisa de 20 min a chuva forte chegou. Era por volta de 22 hs a temperatura la em cima estava próxima aos 6 graus e a chuva ja tinha parado. Eu para ajudar ainda, comi algo que não caiu bem e fiquei mal a noite toda. Decidimos mudar o nosso destino e iriamos sair no outro dia bem cedo e seguir para Monte verde para nos encotrarmos com o Marcelo, para tentar chegar ao Pico do Selado, mas eu já estava sem forças para caminhar, então achei que era melhor voltar para casa. Esse é um breve relato da nossa trip a SFX, que alias fazia um bom tempo que eu não fazia mais nenhuma trip. Alguns toques sobre a trilha para quem vai para o mirante: - Se for acampar la em cima, a última bica é uma que fica numa parte descampada da trilha, você verá que na saída da bica existem algumas manilhas (pois antigamente passava por ali uma estrada) antes de chegar a bifurcação, se tiver chovido um dia antes, ao longo de toda a trilha tem bicas. - La em cima no mirante, tem uma outra "trilhazinha" que dá para uma pedra (alías cuidado la pois venta muito), essa trilha está bem fechada, ela começa um pouco antes da entrada do mirante a esquerda. - Tem uma coisa bem legal, se você der sorte, ao longo de toda essa trilha pode ver o macaco Muriqui, o maior macaco da américa. Eu particularmente só vi ele 1 vez, durante esses 5 anos de trip. Valew galera, espero ter ajudado em alguma coisa, se precisarem eu estou a disposição. Abraço!
  6. Olá Augusto! Bom... a dupla que o Marcelo Baptista encontrou na trilha, um deles era eu..rsrs.. Acho q o Marcelo descreveu bem a trilha, a única diferença foi que na bifurcação que existe lá, ao invés de seguir a trilha da direita, é seguir reto subindo a montanha para se chegar a pedra da onça. (da bifurcação até o cume são aproximadamente 30 min de subida). Não tem como se perder pois a partir da birfurcação só existe essa trilha e é bem demarcada. OBS: Ao chegar no topo, recomendo acampar ao lado de uma "gruta" que existe lá, pois é o lugar que menos venta la em cima. Abraço a todos, e qualquer duvida estou a disposição.
  7. SALVE MOCHILEIROS!!! QUEM PRECISAR DE INFORMAÇÕES A RESPEITO DESTA TRAVESSIA, EU SOU DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS E CONHEÇO BEM ESTA TRILHA! ESTOU A DISPOSIÇÃO!!!! UM ABRAÇO A TODOS!
×
×
  • Criar Novo...