Ir para conteúdo

schitini

Membros
  • Total de itens

    154
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que schitini postou

  1. Dentro do parque Torres del Paine tem uns hotéis que talvez funcionem no inverno, como la torres patagonia (https://www.lastorres.com/) o explora patagonia (https://www.explora.com/patagonia-hotel/) e o rio serrano (http://www.rioserrano.com/#!/home). Eu sei que o circuito w fica fechado, mas talvez este hotéis aceitem pessoas para fazer a visita ao mirante das torres, que teoricamente é a principal atração. Manda e-mail para eles e dá uma olha. Mas eu te adinto que são hotéis caros.
  2. Sim, El Calafate tem aeroporto, aí vc chegaria por lá. Mas quando estiver em Puerto Natales, já está no Chile, não há necessidade de voltar a El Calafate. Você pode deixar suas malas em Puerto Natales quando for fazer o W e daí seguiria para Punta Arenas e pegava outro vôo as partir de lá. Acredito que vc economiza tempo e dinheiro desta forma. Mas do jeito que vc falou também dá certo. Na verdade talvez eu esteja errado. Vi agora no mapa que apesar de Punta Arenas ser no Chile, El Calafate é mais perto do atacama. Aí vai mesmo da preferência e disponibilidades/valores dos voos. Emr elação a TDP, abril é o final da temporada. Se não está disponível é porque já está lotado mesmo. Existem hotéis lá dentro que vc poderia usar para fazer o w, mas é bem mais caro. Quando vc vai comprar os ingressos do parque eles pedem para ver suas reservas e nem vendem se vc não tiver.
  3. Isto seria parecido com o que vc quer, mas vai demorar muito para ficar pronto. https://super.abril.com.br/sociedade/brasil-esta-construindo-rede-de-trilhas-de-18-mil-quilometros/
  4. A sugestão que eu dou é vc inverter a ordem de seu cronograma. Chega em El Calafate, vai para El Chalten (que fica a 230 km) de ônibus, volta para El Calafate e segue para Puerto Natales de ônibus. Faz Torres del Paine. Aí você já está no Chile. Vá de ônibus para Punta Arenas, que tem aeroporto. Aí você vai para Santiago (se não tiver voo direto) ou para o Atacama (se tiver)
  5. Passei não cara. Mas está nos planos para um futuro retorno. Boa viagem.
  6. Para ser aquele valor tinha que deixar algumas coisas de fora mesmo, mas o preço não está ruim não. O ingresso de Huaynapicchu as empresas costumam pedir entre US$ 75 a 80, apesar de o custo destes ingressos ser apenas US$ 35 (mas a gente não consegue comprar apenas o ingresso das montanhas. Tem que comprar a entrada a MP junto, pelo que eu vi). Vc tem que verificar a disponibilidade antes se realmente quiser subir, de qualquer maneira (vale a pena subir Huaynapicchu, é muito legal - vc gasta mais ou menos 2 horas entre subida e descida da montanha. Huaynapicchu fica no fim de MP, então vc pode fazer o tour guiado com o guia que no fim ele te deixa na entrada da montanha, que só abre às 10, se não mudou nada). A subida e descida de ônibus me falaram que custa US$ 35. Eu subi de ônibus, mas estava incluído no passeio que fiz. É uma subida pesada e acho que vc leva de 30 minutos a 1 hora para chegar lá em cima. Em relação ao ônibus vc tem que ver a hora da entrada de seu ingresso em MP. Pelo que eu vi, agora quando se compra o ingresso vc já tem a hora de entrar e de sair (que faz a montanha tem 8 horas para ficar lá dentro, quem não faz tem apenas 4) porque se seu ingresso for para entrar bem cedinho talvez não dê tempo de vc subir a pé (além de vc já estar cansado da trilha salkantay, de qq maneira).Aguas termales em aguas calientes não vale a pena. Vi também que não inclui água mineral. Quando eu fui não tinha água mineral, mas tinha água fervida pela empresa, que dá para tomar tranquilo. Procura saber se eles dão algum tipo de água ou se você vai ter que levar sua água desde cusco, porque não sei se tem pontos para vc comprar água no meio do caminho.
  7. Eu não lembro do que eu paguei, mas se vc consegue US$ 225 incluindo Macchu Picchu e Huayna o preço está bom. Para comprar o ingresso de entrada em Macchu Picchu pela internet na página oficial + Huayna dá US$ 75. Tem ainda 01 noite de hotel em águas calientes (se vc for vir por salkantay você deve chegar na hidroelétrica por volta das 14 ou 15 horas, são mais 7 km de caminhada até águas calientes, então vc chega lá por volta das 15-16. Tem que formir em águas calientes e visitar MP nodia seguinte), tem ainda o ônibus de subida e descida de Macchu Picchu, que dá US$ 35, se não me engano (vale a pena, apesar do preço. A subida é bem cansativa). O preço está bom, só tem que ver o que está incluído neste valor.
  8. Em relação à reserva para Salkantay e Machu Picchu + Huayna Picchu, mudou um pouco desde que eu fui, junho de 2017 (as mudanças começaram a valer em julho). Salkantay é mais tranquilo você reservar em Cusco, e até Macchu Picchu também é tranquilo reservar lá, mas apenas 100 pessoas sobem as montanhas por dia, se não me engano, então você pode não conseguir vaga nem na Huayna Picchu (eu subi esta, e vale muito a pena, apesar de ser puxado) nem na montanha Macchu Picchu. Mas, reservando pela internet você paga bem mais caro (mais do que o dobro, na verdade). Uma dica em relação à vale sagrado: eu fui pela empresa orellana tour, que fez na época por 80 pesos por pessoa (a própria empresa contrata e faz os passeios, o que faz sair preço melhor), incluindo o almoço (esta é a dica: na compra do pacote, tenha certeza de o almoço está incluído, pois almoçar lá nos lugares onde as excursões deixam as pessoas fica caro. Na época que eu fui o restaurante que nós paramos cobrava dólares por pessoa para quem não tinha o almoço incluído).
  9. Realmente o percurso não é longo, mas quando eu cheguei na altitude pela primeira vez, qualquer esforço mais pesado estava me deixando sem folego. Levei 3 dias para estar totalmente normal. Eu fiz Rainbow Mountain em 2017. Eles disseram que passariam no hotel por volta das 3 da manhã, mas passaram por volta das 4 (e eu fui um dos primeiros a ser pego) o que causou um problema maior. São aproximadamente 3 horas de ônibus até o início da trilha, com 02 paradas ligeiras no meio do caminho.. Era para começarmos a subida às 07, mas só começamos 08.30, e o guia ficou apressando o pessoal (naquela altitude tendo que andar depressa é f...), No máximo 13 horas as excursões começam a descer de lá, e as 14.00 já está todo mundo dentro do ônibus para ir almoçar. Chegamos em Cusco por volta das 18.30 ou 19 naquele dia. A vantagem em relação à trilha é que, se você quiser, pode alugar uns burrinhos para te carregar até lá em cima. É mais ou menos 50 pesos. a dica é, se for essa a intenção, começa caminhando e aluga no meio do caminho, pois os donos dos burros que não arrumaram passageiro vão seguindo a trilha oferecendo os burrinhos por um preço menor.
  10. Eu mudaria um pouco no Peru. No passeio da Rainbow mountain você chega a 5100 metros. É o de maior altitude de sua lista. Sem aclimatação boa, você pode sofrer um bocado. Seria melhor deixar mais para frente, quando estiver melhor aclimatado. Eu faria o city tour no dia 05, que é fácil e ajuda na aclimatação, e deixaria o rainbow mountain para o dia 12.Mas tem um porém nisto. Você deve chegar de salkantay lá pela 06 ou 07 da noite. No passeio da rainbow mountain, eles passam para te pegar bem cedo, lá pelas 3 ou 4 horas da manhã. O ideal seria colocar um dia entre os dois passeios, como por exemplo o vale sagrado. Mas, se você tem certeza que não terá problemas com o mal de altitude...
  11. Definitivamente é melhor fazer on-line as reservas, pois é muito procurado e você pode nem conseguir.
  12. O que vou falar leva em consideração dia inteiro na cidade, sem descontar o deslocamento. BUENOS AIRES: 3-5 dias (na minha opinião, 3 tá de bom tamanho) BARILOCHE: 4 dias (até pensei em ficar mais, mas devido ao preço da cidade não sei se convêm) EL BOLSON: 4 dias (não conheço) EL CALAFATE: 3 dias (vc vair ter que passar por El Calafate na inda e na volta de El Chalten e Puerto Natales. Tem que incluir os dias de trânsito. Em El Calafate o único imperdível é o perito moreno. Se você for fazer o big ice, tem que agendar com antecedência, pois são apenas 50 pessoas por dia) EL CHALTEN: 5 dias (tá de bom tamanha. Dá para ficar mais se gostar de trekking, mas com 5 dias dá para fazer o principal e mais um pouco) PUERTO NATALES (P.TOR.PAINE): 6 dias (ótimo. dá para fazer o W, mas você tem que reservar todos os refúgios/camping com antecedência, ou não vai ter permissão de fazer o W. Quando você vai comprar o ingresso, eles pedem para ver as reservas) USHUAIA: 5-7 dias. excelente *Outras duvidas: 1.devo agregar no trajeto: Villa la Angostura??... vi que tem bastante coisa legal por lá. - não conheço 2. de el Calafate vou para Puerto Natales, onde o objetivo é fazer o Parque Torres del Paine, acho que vou acabar optando pelo W, alguém tem alguma dica sobre?? - sai cedo de El Calafate pela cootra (dá para reservar a passagem via e-mail. Chega lá você pega e paga). Chegando em Puerto Natales (6 a 7 horas de viagem, se tudo correr bem, vai direto comprar a passagem para o dia seguinte para o parque. Várias empresas fazem o trajeto (3 eu acho). Quando eu fui comprar, o primeiro horário já estava esgotado na princiapl, a bus-sur - esta tem mais horários na volta, então você não precisa ficar esperando tanto pelo ônibus. Pega uma pousada perto da rodoviária, assim não vai precisar de táxi (eu escolhi a pire mapu cottage - faz inclusive um lunch box muito bom por CLP 7000. Pagamento apenas em dinheiro e em peso chileno). Mas,s e vc não tiver reservado já. acho que não dar para escolher muita coisa. 3. posterior ao Parque Torres del Paine, tenho que voltar para el Calafate pra descer até Ushuaia, trajeto que pretendo fazer de ônibus, vi que tenho que ir primeiro para Rio Gallegos... seria interessante reservar 1-2 dias para conhecer está cidade? ou melhor sigo direto para Ushuaia? - eu seguiria direto. 4. en el Calafate, no glaciar Perito Moreno... minitrekking vs. big ice... já li tanto sobre isso que ainda não consegui decidir... alguém que fez, tendo em conta os valores, vale a pena o Big Ice? - eu fiz o big ice. Achei que vale a pena demais. Mas tem que reservar com antecedência. O minitrekking também é legal, apenas caminha menos no gelo (3 a 4 horas no big ice, 30 minutos no minitrekking) 5. el Chaltén, pode fazer camping no Fitz Roy?? - sim pode, o camping poicenot é pertinho do fitz roy. Não, então não sei dar dicas. Mas, ao ir para o Fitz Roy, pega um transfer na cidade até a hosteria pilar e começa de lá, vc economiza 2 km, faz uma trilha diferente - caso contrário e e volta no mesmo caminho - e tem bem menos subida 6. Estendo para 5 dias em Buenos Aires antes de descer para Bariloche, ou 3 já está de bom tamanho?? quero conhecer Tigre tb... - é bem pessoal. Buenos Aires é metropolitana, ou outros são mais natureza. Eu só fiquei 01 dia completo e não senti falta de mais. Se tiver mais alguma dúvida que eu puder ajudar,é só falar. Boa viagem Christian 
  13. Wikiloc para fazer trilhas, se for sua intenção, é extremamente útil. Você pode salvar suas trilhas com antecedência e segui-las offline.
  14. Em El Chalten não tem aeroporto. É apenas um cidadezinha dentro do parque nacional dos glaciares com uma pequena estação rodoviária. Você vai ter que passar por El Calafate para pegar avião. Em relação ao passeios, são poucos o que precisam de antecedência: a pinguineira em Ushuaia e o Big ice em El Calafate (o minitrekking não precisa). Os de Puerto Madryn também são tranquilos de fazer. A dica em relação a estes de Puerto Madryn é entrar em contato antes com a agência e indicar sua intenção para fazer em determinado dia pois, se não tiver mais de 4 pessoas, você tem que pagar tour privado, aí sai caro. Se você avisar que quer aquele dia, quando tiver gente querendo "dividir" o custo, eles te avisam (eu fiz assim e economizei uma boa grana).
  15. Viajo neste fim de semana e aceito todas as sugestões de bons HOSTELS e AGÊNCIAS DE TURISMO em El Calafate, Ushuaia e El Chalten. Em El Calafate aluguei via airbnb, e achei que valeu muito a pena. Fiquei no La Torre Aparts , coloquei o link abaixo. É um apart hotel, um pouco distante do centro (1 km) mas perto da rodoviária, então fica fácil de sair para TDO ou El Chalten. Ótimo o apartamento e um preço acessível. O dono (Fernando) tem vários imóveis no airbnb. https://www.airbnb.com.br/rooms/5738043?location=El Calafate%2C Argentina&adults=1&check_in=2019-03-16&check_out=2019-03-17&guests=1&s=B7BqbmBk Os passeios são todos tabelados em El Calafate. Eu usei a agência Cal Tur porque gostei do atendimento e, na ida da El Chalten, eles me buscaram com as malas no hotel. Ushuaia os preços são parecidos, mas não são tabelados, porque algumas empresa organizam os próprios passeios. A brasileiros em Ushuaia foi a que usei. Os preços que aparecem no site deles são caros. Lá o preço é praticamente a metade. Se fizer vários passeios vc ganha desconto e/ou transfer do/para aeroporto. Em El Chalten não precisa agencia de turismo. Você faz as trilhas por conta (vale apenas pegar um transfer para a hosteria Pilar quando for fazer a trilha do Fitz Roy). Tem um hostel lá, El Rancho, que achei bom. Bem localizado e com restaurante com comida boa e preço bom. Eu fui a Puerto Madryn depois de Ushuaia. Foi 1,5 hora de voo pela aerolíneas até Trelew, depois mais um transfer de 45 minutos (reserva pela internet que tem desconto: www.transferpmy.com). É o caminho de volta para casa. Puerto Madryn fica a 1 hora de voo de Buenos Aires. Lá eu usei a agência arrieros patagônicos. Como eu ia chegar em Puerto Madryn no domingo a tarde, combinei com eles por e-mail e a dona foi na agência me atender. São dois os passeios principais: punta tombo e isla escondida (neste vc vê pinguins e leões marinhos, se for a época) e península valdez (neste vc vê baleias, se for a época). Se vc for fazer punta tombo, nao precisa ir na pinguineira de Ushuaia, pois a daqui é maior. Em Puerto Madryn eu fiquei no hotel Gran Madryn, que é de frente a praia, então fica perto de tudo. Em relação a TORRES DEL PAINE, eu não fiz o bate e volta (fiz o circuito w), e não sei se vale a pena. São 6 a 7 horas de ônibus entre El Calafate, então vc vai pegar 12 a 14 horas de ônibus para passar poucas horas em TDP. É muito cansativo. Mas, se vc não ligar de ficar este tempo todo no ônibus, pode ser legal. Se você tiver uns 2 ou dias para passar em TDP, sugiro ir de ônibus até a portaria Pudeto. se hospedar no refúgio Paine Grande e fazer a visita ao Glaciar Grey e ir até a portaria Laguna Amarga, se hospedar no refúgio Torre Central, e fazer a visita ao mirante das torres (se tiver apenas 1 dia, faz este). Mas eu não sei como vc faz para ir de pudeto até laguna amarga (eu sei que o ônibus faz este trajeto, mas creio que é só para quem vem ou vai para Puerto Natales). Se tiver mais alguma pergunta, é só falar. Se eu souber responder... Christian
  16. Bom dia, Estou planejando ir ao Peru em junho ou agosto de 2019. Gostaria de fazer o passeio Macchu Picchu 2 dias e 01 noite, chegando em Macchu Picchu caminhando e descendo pelo portal do sol, fazendo o passeio guiado no dia seguinte. Alguém já fez e poderia dar alguma dica, como por exemplo indicar uma empresa que faça o passeio? Na volta, ao chegar a Ollantaytambo, gostaria de descer na estação de trem e ei a pé até um hotel para, no dia seguinte, visitar as ruínas pela manhã. Alguém saberia dizer se é viável ir da estação até um hotel perto da ruínas a pé? Alguma dica de o que fazer em Ollantaytambo com 1 dia praticamente inteiro (eu acordaria cedo para visitar as ruínas e sairia da cidade por volta das 18 horas para ir para Cusco) para aproveita ao máximo o que a cidade oferece? Qual a melhor forma de ir de Ollantaytambo a Cusco? Obrigado Christian
  17. Depende muito de um monte de coisas: a) roupa de frio ou de calor? b) tamanho das roupas (p, m, g, gg?) c) quantidade de roupas a levar (dá para lavar roupa no local ou tem que ser uma para cada dia?) d) que acessórios EU tenho uma daaria 45 da conquista que cabe um monte de coisas e, teoricamente, daria. Fiz o circuito w de torres del paine com ela, 6 dias, levando roupas e um reforço de lanches. Uso tamanho GG, mas na mochila só levei camisas 4 dryfit (ocupa pouco espaço e seca rápido), 4 cuecas dryfit, 6 meias (a maior espaço ocupado, já que são de trekking), 01 calça de trekking reserva, luvas, cachecol, boné, máquina retrato, e 6 pacotes de biscoito oreo., além de produtos der toilet e remédios. Tinha 11 quilos depois de pronta e foi bem lotada. Foram 6 dias de trilha.
  18. Eu tenho uma daari 45 litros da conquista que acho um ótimo custo benefício para uma mochila média, mais para ataque do que cargueira. Fiz o circuito w de torres del paine nela (porém comprando alimentação nos refúgios, só levei um reforço de lanches nela) e foi suficiente. Foram 6 dias de caminhada. Mas se vc precisar de mais volume, a conquista tem uma de 65 litros que eu também gosto. Acho o preço muito razoável da marca e ela é de boa qualidade, além de não ser pesada, em comparação com outras até mais caras. Já fiz várias trilhas com ela e ela continua perfeita.
  19. Olá Icledlles. O ônibus que chega até Pudeto vai até a administração da CONAF. Eu não sei a distância da CONAF até o hotel Grey. Quando eu fui, passei uma noite no Hotel Lago Grey, e paguei para eles me buscarem em Pudeto (lá eu fiz a trilha até o saldo grande e o mirante los cuernos). No dia seguinte eu peguei o catamarã do hotel Lago Grey no primeiro horário (10 horas) até o refúgio Grey. Realmente te economiza uma boa caminhada, mas fica mais caro. Christian
  20. Ei Felipe, Cheguei ontem da patagônia. Eu, pessoalmente, gostei mais de El Chalten do que de Torres del Paine. Fiz o circuito w de forma bem light, gastando 6 dias (na verdade o 1º dia usei para ir ao mirante Los Cuernos e Salto Grande). Gostei muito de TDP, mas é bem mais puxado, já que vc tem que carregar mochila pesada quase todos e dias e vc tem que fazer a trilha independente do cansaço, do clima e da vontade, já que as reservas são feitas com antecedência muito grande e algumas trilhas são bem longas (se você tem uma trilha de 22 km no dia, não dá para ficar esperando o clima melhorar, por exemplo). El Chalten você pode ir mais "light". Se está cansado você faz trilha curta, se está chovendo você espera a chuva passar. A trilha da laguna de los tres e Fitz Roy foi a mais bonita que eu fiz, na minha opinião. As duas opções são excelentes, mas eu gostei mais de El Chalten. E vc ponde ainda gastar 01 dia para fazer o big ice, em El Calafate (não sei se já está no seu roteiro). Vale muito a pena. Para ir a TDP vc perde 01 dia para ir a Puerto Natales e outro para voltar, já que a viagem El Calafate a Puerto Natales demora 7 horas, e sai às 07.00 AM (tem outro ônibus a tarde, eu acho). Então com 5 dias pode ficar meio apertado. Se tiver alguma dúvida específica, é só falar Christian
  21. Com certeza tem problemas, se for internacional. Afinal, teoricamente, pode até ser seu irmão gêmeo. O nome da minha esposa estava abreviado e eles reemitiram a passagem. Seu passaporte (ou id) tem que estar idêntico à passagem, ou pode dar problema (pode até passar direto, dependendo da pessoa que te atender na fronteira, mas para ter garantia, é melhor consertar). Se for nacional não sei te dizer.
  22. Ollantaytambo fica muito longe de Águas Calientes. Não dá para ir a pé, a não ser que queira gastar vários dias. Ouvir falar que dá para ir de van ou táxi. Pode ser que valha a pena. A hidroelétrica fica há uns 6 ou 7 km de Aguas Calientes. Dá para ir tranquilo, desde que vc não se incomode com o cansaço extra, pois a caminhada por Macchu Picchu pode ser cansativa, ainda mais se vc revolver subir uma das duas montanhas (montanha Macchu Picchu ou Huana Picchu). Porém o trem que sai de Ollantaytambo te leva direto a Águas Calientes, então acho que esta é a melhor opção. A hidroelétrica é opção boa para quem vem de outras trilhas, como salkantay, por exemplo.
  23. Eu fiz reserva em refúgios e acampamentos, tanto da vertice patagonia quanto da fantastic sur, sempre optando por fazer o pacote full board. Nas condições gerais, está escrito que o limite para check in é as 20.00. Alguém sabe dizer se este horário é seguido a risca? O motivo principal da pergunta é sobre a saída de Paine Grande, subida ao mirador britânico e pernoite no Los Cuernos. São 23,5 km de caminhada com previsão de 10,5 horas de caminhada. Já li relatos de pessoas que gastaram mais que isso (até bem mais). Se em Paine Grande começar a servir o café e liberar os lunch box lá pelas 7.00 AM, e eu conseguir sair de lá por volta das 08.00 AM, tenho o máximo 12 horas para conseguir chegar à Los Cuernos. Pode ser meio apertado, dependendo do ritmo, ainda mais se houver algum imprevisto, Por isso repito a pergunta: alguém sabe dizer se este horário máximo de check in é seguido a risca? obrigado Christian
  24. Pelo que eu li, fecha-se a trilha no final do dia, para que a pessoa não comece a percorrer a trilha num horário que não tenha como chegar em tempo hábil no próximo acampamento. Não vi nada sobre hora de abertura das trilhas. Os horário estão valendo. Mandei um e-mail para a Conaf e eles confirmaram. A saída a partir do acampamento italiano em direção ao mirador britânico fecha às 15.00.
  25. Se vc quiser ir em todos estes lugares da patagônia, 10 dias pode ser pouco, principalmente porque são 3 a 4 voos a pegar (de El Calafate a Torres Del Paine vc pode ir de ônibus, mas vai gastar pelo menos 7 horas), então 4 dias praticamente perdidos. Se vc quiser fazer o circuito w em TDP são pelo menos 4 dias. Talvez seja mais interessante ir ao Atacama e aproveitar mais, e numa outra ocasião voltar à patagônia.
×
×
  • Criar Novo...