Ir para conteúdo

Bruno Saboya

Membros
  • Total de itens

    33
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Bruno Saboya postou

  1. Bom dia Aghata. Aonde exatamente você vai fazer a trilha, por que depende muito, se você for para um lugar não tão frio é uma situação, se for para um lugar bem frio, é outra. Se for um frio moderado, recomendo lojas como a Decathlon, tem um material mais genérico e preços relativamente bons. Caso contrário, o custo dos vestuários são mais altos. Basicamente, quanto mais "tecnologia" envolvida (qualidade de material, tratamento dos tecidos, se é impermeável ou não, etc...) mais caro é. Nos conte mais da sua trip para podermos te ajudar melhor.
  2. Olá lsd e aline! Então, além da trilha de Eng. Marsilac - Itanhaém, tem a Paranapiacaba - Cubatão. A segunda eu conheço, mas não me arrisco a ir não, pois ultimamente tem tido muito relato de assalto na região. Já a de Itanhaém eu já ouvi falar, e pelo que ouvi não tem um grau de dificuldade alto não, mas tem que ter alguém que conheça o caminho. Abraço!
  3. Boa tarde sanabio! Pa Moro em Ribeirão Pires e até onde eu sei, existe a trilha do Vale do Rio Mogi, ou trilha da morte como também é conhecida, que liga Paranapiacaba a Cubatão - que fiz algumas vezes, mas que hoje em dia tem tido muitos relatos de assalto nessa região - e tem uma trilha que liga Mogi a Bertioga, quase o trajeto da estrada, mas por trilha. Agora, uma que vá de Paranapiacaba à Bertioga, não tenho informação. Se conseguir alguma informação posta aqui no forúm. Valew!
  4. Bom, agora impressões sobre a Tryton!! Gente, o solado dela não me agradou . Embora só fiz testes urbanos, mas minhas impressões não foram as melhores. Tenho a impressão que esse solado novo é muito "duro", e com isso não tem muita aderencia. Para ser usada em trilhas de terra, terra batida e pedregulhos, deve ser uma maravilha! Mas eu particularmente não me arrisco a passar por um piso de pedra inclinado se ele estiver um pouco liso (musgo) e penso 3 ou 4 vezes antes de atravessar um rio onde se tenha que passar "saltando" por pedras. Sei lá, nesse ponto tenho mais confiança na Azimut. Como ainda NÃO FIZ NENHUM TESTE citado acima, essas são apenas impressões que tive da bota. Com relação a conforto e visual, a bota é demais! Se tudo der certo, acho que vou visitar o PETAR nesse fim de semana. Por via das dúvidas, levarei as duas botas (tinha prometido mandar a Azimut para reforma, mas ainda não consegui, rs). Bom galera, por enquanto é isso! Infelizmente não tive uma ótima impressão da bota. Espero que ela me surppreenda! Obs: Pessoal, alguém sabe notícias do Fabio (da Nõmade)? Abraço a todos!
  5. Cara Camilla, eu já vi a Nômade Mamut e realmente é muito bonita!!! O que me chamou mais a atenção foi o fato da parte de trás do cano ser praticamente da mesma altura da lingua da bota (isso é muito bom para quem tem moto! ), porém, como eu disse, apenas vi no dia que comprei minha Tryton. Não sei se esse fato interfere na performace dela. Usei coturno nas trilhas por muito tempo e nunca tive problema, por isso creio que não atrapalhe e ainda dá uma ajuda no caso de chuva. Agora o porque que eu citei chuva e moto para o "calcanhar alto" da Mamut, isso ajuda a calça não ficar "por dentro" do calcanhar da bota, e se você estiver de calça (impermeável) , ajuda a não molhar seu pé durante a caminhada no caso de chuva. Já sobre a trilha Inca, não posso comentar pois ainda não a fiz, mas olha no tópico sobre Machu Pichu - machu-picchu-f49.html - lá tem informações sobre a trilha. Bom, vamos a compras pela Internet. Não é querendo fazer propanganda não, pois não tenho ligação nenhuma com a loja, a não ser comprar lá, hehe, mas a Arco e Flecha - www.arcoeflecha.com.br - é uma loja que recomendo! Sempre comprei na loja mesmo, mas tenho um colega que comprou pela internet com eles e não teve problemas. Por enquanto acho que é isso! Qualquer dúvida é só perguntar! Boas Trips!
  6. Galera,vou mandar minha Azimut para o pessoal da Nômade (Fábio, hehehe) fazer uma "reforma" nela. Depois de um ano de pauleira, ela merece umas férias, vai para o SPA sem bem tratada. Agora quem vai sofrer é Tryton que acabei de comprar!!!! Vou ver como é a Tryton, e assim como a Azimut, postarei as impressões. Abraço a todos!
  7. Pessoal, to reativando o tópico. To planejando em fazer o Caminho do Sol no Carnaval de 2011. Estou pensando em reservar uns 8 dias. Dá para ir numa boa né? Alguém sabe como está atualmente a parte de hospedagem e alimentação durante o caminho? Dá para ir "sozinho", ou tem que marcar com o pessoal do www.caminhodosol.org . Tava vendo o site deles, mas eles levam 11 dias num percurso de 241 Km, acho muito. Tenho outros planos com relação a Km/dia. Alguém fez esse caminho recentemente? Abraço!
  8. Guilherme, tenho uma Azimut, que uso no dia a dia, mas também já usei em trilhas, uma delas no parque estadual de Ibitipoca - MG. Para o uso cotidiano e trilhas leves/médias é uma excelente bota. Tenho a minha tem uns 6 meses mais ou menos e recomendo. Esse modelo novo (X-pro) não conheço e por isso não posso falar nada, mas acho muito bonito também. O ideal é você calçar as duas e ver qual você prefere. Até!
  9. Olá DANILAO, tudo de boa? Bom, como eu citei a cima, infelizmente esse ano a viagem não vai rolar... Mas ano que vem, pretendo mais ou menos em Março, concluir esse plano! Vou da Honda XR 250- Tornado. Boa dica essa do registro de Alberguista. Vou procurar informações a respeito! Obrigado e abraço!
  10. Pessoal... devido a uns contratempos, a viagem será abortada por enquanto... Mas ainda está nos planos! Agradeço a ajuda e as dicas de todos! Abraço!
  11. Opa, e ae lcarlesso, tudo certo?! Então, eu vou sozinho (eu a moto e a mochila, hehe) em setembro, mas o TSSantos vai em Julho/Agosto com a garota dele. Não sei se o TSSantos vai com mais alguém em outra moto, pelo que li não. Me diz uma coisa, as estradas aí no Rio Grande do Sul estão boas? Você já ouviu falar na rota dos faróis (caminho pela praia paralelo a estrada do inferno)? Abraço!
  12. Olá TSSantos! Que legal, é uma viagem bem legal para ser feita em casal! Paisagens e lugares muito bonitos! Bom, é o seguinte, de Bros dá pra ir sim, sem problemas (se você não estiver com pressa!!!). Ir de carro é mais confortável (porta-malas, não se molha em caso chuva e mais segurança na estrada), mas quem gosta de moto, não se importa muito com esses detalhes. Tem que ver roupas e o que vai levar, afinal, se for de moto o espaço é limitado. Eu vou sozinho e tenho uma Tornado 250. Ano passado fui até Porto-Seguro de XR 200, que não é muito diferente de uma Bros 150. DICAS: Primeira de todas!!!! Não viaje a noite a não ser que seja extremamente necessário! Segunda: Você paga IPVA como qualquer um, então, no geral, utilize uma faixa de rodagem como se fosse um carro, não ande perto da faixa do acostamento. Se for para dar passagem, tudo bem, mas depois volte a sua posição, é o modo mais seguro de viajar. Terceira: Caminhões / ônibus: Na estrada costumam nos respeitar (motociclistas) mais do que nas cidades, então é até tranquilo, só não ande colado na traseira deles. Quarta: Como você vai com sua namorada, não arrisque! Segurança em primeiro lugar para qualquer ocasião. Quinta: Vai sem pressa, e aproveite a viagem! Sexta: Planeje tua viagem, mas deixe uma folga, para imprevistos. Sétimo: Relate sua viagem aqui no site para os demais mochileiros apreciarem e se planejarem Bom, se mais alguém tiver dicas, por favor! Ah, tava esquecendo,os pernoites!!!! Bom, como vou "descer" pelo litoral, vou acampar todas as noites da ida. Na volta, aí sim vou pegar albergues ou pousadas/pensões, casa de conhecidos e coisas do tipo, hehehe. Em caso de extrema necessidade, procure ou posto do corpo de bombeiros, ou da policia. Sozinho eu durmo até na praça, mas acompanhado, é melhor não arriscar não. Se tiver mais dúvidas, ou se eu tiver mais atrapalhado do que ajudado, por favor avise!!!! Falow e boa viagem!!!!
  13. opa Chinaf! Tudo certo? Valew por indicar o site, não conhecia. Com relação a dormir, eu fiz uma viagem para Porto-Seguro o ano passado, e até em rodoviária dormi, rs. Mas foi por necessidade, não por falta de condições, hehe. Então, to levando a barraca porque gosto de camping, mas é claro, em 15 dias de viagem, pretendo dormir uns 5 dias em pousada/hotel, afinal, as costas vão merecer, hehe. Na ida vou tentar ir o máximo possível pelo litoral, mas a volta quero passar nas Serras Gaúchas, em Blumenal e to vendo alguma cidade no Paraná. Talvez eu vá até Ponta-Grossa pora visitar umas amigas lá, hehe. Bom, a idéia é essa, vou aprimorar daqui pra frente! Muito obrigado pelas dicas!
  14. Olá Káren! Estou estudando o roteiro e em breve vou postar. Ainda bem que chove pouco nessa época, rs! grato!
  15. E ae pessoal! Em Setembro vou dar uma passeada no Sul. Vou descer pelo litoral (onde for possível), passar pela estrada do inferno, chegar ao Chuí e voltar por dentro dos Estados. Quero saber, como é o clima (Paraná / Santa Catarina / Rio Grande do Sul) na Primavera, incidencia de chuva e talz? Como vou de mochila e barraca, é bom saber essas coisas. E também, a dísponibilidade de campings no trajeto. To bolando o roteiro, aí passo mais informações sobre pontos previstos de parada. Pretendo dormir em pousadas ou pensões de vez em quando. Por enquanto é só, hehe. Grato!
  16. Bom, como vi que a Azimut tem poucos admiradores, vou postar mais algumas impressões depois de 3 meses de uso. Não sei se todas as botas impermeáveis são assim, mas a minha, após eu enfiar a perna na água até a coxa mais ou menos (hehe) molhou por dentro (óbvio), só que ela demorou uns 3 dias de sol moderado para secar. Bom, tirando isso, to usando ela no dia a dia, fiz umas 4 trilhas, uso quando ando de moto etc... só não tomo banho com ela porque vi que ela demora para secar, rs. Bom, voltando a falar sério, é uma bota muito confortável e o solado até agora não demonstrou desgaste. O solado tem aderencia muito boa (passei por terra, pedras, rios, areia e os dois piores tipos de terreno do mundo: Asfalto e cimento!!). Até agora nenhum problema. Recomendo a todos que querem uma bota versátil, bonita e boa de usar! Abraço!
  17. Tudo certo Wagner!! Ano passado fiz 3.600 Km de XR200r, que é quase igual a Bros. Segue as dicas do Flávio que tá blz. Ah, e evite ao máximo rodar a noite! Do mais, uma ótima viagem!!
  18. Bruno Saboya

    Ilhabela

    Olá Helder! Bom, não conheço o trajeto que você pretende fazer, mas os equipamentos sim! Tenho uma mochila T&R que gosto demais dela, tenho também uma pochete (agora é estojo de cintura, rs) que uso diariamente e em viagens, e estou para comprar uma barraca Super Esquilo 2, pois vou para Ilha Grande com um pessoal no feriado de Abril, e minha barraca atual é para apenas uma pessoa, então vou pegar essa que é para 2/3. Gosto muito dos produtos da Trilhas e Rumos. Se você quer produtos com qualidade e um preço razoável, essa é a marca na minha opnião. Ah, só tome cuidado com o peso que vai carregar! Já li sobre a trilha do bonete, e pelo que percebi ela é razoável, mas se você estiver com muito peso... Por enquanto é isso. Aproveite bem a trip!
  19. Olá pessoal! Fiz algumas vezes um caminho parecido, mas sentido contrário: Paranapiacaba - Cubatão. O caminho alguns chamam de vale do Rio Mogi, outros de Vale da Morte ou simplesmente Paranapiacaba-Cubatão. Nesse trajeto não tem cachoeiras, mas tem algumas piscinas naturais. O porém é que depende e muito das chuvas, pois metade da trilha é feita pelo morro e a metade final é pelo rio. Esse caminho é muito bonito, vou ver fazer essa caminhada. Ah, se aparecer um outro rolê desse tipo, por favor me avisem!!! Abraço!
  20. Olá pessoal! Comprei minha Azimut no dia 15, e já no dia 16 fui testá-la. Fiz um pequeno percurso de terreno misto (terra seca, pedras e areia) e a bota superou as expectativas. Como estava no litoral, foi bom também para ver se ela esquentava muito o pé e como usei ela quase o dia inteiro, o que percebi foi: Se você fica parado por um certo tempo, o pé esquenta um pouco, mas nada absurdo. Já se você estiver caminhando, nem pararece que está com uma bota. Estou usando no dia a dia, e caminho 5 Km por dia aproximadamente e é uma bota muito confortável. Ah, também testei a impermeabilidade da bota, muito boa. Andei por alguns trechos com água cobrindo o bico da bota e nada de pé molhado nem úmido. Por enquanto, minha impressões são ótimas! Com relação a númeração calço 40 mas em tênis normalmente uso 41, pois tenho a frente do pé um pouco larga e os calçados na minha numeração apertam meus dedos. A bota comprei 40 mesmo pois ela tem o bico largo e acomodou muito bem meus pés!!! Lembrem-se que elas são nacionais e feitas para nossos pés Abraço!
  21. Pessoal, dia 15 agora vou adquirir uma Nomade Azimut para uso geral (uso diário e caminhadas/trekking nos finais de semana). Assim que eu tiver uma impressão sobre a bota, posto as informações! Abraço e feliz 2010!!!
  22. E ae Rubiólogo, tudo certo. Já fiz parte da CIPA na emrpesa onde trabalho e até onde conheço, material com CA, só EPI mesmo. O CA é justamente para garantir que o equipamento vai proteger o usuário de alguma ação externa. Botas de trekking não são EPIs e por isso acredito que você não vá encontrar nenhuma com CA. Talvez as Cartepillar tenham, mas não tenho certeza. Conversa com o pessoal da CIPA da sua empresa e explica o caso, eles até podem conversar com o fornecedor de EPIs e pedirem um calçado mais adequado a você. Tem empresas que tem um sapatos muito bons mesmo, com modelos bem confortáveis. Mas não vai sair R$ 90,00 não, pode colocar uma grana a mais num sapato de proteção legal. Tem o site http://www.centraldoepi.com.br/epi/calcado.html Lá tem os catálogos dos fornecedores, dá uma olhada e fala com o pessoal da CIPA. Espero ter ajudado.
  23. Olá pessoal, tenho 25 anos e estou começando agora na vida de motociclista mochileiro. Minha primeira trip vai ser de: Ribeirão Pires - SP, 1ª parada em São Tomé das Letras - MG, 2ª parada em Porto-Seguro - BA, 3ª parada em Parati/Trindade e efim retorno para casa. Vou sozinho. Detalhe, de XR 200r. Saio dia 13/10 e a previsão de chegada em casa é 30/10. É um começo, rs! Abraço a todos e boas viagens!
×
×
  • Criar Novo...