Ir para conteúdo

IngridHP

Membros
  • Total de itens

    5
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre IngridHP

  • Data de Nascimento 24-11-1986
  1. Fernanda, você acha tranquilo fazer a Ring Road pela ilha em março(por causa da neve e tals)? Estou em dúvida entre fazer e dar a volta ou ficar na capital e fazer passeios diários. estive lá entre 17/3/13 e 22/3/13. vou logo avisando que me arrependi de não ter ficado mais tempo. respondendo: 1 - 6 dias lá dá pra conhecer bastante; mas, como escrevi, gostaria de ficar mais. 2 - dificilmente vc achará neve; sempre há muuuuito gelo, mas as estradas estarão trafegáveis. Aluguel de carro eu considerei caro, mas alugamos por um dia - 4 pessoas - e ficou legal. Sugiro pegar um com tração nas 4 rodas, se vcs forem do tipo aventureiro. Pegamos um assim, o amigo que dirigiu mora na Inglaterra e tem experiência em dirigir em estradas com gelo, entramos em caminhos alternativos e em nenhum momento precisamos tracionar. Recomendo fortemente pegar o seguro que cubra tb danos à pintura, por que algumas estradas não são asfaltadas, mas plenamente trafegá veis, só que tem muita pedrinha e poeira vulcânica. 3 - a capital é pequenininha, a área metropolitana tem uns 200 mil habitantes, em uma manhã vcs podem conhecer o que vale a pena. A noite dizem que é legal, mas saí do hotel em uma delas, por volta das 21 horas e praticamente não tinha ninguém em botecos (frio e vento do capeta). descrição rápida dos nossos passeios: DIA 17 Chegamos ao aeroporto de Keflavik às 11h, mas demoramos a sair de lá por que o ATM engoliu o meu cartão e demoramos a resolver a parada. Saímos de lá umas 13h e fomos direto para a Lagoa Azul, onde ficamos por volta de duas horas. Nessa noite pegamos um onibus de turismo pra ver a aurora boreal (pesquisei intensamente sobre o assunto). Demos sorte de vê-la, durante umas duas horas, muito forte, mesmo com a lua cheia brilhando. É algo impressionante, não tenho a habilidade de explicar... DIA 18 Tour por Reykjavik pela manhã e o resto do dia foi livre - almoçamos e ficamos andando pela cidade DIA 19 Tour o dia todo - The Golden Circle - Þingvellir, Gullfoss, Geysir, Skálholt DIA 20 Tour o dia todo - South Shore Adventure - Seljalandsfoss, Skógar & Skógafoss, Vík DIA 21 Alugamos um carro, saímos de Reykjavik às 8:30 rumo norte pelas rodovias 1 e 54, depois uma estradinha não-asfaltada, dando a volta pela península Snaefellsness e voltando por dentro - rodovias 54, 60, 1 até Borgarnes e de lá de volta para Reykjavik. Rodamos mais de 600 km por que ao anoitecer procuramos um local escuro, longe de cidades, para tentarmos ver a aurora boreal. DIA 22 Saímos cedo de Reykjavik, de ônibus, para Keflavik - aeroporto, de volta. ================ Eu gostaria muito de voltar para fazer a Ring Road, que dá a volta pela ilha, mas preciso de voluntários pra rachar o aluguel do veículo... - Todo mundo fala inglês, pelo interior falam muito mal, mas a boa vontade supera tudo. Só achamos duas pessoas mal educadas, uma no hotel e outra num caixa de supermercado; - todas as estradas são muito bem sinalizadas; - eu pesquisei muito antes de ir, tanto sobre a história e costumes quanto sobre aurora boreal. Até aprendi algumas palavras na língua deles... - -
  2. Olá pessoal, estive na europa nos meses de junho e julho e minha ultima parada foi londres. Estava vindo de amsterdam, e entrei pelo Heatrow, sozinha. Ia ficar na casa de uma prima por 6 dias. Levei todos os documentos que precisavam, e não me foi pedido nada. O moço só me perguntou o que eu fazia no Brasil e se eu estava em férias em Londres, somente isso, foi simpático e carimbou meu passaporte. Eu estava bem tranquila também e isso ajudou bastante. Pra mim a entrada na Europa por Amsterdam vindo do Brasil foi mais difícil do que em Londres. POrtanto, não mintam, tenham os comprovantes pra comprovar caso precise e fiquem tranquilos. As infos daqui me ajudaram muito na minha viagem, gostaria de compartilhar com vcs. Estou a disposição se precisarem de algo. Beijos.
  3. é, isso mesmo que irei fazer, mesmo não sabendo inglês perfeitamente vou tentar explicar se me perguntarem essas coisas. muito obrigada xaliba! depois conto tudo aqui. beijos!
  4. Oi pessoal. Fui a Foz do Iguaçú em setembro do ano passado e me hospedei no Hotel Eduardo. É um Hotel simples, familiar, o café da manhã é bem servido e o atendimento foi ótimo. Ele não fica exatamente no Centro mas fica na Av. das Cataratas aonde passam onibus pra todos os lugares em frente. Fiquei uma semana em Foz e fiz todos os trajetos de onibus tranquilamente. Gostei bastante do atendimento e do Hotel e indico. http://www.eduardohotel.com.br/local.htm
  5. olá pessoal, li todo este tópico e já me ajudou muito. mas ainda estou um pouco insegura com minha situação. gostaria que se pudessem me ajudar ou colocar opiniões aqui, por favor. eu sairei de são paulo dia 16 de junho e chegarei em londres sozinha dia 17 de junho com passagem marcada de volta pro dia 29 de julho de londres p/ são paulo. pretendo viajar pela europa por 45 dias. tenho 3 amigos brasileiros e 1 prima morando em londres, todos legais e estudando. um deles tem cidadania italiana, o qual vai escrever a carta convite para mim, onde ficarei hospedada na primeira noite. porém, chego em londres dia 17 de junho passo a noite lá e dia 18 já pego um trem pra Bruxelas com minha prima para iniciarmos a viagem. farei um roteiro por 10 cidades da europa mais ou menos, na metade encontro minha outra prima e então la pro dia 23 de julho voltamos juntas pra londres, passamos uns 5 dias lá e voltamos pra são paulo de lá. eu pretendo levar comprovantes de vinculo no Brasil, tenho empresa em meu nome, estou matriculada na faculdade, vou levar o global pass de trem também e algumas reservas de hostels nos outros países, porém meu inglês não é muito bom. mas o meu medo é: eu devo explicar toda esta situação e dizer que ficarei só uma noite em london em junho e voltarei em julho após o mochilão para ficar mais 5 dias lá?(terei que passar 2 vezes pela imigração) vocês acham que posso me complicar com este roteiro? será que por meu amigo brasileiro ter cidadania italiana, ser solteiro e morar lá eles poderiam encanar nisso? e ter uma prima morando lá? devo dizer que é com ela que farei a viagem? acredito que poderão me perguntar pq estou indo pra lá se no dia seguinte já vou pra bruxelas, será que poderia dizer pq a tarifa para la estava mais barata na época? ou pq irei encontrar minha prima? estou perdida... e com medo dessas possíveis complicações. agradeço muito. beijos!
×
×
  • Criar Novo...