Ir para conteúdo

Bya

Membros
  • Total de itens

    10
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Bya

  • Data de Nascimento 21-04-1979

Bio

  • Ocupação
    enfermeira

Conquistas de Bya

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Transporte público em Isarel: Israel tem um serviço de trasnporte públiconto muito, mas é caro para os padrões brasileiros (pelo menos eu acho). Tanto onibus de linha quanto os taxis coletivos/sharut (micros amarelos) custam 5,80 shekels em Tel aviv e 6,20 em Haifa. Tanto em Tel Aviv quanto em Haifa, uma passagem dá direito a reutiliza-la uma vez mais. Entretanto nunca consegui utiliza-la em Tel Aviv. Tel -Aviv Meus primeiros dias em Tel Aviv não foram muito bons, pois era shabbat e,claro, estava tudo fechado. Minha primeira dificuldade foi hotel, pois reservei o hostel Gordon in e quando cheguei lá eles disseram que não havia vagas e me mandaram para outro hotel. Detalhe: os hosteis e hoteis em tel Aviv são caríssimos! Entratanto estavam mais caros pra mim, pq estava sozinha e não usava quartos compartilhados. Meus hoteis foram: 1. Mugraby hostel: tem clima legal, bem hoots, os quartos não são bons, mas são limpos. Eu não gostei pq é caro (80 dólares as diária), e vc não consegue dormir de tanto barulho da rua, pode-se ouvir tudo! sem contar que o hotel é uma ruína dolado de fora.. 2. Sun City hotel: 78 dólares, quarto privativo, com café da manhã. Hotel muito bom! quarto legal, limpo, trasnquilo, com tv, split e banheiro privativo. Café da manhã muito bom também. Ah ! e o melhor de tudo: a duas quadras da praia, perto do mercado Carmel, Dzengof (shopping), pode -se ir a pé para quase tudo, tem onibus bem pertinho, além de bares e rstaurantes. Fica na Alenby 42. Dica importante: no hotel a diária é mais cara, mas pelo site de hotel www. inisrael.co.il (ou algo muito parecido) vc consegue descontos muito bons! (diferença de quase 20 dólares!). Eu caminhei muito, mas muito por Tel Aviv, pq é muito agradável de se caminhar, vc pode ir até o Mercado Carmel. Uma especie de feira ao ar livre, muito organizada, que vende de tudo, de lembran'cas de Israel, roupas a roupas e especiarias do oriente. Eu adorei ver o movimento e a dinamica do local. Vale muita a pena pechinchar sempre! Yaffo tamb'em 'e imperd'ivel! 'E uma cidade, muito, muito proxima de tel aviv. Na alenby vc pega o onibus numero 10 que vai direto a Yaffo e desce ou no in'icio da cidade ou mais em cima para vir caminhando at'e a 'area comercial. caminhe pela cidade, pois ha ruas bem antigas, estreitas, por onde hj est~ao diversas galerias de arte e lojas de j'oias, h'a tamb'emparques , igrejas, monumentos de Napole~ao Bonaparte (d'a at'e pra tirar um foto abra'cada com ele), com um visual lindo do Mediterraneo. N~ao pode perde de ir ao mercado das pulgas, vc consegue pre'cos muito bons se pechichar. Principalmente se for no fim da tarde... Praia. ah ! a praia 'e linda! um por do sol perfeito! Os israelenses s~ao muito saud'aveis , constumam exercitar-se muito, ent~ao sempre h'a pessoas caminhando, correndo, de bicicleta, coms eus cachorros, com crian'cas... principalmente no shabbat! Ah e eles s~ao apaixonados por frescobol. Se tiver disposi'cao , d'a pra caminhar pelaorla da praia , rumo ao sul, passar pelo Parque charles Clore (em frente a uma sinagoga) onde os mu'culmanos passam o fim de semana e chegar at'e yaffo. Infelizmente n~ao tenho dicas sobre a noite de Tel Aviv... que 'e muito famosa.
  2. Restaurantes Bogotá Bom, economico mesmo são as arepas, é como uma esfirra, mas a massa é diferente, tem vários recheios, mas não tem molho. Tem em todo lugar. Outra coisa muito econômica, que vc vê em todas as ruas são os Corrientes. É um tipo de PF, geralmente é barato, é muito, muito grande (muitas vezes carno ou pollo) e vem acompanhado de sopa, bebida e sobremesa. Não me recordo o preço, mas é bem econômico. Outra opção, não tão, tão barata, mas acessível, e muito, muito boa! é o crepes&waffles. Eu sou apaixonada pelos seus crepes , são enormes, e não são tão caros, pela qualidade da comida. E preços bem acessíveis pelos mais simples, tipo queijo, queijo e presunto ou waffle de nutella, nutella com morango e tal... vale a pena experimentar. Eu tenho uma recomendação especial pra que curte uma cerveja. Colombia tem uma cerveja sópara mulheres, chama-se Red's, é muito saborosa (2500 pesos). É masi cara que a Aguila, mas é bem melhor. Tudo na Zona rosa, ou zona T é bem mais caro! E não recomendo o Pub InglÊs, o atendimento é muito ruim.
  3. Fui a Israel sem qualquer programação, sem guia, sem nada e foi mágico.. Na verdade fui selecionada pra fazer um curso no país e fui informada 1 semana antes. Mas nesse período tive experiências incríveis e muitas dicas para compartilhar, dos 33 dias (29/04 a 02/06) que passei lá. Minha viagem incluiu Tel-AViv, haifa, Akko, jerusalém, Nazareth, Cafarnaum, Mar Morto, Eilat, Petra e Rosha Nikra. 1. Vôo: fui de de El Al, dia 29/04, vôo super tranquilo, direto a modo SP-Tel Aviv (Ben Gurion), serviço muito bom, mas é claro que a modo Israelense (sério, sem muita simpatia, mas educado). Ah! e sempre temos que pedir "english please". Daí tá tudo tranquilo.. Ah! A El Al é a compania aérea mais segura do mundo, portanto prepare-se para a revista tanto no Brasil e pior ainda quando sair de ISarel. Pois apesar de ter carta de recomendação do Ministério das Relações Exteriores de Israel fui entrevistada 2 vezes, e tive minhas 5 bolsas todas revistadas (C O M P L E T A M E N T E). Isso só porque fui a Jordania. Dica importante: O pessoal dos outros países que também foram a Israel, todos , sem exceção, foi maltratados quando estiveram em Madrid. Portanto, vôo via Madrid não é uma boa.Também tenho boas referencias dos vôos via Frankfurt e Istambul 2. No aeroporto (BEN GURION): o aeroporto é bem grande, mas na chegada é só seguir o fluxo que dá tudo certo. Na imigração tive problema novamente por nao ter visto de estudante, mas depois que leram minha carta do Ministerio ficou tudo certo. Eles tem pessol que fala espanhol no aeroporto. Após conseguir passar pela imigração é a vez de buscar as malas e sair junto ao portao de desembarque que sai bem de frente para a porta de saida do aeroporto, saindo vc pode pegar uma TAXI AMAL para ir a outras cidade (Jerusalém e outras) e a Tela Aviv, pq Ben Gurion não fica em Tel Aviv! Para ir a Tel Aviv, pode ir de taxi (140 shekels ou mais ou menos 40 dólares!) ou de trem (há estação no aeroporto, no andar debaixo) que custa 14,40 skekels ( 1shekel= 0,47 reais ou 1 dolar = 3,85 shekels), bem mais economico! Agora atenção! Ha um vôo da EL AL que chega na sexta feira= as 15h... não é bom pra quem chega com pouco dinheiro, porque chegamos em pleno shabbat, e daí meus caros não há trem, e temos que pagaro taxi normal, não AMAL (coletivo). 3. TREM: Ben Gurio - Tel - Aviv = 14.40 Ben Gurion - haifa = 37,40 Tel Aviv - haifa = 28,50 4. ONIBUS INTERMUNICIPAL: Tel Aviv - Eilat = 73 shekels Haifa - Eilat = 75 shekels Tel Aviv - Jerusalem: 17 shekels ou 22 shekels de taxi Amal 5.Shabbat: ah .. o shabbat.. para os nao judeus é um pouco complicado de se adptar, pois o shabbat (significa sábado) é o Domingo dos judeu, pois ao contrario dos católicos eles guardam os sábados. O problema (para nós ocidentais) é que é relamente guardam o shabbat e fecham tudo, literalmente TUDO de sexta (15h) até sábado a noite . Não tem nem trasnporte público na maioria das cidades. El tel AVIV há o Taxi AMAL no. 10 que funciona no shabbat pelo dobro do preço. Também estão funcionando as lojas AM PM, o Mc Donalds e tudo o que não é judeu. Então a dica buscar os locais m prou muçulmanos no shabbat. Mas não ha problema nenhum pra quem estiver hospedado perto da praia, pois Tel AVIV é otima para caminhar, é além disso é pequena e fácil de caminhar (dificil é decorar o nome das ruas). continua...
  4. Bya

    Bogotá

    Bom.. eu fui a Colombia sem guia, mas tenho algumas dicas: Fui em novembro passado e passei 15 dias, fui direto a Bogot'a e de l'a a Barranquilla via Avianca ( boa companhia, sem luxo nenhum, uma gol da vida). De l'a peguqi um onibus para Cartagena, uma viagem de 6h ate a esta'cao rodoviaria de Cartagena, del'a tem de pegar outro onibus (la buceta colombiana, nao da pra perder sao o maximo) at'e a cidade velha. O detalhe aqui e que os motorista vao muito devagar, buzinando a todos na rua pra entrar no seu onibus, dai a viagem dura de uma a duas horas assim! Aten'cao h'a um onibus que para na entrada de tras da cidade velha. Dai tem que atravessar para chegar a Plaza de la Aduana (temum entardecer muito bonito). Em cartagena, o melhor a fazer e ficar perto da cidade amuralhada, pois os hoteis dentro da cidade velha sao muito caros. Passando a praca ha uma rua e se for a esquerda (parecemeio estranha mesmo, e de noite se trasnforma) que tem varios hosteles , fiquei num chamada Baluarte, por 60 000 pesos em quatro triplo (muito bom). Dai a dica 'e caminhar pela cidade velha, atravessar para as praias nos barquinhos do porto (peto da pra'ca tmbm, mas polado contrario ao dos hoteis). Ha tamb'em o Castillo de San Felipe, que 'e interessante, mas cobrasm 14 000 pesos e sem guia. MAs tem um servi'co de guia interno, que ninguem te avisa que tem que pagar mais 15 ooo pesos, s'o te cobram no final! Nao caminhei muito fora da cidade velha. Ah! e vc deve ir a Crepes & Waffles, se gostar 'e claro, otima comidas a precos acessiveis (nao tao baratos, mas acessiveis). Passei 3 dias e de la voltei de onibus para a rodoviaria e busquei um onibus para Santa Marta (cuidado com o horario o ultimo sai as 16h). Em Santa Marta fiquei num hostel (bem simples, mas bem simples mesmo) mas a custo muito acessivel, chamado Pensao Familiar. Nao caminhei por Santa Marta, mas fui direto ao mercado a ceu aberto e busquei um onibus para o Parque Tayrona. Imperd'ivel!!! 'E lindo! E lugar de aventura, otimo pra que gosta de caminhar... tem que pagar o onibus de trasnporte ate o parque, la tem que pagar a entrada e de pois o trasnporte at'e o inicio da trilha , se bem me recordo a entrada era uns 70 dolares, ('e melhor confirmar). A trilha 'e de umas 2 horas at'e a primeira praia e de la a segunda praia levam mais 1h. L'a vc pode alugar rede (15 000 /noite), carpas ou levar barraca para alugar. Ha um restaurante e chuveiros... vale muito a pena! Vc nao pode peder Bogot'a claro! L'a fiquei num Hostel Chapinorte Bed & Breakfest, muito bem localizado, proximo a zona rosa, com bares aolado do hostel. Alem disso 'e limpo, organizado e seguro. As pessoas sao muito gentis e simpaticas e dao informa'coes com prazer. Em bogota conheci o museo nacional, museo do Ouro, a Candelaria, umam viagem de trem (maria fuma'ca) a Catedral de Sal (imperdivel!), mas o tempo pra conhecer a cidade 'e muito pouco quando se vai de trem... e a igreja de Monserrat ( a vista decima 'e linda!)... Bom jah ta bem grandinho isso aqui...
  5. Bya

    Manaus

    OI pessoal! Li os posts e tenho algumas dicas a acrescentar para aqueles que pretendem conhecer Manaus. * Primeiramente, eu preciso dizer que concordo com todos que dizem que o centro da cidade é realmente esquisito, principalmente a noite. Não recomendo se hospedarem p'roximo ao porto de manaus. * Amazonense A D O R A turista! É um povo muito hospitaleiro, sorridente e simples. * Bom lugar para conhecer é a praça do Carangueijo, no conjunto Eldorado. Local tradicional de Manaus, repleto de barzinhos, restaurantes onde se pode comer o tambaqui assado na braza (dica: com baião de dois e farofa de farinha do uarini) ou pirarucu, o preço é razoável, mas vale a pena. Tem também um dos melhores tacacás de Manaus, o do Japonês. Dia de quarta-feira tem feira na praça. E diariamente olocal ferver, é o happy hour oficial da cidade. * Pra quem estiver disposto a pagar pelo melhor peixe da cidade eu recomendo o Choupana ($$$$ próximo ao centro), a Peixaria Bom Gosto ($$$ e longe do centro) e Bom Prato ($$ longe do centro) * Aos fins de semana, tem os cafés regionais ao longo da Av. Torquato Tapajós (final da Avenida, pra lá do bairro Santa Etelvina. Tem de cafés caros a cafés baratos * Nos fins de semana, ao longo da BR 174 existem vários balneários onde se paga valor por pessoa ou por carro, varia entre 5 a 10 reais. Se alugar um carro é só pegar a estrada e escolher. [/Mostrar-Esconder * Dicas de passeios: Bosque da ciência (fecha para visitação na segunda feira e no intervalo do almoço), Museu do Índio (Av. Duque de Caixas próximo ao centro) e parque do mindu (tem café da manhã e trilhas) * A partir de Abril os bois bumbás Caprichoso e Garantido fazem seus ensaios todos os sábados no Sambódromo, alternando entre Curral do Boi Garantido (Vermelho) e Bar do Boi Caprichoso (azul, lindo! lindo!) * O Hotel Tropical promove um show temático com os Bois Bumbás às quartas-feiras à noite. Ah também é legal conferir o deck e a praia do Tropical Business, entrada gratuita, com um visual legal e um por-do-sol lindo ! E pra gostaria de conhecer a noite manauara... a Avenida do Turismo tem várias opções dentre barzinhos e casas noturnas: pra quem gosta de reggae tem o Ton Biz (R$ 10), pra que curte forró )Forró do Bagaça e Cabana's Hall pra que curte um rock, Porão do Alemão, local tradicional, o melhos fin de noite, na estrada da ponta negra (R$ 10 e um chops de cortezia). Outra dica boa é a Cahaçaria do Dedé, local agradável, bom pra beber um chop, lanchar um pastel (delícia) ou jantar e para um bom bate-papo( Parque 10 ou Shoping Manauara) e o valor depende do pedido (valor dopastel de 5 a 12 reais). * ]
×
×
  • Criar Novo...