Ir para conteúdo

George Leonardo

Membros
  • Total de itens

    308
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que George Leonardo postou

  1. Certo, você é desses então hahaha. Entendi então. Posta umas fotos ai que quero ver o que você vai inventar!
  2. fedalberto, Olha, depende muito do que você procura, se você ler o início desse tópico talvez mate algumas dúvidas. Você tem alguma idéia de valor que pretende gastar? Qualidade? Eu passei 30 dias (Bolívia, Peru e Chile) com a minha namorada usando uma Deuter Futura PRO 42L e foi ótima. Qualquer coisa é só falar!
  3. Antagu, Eu não tenho essa espiriteira, mas acredito que no mínimo vai prejudicar o funcionamento se colocar diretamente sobre os buracos (isso se não tampar e apagar o fogo é claro). Mas de qualquer forma você quer usar sem o suporte por qual razão? Peso??
  4. Po galera, muito triste mesmo esses relatos sobre as botas. Eu tenho uma Freeland, que nem era pra ser muito resistente assim e nunca entrou água, já enfiei o pé em rio e sempre ficou bem seco. Só agora que tive um pequeno problema com as costuras mas que já está sendo resolvido pela Nômade. Acredito que deve ter acontecido algum problema em alguma linha ou algo assim. É realmente estranho.
  5. Olha, é a aquela velha história de que o melhor é você ir na loja e provar, ver o que melhor vai se adptar e etc. O tamanho depende também se você pretende fazer muitas compras e coisas assim na viagem. Minha namorada passou um mês comigo Bolívia/Peru/Chile com uma Deuter Futura PRO 42L e foi tranquilo. Depende também do seu roteiro, por que tipo de lugares você vai passar (pegar uma estrada de barro com uma mala de rodinhas não seria o ideal certo?). Acho que vale a pena você levantar todas essas coisas antes e ai começar a pesquisar a mochila, mesmo sendo bastante coisa pra ler, vale a pena, responde muitas dúvidas! Espero ter ajudado!
  6. @fabiomon Opa! Muito obrigado, ligarei lá sim. Obrigado pela atenção.
  7. Beleza então LiCo, vou mandar pra lá, vamos ver o que vai rolar! Vaaleo!
  8. Pois é, mas ida e volta da R$30 mangos, Será que vai ser tranquilo para eles arrumarem isso na garantia?
  9. Opa! Então, eu comprei minha T2i a uns 5 meses na Bolívia, me custou U$900 com a 18-55. Comprei essa semana também a 55m 1.8 (gostei muito). Enfim, se eu fosse você pegaria a 18-55 de alguma forma, pois ficar sem uma lente com um ângulo grande é meio complicado, tem cenas que você não consegue clicar. Mas é claro que tudo depende do tipo de fotografia que você vai fazer, o que gosta e etc. Acho a questão é entre a 50mm e a 55-250!
  10. Sim, pensei em levar lá, mas fica um tanto longe da minha casa, e meu horário é complicado para ir lá... ):
  11. Eai galera, tudo certo? Po, faz um bom tempo que eu não participo do fórum, as coisas estão bem corridas por aqui ãã2::'> Mas enfim, estive fazendo um trekking semana passada, estava com minha Nômade Freeland, e no começo da coisa acabei percebendo que ela estava abrindo na lateral e em outras partes. Eu realmente não sei o que aconteceu, usei a bota somente nos 5 trekkings que fiz desde que comprei, não uso ela no dia a dia nem nada, e ela acabou com esse problema. Contatei a Nômade e eles me informaram que eu deveria envia-la para a fábrica deles, mas li na garantia que a mesma não valeria se fosse por desgaste na costura. Então estou meio assim de mandar a bota para eles, pagar correio e etc para depois falarem que não vai cobrir a garantia. Então estou postando algumas fotos aqui para vocês darem uma olhada e me dizer se vale a pena mesmo mandar pra lá. Eu realmente acredito que não pode ser por uso, pois eu realmente usei muuuito pouco, o tempo de vida dela não pode ser só isso certo? Quem já me conhece sabe como eu sempre gostei e falei bem das botas Nômade (tem até post de fotos dela haha botas-nomade-pelo-mundo-afora-t53781.html ). Sendo assim espero que isso se resolva.
  12. Quero só ver... vou acabar dormindo o aeroporto mesmo, é o jeito hehehe
  13. Como vou com a minha namorada vamos de carro. Da hidrelétrica até Águas Calientes precisa ir pelos trilhos? Da para pegar o trem? Como já disse, vou com a minha namorada, seria melhor ir de trem hehehe.
  14. Eai galera! Então, resolvi fazer esse relato da minha segunda vez no Pico Paraná para caso alguém tenha alguma dúvida do restante do trajeto. Os relatos da galera me ajudaram bastante a tirar várias dúvidas, então acho que de alguma coisa vai servir. É um relato com muitas fotos, tentei ilustrar da melhor maneira possível. A trip foi há algum tempo já, coisa de 1 mês (subimos em um final de semana de junho) mas estou começando esse relato só agora pois meu mochilão pela América do Sul e meus três empregos estão me tomando tempo ãã2::'> Só esclarecendo, no primeiro relato eu falo que ficamos no A1, mas acabei descobrindo depois que esse era na verdade o A2 :'> .Sem mais delongas vamos lá. Já estava pensando em fazer novamente o PP desde a última vez que desci dele (Pico Paraná - Abril 2011). Como meu amigo Caetano tinha entrado no exército, estava cheio da vibe da mata e tal e topou fácil. Quem se candidatou também foi o Flavio (vide Pako), que estuda e trabalha comigo. Eu já tinha noção do caminho, o Caetano estava com um bom preparo físico devido ao exército, agora o Pako... Sexta-feira o Pako veio aqui para casa para arrumarmos as mochilas. O Caetano deixou a dele aqui e seus equips também e eu acabei arrumando tudo. Checklist Segue também algumas fotos mais próximas do nosso checklist. Não estava com todas as coisas ai (faltava algumas coisas do Pako e do Caetano) mas já da uma idéia do que levamos. Acho que ajuda um pouco [picasa]http://picasaweb.google.com/101773696187215718091/Checklist#[/picasa] Alimentação - 4 Pct. Miojo - 12 Barrinhas cereais - Bisnaguinhas com Nutella - 3 Pct. Bolacha - Queijo Provolone - Queijo Mussarela Ralado - Bacon Picado - Linguiça Picada - Seleta Milho/Ervilha - Molho Tomate - Chá (pacotinho) - Queijo Parmesão Ralado - Orégano - Açúcar - Pct Massa Rapi10 (acho que é assim, mas pode ser pão sírio ou derivados) - 2 Pct Suco em pó (não fizemos) - 1 Pct (Sopa com macarrão) - 1 Barra Chocolate - 3 Bombons Lembrando que isso foi comida para três pessoas. Não sobrou nada, apenas os 2 pct. de suco. Como tínhamos prova no sábado e a trip precisava ser nesse final de semana acabamos saindo tarde. Acho que nunca tinha feito uma prova tão rápida. A ansiedade tava grande. Assim que saí já encontrei o Pako e o Caetano estava esperando a gente no estacionamento. Embarcamos rumo a fazenda. Chegamos por volta do meio-dia (sim, bem tarde). Arrumar tudo, abastecemos os reservatórios e comemos uns sandubas que eu havia preparado para o almoço. Quando pergunto para o Caetano onde está o cartão da máquina... Ele esqueceu, então ao invés de fotos com uma Nikon D90, acabamos tirando fotos com a minha Cybershot 6.0 (ainda bem que levei). Iniciamos a caminhada por volta das 13hrs (sim, bem bem tarde!) Ajustes finais Pako, o verdadeiro mochileiro Nem preciso dizer o quanto aquela imagem do Pako era engraçado pra mim. Parecia um farofeiro, eu já tava imaginando quanto tempo levaria para ele pedir pinico! Acho que deu uns 20min de subida e ele sentou de vez. Depois de umas 10 paradas essa foi a mais demorada. Eu e o Caetano na pressa, querendo andar rápido e ele lá morrendo Chegamos a vários desabafos, de como ele ia parar de fumar, começar a fazer exercício e etc. Quase desistiu e foi dormir no carro, mas enchemos tanto que fizemos ele levantar. E começou a minha bela frase que duraria o resto da trip "estamos quase chegando". Foi só assim para fazer ele andar até a primeira parte que rolou um visual. Acho que aquilo deu um ânimo nele e ai fomos embora, em um bom rítimo até. Eu, Caetano e Pako. Paradinha para descançar. Eu já tinha curtido aquele visual antes. (Claro que é algo que vale a pena mesmo se estivesse subindo pela 10º vez) Mas para os dois era a primeira vez, então estavam na pira! Logo mais chegamos na divida do Pico do Paraná com o Caratuva. Partimos para o PP é claro. "Fod... " Um pouco depois chegamos na parte da mata, onde se tem um bom pedaço de trilha em mata fechada. Primeiros grampos (Eles ainda não sabiam o que seriam os verdadeiros grampos ) E continuam por pedras e galhos Primeira queda do caetano, nem preciso dizer que a gente tava na metade do caminho e já estava começando a escurecer... A neblina tava pegando também! Apartir dai não temos mais fotos até o outros dia. Escureceu bem rápido, e a chuve veio que veio. Headlamps na cabeça, Anorak vestido e vambora (Pako não tinha nenhum dos dois ) O pako só estava se fodendo, com uma lanterninha mini, ele ia no meio da gente guiado pelas nossas lanternas. Quem já foi pro PP sabes como é o quando estamos quase no A2. Essa trilhas é complicada, subidas e descidas sinistras, bem irregulares e com bastante lama por causa da chuva. Foi complicado, confesso. Só dava para ver a sombra monstruosa do PP entre a neblina. Adrenalina a mil, foi um tesão! Quando chegamos aos grampos, hahahhaha, eu já sabia o que tinha pela frente então tava tranquilo, mas posso dizer que para o Caetano e o Pako foi um choque Enquanto subíamos aquele negócio na escuridão e na chuva, eu falava com o Pako e ele simplesmente não respondia, só ia subindo. Acho que ele nem tava mais ali, foi só no instinto/medo que ele subiu. Depois de mais 1h de caminhada finalmente chegamos no A2, posso dizer que essa 1h foi foda, parecia que nunca ia chegar, eu também senti essa parte, tava morto já. Quando vi já estávamos no A2, dei de cara com umas barracas e uma galera. Dei boa noite para eles e não responderam, achei estranho. Tudo bem que chegar três locos lá de noite deve assustar, mas... Simplesmente eu não consegui ver NADA além de 1, 2m na minha frente. Eu já conhecia o A2 e não conseguia me localizar. Ficamos andando um tempo ainda até achar o lugar para as barracas, tinha bastante gente lá naquele dia. Finalmente encontrar um lugarzinho e começamos a montar as barracas, debaixo de chuva. Como tinha para o exercício começou a bater o frio, e QUE FRIO!! PP no inverno com chuva é complicado. Montei minha barraca, e tinha algo errado, eu não sei o que eu fiz, aquela porra toda escura e eu ali me batendo com a barraca. Acabei montando ela meio errada mesmo e fui pra dentro. Tudo molhada. Minha calça e 2º pele encharcadas. Um frio siniiistro. O mais foda foi que minha bota molhou dentro. Acho que foi da água que escorria pela calça seilá. Mas isso foi foda. Como a barraca que o Pako levou era grande (não lembro a marca, mas era tipo 4 pessoas) decidimos fazer a janta lá dentro mesmo. Troquei de roupa, coloquei meu chinelo e fui pra barraca deles. Foi tranquilo, ligamos o fogareiro lá dentro mesmo, sabíamos do risco mas era impossível fazer de outra forma. Tava de boa, até que o pako foi pegar a panela para servir um prato e derrubou um pouco (tenho um cabo daqueles da Quechua, um lixo. Nunca segura direito!). Zoei ele um pouco e quando fui pegar derramei quase toda a panela no chão da barraca. Meu deus eu não sabia se era de tristeza ou a cena do Pako, que invés de juntar a parada e colocar na panela, no mesmo instante que caiu ele começou a comer o macarrão do chão mesmo porra a gente tava com muita fome, fazia tempo que eu não ria tanto. Depois de comer fui pra minha barraca e morri. Era umas 2hrs e eu acordei. FRIO Nem tenho o que dizer, tava frio demais, eu tava com um calça fleece, 2 meias, casaco fleece, 2 camisas e meu saco de dormir da T&R (acho que 4º) e acordei com frio. Tentei me esquentar e não dava. Conseguir dormir mais um pouco mais fui acordando de poucos em poucos. Foram -2º aquela noite. Tinha colocado o despertador para 5:30. Queria poder levantar, comer alguma coisa e ficar vendo o sol nascer. Nada feito. Tava impossível de sair da barraca, era muito tenso. Frio mesmo. Acabei desistindo. Não sei ao certo que horas eram quando eu levantei, devia ser por volta das 8hrs. Era possível sair da barraca já e tinha um bom sol. Quando abri minha barraca só gritei para eles: "vocês tão perdendo". A visão do A2 é realmente irada! Comemos algo rápido e partimos rumo ao cume. Estava meio tarde e teríamos que nos agilizar. Visão do A2 (nossas barracas são das da direita_ A visão que rola subindo o PP é animal também, vale cada esforço! Cume do PP coberto pelas nuvens, nosso destino Só visual foda Realmente queria saber como essa rocha parou ali assim Eu curtindo a brisa Esses são uns grampos quase chegando no cume O que ajudou muito foram essas plantinhas! Como não estávamos com forças para ir até a água do A2 subimos com pouca, e essa foi uma ótima maneira de economizar! Continua o caminho ao cume Pako e Caetano Cruzamos um pessoal na subida, tinham acampado lá no cume, e se arrependido! Falaram que o frio tinha sido sinistro, e que algumas barracas congelaram por fora. Depois de aproximadamente 1h de subida CHEGAMOS! Estava uma neblina sinistra na hora. Mas de vez em quando ela passava e aí era só alegria! O visual é sem palavras, só indo até lá mesmo para saber, é algo que não envolver somente a visão, tem algo a mais. O registro de nós três no cume Assinamos o belo livro/caderno do cume, ficamos um tempo por lá curtindo e depois partimos Logo chegamos ao acampamento e resolvemos fazer o almoço. Eu e o Caetano fomos pegar água pois o reservatório havia acabado, aproveitamos e lavamos a louça também, mas só pensávamos em uma coisa: Pizzas! Nada como um prato bem feito em uma trip assim Desorganização da minha barraca (e ele toda torta por estar montada errada) Tentativa fracassada de secar a roupa Pako feliz por estar comido Lariiica Como havia acabado quase todos os condimento para o recheio, acabamos colocando o que tinha sobrado de chocolate Após isso ajeitamos todas as coisas, e partimos rumo a fazenda. E enquanto isso o Caetano ia caindo... Agora pegamos algumas fotos da trilha perto do A2, imagina isso na escuridão e com chuva E os belos grampos, a parte mais legal da trip hahaha. Pako tenso na descida Os grampos não são difíceis de passar, parece tenso até nas fotos, mas é tranquilo! Voltando.. Carregando a água Parte da volta De repente chegamos a uma parte e o sol começou a entrar na mata. Estava tudo frio e úmido, aquele sol foi tudo de bom Pako: Falta muito? Muita lama, estávamos sujos pra caralho! Chegamos a uma parte, deveria faltar em torno de 2hrs para chegar a fazenda. Era meio tarde e resolver esperar pelo pôr do sol já que não tínhamos visto o nascer. Fizemos aquela sopa, que caiu muito bem! Ali estava um sol legal, e deu para tirar as roupas e meias e deixar secar um pouco. Logo o céu ficou irado! Sabe aquelas fotos, tipo pegando o sol?? Sei E assim começamos a descer, visual irado e logo começou a ficar noite. E que noite! O céu estava ANIMAL. Muitas estrelhas mesmo, pena que não deu nenhuma foto. (ah a D90 agora) É isso ai, espero que esclareça como é a trip para alguém. Qualquer coisa é só perguntar! Escrevi esse relato bem rápido, então qualquer erro me desculpem hehehe.
  15. No Brasil não compensa, jamais hehehe. Estou tentando achar preços em La Paz, mas ta complicado
  16. Po, é uma grana de taxi hein! Achei que seria mais barato. Vou ver o esquema do taxi para volta mesmo só então, já que até que tenho bastante tempo para chegar até lá. Alguém sabe me dizer se em La Paz encontro preços legais para maquinas fotográficas?
  17. Será que um taxi até lá fica muito cara? Sabe me dizer aprox. o valor?
  18. Hm, acho que vou fazer isso então! Muito obrigado pela ajuda!
  19. Acho que vou arriscar ir no Shopping del Sol, se não tiver vou procurar em La Paz mesmo...
  20. A minha Aircontact PRO tem abertura em U. Seria isso a abertura ventral??
  21. Eu estou indo em julho agora também e to pensando em alugar um carro para ir de Cusco até a Hidrelétrica, alguém ai afim de dividir??? hehehe
  22. Certo, e teria um local mais indicado para eu ver isso? Como vou ter pouco tempo precisaria entrar na loja rapidão, comprar e ir embora. Se não tiver na primeira loja vai ser um problema...
  23. roddfont, Opa, tranquilo? Então, eu tenho uma Deuter e é como você já deve ter lido bastante, são mochilas ótimas! Antes de comprar a minha eu dei uma olhada em umas Curtlo e olha, se você poder pagar a diferença, vai de Deuter. Os ajustes e os detalhes da mochila é que fazem a diferença! Oirã, É o que eu falei acima, se você tiver como investir uma grana maior, vale a pena. Eu gastei uma grana com minha primeira mochila, coisa de R$500,00, e me arrependo de não ter comprado direto uma melhor, como falei tudo depende da sua situação financeira, mas acredito que é um investimento a longo prazo. Quanto aos materiais eu não sei dizer com muita certeza, mas acho que são materiais similares sim, só que com algumas modificações feitas pela fabricante, isso vale dar uma pesquisada maior, até mesmo no sites deles deve ter alguma explicação.
  24. pois é, por isso gostaria de estar 8:30 na frente da loja, pra comprar muito rapido e ja ir embora hehehe. sabe me se tem alguma mais especializada em fotografia??
×
×
  • Criar Novo...