Ir para conteúdo

De andrade

Membros
  • Total de itens

    12
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre De andrade

  • Data de Nascimento 28-08-1983

Bio

  • Ocupação
    Professor

Outras informações

  1. Cara... ta linda essa viagem, confesso q fiquei com inveja hem ehehe, mas pode deixar q eu mato esta vontade... não se se nas fperias de Janeiro eu consigo... fazer obra é F... então, acho q ficará pra janeiro de 2012. sem adiar... de qualquer forma vou acompanhando os relatos seus por aki. vai colocando as dicas geral hem, estadia, problemas, alimentação e tal... fui pra argentina com muitas ideias suas. vlw, boa viagem e divirta-se hem.. PS. quando tiver um tempinho visita o meu. ta inacabado, mas ficou bem. www.rotacasalviajante.blogspot.com
  2. cara... será uma viajem sensacional.... mas tem q ter alguns cuidados... tive lá em janeiro desde ano. estava preocupado com o dinheiro, por fim acabei conseguindo viajar tranquilo e deixa eu contar as surpresas.. primeiro lugar são as quilometragens... cara.. pasar de 500 km em 1 dia é coisa pra caraca... não pra um dia só, mas pra uma viagem de 20 dias, eu achei cansativo dirigir masi de 8 horas ao dia... e não tem essa de andar a 100 km/h que o gps mostra a velocidade real... vc está a 90 bah. que broxante. coloqeu as paras pra comer. descansar, abastecer. cada uma delas, vai uns 15 minutos sem perceber... as paradas pra foto... emfim vc anda pra caraca e nunca chega. recomendo recalcular essa ´médias de quilometragem diária... 50 é de bom tamanho... ou então não curtirão lugar nenhum. Em relãção a grana... deixa sempre um reserva.. imprevistos acontecem, esteja sempre preparado.. sei lá, atrase as contas da casa um mês e leve o $$$ com vc. se tudo der serto, quando voltar. pague tudo ehehhe. a gasosa argentina (nafta) é mais barata, mas consome muuuuuito mais. minha Fazer 250 foi fazendo uns 27 a 28 km por litro. na argentina, caiu pra 20. isso significa menos autonimia de viagem. então fiqeu atento aos postos. pois menos no sol do Brasil, andei quase 100 km a procura de um posto. foi a reserva da reserva neh. PS. suba o valor do combustível, já que até lá a inflação sobe neh... calcule tudo por cima. nada por baixo. deixa sobrar do qeu faltar. pra vc que sai de Sp, a alimetação e a estadia tente a ser masi barata... mas por ser q vc precise ficar em algun lugar mais caro e... sei lá neh. tenha sempre um plano B. e, relação a dinheiro, eu ativei a REDE Plus no meu cartão visa (agora é cielo). Vê se o seu tem um símbolo escrito Plus atraz dele, se tiver, leve pro seu gerente ativar e vc faz saques nos caixas eletrônicos do exterior. melhor q andar com muito dinheiro. paga-se uma taxa de uns 8 reis por saque e já faz o cambio da moeda local pro real na hora. em relação a onde conhecer... cara. depende dos gostos. só recomendo evitar cidades pequenas, pois não se tem nada. o interior argentino é muito precário mesmo. procure as cidades maiores e mais famosas. mesmo sabendo que tem lugares lindos no meio do nada. vá pesquisando na internet e vá traçando seu caminho. será inesquecível. em janeiro fui pra buenos aires. passei uns 8 disa na argentina e não gostei muito, já no Uruguai... soi excelente heheeh. pretendo ir a matchu pitcuh ou chile, ou quem sabe nos dois em janeiro de 2010, mas ainda não to planejando senão eu fico nervoso. melhor deixar pra uns 4 meses antes. conforme surgirem dúvidas. vá perguntando a q gente ajuda dentro do possível
  3. pow, estive lá agora, em janeiro de 2010 e como o pessal destaca, a policia é sinistra mesmo. comigo foi o famoso kit de primeiro socorros e quando a minha companheira estava pilotando, madaram ela parar e veio outro policial dizendo q ela estava ultrapassando pela direita.... tivemos q usam a mandunga carioca, mas afim... o buquebus é vantágem no tempo de viagem, desde que os embarques sejam em bons horários. eu vinha de buenos pra colonia e só teria vaga um q saia 11 da noite, e chegaria lá pelas 2 da mnhã... fala sério... isso tudo dentro de dois dias. no horário melhor, só em 3 dias... resolvi segui pela estrada e a primeira aduana continua fechada por questões principalmente políticas. então tem uns 300 km a mais. o desgaste físico e a alimentação. sem contar que a nafta uruguai é bem mais cara que a argentina... aí a escolha fica com vc.
  4. Pow... rolou tudo quase sem problemas e vou deixar aki as dicas da primeira vez fora do brasil... e de moto. Fui por Foz do Iguaçu, a aduana é meia chata, fila e tal. mas foi sem problemas. Inicialmente fui a Puerto Iguazu de noite pra curtir umas baladas e passei com meu RG de 1996 sem problemas. Depois voltei muito bêbado de vinho ruim e passei de novo pela aduana sem problemas. Então vi que daria tudo certo. Fui numa corretora na rodovia que liga Cascavel a foz, uns 10 km antes de foz, tem a Magna corretora q fica num posto e faz pra um monte de caminhoneiros. Saiu por R$ 100,00 por 15 dias (atenção, eles não fazem para motos 125). No dia seguinte arrumei as malas e parti, passei na aduana. Desta vez, como ia mais longe, me mandaram preencher um formulário e tal. Nada d+. montei na moto e segui viagem. O pior ainda estava por vir. A policia é d+. me pediram kit de primeiro socorros. Minha esposa estava pilotando e parou no acostamento e eles vieram alegando que ela estava ultrapassando... coisas assim. Me pararam 6 vezes na argentina. Fui de foz a Buenos Aires. To criando um blog pra contar tudo como foi. Depois eu posto o endereço. fui
  5. Gente, tudo que é novo costuma assustar. claro que temos que ter alguns receios em relação à Dafra. tem relatos de gente que se eu mal e relatos de gente q não tem nada a reclamar. (bem mais daqueles que reclamam). enfim a Dafra nunca veio de algo grande, ela é e certa forma,neste setor de grandes vendedores uma bebezinha, então vai errar um pouco até acertar, o que não pode é permanecer no erro ehhhe, mas enfim, vamos onde eu queria chagar... Já tive uma kasinski e meu desespero com aquela moto era manutenção. só uma autorizada no RJ e na ultima vez que levei minha moto neles, o mecânico me levou pro setor de vendas e me aconselhou uma nova, eu relutei e disse que não tinha dinheiro pra isso, e ele me disse que se eu naum provasse que tinha pelo menos R$ 2000,00, isso mesmo, dois mil na mão, ele nem mexeria na minha moto. saí de lá puto da vida neh... a experiencia com marcas "pequenas" naum foi muito boa. Tempos depois comprei a minha atual Yamaha fazer 250 (depois da mulher me encher o saco dizendo que seríamos roubados, não comprei Honda) e achei q assim minhas dores de cabeça com manutenção tinham acabado, engano meu. Com uma grande loja em angra dos Reis, os caras só queriam vender, vender e vender, minha moto veio bebendo certa de 18 km/l, absurdo, falei com eles na revisão dos 1000 eles disseram que resolveriam... tirei da revisão, ficou boa e uns 1000 km depois voltou tudo de novo, o mecânica me disse que era chuva, que eu não poderia molhar a moto... vê se pode... e me enrolou até a revisão dos 5.000 onde o problema permaneceu. depois de deixar a moto com eles uns 3 dias, finalmente o imbecil descobriu o problema, que era no sensor de temperatura que estava funcionando em parte, ele marcava a temperatura... mas nunca de alterava, então, pra injeção, a moto estava sempre fria e ele injetava mais gasolina pra ela esquentar... e nisso foram quase 6000 km pra resolver e ainda me fez pagar por uma verificação... quando ele descobriu o problema que eu falei com ele que a moto tava na garantia ele riu pra mim. perguntei se ele me fez de trouxa... o FDP ainda riu dando a entender que sim... pela felicidade da moto estar funcionando perfeitamente, larguei pra lá e nunca mais voltei na loja... Enfim, comprar moto... tem q contar um pouco com a sorte tb. infelizmente é verdade... quando a cilindrada... acredito que qualquer moto vai em qualquer lugar... agora, não é qualquer motociclista que aguenta ir em qualquer lugar. já viajei muito de 125, mais de 900 km em 1 dia, mas cansa muito... tenho muuuuuito mais conforto em uma 250.. se for de 125, vá com calma e paciencia que vc chega
  6. Pow... vlw pelas dicas... ajuda bastante. Por enquanto, esta tudo certo. Em relação ao segura carta verde achei, que o da moto já cobriria, mas descobri q naum, tenho q fazer mais um... paciência neh eheheh. Em relação ao Rg fiquei preocupado agora. O meu tem ais de 10 anos... tava com cara de moleque... (ainda sou neh).... e o da dona encrenca ela tinha a cabeça praticamente raspada. Hoje ela está com maior cabelão... putz tenho q ver se consigo outra via até o final de ano.... em relação a autorização da financeira, já providenciei tudo. Em relação ao roteiro eu vou traçando algumas cidade por aki, mas fazer amizade é comigo mesmo. Sempre que viajo, seja pra onde for, trago de volta algum e-mail, orkut, msn, algo assim... praticamente toda parada to batendo papo com alguém ehhee. Vou fechando o roteiro aki e confirme surgir dúvidas... eu te pergunto... espero q possa fazer esta proeza em janeiro. Tomara q tudo dê certo eheheh. Fui e conte as novidades hem. Bjs e + bjs
  7. Amigo, este tópico está ótimo, pretendo fazer esta viagem em janeiro de 2010aproveitando as férias. Realmente estou com dúvidas em relação a documentação, me parece que só a carteira de identidade serve para entrar na Argentina, mas em relação a pilotar a moto, a CNH brasileira serve lá tb ou eu tenho que providenciar aquela permissão internacional? Pretendo ir de Foz do Iguaçu até Buenos Aires, mandem dicas de lugares para visitar, preciso muito fazer intercambio cultural. Então preciso de lugares com pessoas bem a vontade, bem na paz, tipo Paraty- RJ.e me fazem de todas as precação que tenho que tomar?
  8. Nossa!!! o pedágio, vlw china, havia esquecido dele nos meus planos. q bobeira, meio lógico hem. mas acho q naum pagarei muitos... ou sei lá pq fujo da dutra e parte da regir bitencourt. Pelo menos nos meus planos de ida, saio de Angra dos Reis, litoral do RJ e vou até peruíbe - SP beirando o mar e pelo que me consta naum pegarei pedágio por lá, mas especificamente em Cajatí, na divisa com PR, que custa R$: 0,75 só mesmo quanto tiver lá pelo paraná que eu naum sei exatamente onde tem, afinal a rio santos está livre de pedágios e de certa forma eu a considero uma estrada boa e com uma paisagem sem igual neh, mas vamos ver. o que vai valer é a experiência que essa será o meu teste para ir até machu pichu que eu tanto arrumo porblema pra fazer. cada ano é uma desculpa diferente, mas agora... de 2010 não pode passar, senão....
  9. Caro pado, planejar é fundamental para uma boa viagem, seja ela longa ou curta. em relação as motos, sou a favor daquela teoria que diz que qualquer moto chega em qualquer lugar. tenho um amigo de Salvador que veio de lá até o Rio em uma Pop 100. tendo bunda e tocada, se vai a qualquer lugar. Já viajei muito de 125 (cheguei a andar 1000 km em um dia viajando) e hoje ando em uma fazer 250 que me satisfaz em tudo, principalmente em naum mudar marcha, nem em serras eheheh. mas enfim, eu pretendo fazer Peru em 2010 por grana mesmo, e se Deus quiser eu vou pra foz do iguaçu nas férias de final de ano, será a primeira vez fora do sudeste e pelo que planejo será no esquema de planejar a ida e deixar várias possíveis voltas. se tiver afim, mantenha contato
  10. ual hem.... vc naum tem muitas dúvidas naum hem ehhehe, mas vamos lá no que eu posso ajudar com vc. pretendof azer essa viagem tb, sou do rj, mas naum acredito em fazê-la mais pra frente... tipo final de 2010. Tem muita coisa bonita do Brasil para eu conhecer. pretendo ir a Foz do iguaço nas férias de final de ano. assim eu tenho intimdade presencial com a fronteira, e depois se sobrar tempo ou dinheiro, ainda pretendo ir à Bonito MS... com essa missões concluídas, certamente a próxima será Atacama ou Matchu Pitchu. Mas vamos ao q interessa. roteiro vc faz fácil pela internet, naum tente esticar muito. tipo q já viajei mais de 1000 km em um dia e naum recomendo isso. pois no outro vc naum guenta nada. então veja um tempo médio de viajem q vc possa chegar e sair de todas as cidades de dia e com tranquilidade. aí trace seu roteiro dentro das cidades prediletas. a internet ajuda nisso pra caramba. terá rotas mais pertas, mas um desvio pra uma paisagem melhor naum custa nada neh. documentação, lógico, a sua, da moto, dizem q naum pedem mais permição internacional... mas se tiver, melhor, cartão de vacina é bom. se a moto for financiada ou de terceiros, autorização pra viagens internacionais e... melhor lugar pra se informar são nas embaixdas dos países de destino, ligue pra eles q eles te informam e cuidados com as taxas... vc pode pagar na embaixada e quando chegar lá eles cobrar de novo. o clima, amigo. os paises são do sul do planeja... então, estremos na mesma estação do ano. o q irá variar bem é a altitude neh... aí faz mais frio, por isso leve tudo e ao mesmo tempo, o mínimo possível... dilema pra quem está em cima de uma moto neh. enfim... é coisa pra caramba neh. mas o resultado, vale a pena. naum precisa nem dizer em revisar a moto, peneu, relação, vela, filtros, fluídos e coisas de desgastes maiores neh. mas boa sorte, conte como foi a sua e q tb vou nessa. quem sabe o prefeito naum dê aquela gratificação q ele ta devendo e eu faço tudo de uma vez no final do ano.... sonhar naum custa nada
  11. Pow. que bom q posso travessar por lá. até pq estou enjoado da RJ 155, Angra - Barra Mansa, para escapar do litoral. mas essa questão de asfaltamento é antiga... mas me parece que vão colocar paralelepípedo por enquanto... daqui a uns 15 anos eles chegam com o asfalto eheheh será bom pra facilitar o acesso a Paraty e ruim pq perde a aventura. Mas a próxima escapada certamente será por cunha.. até pq eu comi um pastelzinho frito naquela estrada q naum equeço mais.. ehehe
  12. Pow. o pior é que eu moro bem pperto e fico com preguiça dessa aventura... a estrada é show, mas depois ds chuvas de janeiro fiquei com medo de saber como está a estrada... é bom saber. na próxima viagem, vou me aventurar por ela que pra mim é a melhor opção pra sair do litoral
×
×
  • Criar Novo...