Ir para conteúdo

clarissamc

Colaboradores
  • Total de itens

    41
  • Registro em

  • Última visita

Posts postados por clarissamc

  1. Olá Grazi,

     

    Eu fiz tudo a pé. A cidade é pequena e os pontos para visitar são pertos. Eu, particularmente, adoro caminhar pelas cidade, porque só assim, se conhece ela por inteiro. Se vc preferir o passeio de Barco (recomendo), o ponto para pegá-lo é bem no centro da cidade e para ir aos Alpes, vc pode pegar um trem na estação que tbm fica bem no centro ;)

     

    Como são cidades medievais, não há necessidade de alugar carro, até porque no centro da cidade há poucas ruas para carros.

     

    abraços,

  2. Olá.

     

    Interlaken é um lugar muito bonito. Serve, muito vezes, de base para os passeios pelos Alpes. De Interlaken vc pode visitar outras cidades como Berna (20min de trem); Lausanne e montreux (1h de trem), Genebra (1h30m de trem) entre outras! Visitar o Top of Europe é D+! Aproveite a oportunidad

  3. Olá Grazi,

     

    Eu não falo Alemão, apenas inglês. Mas na Suíça todos falam inglês muito bem! ;)

    Quando fui a Luzern o tempo não estava muito bom, então não deu para visitar a montanha. Mas estou louca para voltar e visitar!

     

    Este é o site da montanha: http://www.pilatus.ch

    Lá tem todas as informações sobre os passeios!

     

    Abraços.

  4. Poucas cidades são capazes de inspirar sonhos em pessoas de tantos lugares. Veneza é uma das cidades símbolos do romantismo que continua a mesma desde a idade média: canais cortados por pontes em arco, gôndolas deslizando pelas águas e palácios medievais formando um conjunto sem igual. Veneza é pequena, na verdade uma ilha de uma lagoa - Lagoa de Veneza - a qual está separada do mar Adriático por um istmo. É um lugar para esquecer carros e ônibus - eles não circulam em Veneza – somente a pé, ou então no tradicional ônibus fluvial, o Vaporetto. Quando viajo, gosto de conhecer a cidade caminhando, só assim consigo sentir o clima da cidade e das pessoas que moram nela. Usei o Vaporetto apenas uma vez para ir a Lido, uma das ilhas de Veneza. Foi uma experiência um tanto curiosa. Veneza em épocas de alta temporada turística pode estar um pouco “movimentada em excesso”. Por isso, se sua visita for durante a alta temporada turística esteja pronto para dividir as ruas e canais de Veneza com milhares de outras pessoas, bem como estar disposto a pagar 20 euros por uma simples pizza margherita. Como não tinha outra opção, viajei para Veneza em Julho, ou seja, alta temporada turística. Neste primeiro tópico sobre Veneza, vou dar algumas dicas importantes para começar a entender Veneza e planejar a sua viagem. Enjoy!

     

    1 - Hotel “bom, bonito e barato”: Hotel Alloggi Agli Artisti - http://www.agli-artisti-venezia.it/it/;

     

    2 – Prefira hotéis perto da estação de trem (caso você chegue pela estação), andar pelas ruelas de Veneza com malas não é muito agradável. Ou, opte pelo transporte por Vaporettos caso escolha hotéis perto da Piazza de San Marco;

     

    3 – Restaurantes pertos dos pontos turísticos são sempre mais caros. Caros mesmo!

     

    4 – Na Riva degli Schiavoni há ótimos restaurantes e não tão caros, sugiro!

     

    5- Nunca aceite a primeira proposta de um passeio de Gôndola. Tente conversar com o gondoleiro, na maioria das vezes, ele diminui muito o preço;

     

    6 - Se optar por utilizar os Vaporettos, compre o passe-dia ou compre o passo unitário em terra. Se comprar no barco, poderá pagar quase o dobro!

     

    7 – No verão, vá preparado com muito protetor solar e chapéus. Em Veneza tudo é possível!

     

    Fiquei apenas dois dias em Veneza (uma pena!), mas consegui visitar alguns pontos interessantes desta cidade tão diferente e maravilhosa da Europa.

     

     

    Primeiro ponto que todo mapa trás: Piazza San Marco.

    A Piazza de San Marco é o coração e alma de Veneza. Nesta praça acontece uma das cerimônias mais bonitas da cidade: o hasteamento da bandeira de Veneza, executada pelas tropas de Carabinieri em seus trajes típicos. Ao término da cerimônia o toque especial é dado pelas badaladas do sino da torre da Campanille, que fica bem ao lado (A ceirmônia ocorre perto das 7 horas da manhã). Dentre as quase 100 igrejas existentes na cidade, a Basílica de San Marco é a principal. Foi construída no ano 830, em estilo oriental, para abrigar os restos mortais de São Marcos, padroeiro de Veneza.

     

    20100715110404.JPG

     

    A Campanile di San Marco, é a construção mais alta de Veneza. A torre originalmente construída para servir de orientação às embarcações que se aproximavam da cidade, agora é o melhor ponto de observação de Veneza. Por 8 euros, pode-se pegar um elevador e subir até sua parte mais alta.

     

    20100715110536.JPG

     

    20100715110726.JPG

     

    Sair para caminhar pela cidade, visitando as igrejas e palácios é de irar o fôlego. Não é necessário estabelecer roteiros para percorrer Veneza, basta seguir em frente. Passando por ruelas, atravessando pontes, entrando em igrejas, restaurantes, lojas e em determinado momento chegará ao Grande Canal que corta Veneza ao meio, é a principal e mais larga via de trânsito na cidade, e ao longo de suas margens há ancoradouro para gôndolas, bem como para embarcações maiores.

     

    20100715110811.JPG

     

    A cidade também é cortada por pequenos canais e ruelas e através deles se pode chegar a qualquer ponto. Somente três pontes cruzam o Grande Canal, a Ponte Degli Scalzi, a famosa Ponte di Rialto e a Ponte de l'Accademia. Às margens do Grande Canal há palacetes dos séculos XVII e XVIII que contam com detalhes toda a história desta cidade. Um dos mais interessantes é o Palacio Ca'Rezzonico, com interior ricamente adornado. Outro ponto luxuoso de Veneza é Lido, a praia dos ricos e famosos, a pouca distância do centro.

     

    20100715110916.JPG

     

    Passear de gôndola e de Vaporetto, o ônibus de Veneza, é ótimo, mas também não perca a oportunidade de caminhar pela cidade. Saia sem destino e perca-se por aquelas estreitas ruazinhas que a gente nunca sabe exatamente aonde vão levar. Só assim pode-se sentir toda a beleza infinita deste lugar.

     

    Veneza é uma cidade inesquecível. Uma visita nunca é suficiente, e fica-se sempre com vontade de voltar e voltar....

     

    20100715111000.JPG

  5. Olá MARILIA MAGDA,

     

    De Linate para o centro de Milão tem ônibus particular até a Milano Centrale. O ticket custa 4 euros. São 15 minutinhos de viagem! ;)

     

    Abraços,

     

    Clarissa.

  6. Olá vimasore,

     

    Vc pode começar a visitar umas 9 da manhã. É um horários bom , pois todo o comércios e os museus estão abertos. Não esqueça de visitar o Estádio San Ciro! Eu não gosto muito de futebol, mas adorei a visita e o guia é brasileiro!

     

    Abraços,

     

    Clarissa.

  7. Oi Rodrigo Accioly,

     

    De Milão para Como é rapidinho. Uns 45 min de trem. Vc pode fazer bate e volta. Eu fiz isso na semana passada pela terceira vez. Adoro ir a Como quando estou em Milão! Aproveite! ;) O ticket vc compra na Milano Centrale. Tem sempre trens saindo para Como. Agora no verão, Como fica um pouco lotada, mas vc consegue aproveitar as belezas do local ;)

     

    Abraços,

     

    Clarissa

  8. Oi diogoacl,

     

    Desculpe pela demora para responder ;)

     

    1.) Dezembro, primeira quinzena, é muito frio? Neva nas regiões de Genebra e Interlaken?

    Sim, é frio. Não tanto quanto Janeiro. As temperaturas ficam entre 0 e 10 graus neste período. Em Genebra é muito difícil nevar, mas em Interlaken (uma região mais alta) é bem fácil nevar nesta época! Interlaken é a cidade que inicia o passeios aos Alpes!

     

    2.) Vi que alguns trens temáticos estão fechados nesta época - Novembro e inicio de Dezembro. É devido ao frio? Risco de avalanche ou algo assim?

    Não sei ao certo, mas provavelmente. E também porque este período é considero baixa temporada turística.

     

    3.) Você falou em compras. Irei viajar pela europa por 20 dias. Posso esperar para realizar compras de relógios, óculos e roupas em Genebra? OU melhor comprar em outras cidades da europa? O que realmente vale a pena comprar em Genebra? Tem alguma sugestão de site de lojas lá? Para eu pesquisar preços.

    Relógios com certeza! A Suiça tem ótimos relógios! Genebra tem muitas lojas internacionais e não achei muito caro. Mas, em outras cidades como Milão, achei um pouco mais barato (roupas). Mas relógios tem que ser na Suiça! São ótimos! Tem muitas lojas em Genebra, toda marca que vc imaginar, tem loja lá. ;)

     

    Espero que tenha ajudado em algo!

    Abraços

     

    Clarissa

  9. Neste domingo, decidi ir a Luzern (aproximadamente 1 hora de trem). Luzern é uma cidade maravilhosa, digna de cenário de cinema. A melhora maneira de conhecê-la é andando através das ruas, observando toda a beleza desse lugar paradisíaco. Há uma mistura de prédios modernos, com antigas construções históricas, que preservam a história que a cidade soube conservar.

     

    20100511035526.JPG

     

    Luzern recebe anualmente milhares de turistas e é ponto obrigatório para quem for para a Suíça. Começando a visita pela cidade, logo após desembarcar na estação de trem, pude observar o Centro de Convenções e Cultura de Luzern e logo mais a frente, o monumento à cidade.

     

    20100511035307.JPG

     

    Há lindas igrejas por toda a cidade.

     

    20100511035743.JPG

     

    20100511035832.JPG

     

    A antiga muralha - de 1386, e a ponte de madeira "Kappelbrücke" - de 1333. Dica: passear junto ao lago, sentar em algum banco e observar o vaivém dos turistas, os cisnes no lago e a visão espetacular dos Alpes. A Kappelbrücke - Ponte da Capela, antiga ponte de madeira, tem 204 metros de extensão sob o rio Reuss. Esta ponte é uma das mais antigas da Europa. Foi construída em 1333, com a finalidade de ajudar na defesa da cidade, e é considerada uma das principais atrações turísticas da Suíça. No interior da ponte, no alto, encontram-se 112 pinturas do século XVII, restauradas no princípio do século XX, que retratam a história da cidade. No meio da ponte há a Wasserturm - torre de água, que já foi prisão, câmara de tortura, torre de observação e arquivo municipal.

     

    20100511035932.JPG

     

    20100511040028.JPG

     

    O Löwendenkmal é um leão caído, esculpido numa parede de pedra natural, numa expressão de profunda tristeza. É uma homenagem aos mais de setecentos soldados suíços, que morreram defendendo Luís XVI, em 1792, em Tuileries, Paris.

     

    20100511040108.JPG

     

    Luzern é uma das cidades mais lindas que conheci! Um dia é suficiente para visitar toda a cidade.

    • Gostei! 1
  10. Oi Renata Toscano,

     

    Eu apenas passei o dia em Genebra. Eu moro em Bern (1:50 de trem). ;) Mas quando preciso me hospedar, sempre procuro pelo Ibis. É o famoso "bom, bonito e barato" Tbm podes procurar pelos Albergues, que são mais baratos.

     

    Abraços.

  11. Fui passar este final de semana em Milão. Adorei a cidade. Fui no sábado pela manhã (3h e meia de trem de Bern - Suiça) e voltei no domingo - final da tarde. A visita em Milão se iniciou pela Milano Centrale. Milano Centrale é a estação de trem de Milão e a arquitetura já chama a atenção. Nosso segundo ponto de visita foi a Piazza Duomo para conhecer a Igreja. É fantástica! É a terceira igreja mais conhecida do mundo. A noite ela fica mais linda, com toda a iluminação. O Teatro Scala estava em reforma, não conseguimos conhecê-lo. Ainda na Duomo, conhecemos a Galeria Vittorio Emanuelle II - 3 giros com o calcanhar fincado nos testículos de um touro - "porta fortuna". Seguindo a rua entre o Duomo e a Galeria, nós alcançamos a loja da Ferrari e o Quadrilátero da Moda, com lojas internacionais. Chega-se também à Pinacoteca di Brera (misto de escola de belas-artes e museu) onde visitamos uma exposição sobre o império romano e a dinastia chinesa. Em seguida, fomos para o Castelo Sforzesco. Passeamos pelo castelo e pelo jardim. Estava um dia lindo, sol e sem muito vento. No castelo há diversas exposições muitos interessantes (3 euros a entrada), vale conhecer. É claro, provamos o sorvete italiano (3 euros o copo pequeno). Terminamos o dia no castelo, pois a iluminação estava linda! A rua entre o Castelo e a Piazza Duomo também é fantástica, vale seguir devagar e observar as pessoas. No outro dia, começamos pela visita no estádio de futebol San Ciro. Doze euros a visita ao museu + tour pelo estádio. É enorme e muito diferente, a visita inclui também os vestiários do Inter e do Milan. Após fomos visitar o museu Leonardo Da Vinci. Eu, particularmente, adorei o museu. Conseguimos conhecer estes pontos turísticos em quase dois dias. E, foi bem corrido. Sugiro pegar um mapa da cidade para conhecer estes pontos. Há um passe que custa 3 euros que vale 24h para metrô, Tram e ônibus. Você pode comprar nas bancas. ;)

  12. Oi William Taylor,

     

    Nós saímaos para jantar todas as noites. E, em uma delas, fomos assistir a um show de tango. Não lembro o nome do lugar. Mas compramos no Brasil, os ingressos, e pagamos 80 dólares o casal com tudo incluso! Vale muito!!! Vc pode pedir em qualquer agência de turismo.

     

    Nos retaurantes, gosto da região de Puerto Madero. Nós jantamos muito bem, em ótimos restaurantes por 100 pesos o casal. Claro, tem restaurantes tão bons e mais baratos. Os restaurantes do centro da cidade são bons também (em média 50 pesos o casal oua té menos) E uma dica: em muitos retaurantes você pode pedir um prato para duas pessoas (em média 30 pesos). Por que vem muita comida!!! ;)

     

    Abraços,

  13. Ontem fui passar o sábado em Lausanne e Montreux (1:10 de Bern). São cidades da parte francesa da Suiça. Chegando a Lausanne fui ao Centro Turístico pegar o mapa da cidade. Após, fui visitar o centro, onde fica a Catedral (Cathédrale), o Château- St Maire e o mosteiro Eglise St-François. Há parques também muito bonitos pela cidade. Tudo muito lindo. As ruas do centro não passam carros, apenas pedestres. Encontrei várias lojas de nomes internacionais bem como feiras de legumes e frutas. Na Catedral é possível ter uma vista parcial da cidade e do Lago Genebra. Após, peguei o metro em direção a Ouchy – Região do Lago Genebra. Muito diferente de tudo que já tinha visto na Suiça. O Lago é costeado por montanhas nevadas. Essa parte da cidade é maravilhosa. Na primavera fica mais linda, cercada de Flores. É neste lugar que está o Parque Olímpico e o Museu Olímpico. A cidade é sede do COI – Comitê Olímpico Internacional. Após este passei, voltei à estação de trem e peguei um trem para Montreux (30 min). Outra cidade maravilhosa! Pequena mais linda! Também costeada pelo Lago Genebra e por montanhas. Bem próximo havia uma estátua do Fred Mercury – que teve um estúdio na cidade. Também há um lindo castelo medieval na cidade – Château de Chillon, eu optei por ir a pé até lá, mas pode-se pegar o ônibus – número 1. O castelo fica as margens do Lago Genebra e algumas partes ainda estão bem preservadas. Vale a visita! Após um dia de visitas a essa região...peguei o trem para voltar a Bern na estação de Lausanne. Adorei o roteiro e recomendo! Em um dia pode-se visitar esta região.

     

    1) Catedral

    20100425044351.jpg

     

    2) Museu Olímpico

    20100425044523.jpg

     

    3) Château de Chillon

    20100425044618.jpg

×
×
  • Criar Novo...