Ir para conteúdo

Os Estrangeiros

Colaboradores
  • Total de itens

    41
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutra

Sobre Os Estrangeiros

  • Data de Nascimento 12-03-1984
  1. Olá, pessoal Conhecemos um bom hostel chamado La Casita de la Abuela Hostal Verde. Localiza-se na Calle Hernandárias, 1074 (a cerca de 10 quadras da Plaza de la Democracia), na região central de Assunção. Ficamos lá no último reveillon e passamos muito bem. O local, uma antiga casa que foi transformada em hostel, possui 2 quartos coletivos (com ótimas camas, armários com chave e ar condicionado para o clima quente de Assunção - com banheiro coletivo) e um quarto privado (com banheiro). Além disso, tem café da manhã incluído, cozinha para uso comum e wifi. As diári
  2. Olá, JoseArthur Gracias pela colaboração. Tuas informações são muito bem-vindas.
  3. Por motivos profissionais, fomos para Mostardas-RS recentemente. A estadia foi curta, chegamos no sábado à tarde e partimos domingo pela manhã. A cidade, que fica a 200km de Porto Alegre, localiza-se no litoral sul do Rio Grande do Sul. O acesso é pela BR- 101, a partir de Capivari do Sul. O estado dessa estrada é péssimo em vários trechos. Nessas partes o jeito é ir devagar e tentar desviar porque há sequências de buracos enormes na estrada (foto abaixo). Chegando em Mostardas fomos até o hotel que tínhamos visto em um guia. A cidade é pequena e há 2 ou 3 opções de h
  4. Olá rr_depaula Em La Paz fomos apenas num bar chamado Ojo de Água, que fica na Llampu (nº 965), custou 10 bol/pessoa a entrada. Duas cervejas (Paceña) saíram por 25 bol. e vinham com folhas de coca para mascar. O legal é que apesar de alguns turistas, aparentemente o local é frequentado por bolivianos. No dia em que fomos tinha tipo um festival de grupos de danças típicas, bem bacana, mas no geral nos disseram que lá sempre tem algum grupo boliviano tocando. Não saberíamos te dizer quais os dias que funciona, mas acho que tu podes pegar essas informação em hostels assim como de outros loc
  5. Já postamos por aqui que ficamos uns 10 dias no Señorial em La Paz (um ótimo custo benefício, já que estávamos num sistema de economia). Depois de uma viagem para o Uyuni voltamos e ficamos uma noite no Torino, num quarto para casal com banheiro coletivo. Era final de outubro e o hotel estava bem tranquilo, os banheiro limpos. A estrutura "Torino" facilita bastante a vida do viajante na nossa opinião. Utilizamos a agencia para fazer os passeios para o Chacaltaya e Tiwanaco, a cafeteria para tomarmos café da manhã (tudo bem gostoso) e no ultimo dia o restaurante que tem no térreo. Comemos um al
  6. Galera Obrigada pela força, é sempre um incetivo pra nós continuarmos. Tentamos disponibilizar a informação da maneira que a gente gostaria de encontrar (e muitas vezes encontra aqui!): organizada, detalhada e ilustrada! Claro, teve coisas que a gente perdeu porque não anotou durante viagens e ainda teve preguiça de compilar tudo e escrever aqui no site depois de finalizada a trip, mas com o tempo fomos nos organizando e criando a consciencia que o site é feito por todos e que as informações/curiosidade dos participantes é o que move tudo isso. George Leonardo boa viagem para ti (ou me
  7. Aproveitando o gancho "hotéis baratos em La Paz", ficamos em um hotel em frente ao Áustria, chamado Señorial, também na Calle Yanacocha. Chegamos a tentar o Áustria, mas depois de esperar uns 15 minutos para sermos atendidos (ok, possivelmente demos azar), falamos com um senhor e não curtimos muito. O Señorial é um hotel antigo, meio obscuro, mas o quarto em que ficamos (de frente, no terceiro andar), era bem razoável (colchões bons, tudo limpo, etc). O banheiro era coletivo, porém era tranquilo também (o hotel não estava cheio em outubro/2010). Por 80 bolivianos o quarto para duas pessoas (es
  8. Embrera, Valeu por responder minha msg... Então, chegando +- 13h (sempre aumento um pouco as horas por causa dos imprevistos) em Copacabana, se eu conseguir já chegar e já fazer direto esse passeio pra Isla do Sol (no caso só lado sul né?!?!, qt tempo demora esse passeio??) e voltar no mesmo dia, seria perfeito! A minha dúvida é saber se existe mesmo esse passeio saindo de tarde, sempre tem esse horário? e voltar depois pra copa é certo tb? tem horarios de volta mesmo??? Vale a pena conhecer mesmo a Isla né, nem que vá e volte, não precisando dormir lá e não ir paro o lado norte (caminhad
  9. Olá pessoal, desculpem-nos pela demora da resposta. Bom vamos lá: Juu_lb- quanto ao tempo de viagem de Uyuni a La Paz: Tomamos um trem de Uyuni às 23hs (aprox.) e chegamos em Oruro pela manhã, cerca de 7hs. Lá pelas 8hs pegamos um ônibus na rodoviária até La Paz e chegamos cerca de 12hs. Ao todo deve ser uma viagem de 12hs, tem a opção de ir de ônibus também, de Uyuni a La Paz. Possivelmente deve ser um pouco mais rápido. flaviobarreto- Tentamos encontrar o preço da passagem de La Paz a Santa Cruz mas não estava nas nossas anotações (falha nossa!) mas imaginamos que deve ser
  10. Ótima contribuiçao, Gabriella, gracias. Sim, a coisa do motorista é muito importante mesmo. No local onde tivemos que ficar parados por causa do problema do carro (antes de chegar à laguna blanca e verde) havia um grupo de turistas que estava esperando o motorista despertar de uma soneca pois o cara ter ficado a noite toda bebendo. Sinceramente, um absurdo completo. É bom tomar todas as precauçoes possíveis antes, né. Até a próxima Abraço
  11. Olá! Olha, nós fizemos um 3-4 semanas porque como estávamos viajando por 6 meses era impossível ficar muito pouco tempo em cada lugar (não tínhamos energia pra ficar mudando toda hora!). Mas acreditamos que se não tens muito tempo pode ser assim: - 4-5 dias em La Paz - 2 em Copacabana - nenhum em Oruro (não vale muito a pena...) - 2 em Potosí - 2-3 em Uyuni (dependendo do pacote que fizer para o salar) Claro, tem que levar em conta o horário de chegada e partida em cada cidade, além dos programas que pretendes fazer. Qualquer dúvida, escreva! Estamos à disposição Abs
  12. Uyuni Pegamos um ônibus de Potosí a Uyuni. Esses ônibus não saem da moderna rodoviária de Potosí, e sim de uma tal “parada Uyuni”, todos os taxistas sabem onde é. Caso queira, você ainda pode ir de coletivo. Chegamos à parada com as passagens compradas no próprio hostel La Casona, você paga um pouco mais caro, mas compensa porque não precisa pegar táxi até a parada para comprar. O lugar de partida é um conglomerado de escritórios de agência de ônibus, encontramos a nossa e nos decepcionamos ao ver um ônibus bem pequeno e apertado aparecer para nos levar. O pior de tudo é que tinha um c
  13. Potosí O ônibus partiu da rodoviária de Oruro com os já habituais problemas de atraso. Diferente das outras viagens bolivianas, essa parecia seguir sobre estradas planas, sem as tão comuns e sinuosas subidas e descidas de morros. No entanto, foram nessa 4h de viagem que vimos o mais grave acidente em rutas bolivianas. Um carro vinha em nossa direção, a cerca de uns 500 metros, nossa ônibus numa reta, o carro numa curva em descida. Vimos um bando de lhamas bem no meio da estrada, mas o carro talvez não o tenha percebido ou estivesse em velocidade alta demais para desviar. O fato é que o
  14. Que bom que tu estás curtindo! É, achamos que o importante, ao menos para contar aqui no site, é a história em si e não os personagens, certo?! Apesar de que dá pra saber bastante da gente só pelas escolhas (trajetos, custos, lugares, opiniões, etc) que vamos fazendo pelo caminho. Acreditamos realmente que esse relato (assim como outros pitacos que damos por aqui) pode ajudar a vida de muitos mochileiros, como outros nos ajudaram e nos ajudam. Até a próxima! Abs
  15. Os Estrangeiros

    La Paz

    Vou deixar, rapidamente, o relato do percurso La Paz-Lima de ônibus, caso alguém tenho interesse em fazer. Comprei passagem para Lima na rodoviária de La Paz para às 8h30min do dia seguinte, pela empresa Nuevo Continente no valor de 450 bolivianos o ônibus cama , o semi-cama era 380 bolivianos. No dia da partida, quase perdi o ônibus pois cheguei 8h25min e estava quase saindo. Viajamos 2hs até a cidade de Desaguadero, lá paramos para fazer os trâmites de saída da Bolívia. A cidade é um caos, gente e mercadorias para tudo quanto é lado. Essa parte feita é preciso cruzar uma ponte (nessas a
×
×
  • Criar Novo...