Ir para conteúdo

Guerra.Adv

Colaboradores
  • Total de itens

    98
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Guerra.Adv postou

  1. Oi! Sim Serve também para dentro de Tokio nos trens operados pela JR, apenas algumas linhas de metro não estão incluídas por serem de outra companhia. Abraço!
  2. Olá pessoal agradeço a energia positiva de vocês, muito obrigado pelos comentários! Quero expor pra vocês uma coisa que aconteceu nesta viagem que é algo que até hoje ainda fico arrepiado em lembrar e que demonstra como todos nós estamos conectados e como tudo aquilo que se imagina realmente acontece. Vocês têm todo o direito de não acreditar mas foi a mais pura verdade. Bom... se vocês verificarem as páginas anteriores tem uma pessoa que comentou o tópico chamada Fred, bem no início da Trip ele fez alguns comentários neste Post, eu não conhecia ele nem a sua companheira, ele mora em Belo Horizonte e eu No Rio Grande do Sul. Pois bem, ele colocou em um post que iria iniciar a RTW dele mais ou menos na mesma época que a minha, indo no sentido inverso e que seria legal se a gente se encontrasse. Foi só isso e mais nada, não trocamos mais mensagens ou nos falamos. Pois bem, estava eu em um mergulho no Mar Vermelho na península do Sinai no Egito quando vi um casal de Brasileiros, começamos a conversar e então ele me perguntou: Por acaso tu não é o Guerra do Mochileiros né? Gente eu realmente não acreditei. ... quais são as chances disso acontecer? nem se a gente tivesse combinado iríamos nos encontrar em um local tão remoto. Na minha opinião estávamos na mesma vibração astral, sei lá.... isso é um mistério que eu vou levar pela minha vida inteira e algo que demonstra uma ligação entre as pessoas, independentemente da distância. Qual a opinião de vocês sobre isso?! --- Ludfreitas eu comprei a passagem RTW da aliança Oneworld, realmente o trecho Papeete- Auckland e Maldivas eu comprei separado, além de algumas outras passagens como na Europa e Tailândia. Olá Sabrina Lara, dependendo do País é fácil conseguir trabalho, na Austrália existe bastante oferta com uma remuneração excelente, porém o ideal é já ir com algo em vista ou conhecer alguém por lá que te indique, os Brasileiros se ajudam bastante pelo que eu vi na Australia. Desculpe a demora na resposta pessoal. Qualquer coisa estamos ae! Abraço.
  3. Oi tudo tranquilo? Nossa eu não me lembro do nome do hotel.... até porque tava tudo em japonês mesmo! eeheheh Acho que você já deve pedir o visto com as duas entradas e conforme o seu planejamento, realmente o visto japonês foi o mais chato que eu tirei e eles dão o visto com o prazo exato da tua viagem, me pediram passagens, comprovantes de renda, etc. Bom planejamento!
  4. Olá Taks2008, cara a maioria dos hotéis tem transfers para os parques, esse que eu fiquei tinha transfers também, dá uma pesquisada em hotéis com bom preço que a ida para os parques é tranquila. Abraço...
  5. Olá Ivo. Eu usei o Shuttle da Alamo na volta do Cruzeiro, fiz uma reserva pela internet imprimi e não aluguei carro com eles tbm, não teve problema, eu mostrei a reserva para o motorista e ele me deixou embarcar tranquilo. Mas no meu caso eu teoricamente estava indo buscar o carro, do porto ao aeroporto, quando você entrega o carro da Alamo no aeroporto e quer ir ao porto no caso da ida não sei bem como funciona... Na real os motoristas do Bus não estão nem ai para as reservas querem mais é saber das tips (gorgetas) que vão receber... Vale a tentativa, faz 2 reservas fake uma pra ida e outra para a volta do cruzeiro se der certo ok se não você não tem nada a perder... Abraço e boa Viagem.
  6. Tem sim como fazer uma viagem de volta ao mundo sem dinheiro, não será nada fácil mas é possível. Conheci na Tailândia um casal de Argentinos que estavam a anos pulando de País em País dando aulas de mergulho, eles já haviam passado por muitos locais, já estavam a mais de 6 meses na Tailândia e logo iriam para outro local, eles mandavam e-mails para diversos dive centers no mundo oferecendo-se para trabalhar, falavam inglês e espanhol fluentes e quando algum dive center de outro País os aceitava lá iam eles para uma nova aventura. Teve também um casal de ingleses que possuíam imóvel próprio em Londres, eles decidiram alugar o apartamento e com a renda viajavam a mais de 2 anos. Eu acho que pra sair em uma aventura assim sem grana é necessário alguma aptidão que possa lhe render dinheiro mundo afora como mergulho, arte, até mesmo ser pedreiro e saber de construção é muito valorizado em alguns países como a Australia, mas principalmente já ter alguma coisa mais ou menos arranjada de trabalho ou alguém que more no local e possa dar um apoio até achar o emprego. Eu fiz uma RTW de quase 8 meses, só que gastei muito dinheiro economizado previamente.... e por experiência própria posso dizer que o dinheiro vai que nem água caso não tenha bem planejado o que vai fazer, imagine que aqui na nossa cidade onde a gente conhece os locais baratos já é difícil conseguir emprego e economizar, imagine em um lugar novo onde tudo é diferente, até você conhecer os locais realmente baratos e se ambientar deixando de ser "turista' já se foi uma boa grana. Abraço e parabéns pela iniciativa e coragem.
  7. Olá, bom eu achei melhor na época alugar um carro, pois Sandusky fica a mais de 1 hora dirigindo de cleveland, e do motel até os parques deve dar uns 15 minutos, com o carro você tem muito mais conforto e acho que não sai muito caro não, deve ser cerca de U$$ 60,00 por dia mais seguro, não cheguei a pesquisar sobre transporte público, mas como Sandusky é bem cidade do interior acho que não deve ser muito fácil não. Como vai estar com uma mala pesada eu definitivamente recomendo o carro. Quando fomos as filas estavam tranqüilas deu pra andar 4 vezes na millenium force e andamos tanto de montanha russa neste dia que chegamos a ficar com dor de cabeça, eu tinha comprado o flash pass sim, pois como tínhamos programado apenas um dia por parque queria aproveitar o máximo que pudesse, você tem que conferir se a época que vai é fora de temporada e se não é em nenhum feriado americano dai provavelmente não irá enfrentar muitas filas. Abraço e espero que curta o parque!
  8. Então JonJon seguinte: Na Australia eu não consegui juntar mais que 2 mil dólares, pois fiquei muito pouco tempo por lá (cerca de 1 mês), eu tinha uma poupança antes de iniciar a trip, meu foco também não era trabalhar fora. Quanto ao valor que você precisa juntar eu não posso te dar um valor exato, pois não sei quais as atividades que planeja fazer nestes lugares, por exemplo a Tailândia que você pretende visitar é um País barato, mas se você for no parque dos tigres só pra brincar com os filhotes são 100 dólares!, ou seja eles atolam os turistas nesta atividade. No Camboja Angkor é caro pois é a atividade turística mais procurada então eles inflacionam muito os preços lá.... o que eu quero dizer é que um País barato não é Barato nas atividades turísticas mais famosas, porém é muito barato se você for realmente conhecer o País fugindo da "manada" de turistas. O Egito é baratíssimo, mas na área das Pirâmides advinha? é caro porque só tem turista ali... Você pode ter um orçamento bem menor se deseja visitar Países baratos como: Índia, Egito, Tailândia, Vietnã, Camboja, Leste Europeu, etc. Vamos imaginar o seguinte que foi como eu fiz o meu orçamento...: + - 40 dólares de albergue por dia (alguns lugares o albergue é bem menos e então sobra para se hospedar em um hotel os 40 dólares são uma média) Média de 10 dólares por refeição 30 por dia. (como antes pode ser bem menos então sobra para algum restaurante legal ou comída exótica. Transporte? nossa isto varia muito mas no mínimo 10 dólares Passeios: Os mais turísticos serão mais caros mas no mínimo 100 dólares por semana o que dá apróx 14 dólares por dia. Deu 94 dólares por dia de vigem, o que em um mês daria quase 3 mil dólares, como vai ir em locais bem baratos provavelmente conseguirá gastar menos, mas os 2 mil dólares mensais acredito que são o mínimo para realmente ter conforto, poder dormir em hotel, ir nos locais mais turísticos, etc. Isto sem contar as passagens, se você tiver a de volta ao mundo beleza, mas ainda assim tem os custos de descocamento dentro do país. Bom eu poderia ter economizado mais em diversos lugares, poderia ter deixado de ir nas maldivas que tem um custo absurdo e foi o local onde mais gastei dinheiro na vida e onde mais existiam taxas escondidas que fizeram eu me irritar muito, poderia não ter ido no Tahiti, a Europa em Paris, Roma, etc também é muito cara, Japão também, mas quer saber? eu cometeria estes excessos tudo de novo porque foram experiências únicas, os locais caros também tem um retorno, ajustei meu cronograma e fiquei poucos dias nestes locais porque já sabia que eram inflacionados mas mesmo por poucos dias eu queria pelo menos ter a experiência de conhecer, de estar lá sabe. Varias pessoas têm opiniões divergêntes sobre isto, uns preferem realmente conhecer o país ficar 15, 20 dias ou mais para realmente conhecer o local, outros fazem uma viagêm rápida de correria em vários locais só pra dizer que passearam por lá, talvez eu seja mais deste tipo, prefiro ficar menos tempo e conhecer mais locais e depois com calma voltar onde eu mais gostei.... mas isto é de cada um. Desejo sucesso no teu planejamento e como você nunca saberá exatamente quanto vai gastar junte o máximo que puder compre a passagem de volta ao mundo e embarque. Curta o máximo que puder e quando a grana acabar faça que nem eu e volte! ehehehe eu pretendia ficar 3 meses na Europa, fiquei um mês somente porque já não tinha mais dinheiro.... é a vida. O Bom desta passagem de volta ao mundo é que a qualquer momento você pode abreviar a sua trip e voltar pra casa sem nenhum custo extra. Abraço!
  9. Opa tudo tranquilo?! Cara as tips são automáticas mesmo, mas você pode retirar a qualquer momento ou reduzir, ou ainda dar diretamente pra quem te atendeu bem, o que eu acho mais justo... Quanto as reservas eu saí com tudo previamente reservado sim, é bobeira deixar pra reservar muito próximo da viagem pois tudo fica mais caro, porém se reservar com uma antecedência maior que 3 meses também acho que fica caro, então a dica é reservar hotéis com + ou - 2 meses de antecedência que é quando surgem as promoções, o cruzeiro pode ser com uns 3 meses também ou se aparecer alguma promoção boa, eles vivem dando crétito a bordo ou algum upgrade, sempre tem promoção, os parques pode ser na hora, desde que seja pela internet é o mesmo preço. Carro alugado também as promoções aparecem de 2 a um mês de antecedência, antes disto é mais caro e na hora então nem se fala, é absurdamente mais caro.... Qualquer dúvida a mais ae que eu possa te ajudar fico a disposição.... abraço!
  10. Com certeza gastei bem mais que o dobro disto na viagem, trabalhei por pouco tempo na Australia somente. Os 20 mil reais que você leu provavelmente é o que se precisa juntar antes mesmo de sair do Brasil caso deseje trabalhar lá fora. Como falei na primeira página juntar dinheiro provavelmente seja a parte mais difícil para se fazer uma RTW, mas eu acredito que ainda assim valha a pena. O Budget mensal que você precisa varia muito em razão do nível de conforto que deseja ter, dos Países que vai visitar e das atrações que deseja fazer, mas acredito que no mínimo U$$ 1.500,00 mensais são necessários, eu coloquei U$$ 2.000,00 por mês como meta, porém conheci um casal da Inglaterra que achavam isto um exagêro, mas eles não foram nos locais e Países mais caros como eu fui, então isto varia muito.
  11. Parabéns pelo relato e por ter perdido o seu tempo para escrever as suas impressões dos locais que visitou, já passei por alguns destes lugares e lendo seu relato que foi muito bem escrito parece que viajei novamente, abraço!
  12. Bom.... tá uma maratona essa tua programação, provavelmente não sobre nada de tempo para respirar e apreciar os lugares, tem que contar um tempo também para imprevistos, atrasos,tempo para comer, a distância de transporte entre os lugares, etc... eu acredito que provavelmente você não conseguirá conhecer todos estes pontos que citou no prazo que possui, só a london eye as vezes tem uma fila grande, seria legal você priorizar o que é mais importante pra você conhecer e ir nestes locais primeiro, desta forma se não sobrar tempo pelo menos terá conhecido o que mais tinha vontade. Eu discordo um pouco do Adriano e acho que será legal sim conhecer os dois locais mesmo que por tão pouco tempo, mesmo que seja só para olhar para alguns dos monumentos principais e ter um "aperitivo" do local, desta forma em uma próxima vez você poderá voltar com mais calma no lugar que mais gostou, embora Londres e Paris sejam locais que necessitam de muito tempo pra se conhecer, mesmo que ficasse os 4 dias em um só destino ainda assim sairia frustrado de não conhecer tudo, então porque não ir nos dois.... A minha dica então é essa, pesquise e escreva os locais que são mais importantes pra você conhecer em ordem e vá nos principais primeiro, quanto a compras concordo plenamente com o Adriano, esqueça porque não é o foco de Paris e Londres, as coisas lá são realmente muito caras se comparadas com Miami por exemplo onde os mesmos produtos custam apenas uma fração do preço de lá. Europa é cultura, monumentos, estilo e energia, deixe as compras para os free shops dos aeroportos e para os Estados Unidos em uma futura viagem. Abraço!
  13. Parabéns pela viagem e pela realização do seu sonho de ver a aurora boreal! um dia ainda quero ir bem pro norte da europa também, derrepente me hospedar neste hotel de gelo: http://www.icehotel.com/ vi uma reportagem no discovery sobre ele e nossa deve ser uma loucura. Legal que você fez um relato pra gente e colocou os hotéis que ficou, desta forma ajuda a quem está buscando ver também a aurora boreal e programar a trip. Abraço
  14. Discordo e concordo um pouco com você amigo, deixa eu explicar: Já me hospedei no Sunflower por 4 vezes, na primeira vez em 2009 fiz um post relatando a viagem : http://www.mochileiros.com/aruba-barbados-curacao-dicas-e-impressoes-julho-2009-t36048.html Depois de 2009 voltei outras vezes, com a minha vó em 2010, com a namorada em 2011, sendo a última com um grupo de amigos em 2012. Realmente os carros estão bem mais velhos que da primeira vez que estive lá, ela teve que trocar o jipe pois um turista foi com ele nas pedras e detonou o carro, ela contratou um novo ajudante pois o antigo foi embora, então a manutenção do lugar deve ter ficado precária por algum tempo. Na maioria das vezes eu pegava um resort tudo incluído e mais alguns dias na pousada para explorar a ilha, o que tem de se deixar bem claro é que a pessoa não pode esperar o conforto de um resort de luxo pagando U$$ 60,00 em Aruba, eu acho que pelo preço a pousada é uma excelente opção, pois possui uma piscina muito boa e quente, os quartos estavam limpos, ela deixa você lavar a sua roupa, é super amigável e receptiva, você tem uma cozinha completa para fazer seu lanche, etc..... quando estávamos programando a última viagem deixei bem claro para os meus amigos que a pousada era simples porém barata, até mesmo os mais chatos já sabiam de antemão que poderiam ter algum desconforto, mostrei os preços dos resorts e os passeios que iriamos fazer e acabamos por escolher a pousada como uma parte da viagem (fomos também pra Curaçao em um hotel muito bom do priceline), depois ninguém reclamou, mesmo com os mosquitos, com a cozinha na rua de um dos quartos, etc, essa pousada é boa para o mochileiro não para quem busca o conforto de um resort de luxo. Nas outras vezes eu mergulhava durante o dia, ia no mercado de noite fazia a minha comida, saia para as praias, enfim a pousada é um bom ponto de base. Quanto a Rienke que é a senhora dona do lugar só tenho elogios, ela sempre cumpriu com a parte dela, já foi me buscar e levar no aeroporto, sempre manteve as minhas reservas mesmo sem qualquer adiantamento de depósito, na última vez ela até me deu de lembrança a placa do carro dela que ela estava mudando. Esta senhora realmente é muito atenciosa e confiável, porém como já tem uma idade mais avançada necessita de um ajudante competente para manter as coisas funcionando, talvez na sua estada ela estivesse cuidando de tudo sozinha. Eu continuo recomendando a pousada e com certeza se voltar a Aruba me hospedaria lá novamente, claro a não ser que eu ache alguma promoção de um hotel por um preço parecido. Abraço!
  15. Bom, infelizmente só vi o monte fuji de longe de dentro do trem bala, deve ser muito show ir até lá. Quanto a Tokio tem realmente muita coisa pra se conhecer, mas nestes três dias que você programou já dá pra conhecer o básico, tem que ver qual é a tua preferência quanto ao Japão se é o lado mais tradicional deixa mais tempo pra Kyoto, Nara, Monte Fuji, etc agora se é agitação e coisas mais da atualidade deixa mais tempo pra Tókio. O Bom é que lá em poucas horas tu já consegue cruzar o país nos trens bala, então se achar meio monótono algum lugar dá pra ir para outro rapidamente. Recomendo muito que você compre ou dê uma folhada na revista lonely planet Japão colorida tem em qualquer book store ae na Australia, lá você vai achar muita informação e vai te ajudar a se decidir sobre o que conhecer. Abraço e Boa Viajem!
  16. Eu discordo, não acho tão absurdo assim ter 3 dias em Paris e 4 em Londres, na minha viagem fiquei este tempo e já deu pra se ter um "aperitivo" destes lugares, é claro que se a gente pudesse ficaria um mês em cada lugar, mas a disponibilidade de tempo e dinheiro de cada um é diferente. Ainda, entre ficar todo o tempo somente em Londres ou somente em Paris acho que foi uma escolha sensata conhecer os dois lugares mesmo sendo de uma forma rápida, já vi muito post aqui de pessoas que planejam ficar apenas um dia em Paris ou 2 no máximo.... enfim.... Fiz uma viagem de 7 meses pelo mundo e em alguns lugares fiquei mais do que deveria e em outros menos do que deveria, para a Europa eu dediquei apenas 1 mês em razão do preço de tudo por lá, para cada país reservei uns 4 dias no máximo e fiz um "caça monumentos", desta forma tive uma experiência rápida e já sei que na próxima vez quero voltar a Paris, não voltarei a Praga, não voltarei a Madri, etc, se eu tivesse colocado todo o tempo somente para a espanha por exemplo não saberia de outros locais. Abraço e boa viagem!
  17. Bom.... concordo em parte com os que fuzilaram versailhes, mas eu ainda acho que valha a pena ir, claro que para uma viagem de 2 dias tem outras coisas melhores como o louvre e a torre de dia e de noite, mas eu fui a versailhes no show das águas e achei muito legal, nossa alqueles portões cor de ouro, você vê como eram os quartos e as camas dos reis e rainhas, os jardins belíssimos, é muito legal pra relaxar, fazer um lanche e ficar o dia lá descompromissado, como eu falei na correria fica difícil mas com tempo acho que versailhes valha a pena sim! Abraço! Abaixo algumas fotos de paris que eu tinha colocado em outro post: Multidão par aver a joconda, a monalisa é um quadrinho bem pequeno. Vênus de Milo Igreja de Notre Dame O Esplendor do Palácio de Versilhes
  18. Somente um dia para Paris é uma heresia, nem o mínimo dos mínimos do básico você vai conseguir conhecer, como vai fazer para em um único dia ir na torre eifel, louvre, versailhes, etc, você não está contando nem os custos nem principalmente o tempo de deslocamento entre os lugares, pois se no roteiro planeja um dia para o lugar não significa que estará pronto as 8hs da manhã para começar a ir nas atividades. Tem que contar a fila do trem, o tempo pra chegar no albergue, o check in, o banho a troca de roupa, o café, quando vc vê já é meio dia, ae você pega outro trem vai para a torre e acabou Paris! não dá!!.... Na minha opinião tire dias de amsterdã que é pequena e risque algum outro destino pois está muito corrido...., Praga 2 dias é suficiente, eu fiquei 3 dias e não precisava para conhecer o básico, em 1 dia você já andou por tudo, Barcelona 3 dias já vai dar pra se ter um aperitivo bom do lugar. Dá uma olhada no post da minha assinatura na viagem Rtw, na Europa eu passei por alguns lugares que vc planeja ir meio "na correria" também, talvez ajude em alguma coisa. Abraço e bom planejamento.
  19. Ótimo relato! Curti as dicas de como acumular milhas, pagar um cartão no outro e as contas no cartão foi uma dica muito legal, e ainda essa conda do hsbc de miami pelo dolar comercial.... muito show! Obrigado por ter perdido seu tempo para postar dicas tão úteis pra gente. Abraço.
  20. Olá pessoal,tudo beleza?! Vou deixar aqui mais um relato de viagem aos amigos mochileiros que tanto já me ajudaram nas trips por esse mundão. Espero que as dicas aqui ajudem em alguma coisa. Desta vez o destino foi os Estados Unidos, com locais bem conhecidos dos Brasileiros como Orlando e Miami, também fomos a Cedar Point em Cleveland no estado de Ohio, este sim um local bem menos procurado pelos brasileiros e que reserva muita diversão, por fim fizemos um cruzeiro pela companhia Carnival saindo de Miami. Sei que existem toneladas de informações sobre Miami e Orlando, por isso vou tentar expor algumas impressões pessoais e principalmente dicas daquilo que achei interessante por lá. PORQUE A ESCOLHA DESTES DESTINOS: Nestas férias estávamos buscando parques de diversão, praia e compras, com isto em mente os Estados Unidos se encaixou perfeitamente no roteiro: Sem dúvida é o melhor lugar do mundo para se fazer compras, já estive até mesmo em Hong Kong e não existem preços como os praticados pelos americanos, seja nos Outlets, ou pelas compras on line você vai voltar com o cartão de crédito estourando com certeza! A Praia de Miami é linda, lá tem agitação, festas e água cristalina, mais indo um pouco além você pode fazer um cruzeiro saindo de Miami por preços excelentes e conhecer o Caribe com seu mar e praias paradisíacas, tudo isto em um barco que oferece um sistema tudo incluído com mais atividades, etc. Os parques de diversão de Orlando são maravilhosos, os adultos provavelmente irão aproveitar mais que as crianças, na verdade você volta a ser criança e se deslumbra em um mundo encantado de personagens e aventura, Orlando tem opção de diversão para todas as idades. Como somos apaixonados por montanhas russas decidimos pegar um vôo e também ir a Cleveland/Ohio no parque Cedar Point, onde estão as montanhas russas mais radicais do mundo, coragem para andar nelas! COMPRA DA PASSAGEM E RESERVA DE HOTEIS: Estou sempre ligado no site melhores destinos: http://www.melhoresdestinos.com.br/ , este site sempre dá boas dicas de compra de passagens baratas para dentro e para fora do Brasil, acabei pegando uma promoção por R$ 1600,00 da Copa ida e volta com conexão no Panamá, porém perdi na mesma semana uma mega promoção que estava em R$ 900,00 ida e volta pra Las Vegas, cheguei a imprimir o a tela da Copa airlines porque era um preço inacreditável..... As passagens para Cleveland comprei pelo Expediahttp://www.expedia.comque é um excelente site de compras on-line de passagens, já usei ele muito no passado em uma trip de 7 meses pelo mundo e recomendo, eles agora tem uma versão em português, mas lá em cima escolham “ir para expedia.com”. Os hotéis foram reservados com base nos reviews do tripadivisor que sempre é um bom termómetro para verificar se vale a pena ou não ir para aquele hotel e até mesmo para aquele lugar, pois as pessoas dão a sua opinião também sobre as atividades da cidade, sobre os parques de diversão, etc. Recomendo muito que antes de reservar o seu hotel ou escolher a sua atração verifiquem a opinião de quem já foi pra lá no tripadvisor: http://www.tripadivisor.com Na reserva de hotéis, principalmente para os Estados Unidos, tem um site bem conhecido dos Americanos e que nós Brasileiros não usamos muito que é o http://www.priceline.com, eles tem um sistema patenteado de “dê o seu lance” para a escolha do hotel, funciona assim: você escolhe quantas estrelas quer, qual a cidade e a zona do hotel, coloca os dados do cartão de crédito e o preço que está disposto a pagar, se o seu lance for aprovado seu cartão é debitado na hora e eles te dão o nome e o hotel que vai ficar, sempre hotéis com avaliações maiores que 7,00. Bom, por 3 vezes já utilizei o Priceline e em todas elas tive descontos absurdos e hotéis maravilhosos por menos da metade do preço, em Curaçao fiquei por 80 dólares a diária no reinascence que foi o melhor hotél que já me hospedei na vida, nesta viagem por U$$ 50 a diária fiquei na alta temporada em um hotél maravilhoso em Orlando, então vale a pena dar o seu lance e tentar a sorte para pegar um hotel bom e barato. Ainda para a reserva de hotéis sempre pesquiso nos excelentes sites: http://www.booking.com, http://www.orbitz.come http://www.hotels.com CONEXÃO NO PANAMÁ Tinhamos mais de 10 horas de conexão na cidade do Panamá, aproveitamos este tempo para conhecer o Canal do Panamá e dar uma volta pela cidade. O Canal do Panamá é realmente uma grande obra de engenharia, lá dentro você pode ver os barcos passando pelos diferentes níveis de água tudo controlado apenas pela gravidade e por comportas, não é usado nenhum tipo de motor para encher as comportas, tem um pequeno museu lá dentro. É bem pequeno o local e em 30 minutos você já conheceu…. Para chegar lá foi quase uma hora do aeroporto de táxi. Quanto a cidade em si vimos um pouco de pobreza, não ao nível de Caracas ou Paraguai mas sem dúvida é um local de grande desigualdade social, fomos a um local muito bonito chamado amador, no caminho nos surpreendemos com a arquitetura de alguns prédios como o prédio parafuso: Almoçamos em um shopping e os preços definitivamente nem de perto se comparam com os americanos, segure a sua carteira porque se você estiver indo para os Estados Unidos este não é o lugar para se gastar, diferentemente do que saiu em algumas reportagens e na televisão, porém talvez os preços sejam mais baratos que no Brasil, então se o seu destino não for os EUA talvez valha a pena. GUIA DE COMPRAS PARA OS ESTADOS UNIDOS: Em primeiro lugar compre um GPS, não vale a pena alugar, pois as locadoras cobram mais de U$$ 10,00 por dia e com 70 dolares vc já compra um na Best Buy, com o GPS na mão você vai economizar horas nas quais ficaria pedindo informações e perdido, Com o GPS na mão é só colocar o nome das lojas abaixo que ele já vai te direcionar para a mais próxima do seu hotel, também é muito útil na hora de ir aos restaurantes, para outras cidades, enfim não tem como se virar lá sem perder muito tempo sem um GPS. Best Buy- http://www.bestbuy.com Tudo de eletrônicos, possui jogos, computadores, tv’s e mais uma infinidade de coisas, agora eles adotaram um sistema interessante onde você compra on-line e pode ir retirar na loja da sua escolha e o catálogo on-line é imenso, se deixar pra ir comprar direto na loja pode ser que não ache o item específico que você quer, mesmo que as lojas sejam imensas. Compusa- http://www.compusa.comTudo para computadores, no estilo da Best Buy, mas mais focada no computador, não oferece compras com entrega na loja Tiger Direct- http://www.tigerdirect.com Igual a Compusa mas as lojas são ainda maiores, sem entrega na loja também. Microcenter (não tem na Florida - Fui em uma de Ohio)http://www.microcenter.comTambém'>http://www.microcenter.comTambém computadores oferece reserva pela internet e retirada na loja. Amazon- http://www.amazon.comA Melhor loja on-line com tudo que se possa imaginar, manda para o hotel. Newegg-http://www.newegg.com É a melhor loja on-line para peças de computador, manda para o hotel. Homedepot- http://www.homedepot.com Tudo em termos de ferramentas e coisas de construcão. Bed Bath e Beyond - http://www.bedbathandbeyond.com Excelente loja para roupas de cama, compramos lençois por 30 dolares que no Brasil custam 800 reais! Prime Outlets- O melhor lugar para comprar Roupas em Orlando possui preços muito bons. http://www.tripadvisor.com.br/Attraction_Review-g34515-d107114-Reviews-Prime_Outlets_Orlando-Orlando_Florida.html Premium Outlets- Excelente para roupas em Orlando, é o concorrente do Prime. Esta rede existe em outras cidades. http://www.premiumoutlets.com/outlets/outlet.asp?id=96 Shopping Sawgrass Mills- Em Miami Fica a uns 40 minutos do aeroporto de Miami, é um shopping de descontos imenso que você dificilmente conseguirá conhecer em um só dia. http://vejasp.abril.com.br/materia/sawgrass-mills-campeao-das-promocoes http://www.tripadvisor.com.br/Attraction_Review-g34667-d143773-Reviews-Sawgrass_Mills-Sunrise_Florida.html Dolphin Mall- Em Miami Concorrente do Sawgrass nesta viagem oferecia preços melhores e também provavelmente vai ter tudo que você procura. http://www.shopdolphinmall.com/ Ross Dress for Less- Loja de Roupas existente em várias cidades que consegue superar o preço dos outlets, tem dentro dos shoppings mas você consegue melhores ofertas nas que estão fora deles. http://www.rossstores.com/ Marshall- Loja de Roupas existente também em várias cidades, concorrente da Ross no mesmo estilo descontão master! http://www.marshallsonline.com/ MIAMI Você estará em casa em Miami, se seu inglês não é fluente não esquente a cabeça pois os latinos são a maioria por lá, eles entenderão seu portunhol desde a imigração do aeroporto ao hotel onde for se hospedar, tem tanto Brasileiro por lá também que não vai ser difícil encontrar alguém falando português. Em Miami as vezes é estranho quando você tenta falar em inglês e muitas pessoas simplesmente só falam espanhol, aconteceu isto ao pedir uma pizza onde a atendente falou que não ‘hablava” inglês, isto aconteceu em vários outros momentos. Não deixe de ir na Wendy’s e pedir a maravilhosa salada Baja, tenho muita saudade desta fast food “saudável”., nós comemos muitas vezes na wendy’s e no Panda express que é uma rede de comida asiática. Ligue o rádio na 94.9 MEGA Fm, só música boa, adoramos esta rádio agora tô escutando ela direto pela internet. http://www.mega949.com Em Miami é imprescindível que você alugue um carro, pois tudo é longe e o sistema de transporte público não é bom o suficiente, se você estiver sem carro irá se privar de fazer muita coisa.... sem contar que o preço do aluguel de carro nos Estados Unidos nem se compara com o Brasil, pois é muito mais barato, você por cerca de U$$ 100,00 por semana consegue alugar um carro, sem contar que mesmo o mais simples sempre virá com direção hidráulica e Ar Condicionado. Uma coisa que acho incrível nos Estados Unidos é o quanto eles honram as promoções, se você vê algo que é muito bom pra ser verdade acredite que é verdade! por exemplo antes da viagem eu estava pesquisando pra reservar o carro em Miami como não iríamos ficar a semana inteira o carro daria cerca de U$$ 30,00 a diária, quando então vi uma promoção da Sixt (http://www.sixt.com) onde por U$$ 40,00 a diária você alugava uma mercedes! ahhhh dâne-se me dá a mercedes então! eheheheheh, não mas o melhor não foi só isso, eu cheguei lá e não tinha a mercedes disponível, então o cara falou, bom amigo terei de dar a você um carro de categoria superior escolha o carro que você quiser no pátio, simples assim um pátio gigante cheio de carros maravilhosos, eles lá todos estacionados e você simplesmente pega um (a chave já está dentro) passa da cancela da saída e vai embora.... a vida deveria ser fácil assim. Estando com um carro alugado você poderá facilmente ir a Orlando que fica a cerca de 3 horas de viajem, também é muito fácil pegar um carro em Miami e devolver em Orlando ou vice versa. A hospedagem é cara em Miami, decidimos ficar poucos dias por este motivo, com o preço de uma diária em Miami você provavelmente ficará 3 em Orlando, ficamos apenas 2 dias na ida e 2 na volta do cruzeiro, principalmente pelos shoppings Sawgrass Mills e Dolphin Mall, que ofereçem excelentes preços para compras, porém depois verificamos que os preços são praticamente os mesmos de Orlando não justificando pagar mais de hotel só por causa das compras. Além dos hotéis serem mais caros é bom verificar que se você decidir ficar próximo a praia de Miami Beach em 90% das vezes não conseguirá o estacionamento gratuíto no Hotel, então na minha opinião vale mais a pena ficar na área de Doral e ir para a praia de carro. Bom exemplificando nosso hotel foi U$$ 70,00 com o estacionamento e Café inclusos, em Miami Beach pagariamos U$$ 140,00 sem café e sem estacionamento, (custa uns U$$ 20,00 por dia para estacionar por lá), considere isto na escolha do hotel: Café, estacionamento, localização e preço da diária. a melhor opçao pra gente foi ficar longe da praia mas pagando praticamente a metade do preço. Nos hospedamos no hotel Quality inn Airport, reservamos diretamente pelo site da rede de hoteis:http://www.qualityinn.com/hotel-miami-florida-FLB88 . Foi um excelênte custo benefício este hotel, pois tinha um café da manhã decente, o quarto era bem limpo, tinha estacionamento e o principal pra mim ;e que eles recebiam os meus pedidos on-line no hotel e cobravam apenas uma taxa de U$$ 3,00 por encomenda, eles receberam as encomendas e guardaram antes mesmo de eu chegar no hotel, o que foi ótimo pois tinha apenas 2 dias pra ficar lá, então fiz as minhas compras on-line 5 dias antes e mandei entregar no hotel, quando cheguei elas já estavam lá me esperando. Comprei muito barato pelo site http://www.amazom.com, lá você encontrará TUDO que quiser a um preço ainda menor que nas lojas. Outra dica para compras com preços incrivelmente ainda mais baratos que os Outlets é a loja da Ross dress for less, e a Marchalls, enquanto uma camisa da Tommy custava U$$ 18,00 no Outlet que já é um preço ridículo comprei pacotes com 3 camisas por U$$ 15,00 na Ross, lá eles tem cabides e cabides de coisas, também é uma boa loja pra comprar malas pra carregar tanta tralha! Bom, como disse antes, em Miami reservei pouco tempo em razão do custo dos hotéis, mas não deixem de conhecer a Ocean Drive, ir a uma festa e curtir a praia de Miami que é muito Show. ORLANDO Definitivamente é o meu destino preferido nos Estados Unidos, pois tem muita diversão e o melhor custo benefício dos Estados Unidos. Os Hotéis são muito bons e baratos, por cerca de U$$ 30,00 a diária você já se hospeda em Orlando. Tem diversão pra todas as idades eu amei os parques, principalmente a Epcot que criou um “mini mundo” dentro do parque, achei aquilo muito legal, voce anda um pouco e está no Japão, lá tem atendentes japoneses, comida japonesa, souvenirs japoneses, arquitetura e até turistas japoneses!, você anda mais um pouco e está na alemanha, as bandinhas alemãs tocando, você toma uma cerveja importada de lá, daqui a pouco é a inglaterra com um pub inglês e claro lotado de turistas inglêses enchendo a cara!! eheheheh incrível isso. Curti muito também a Universal e ilha da aventura, a MGM, muito show mesmo. Muito cuidado nos outlets, pois se você não se cuidar irá falir! tá certo que as coisas chegam a custar 10x menos que no Brasil mas tudo tem limite, principalmente o seu cartão de crédito, o meu foi bloqueado pelo banco que achou suspeito o gasto desproporcional com a minha rotina, liguei pra operadora e desbloquearam. Mas deixa eu explicar o porque disto..... funciona mais ou menos assim: Antes de sair do hotel você pensa “bom vou no outlet comprar um tênis que preciso e umas 2 bermudas”, dae você entra no outlet e já no primeiro corredor vê uma jaqueta de couro da Guess por u$$ 30,00! poxa! aqui na minha cidade uma jaqueta dessas custa mais de R$ 500,00!, bom mas eu já tenho jaqueta de couro, a não..... é tão bonita e barata que eu vou ter que levar.... então você compra, vira mais um corredor pra comprar o seu tênis então verifica que se você comprar um ganha 50% de desconto em outro, dae um tênis que custa R$ 500,00 no Brasil e que você tá pagando R$ 150,00 compra 2 pra não perder a promoção. esta loja te dá um ticket de desconto pra comprar em outra.... Em resumo você olha o relógio são 9h da noite e você precisa comprar uma mala pra carregar tanta coisa que comprou por impulso e porque era tão baratoooooo! Eu estava com a minha namorada nestes outlets, ela me obrigava a ficar entrando nas lojas de mulher e ficar esperando horas pra que escolhesse as roupas , uma dica do que fiz para resolver esse problema foi comprar um walkie talkie por U$$ 15,00 na Radio Shack, desta forma ela ia para as lojas que queria e eu para as que eu queria e sempre estavamos em contato pelo radinho. No início achei estranho fazer isto mas logo logo vi que dúzias de pessoas fazem isso nos outlets, várias vezes dava uma linha cruzada, então eu sacaneava. Uma vez tava uma tal de Renata estava falando com um cara e eu entrei na linha “Ohhh Renata eu Tô te esperando a horas aqui... pára de comprar mulher!” eheheheh Uma dica legal é pegar no centro de informações dos outlets um guia de cupons de descontos, as vezes eles cobram U$$ 5,00 por este guia, mas vale a pena porque ele dá descontos de 10, 20% mas lojas. Pesquise bastante para comprar os tickets dos parques, sempre tem promoções e combos para você pagar menos, existem sites onde se disponibilizam códigos promocionais para a compra dos tickets como este aqui: http://www.retailmenot.com/view/disneystore.com, este é só um exemplo, pesquise no google que você conseguirá uma boa promoção/combo para os parques. Casa de Cabeça pra baixo em Orlando Hotel de Orlando no arremate do Priceline CEDAR POINT - CLEVELAND- ESTADO DE OHIO Nesta viagem estava procurando por parques de diversão e me deparei no wikipedia.com com uma relação das melhores montanhas russas do mundo, http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_roller_coaster_rankings vi que tinha um parque nos Estados Unidos que tinha a maioria delas, continuei a minha pesquisa e comecei a me interessar por Cedar Point. Este é o site oficial do parque: http://www.cedarpoint.com/ Nós adoramos montanhas russas e eu queria que o percurso da viagem fosse um pouco além de Miami e Orlando, pois já tínhamos estado lá uma outra vez, gastamos cerca de 380 dólares de passagem ida e volta para ir de orlando para Cleveland e na volta de Cleveland para Miami, foi um pouco cara a passagem mas acho que valeu a pena porque o parque é realmente incrível. Uma das melhores montanhas russas do mundo é a Millenium Force que dá medo só de ver a foto, quando vi pessoalmente fiquei bem apavorado, demorou até o meio dia pra convencer a minha namorada a ir andar nela, poxa veio do outro lado do mundo até aqui pra não andar?! eheheheheh depois ela adorou e quis até andar no carrinho da frente. Dêem uma olhada nela neste video e nas fotos abaixo: Outra famosa atração é a Dragster que chega a mais de 220 Km por hora em uma subida vertical, é muito rápida e assustadora olhem o video dela e as fotos abaixo: e Reservamos 3 dias para Cleveland com foco no parque das montanhas russas em um dia e no outro no parque aquático do complexo que fica junto. 3 dias foi mais do que suficiente para conhecer tudo. Fora o parque que fica a 1h de cleveland não conhecemos nada demais, lá tem uma conhecida loja com peças de computador http://www.microcenter.com , esta loja é bem completa e não é encontrada na Florida. Talvez até existam outras atrações turísticas por lá mas realmente não fizemos mais nada além de ir no parque, lá sim é necessário falar inglês pois só tem americano do interior mesmo, quando dissemos que vinhamos do Brasil em um restaurante nos olharam com muita surpresa, então acho que os Brazucas não vão muito pra lá não. Quanto a hospedagem ficamos em um excelente motel americano chamado motel 6, estava bem limpo o quarto, possuia um bom preço e ficava a apenas 10 min do parque. ai vai o site: http://www.motel6.com/reservations/motel_detail.aspx?num=4016&VID=2037&NOA=&aYr=&aMo=&aDa=&dYr=&dMo=&dDa=&CP=&TA=&BTR=/AccorMaps/M6ProximityResults.aspx?searchtype= Lá é bem interior mesmo, não tem nada pra fazer fora o parque, portanto não reserve mais que 2 a 3 dias. CRUZEIRO Prepare-se porque você vai engordar uns 3 kilos! Adoramos o cruzeiro, escolhemos um de 7 dias, existem vantagens e desvantagens em se fazer um cruzeiro mas no geral acredito que valha a pena. Se voce fizer uma reserva pela Alamo do seu carro alugado pode se beneficiar de um Shuttle gratuito entre o rental center no Aeroporto e o Porto de onde Sai o Navio então dá pra economizar uns 30 dólares nesta brincadeira..... mesmo que você não alugue o carro com a Alamo faça uma reserva pela internet, é um formulário simples onde não é necessário nem mesmo o numero de cartão de crédito, você pode depois alugar com outra locadora, mas de qualquer forma vc ganha o transporte para o Porto... Escolhemos fazer o cruzeiro pela companhia Carnival: http://www.carnival.com/ ela possui boas avaliações e ótimo custo benefício, o único problema é que você não consegue reservar pelo site deles se não for americano, então contornei este problema comprando deste site: http://www.cruisedirect.com, este site opera com todas as companhias de cruzeiro e sempre ofereçe o melhor preço e promoções, eu comprei pelo chat-on line e deu tudo certo, mandaram as minhas passagens por e-mail e depois entrei no site da Carnival e a viagem estava confirmada. Você tem tudo no navio, a comida é excelente, existem diversos restaurantes e tudo está incluído no preço que você já pagou então é só relaxar e curtir. O problema é que tudo tem hora, você fica muito pouco tempo nas ilhas, eles dizem que o barco chega por exemplo as 8h e sai as 5 o que não representa a realidade pois mesmo o barco chegando as 8h até você tomar café, pegar outro barco que te largue na ilha e até chegar nas atracões que ficam muitas vezes longe já se passaram horas, eles ainda exigem que você esteja de volta 1 h antes então no final da história é tudo correndo e com horário marcado, muito rápido. Eles vendem os pacotes de tours pelas ilhas no barco mas é muito mais caro do que você pagaria estando na ilha, quando você desce do navio já vê várias companhas de turismo com preços bem mais em conta, mas dá raiva quando você vê que a maioria dos passeios legais do local que está visitando não podem ser feitos por falta de tempo, na verdade você só tem um “aperitivo”da ilha.... Por exemplo em Belize eu queria mergulhar no Blue Hole que é um dos mergulhos mais únicos do mundo porém ficava a 3horas de barco do porto e não teria tempo suficiente pra fazer. Tem um cara chato falando na porcaria do alto falante toda hora, você comeu que nem um leitão dae vai dar uma descansada e aquele infeliz não para de falar, eu entendo que ele é o animador do barco e que quer entreter as pessoas e anunciar as atividades mas eu só queria ter um lugar pra fugir dele mas nem dentro do quarto se consegue fugir daquele alto falante. É bom escolher um andar alto porque você não escutará o barulho das ondas batendo no barco, normalmente os andares altos são mais caros, mas quando eu reservei tinham quartos iguais ao meu e pelo mesmo preço no 6 andar por exemplo que já seria bom. No porto os caras que carregam a sua mala (só pode largar as malas com eles) ficam cobrando tips (gorjetas), no barco também eles auto descontam na sua fatura, quando eu fui pagar vi que tinha quase U$$ 200,00 na minha conta de Tips que eu nem sabia, então eu mandei tirar, no outro dia o cara que limpava o quarto estava com uma cara de bunda pra mim, é a cultura americana ficar dando tips sempre, seja nos restaurantes, após um tour ou em qualquer lugar. No barco não é diferente, o diferente é que eles já descontam na sua conta, isto já é demais. Tem tudo que é tipo de gente e as vezes tem uma tigrada (chinelagem, fubangas, piriguetes, não sei mais que termo usar, etc...), bom estava com a minha namorada em uma jacuzzi quando a mulher do lado que estava sentada no colo de um cara tirou os peitos pra fora pro garçom que estava servindo a bebida, tudo normal até ai.... então ela sentou no colo de outro cara que estava do outro lado e começou a fazer movimentos estranhos horizontalmente, neste momento decidi sair dali com a minha namorada porque naquela festa eu só tinha a perder.... Saindo dali tinha que escolher entre a piscina salgada lotada, a piscina mijada das crianças ou a piscina gozada da bruna surfistinha, escolha difícil. heheheheh Estou parecendo muito negativo quanto ao cruzeiro e isto até é um pecado.... na verdade eu tirei fotos lindas e conheci lugares maravilhosos, mesmo que por pouco tempo dá sim pra se ter uma boa idéia dos locais para que em uma próxima viagem quem sabe se foque somente naquela ilha. Em cada uma que passamos o pensamento era o mesmo: ‘ainda vamos voltar e ficar mais tempo aqui”, isto é normal porque todas elas são lindas. Se você conseguir uma boa promoção vale a pena a experiência do cruzeiro sem dúvida. Eu iria novamente. Algumas fotos do Cruzeiro: Tensão na chegada, vc entrega as malas para um desconhecido sem qualquer comprovante e reza para encontrar dentro do navio Bom finalizando o tópico deixo uma última dica quanto a volta ao Brasil se você está suando frio para passar pela Receita Federal com as suas bugigangas americanas que você comprou por impulso nos outlets da vida: A cota como vocês sabem é de U$$ 500,00, porém você tem mais U$$ 500,00 pra gastar em free shops e alguns itens não entram na lista da receita, ou seja independente do valor você pode ter um item desses de uso pessoal (fora da caixa): Câmera fotográfica e celular, antes na lei estava previsto o notebook e acredito que os fiscais são orientados a deixar passar o seu notebook de uso pessoal então se você comprar um nos EUA tire ele da caixa coloque as suas fotos e textos e provavelmente não será taxado, a não ser que o fiscal seja muito chato. As roupas sem etiquetas e compatíveis com o tempo de viagem também não entram na cota, então seja esperto e vá com a mala vazia compre as roupas lá e tire as etiquetas, não vale trazer 5 malas para uma viajem de 7 dias...! Outra coisa é não comprar mais de um item igual, eu trouxe um computador em peças, o fiscal me parou na receita porém ele viu que eu trouxe apenas 1 computador para meu uso pessoal, eu não sou um muambeiro que trouxe 30 peças iguais de computador pra revender, certo que ele viu que eu estava acima da cota mas se o cara não é um chato que acordou de mau humor ele vai te deixar passar. Não esqueça de tirar tudo das caixas que são chamativas e denunciam exatamente o que é que você está trazendo com modelo número de serie ,etc. Outra coisa importante é que eles aboliram a declaração de bagagem antes da viagem exigindo que você tenha a nota fiscal então se você levar algum item eletrônico que possa ser taxado na volta da viajem ao brasil e não tem nota fiscal vale a pena ir em um cartório e registrar este item desta forma terá uma prova que o item já era seu antes da viajem, eu em uma outra trip tirei uma foto do meu note na frente da placa do aeroporto pra provar que aquele notebook já era meu antes da viagem. Abração a todos e qualquer dúvida fico a disposição naquilo que eu puder ajudar.
  21. Kalissinha lá eles ficam todos na natureza mesmo.... Não tem essas escolas de golfinhos lá não. Abraço!
  22. PESSOAL UM AVISO DE UTILIDADE PÚBLICA: NÃO VIAGEM PELA COMPANIA AÉREA DAE OU PELA INSELAIR!!!! Voltei a Curaçao e Aruba com amigos agora em março e nunca tive tanta dor de cabeça por causa de atrasos dessas companhias, dos 4 vôos pela DAE simplesmente todos atrasaram, um com 5 e outro com 8 horas de atraso!, fora que tinha pessoas no aeroporto que estavam esperando a mais de 10 horas! Isto quebra qualquer planejamento de viagem, pois perdemos todo um dia de programação por causa da incompetência da DAE, eles estão falindo segundo nos foi dito por várias pessoas, aliás quando dizíamos que estávamos indo pela DAE as pessoas já demonstravam preocupação pois o normal agora é os vôos atrasarem muito. O Vôo entre Curaçao e Aruba não tinha sequer o ar funcionando, foi uma sauna dentro do avião e gente passando mal, o engraçado é que os funcionários já estão treinados pra enganar as pessoas, pois o mesmo avião da ida era o da volta e eu perguntei se o ar ia funcionar e a aeromoça disse sim durante o vôo ele vai funcionar e é claro que foi a mesma M da ida, teve um vôo que era pra sair as 6h da tarde, na planilha eletrônica estava delayed 8:30 de saída, na planilha do guichê da DAE 11:30 de saída e advinha? saiu 12:30!! Que bagunça é essa!? É um absurdo o jeito que tratam o cliente, como lá não existe uma agência reguladora como a ANAC do Brasil você fica a mercê deles, e ainda não tem pra quem reclamar.... Renovo meu conselho anterior pra quem quer ir pra Curaçao e Aruba sem ter dor de cabeça VÁ COM UMA COMPANHIA AÉRA GRANDE E QUE TENHA FILIAL NO BRASIL COMO: GOL E AVIANCA. A CONEXÃO POR CARACAS AINDA ESTÁ PROBLEMÁTICA, MAS AGORA ELES ESTÃO INCLUINDO A TAXA DE SAÍDA DO PAÍS NO TICKET, MAS MESMO ASSIM TIVEMOS DE PAGAR UMA "DIFERENÇA" DE IMPOSTO NA SAÍDA. SE FOR TROCAS DÓLARES POR BOLIVARES NÃO TROQUE NO AEROPORTO MAS SIM DIRETAMENTE NO HOTEL, NO AEROPORTO ESTAVAM FAZENDO 6X1, NO HOTEL CONSEGUI 8X1. Desta vez me hospedei neste hotel de Caracas, eles tem transfer gratuito do aeroporto, (mas com o atraso da DAE chegamos 7 horas depois era madrugada e pegamos um taxi morrendo de medo) o hotel ;e esse aqui: http://www.hotelcatimar.com/
  23. Olha só para comprar o JR Pass no Brasil (este passe é diferente da dica da cindy que vale para os trens normais, pois o JR Pass permite qualquer trem da linha JR inclusive os trem bala, porém cabe aqui outra ressalva..... o último modelo de trem bala não podia quando eu fui... mas mesmo assim é uma diferença pequena de tempo entre o trem bala e o super ultra trem bala...eheheh) Poucas linhas de metro e alguns trens não são da JR e não pode usar o passe, mas a maioria dos trens é da JR. Ok, mas indo ao que interessa os pontos de venda desse passe no Brasil vocês encontram nesse link: http://www.japanrailpass.net/05/en05_4.html Lembrando que você somente pode comprar este passe FORA do Japão. Abraço.
  24. Olá! Se você possui tempo e gosta de ficar mais em um local acho bacana, se você estiver com o passe aquele dos trens e achar que já está a muito tempo no mesmo lugar nada impede de ir para outro, pois você pode pegar quantos trens quiser e a hora que quiser, se um belo dia decidir ir de uma ponta a outra do Japão no mesmo dia (como vi uns gringos fazendo) com esse passe e o trem bala é plenamente possível e você não pagará nada mais por isso.... Isso é que é o bom de reservar no hostelworld, você tem a possibilidade de cancelar a reserva com 48h ou 24h de antecedência e paga apenas 1 dólar (é um seguro de cancelamento que tens de comprar antes) eles restituem o valor para a sua conta para usar em outra reserva. Tókio e Kioto são lugares com muito a se conhecer e acho que não irá se cansar tão fácil desses lugares não, são mágicos e realmente muito diferentes de qualquer outro lugar do mundo, a viajem ao Japão é sem dúvida muito gratificante e enriquecedora de todas as formas. Acabei não indo no Buda de Nara, a maioria do pessoal vai pra lá em um dia pra ver ele, mas tirando esta atração não sei muito sobre Nara não. Mas é bem perto de Kioto de trem é rapidinho pra chegar. Não sei te dizer nada sobre hakone e kamakura também.... aliás quando conheceres posta pra gente ter mais informações, pois fiquei curioso sobre estes lugares (quem sabe em uma próxima... eheheh). Kinosaki Onsen eu achei bem interessante, principalmente pelo fato de só ter japonês lá.... NINGUÉM falou inglês comigo naquela cidade, não consegui sequer reservar o hotel por mim, pois no site do booking ou nos de reserva que eu conheço não tinha esse lugar, quem reservou pra mim foi a recepcionista do hostel que me hospedei em Kioto, ela falou em japonês com o pessoal do hotel e me deu o preço, quando cheguei lá e até a saída tudo foi só na mímica, pois eu não falo uma palavra em japonês! Os onsens são muito bons e é uma cidade pequena boa pra tirar o stress, fica próximo a takayama que também achei interessante. Te desejo boa sorte na viagem e espero que aproveite bastante a terra do sol nascente.... Abraço.
×
×
  • Criar Novo...