Ir para conteúdo

marcosconde.amb

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que marcosconde.amb postou

  1. Fala Galera, Vou relatar parte de uma viagem ao Espírito Santo, que incluiu 2 destinos: Pancas, no noroeste do Estado, e Pedra Azul, distrito do município de Domingos Martins, um pouco mais próxima de Vitória. Nesse relato vou abordar somente Pancas. Pedra Azul procurarei contribuir em outros tópicos já criados. A explicação é simples, tem muito pouca informação sobre Pancas aqui no Mochileiros, e no meu entendimento os outros relatos existentes sobre esse lugar incrível foram um pouco diferentes da minha experiência por lá. Tudo começou quando eu e minha esposa, Priscila, paramos para
  2. Olá Peter, Realmente, na Bolívia é tudo mais barato. O preço do trekking está logo no início do relato. Abraço
  3. Olá Fabrício, Me desculpe a demora, só agora vi que tinha suas perguntas no relato. Mas como vc pretende ir em Ago/2014 talvez ainda dê tempo. Não fiz o Huayna Potossí, mas a info que tenho é que é uma subida relativamente pesada e tem alguns trechos de escalada em gelo que exige bastante fisicamente, além de superar os 6.000m. Me parece que o seu plano de aclimatação está mais que suficiente, o resto é ver como seu corpo vai reagir. Em San Pedro do Atacama, além dos passeios tradicionais, todos muito bonitos e interessantes, fizemos a ascensão do vulcão Lascar, 5.650m. Esse é um dos vulcõe
  4. Olá Umpdy, O trekking de um dia é uma opção interessante, principalmente pra quem está com pouco tempo. Mas, acordar e dar de frente para aquela montanha é uma sensação indescritível. Para quem estiver com um pouco mais de tempo, recomendo pelo menos 2 dias. Uma dúvida, imagino que o trekking de um dia direto para o Pico Áustria seja meio puxado considerando a distância e a altitude. O que você achou? Quanto a subir pela pedra, a regra é cada 2 passos caminha-se efetivamente 1. Para descer cada passo equivale a 3, pois você desce literalmente deslizando sobre a camada de pedras...heheeh...
  5. Oi Maria Emilia, Pois é, você tem razão, é sempre preferível contratar diretamente guias locais. Normalmente fica até mais barato. Mas em muitos casos não se conhece guias locais ou não há referências. Nessas horas as agencias quebram o galho do turista, intermediando esse processo. No caso do povoado de Tuni, pelo que percebi, nessa época que eu fui não havia guias. Sequer havia tcholas para as mulas. Quanto ao Sixto, ele não me pareceu insatisfeito com as condições de trabalho e remuneração. Enfim, apenas esclarecendo alguns pontos e concordando com sua preferência. Abraço Marcos Conde
  6. Oi Renata!!! Parabens pela trip e pelo relato. Ótimas fotos. Aquele choppinho em SPA depois de chegar do tour do salar (nós) e do Licancabur (você)...estava D+ hein! Bom te encontrar por lá e ter participado de alguma forma dessa sua viagem...hhehehe Abs,
  7. Oi Maria Emilia, Pois é, quando estavamos planejando tambem tinhamos muitas duvidas e a certeza de querer fazer esse trekking. Conseguimos muito poucas informações aqui no forum e na internet. Pouca gente sabe que ele existe. Bom...No fim agente acabou procurando a Alberth Tours, da qual tinhamos boas referencias, customizamos o roteiro e o resto você já sabe. Foi maravilhoso. Abs,
  8. Olá Van/DF e kakazeth, Recomendo fortemente esse trekking. Lembro ainda que na cordilheira real e na região do Condoriri há muitas opções de trekking e escalada, desde daytrips até trekings de 6 dias. Se for com a Alberth, o Juan vai abrir um mapa na sua frente e começar a apresentar as opções com base no seu tempo e interesse. Qualquer opção que escolher será magnífica. Abs
  9. Oi mfernandabp A ideia era essa mesmo...reviver esses momentos escrevendo o relato...hehehe Valeu pelos elogios... Abs
  10. Olá galera mochileira, Bom. Depois de planejar toda a minha viagem por esse site, não poderia deixar de contribuir. Esse trekking que vou relatar faz parte de uma viagem maior, que assim que eu tiver tempo elaborarei um relato mais extenso. Tem duas partes da vaigem que eu gostaria de dar prioridade: uma delas é um trekking de 3 dias na região do Condoriri, na cordillera Real, próximo a La Paz; a outra é o Parque Lauca, no extremo norte chileno. O motivo: a escassez de informações sobre esses lugares aqui no mochileiros.com. Vou começar com o Trekking do Condoriri. A viagem compreendeu a
×
×
  • Criar Novo...