Ir para conteúdo

brazilianvictor

Membros
  • Total de itens

    36
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre brazilianvictor

  • Data de Nascimento 10-04-1985

Bio

  • Ocupação
    Economista e tesoureiro da IFLRY.org.

Outras informações

  1. Oi Káren! Obrigado pela resposta! Na verdade, meu objetivo é chegar ao norte do Chile, mas gostaria de passar pelo menos uma noite em cada país (Argentina e Paraguai) até atingí-lo. Por isso não faz tanta diferença por quais cidades passarei. Só Assunção que eu acredito realmente valer a pena para incluir no roteiro. Existe ônibus direto de ASU para Salta? Tem ideia de qual empresa faz...? E qual seria o preço? E para os outros trechos, mesmo que não tenha site, você sabe dizer quais empresas fazem? Sabendo o nome eu consigo correr atrás, nem que seja telefonando para elas. Obrigaaaaado!
  2. Pessoal, Achei algumas postagens semelhantes mas confesso não ter encontrado nenhuma descrição - com preços atualizados - deste trajeto. Estou tentando montar um trajeto, de ônibus, que me leve para a costa do norte do Chile de ônibus, a partir de São Paulo, passando pelo Paraguai e Argentina. Até agora, o caminho mais lógico que encontrei foi São Paulo > Assunção > Resistência > Salta > Antofagasta; ainda assim, não tenho certeza sobre quais seriam as melhores empresas para se fazer o roteiro. Neste caso, o "melhor" seria um caminho que fosse o mais barato possível e que me permitisse parar em pelo menos de uma cidade de cada um desses três países (Paraguai, Argentina e Chile). Então... 1) O melhor roteiro seria este mesmo? 2) Quais empresas fazem cada um dos trechos pelo menor preço? Obrigado, galera!
  3. Fala, galera! Beleza? Estava procurando alguns programas na Argentina e acabei achando pelo idealists.org a Fundación AFOS (http://www.fundacionafos.org.ar/) em Córdoba. Algum de vocês já ouviu falar no programa? E, para os que já conhecem Córdoba... Um mês é um período razoável para conhecer a cidade? Valeu!
  4. Fala galera! Beleza? Relato fantástico! Estou pensando em ir para a Alemanhã em fevereiro, a trabalho, e talvez consiga três dias de 'sobra'. Pensei em extender por lá. Em relação a moeda, é realmente necessário fazer o cambio para a moeda local? Ou eles aceitam Euro também? É fácil o acesso a casas de câmbio? Você falou do baixo preço da estadia (que eu realmente confirmei procurando em alguns albergues pelo hostelsworld.com) mas do alto custo para alimentação e transporte. Quanto devo ter separado para 3 dias por lá? Você chegou a sair a noite na cidade? Em caso positivo, qual o preço de entrada nas boates/pubs? E as bebidas? Lembra do custo? Em relação a placas pela cidade... A galera não fala inglês mas e as placas? Consigo me localizar olhando por elas ou nenhuma é em inglês/francês/espanhol? Valeu pela força!!
  5. Bom, Antes de mais nada... Alguém me mandou uma mensagem - não identifique quem - perguntando sobre o contato do Taxista brasileiro que eu informei aqui: o nome é Alexandre e o telefone é 407-937-8736. É só falar que foi indicação do João Victor ex-cast member. Cara, em geral as pessoas dão conta de conhecer os parques em um dia só. Depende muito da época porque as filas vão varias demais - dependendo do mês, dias da semana, feriados, ... Mas vale a pena deixar um dia 'em branco' para que você possa retornar no seu parque preferido ou então seguir a indicação de algum cast member (funcionário da Disney) brasileiro. Eu trabalhei lá algum tempo e a galera sempre sabe informar o que está bombando na época. Boa viagem!
  6. E aí, Cris! Tranquilo?? Você conhece alguém que teve alguma experiência do tipo?? Como foi?? A idéia é ótima!! Gostei! Bjs!
  7. Ahá! Dúvida de infância solucionada! Obrigado, Mi!
  8. Oi Clarissa! Td bem? Quando vc pretende ir? Bom, eu troquei alguns emails com o The Point e o Loki (ambos bem famosos no Peru) e os dois tem essa possibilidade de trabalho. O padrão geral é que você trabalha por volta de 4 a 5 dias por semana em horários flexíveis... Em geral no bar e na recepção (nada de lavar banheiro ou coisas do tipo) e recebe, em troca, a hospedagem, alguma alimentação e desconto em todos os serviços deles. A boa, pelo que eu andei pesquisando, é mandar emails pros lugares que te interessou. Em geral são hostels melhores, de gringos (como o Loki Cusco que é gerido por um australiano), que seriam bem mais caros que os outros... E você, além de ficar de graça, ainda vai ter uma experiência boa no lugar - conhecer mais que os outros e encontrar mais gente. Estou pesquisando também na Bolivia e na Argentina e metade dos lugares que eu entrei em contato dão resposta positiva em até 2 dias. Não tentei ainda em agências de turismos e congêneres... Mas vou tentar! Minha viagem é só pro final do ano que vem. A questão do visto é mais complicada. Você pode realizar trabalhos voluntários por lá (que é essa relação de troca com os hostels) como turista normal... E o 'turista' é liberado pra permanecer no país por até 3 meses sem visto (no caso da não necessidade do passaporte eu não sei exatamente como é feito esse controle de tempo. É até uma boa pergunta pro fórum...). Caso você queira ser remunerada em dinheiro (e os hostels abrem essa possibilidade caso gostem de você), você vai assumir um cargo de mais responsabilidade - como uma gerência de bar - e vai precisar de um visto de trabalho - que tem a vantagem de te permitir ficar no país por mais de 3 meses. Cheguei a mandar um e-mail pra embaixada do Peru mas não me responderam. Vou ligar pra lá dps pra ver como funciona isso. Pretendo fazer o mesmo para a Bolivia também... Talvez alguns outros países. Estou programando tirar meu diploma de Economista em novembro do ano que vem e partir direto pra uma viagem longa dessas... Toda informação que vocês conseguirem por aí vai ser muito útil! Espero ter ajudado você tb, Clarissa! =)
  9. Fala galera! Algum de vocês tem mais informações sobre Tarija? O departamento fica no extremo sul da Bolivia em fronteira com a Argentina e o Paraguai e é foco político dos autonomistas anti-Moralles ao lado dos cidadãos de Santa Cruz. Pelo que eu li por aqui tem por lá para montanhismo o Tarija mas, além disso, tomei conhecimento de La Fiesta de San Roque (festividade católica no Dia del Perro) e de la represa de San Jacinto que parece ter paisagens fantásticas e o melhor vinho da região. :Alguém conhece mais detalhes sobre o departamento? Se vale a pena conhecer, se tem algo a mais para visitar, ... Valeu, galera!
  10. São sim! As filas de bilhetes nem se comparam as filas de dentro dos parques... rs Dificilmente você gastará mais de 20 minutos nelas. O único problema que você pode encontrar é em datas como Reveillon, Natal e ThanksGiving que, por mais que tenham celebrações fantásticas, superlotam os parques... Nesse ultimo natal chegamos a estar com 80 mil pessoas dentro do Magic Kingdom que fechou por umas 4 vezes por não caber mais gente dentro. Ou seja: não sendo em datas específicas, pode comprar o ingresso na porta tranquilo! Olha, Guilherme... Eu não achei preços melhores que a da BestBuy em lugar nenhum. Seja pra laptops ou pra câmeras. Não consultei a Amazon como a galera do fórum indicou mas acho que vale a pena. O problema das lojas não-conhecidas da International Drive é que são para 'turistas de excursão'. O guia só leva nelas, tira 5% de comissão sobre as vendas e acabou. Essas são a de preços mais altos... As outras realmente tem o problema do MadeInChina... rs Ônibus em Orlando vale a pena: 1. Pra rodar pela International Drive; 2. Se você estiver em um resort da Disney e quiser ir de lá para os parques; e 3. Pra ir de alguns pick-up points (como o Premium Outlet) pra parques como o Busch Garden em Tampa. Fora isso, eles praticamente não existem. Você não consegue fazer nem o basicão por eles... De Lake Buena Vista, que é onde eu morava e era um dos bairros mais clássicos da cidade, até Downtown Orlando, por exemplo, não existia linha NENHUMA. Nos taxis, nunca deixe de negociar. Sempre pergunte o preço antes de entrar em um e busque sempre taxistas com referências. O que eu indiquei ali em cima é um brasileiro que hoje tem uma pequena frota de taxis mas ainda assim continua trabalhando quase 20 horas por dia em épocas de pico. Faz descontos bem altos pra brasileiros... Dá um toque nele qdo precisar e toca no meu nome.
  11. Compra na entrada do parque! Sem dúvidas, seja pra Disney, SeaWorld, BuschGardens, ... O ingresso p/ a Disney estã na faixa dos 80USD (por dia). Na DowntownDisney tem a House of Blues (HOB) e lá perto você acha uma Ale House (tipo pub) e a Buffalo's (pub com videoke) bem maneirinhos. A HOB bomba no sábado, a Ale House na 3ª, Buffalo's na 4ª e, na 5ª, a melhor night de Orlando: Roxy, na Downtown Orlando. Os endereços você acha em qualquer hotel ou com os taxistas locais. Para taxista indico TOTALMENTE o Alexandre (carioca morando por lá há mais de 10 anos). O telefone é 407-937-8736 e pode ligar a qualquer hora. É só falar que foi indicação do João Victor Castmember que vai ser super bem tratado e conseguir altos descontos. Boa viagem!
  12. Fala Claudinei! Todas as cotações que eu fiz por lá BBUY levou. O grande diferencial da CompUSA pra mim foi o atendimento que é fantástico (além de negociarem preços). Maaaas... Ainda assim deixei minha grana na BB. Alias, ela batia até os preços da CircuityCity que estava queimando o estoque pra fechar as portas. Boa idéia essa da Amazon! Não me liguei em fazer isso!
  13. Fala galera! Desconsiderando o Reveillon, qual a cidade na Bolivia onde vocês encontraram as melhores nights? Boates, bares, ... Por lá o cenário é mais de gringos (como Cusco e similares no Peru) ou dá mais local? O pessoal na noite para pra interagir tranquilo ou é mais reservado? E os preços? Entradas, bebidas, ...? Valeu, galera!
  14. São os melhores, sem dúvida. Ambos ficam na International Drive, a mais famosa. E outra: EVITE AO MÁXIMO AS LOJAS DE BRASILEIROS! Além de serem bem restritas em termos de variedade, são caras! Eles aceitam negociar bastante (é a vantagem), mas mesmo assim ficam bem acima dos preços de outlets e, PRINCIPALMENTE, dos eletrônicos. Estive lá tem pouco tempo... E, em termos de eletrônicos, ninguém barra a BESTBUY. Principalmente em notebooks e iPods. Tem uma na International Drive mesmo, mas aconselho ir na de Kissime (cidade vizinha a Orlando). Vai dar algo em torno de 50 dolares ida e volta. Tenho o telefone de um taxista brasileiro que é muito foda! Além de saber todas as boas (lojas, pontos turisticos, festas, ...) é parceiraço e faz descontos enormes. Em breve acho o número dele e posto aqui. Ele quase largou a mulher na época de tanto que saia com a gente por lá... hahaha
  15. Fala Fernando! Os que eu mais gastei foram o PRIME OUTLET e o PREMIUM OUTLET. Você acha o site dos dois fácil no Google com todas as lojas. Entre outras, rolam muitas promoções da Calvin Klein, Diesel, Vans, Giorgio Armani, Tommy, Ralph Lauren, ... Eu morei 3 meses praticamente em frente ao PREMIUM. Fiz a festa dos vendedores por lá... haha Boa viagem!
×
×
  • Criar Novo...