Ir para conteúdo

robertobortoloto

Membros
  • Total de itens

    30
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

7 Neutra

Bio

  • Ocupação
    fisioterapeuta

Outras informações

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. “ Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros, Tv ou internet. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu . Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob seu próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como imaginamos, e não simplesmente como ele é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos , quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver.” Desde a volta do ultimo mochilão em janeiro de 2017, que fomos para Bolívia e Peru decidimos ir em dez de 2017 para Ushuaia. PROGRAMAÇÃO: Começamos os preparativos de rotas e destinos já em Agosto/17 e em diversas conversas com o Thiago companheiro das viagens e amigo de trabalho definimos as datas onde iriamos de ônibus para Buenos Aires dia 16/12/17 pegaríamos um voo só de ida até Ushuaia e voltaríamos de ônibus saindo da Patagônia x Bariloche x Buenos aires teríamos do dia 20/12 até 08/01, comentei com ele que eu faria todo o roteiro e que ele faria nosso roteiro de 4 dias de Torre del Paine, mais quando nos reunimos novamente em outubro/17 verificamos que TDP era um lugar muito complexo e não era algo assim tão simples como os outros mochilões que encarei, *** quando você definir ir para TDP antes de mais nada veja como está as reservas para o parque, para dai então comprar as passagens aéreas*** . O nosso roteiro era dia 20/12 Ushuaia, dia 23/12 calafate, 24,25 e 26/12 TDP, 28, 29, 30 e 31/12 el Chalten, 01, 02, 03 Bariloche e Buenos Aires 04, 05 , 06 e 07. por problemas de reservas em TDP, o custo de passagens de ônibus e do tempo perdido 24 horas de Chalten a Bariloche e de Bariloche a Buenos Aires mais 24 horas, optamos por comprar passagens aéreas que acabou saindo mais barato e ganhamos 3 dias mais na Patagônia. e tivemos que mudar as datas de TDP por conta das reservas que conseguimos apenas para o ano novo. Dia 11/11/2017 Fui para Puerto Iguaçu fazer um câmbio e comprar as passagens de ônibus para BA, quando se for fazer um câmbio está aqui a dica *** se juntem em 2, 3 , 4 pessoas e unam forças e façam um cambio só, ou seja quanto mais dinheiro melhor o câmbio, primeiro eu disse que queria trocar 10 mil reais em peso a cotação veio para R$ 1 x AR$ 5,40 mais como era sábado disse que estava só com 1 mil reais e acabei trocando por 5,30 que era uma excelente cotação, fiquei imaginando se eu estivesse em BA na rua Florida porque lá irei trocar praticamente todo o meu cash, desde que a cotação saia boa, detalhe sempre olho no google o cambio real blue hoy. Sei que posso fazer câmbios melhores em BA pois existem muitos argentinos nessa época querendo ir para as praias no Brasil e o Real fica muito valorizado no final do ano então tenham calma e procurem em outras casas de cambio pois haverá uma que estará precisando do nosso real. VIAGEM DE 16/12 A 08/01 Olá pessoal estou na TrIP, empolgado e curtindo muito vou deixar algumas dicas, cheguei em BA dia 17/12 domingo as 7:30 da manha e dentro da rodoviária você pode adquirir o seu cartão SUBE, coloque créditos e pronto. fui para o ponto com o mochilão, a mochilinha e a barraca, gastei AR$ 6,00 pesos mais ou menos 1.15 reais e o busão me deixou na frente da galerias Pacifico, shopping bem conhecido, fui andando pela florida e cheguei em meu hostel, sai para bater perna todos os dias afinal já conhecia bem a região que eu estava, fui direto para a estacão retiro e peguei o trem para TIGRE, por AR$ 12,00 pesos fiquei o dia inteiro por lá, vale muito a pena ir no porto de frutos, mais não há só frutos e sim muitos artesanatos e coisas boas e baratas, tem de tudo mesmo. dia 18/12 aproveitei e fiz de novo o CITY TOUR estava no valor de AR$ 490,00 pesos, fiquei zanzando por todo o dia e ao final quando estava por voltar ao centro o motorista do busão comentou de um protesto que estava acontecendo desde o meio dia, fui a pé da recoleta até o obelisco e vi todo o movimento de perto a briga era que o presidente Macri estava diminuindo o valor de aposentadoria dos mais velhos e retirando impostos altos de maquinas caça níquel, ou seja tirando dos pobres e favorecendo os mais ricos, e o povo estava indignado. no mesmo dia cheguei no hostel umas 20:00 hs entrei na internet e reservei 02 entradas para o pub www.clubseverino.com.ar você deixa seu nome na lista e entra free, mais atenção esse bar só abre nas segundas, cheguei cedo por conta da confusão pois queria conhecer, praticamente abri a boate, fui para usar o cartão internacional pois não tinha feito cambio ainda e detalhe eles não aceitam cartão e o real estava 1 x 4 pesos, tomei 02 cerva e as 1:00 fui embora, a boate achei meia boca mais valeu. No dia 19/12 juntamos em 03 pessoas para cambiar valor mais alto e conseguimos juntar 7.750.00 reais e trocamos a um cambio de AR$ 5.60, aproveitei e fui ate o aeroparque que estava uma confusão só por conta dos protestos, muitos voos cancelados e uma confusão só, verifiquei que meu voo havia sido alterado pro EZEIZA e já fui atras da rota mais fácil. existem várias opções de chegar no EZEIZA, Táxi, Uber, Tienda del Lion que achei a mais barata AR$ 240.00 pesos e clientes aerolineas com 50% de desconto, não contente sai na busca se existia busão, todos nao sabiam e acreditem achei, a linha é a numero 08 e ele passa na frente da casa rosada quase em frente ao café tortoni, e custa AR$ 7,00 pesos apenas. Voltei ao Hostel Suites Florida fizemos um rango pegamos as coisas e 4 horas antes do voo fomos para o ponto de ônibus rumo ao Ezeiza, demorou cerca de 2 horas para chegar, de táxi é em torno de 40 minutos, e o busão vai fazendo um city tour pelas ruas e vielas de BA, ao chegar no Ezeira era só esperar, e embarcar. Dia 20/12 chegada em Ushuaia, pegamos um táxi até o hostel Antártida, estávamos com um certo receio pois pela internet tinha poucas vagas e muitos falavam de alta temporada, fomos sem reservas nenhuma, e de cara vários hostels com vagas ficamos em um quarto compartilhado de 8 camas mais haviam somente 2 camas ocupadas uma suíça e um chinês, pagamos P$ 1.260,00 pesos por pessoa por 3 dias. Roteiro Patagônia.xls IMG_0803.MOV IMG_0950.MOV
  2. que T de viagem, vou em dezembro agora passar natal e reveilon.... sobre a documentação da bolivia pro chile, tem que ser só passaporte ou aceitam a identidade tambem.
  3. Olá Celso, não peguei nada mais é fácil te explicar, vou ver se faço um mapa e publico aqui, e quando você estiver lá vai perceber que é fácil achar o cambio, pois eles te levam pra dentro de salas que são empresas, tipo factoring, essas são confiáveis, quando você pretende ir????
  4. Inúmeros outros relatos complementaram e me incentivaram a formatar esta viagem, e devo agradecer a todos do site que colaboram com a troca de informações, tirando dúvidas, sugerindo roteiros e se colocando a disposição para qualquer informação. Li alguns relatos no site e gostei deste paragrafo e me associei muito com ele que é a minha cara segue abaixo: “Mas antes do relato vamos refletir ?Tem uns quinze ou mais anos, não lembro! Eu estava lendo em uma revista masculina uma reportagem sobre a modelo Cindy Crawford ex esposa do ator Richard G. O autor utilizou toda uma página para descrever a beleza daquela que era a mulher do momento, e descreveu com detalhes toda beleza e "perfeição", não apenas de seu rosto mas também de seu corpo, esbelto e escultural, padrão de beleza para muitos no mundo todo. Mas o que isso tem a ver com um relato de viagem ? É simples responder! depois de tudo que ele descreveu sobre a Musa do momento, ele disse! A melhor mulher é a próxima, aguardem o próximo número de Playboy! Essa frase pode parecer machista, ou até feminista se dita por uma mulher ou não? O fato é que eu, você, nós viajantes, vivemos em um mundo onde se trabalha mais para se ganhar mais, e poder ter mais. Nessa busca muitos deixam seus sonhos para depois sem pensar que esse depois pode não vir . Não raro estamos em rodas de amigos e parentes que falam da sua "viagem dos sonhos" e no entanto nunca saem do lugar. As desculpas são várias O dinheiro não dá para viajar ainda, não tenho tempo, tenho que trocar o carro e etc. Tem pessoas que criam tópicos e outras que respondem tópicos dizendo que adorou seu relato, mas que não tem companhia para viajar, e que tem medo de viajar só. E desta forma a tão sonhada viagem vai ficando para depois. Envelhecem, adoecem e morrem tendo apenas viajado nos sonhos ou nos relatos de outros. Já li tópicos de pessoas que venderam o carro, outras que juntaram moedas, e tantas outras coisas para poderem realizar o sonho de viajar. Por isso a reflexão! Hoje ninguém lembra ou fala da Cindy Crawford, da Sheila Melo ou da Carvalho! Porque? Porque A melhor mulher é a Próxima? Ou parafraseando o repórter, A melhor viagem é a Próxima. É assim que um Viajante, um, mochileiro deve pensar, e sei que muitos antes mesmo de concluir uma viagem já estão pensando na próxima...É assim que eu sou e talvez você também”. Ainda mal fiz a Argentina e estou pensando no Chile em 2015... kkkk Dia 26 de Junho de 2014 é o inicio da minha segunda viagem de mochilão sendo a primeira para a bolivia em 2012 e está para Argentina, onde iniciei há 1 ano atrás colhendo o máximo de informações tanto no site do mochileiros.com como no youtube, google e de todas as formas possíveis, consegui mais de 200 folhas de informações e fui a luta nos mapas e nas leituras para já assim começar a aventura no país Hermano, o dia mais interessante foi dia 21 de Junho de 2014 onde sai de Cascavel onde moro atualmente e fui até Puerto Iguazu comprar as passagens para Buenos Aires cheguei e já assisti ao jogo de Argentina e Irã, uma emoção indescritível os Argentinos são muito mais patriotas do que nós, e o fanatismo no futebol é muito grande, ganharam de 1 x 0 no finalzinho e noooossa como comemoraram, parecia final de copa pensei que ia cair a cidade era festa e buzina pra todo lado. (se perdesse pro Irã iria empatar com quem) Mais vamos ao que interessa, fiquei 3 meses vendo de que forma iria fazer o Cambio de real, pesos ou dólar, qual moeda usar vi na televisão que a argentina não havia pago uma divida externa onde acabou por sua moeda desvalorizar mais ainda chegando a custar 12 pesos 1 dólar, vi também que existem vários câmbios dólar oficial, dólar turismo e dólar blu e desta forma para o real também, em junho a cotação oficial do real era de 3,65 e do real blu era de 5,56 o dólar variava de 8,13 oficial a 12,40 blu, (só digitar no google real blue hoy) mais não é fácil achar a cotação do blue então varia muito, em Puerto Iguazu o cambio na hora era de 4 pesos por 1 real não demostrei interesse na hora e fiquei meio pensativo então o cara me perguntou quanto eu iria trocar eu disse 1.000,00 reais e ele mudou a conversa e trocou a 4,545, convertendo para o dólar peguei os 4,545 pesos e multipliquei por 2,35 cotação do dólar do dia, que me deu um valor de 10,70 então resolvi fazer a minha viagem com reais, já sabendo que em Buenos Aires iria fazer cambio melhor do que na fronteira, me direcionei a rodoviária para comprar as passagens pela companhia VIA BARILOCHE.com.ar no site da empresa achei a passagem por 1.074,00 pesos o Tutto Letto (poltrona cama) e na hora comprei por 860,00 pesos a passagem saiu por 190,00 reais. Dia 26-06 inicio da viagem e chegada no terminal de Puerto Iguazu, as 15:10 exatas pegamos o bus para B.A. pela companhia Via Bariloche na qual dispensa comentários muito confortável, 100% cama, tinha uns 10 filmes, clipes e um monte de MP3, e é servido café, almoço e janta a viagem não é nem um pouco cansativa apesar de 18 horas no busão. Chegamos em B.A. as 10:00 da manhã do dia 27-06 pegamos um taxi e fomos do terminal retiro até a corrientes esquina com a calle florida, a taxista uma mulher foi a única que me enrolou, pois a corrida deu 35,00 pesos e ela me cobrou 70,00 pesos por ser duas pessoas, na hora não reclamei pois fiz a conta de cabeça e vi que o valor deu menos de 20,00 reais e a agonia de chegar logo e a cidade grande e tal, só fui me atentar nesse detalhe depois. Na calle florida é bem aquilo dos relatos já visto aqui anteriormente, sempre se vê pessoas falando cambio, cambio, cambio, e chegando em você e oferecendo e tal, fiquei surpreso com uma mulher que olhou para minha esposa e por ela ter esmalte e unhas feitas já descobriu que somos brasileiros pois os argentinos e europeus não são muito vaidosos. Após feito o check-in no hostel fomos bater pernas e conhecer a região que estávamos, acabei fazendo um cambio de 1 real por 4,90 pesos. Cambio, vamos falar do nosso cash, na calle florida as pessoas que ficam chamando você para trocar são todos do cambio negro eles ganham uma certa comissão para levar você (cliente) até o ponto de troca, então quanto mais dinheiro você tiver melhor cambio fará, sempre troquei em torno de 1.000,00 a 1.500,00 cada vez, ouvi pessoas que trocaram 3.000,00 de uma vez, em um cambio de 5,10, o mais interessante é o seguinte troque pouco dinheiro na primeira vez para você descobrir o local de troca e da próxima vez vá sem a pessoa que fica na rua gritando cambio, cambio, assim ele deixa de ganhar a comissão e você recebe mais entenderam. Não recebi nenhuma nota falsa e não tive nenhum problema, evite cambios que as pessoas tenham o dinheiro na hora, e sempre leve a nota a luz para perceber a mancha d´agua. Já era por volta de 19:00 horas do dia 26 e retornamos para o hostel e aproveitamos o pub fusion ligado ao hostel tomamos vários chopps da Quilmes de 500 ml a 25 pesos, conhecemos pessoas bacanas e começamos as conversar em portunhol, ingrish, por mimica, sinais e ainda mais depois de umas quilmes parecia que o espanhol tava na ponta da língua. Dia 28-06 acordamos as 8:00 descemos para o café, minha esposa sofreu um pouco pois o cháfé pra mim estava bom, mais ela como uma viciada em café penou. Fomos fechar o passeio sobre o rio Tigre e nos informar sobre o city tour pagamos 220,00 pesos cada pelo city de 1 dia, iniciamos pela Av. de Maio próximo a casa Rosada muito interessante e vale a pena ouvir as historias sobre os pontos turísticos, depois de aproximadamente 1 hora fomos ao bairro La Boca onde fica a Bombonera e o Caminito lá o cambio é de 4 por 1, os preços são mais caros por causa do Caminito, uma mulher queria que eu tirasse foto com ela dançando Tango falei que agora não e ela me disse – Aca se usted fizer atchimmm tiene que pagar hehehehe mais apenas “sacamos” umas fotos e voltamos para o ponto do bus turístico para não perdermos muito tempo e por causa do jogo Brasil x Chile, no caminho ouvimos um golllll que acreditamos ser do Brasil porque se fosse do chile ouviríamos um GOOOOLLLLL, descemos em Puerto Madero e fomos sentido ao restaurante Siga La Vaca muito recomendado pelo site aqui, chegamos no final do primeiro tempo e desistimos pois no restaurante não tinha TV, vimos o jogo ao lado e acabamos por nem almoçar mais foi divertido ver a cara dos chilenos, aproveitei para “sacar” uma foto dentro do bar kkkkk. Finalizada a partida voltamos novamente ao city tour para dali faze-lo completo sem descer do bus para então vermos os pontos que iriamos parar nos outros dias, deixamos para descer só no bairro da recoleta no cemitério e encerrarmos o nosso dia mais ao descer chegamos as 18:05 e o cemitério fecha as 18:00, mais beleza valeu o dia, paramos num restaurante pois a barriga tava no queixo escolhemos de primeira uma Parrilhada que é nada mais que uma churrascada argentina, mais como a fome estava grande e o psicológico fraco, esqueci que a Parrilhada havia todo tipo de carne desde as nobres quanto as buchadas (miúdos), trocamos a papa frita ( batata frita) por arroz (um arroz muito ruim sem sal e alho) pagamos cerca de 450,00 pesos com uma garrafa de vinho, não comemos bem mais valeu a experiência, não me arrependo pois estava conhecendo uma outra cultura e um novo paladar, chegamos ao hostel lá pelas 21:00 tomei um banho e male mal comecei a ler o que faria no próximo dia e capotei. Dia 29-06 acordamos e as 9:15 a van passou para o passeio foi bom e bem diferente, poderia ter economizado uns pesos e ter ido de ônibus ou de trem, mais achei interessante os relatos da galera que fez com as agencias, também li relatos de pessoas que não acharam nada de mais e que foi tempo perdido, vai se contando a historia do pessoal ribeirinho de como vivem dos mercados móveis em cima de barcos e tal, não existe estrada, quem não tiver barco ou uma simples canoa está enrolado, eu gostei. Era domingo ficamos de volta na calle florida, fui procurar um cambio mais estava tudo fechado acabei trocando na rua mesmo mais só 500,00 num cambio de 4,73, por isso não deixem o dinheiro acabar nas vésperas de feriado, aproveitamos para fazer a visita guiada pela casa Rosada não deixem de fazer somente sábado, domingo e feriados vale muito a pena, arquitetura show de bola e detalhes fantásticos, há muita historia sobre a cor rosada sobre a famosa Eva Duarte Peron a Evita. Após seguimos para a feira de San Telmo que pra falar a verdade não me chamou muito a atenção, achei mais interessantes os shows na rua da galera do que aquelas lembranças simples e presentinhos comprei uma boina tipo de Italiano por 70 pesos, e um cinto de couro por 80 pesos, e assim andamos muito e voltamos calejados para o hostel onde ficamos desde as 23:00hs até as 1:30 da manhã conversando com a galera no espaço que todos se reúnem lá, é onde saem as melhores conversas e dicas da cidade e problemas encontrados. No dia 30-06 sai para trocar um volume maior de dinheiro, pois iriamos para Bariloche porém não consegui por mais de 4,90 a desculpa era que o peso tinha dado uma alta e o dólar tinha baixado, pensei hummmm desculpa de cego é a muleta né, tentei choras nos 5 mais não consegui, passamos no mercado Carrefur próximo ao Obelisco o maior que encontrei lá, comprei vinho, vodca, arroz, alho, macarrão e algumas coisas, fomos ao terminal retiro comprei passagem para Bariloche de 1.146,00 pesos com desconto por 928,00 pesos num cambio de 4,90 saiu por 189,00 reais, este já não era um ônibus total cama era um cama ejecutivo, fizemos as malas com aquele monte coisa me senti um motorhome ou melhor mochilãohome, pegamos o busão rumo a 20hs que foram bem tranquilas e bem diferentes pois no Brasil ficariamos inquietos com uma viagem de 200 km que dura cerca de 4 horas, no busão também é servida refeições, as paisagens falam por sí só, e os 200 kilometros finais são os melhores ficamos nas poltronas 1 e 2 com aquela visão panoramica. Dia 1-07 a estrada é super tranquila pra quem quer ir de carro, fui de busão para conhecer e pretendo voltar de carro, existem cidades a cada 300 ou 400 km com hotéis as margens da rodovia, em Bariloche chegamos as 10:00 da manhã pegamos um taxi para o centro cívico 22,00 pesos, onde tem informações turísticas sobre hotéis, hostels, cabañas, quiosques, chalés e mais, dali fomos rumo ao hostel-inn (pegamos um folder dentro do hostel florida em B.A.) bem localizado e o que mais chamou a nossa atenção era a nossa vista de frente ao lago, e ficamos praticamente sós todos os dias pois o hostel tinha aberto as portas 2 dias antes, pois estava para começar a alta temporada e eles são do mesmo grupo do Marcopolo hostel, saímos para conhecer a região, almoçar, e assistir ao jogo da Argentina, o tempo não ajudava estava bem chuvoso, compramos o cartão de ônibus o 3 de maio (tresh de macho) e ficamos fazendo um city tour a pé mesmo, tiramos o dia para andar. Dia 2-07 fomos ao centro pegar o bus para o Cerro Otto pagamos 3 pesos a passagem e ao chegar ao Cerro pagamos se não me engano 170,00 pesos pelo teleférico, ficamos umas 3 horas por lá, vi um argentino com um cachorro São Bernardo muito bonito, para tirar fotos com ele 1 foto 80,00, 2 160,00 e 3 por 200,00, ele ficou bravo que eu estava tirando foto do cachorro com a minha e que só podia tirar com a câmera dele, falei que não, alí é um lugar publico, sabia que ele não ia voar no meu pescoço ou quebrar a câmera, ele ficou com muita raiva, a vontade era de mandar ele pegar o cachorro e colocar no .... mais coitado do cachorro né, acabei tirando 2 fotos pois vai saber quando iria tirar outra foto dessa e ainda sacaneei o Argentino, no restaurante giratório é muito bom pedir um café, cappuccino ou chocolate quente enrolar uns 20 minutos para ver o restaurante dar uma volta completa em seu eixo, voltamos para o hostel-inn cozinhamos um arroz e feijão, que estávamos a uns 5 dias ausentes dessa iguaria, fui ao centro fechar um passeio para o Cerro Baio e Vila Angostura por 350,00 pesos por pessoa e a noite fomos ao bar de gelo que é sensacional, para turistas que querem ver algo diferente e inusitado. Dia 03-07 A Van passou as 8:00 e acreditem ainda estava escuro como se fosse umas 5 da manhã, nessa época começa a amanhecer as 8:30, é um passeio que demora cerca de 1:30 hs para chegar, o passeio é o dia inteiro, mais vale muito a pena, só que 350,00 pesos é só a Van gastamos 700,00 pesos os dois para ir e voltar, e mais uns 220,00 pesos por pessoa de teleférico, por isso pretendo ir de carro e evitar esses gastos, e não gosto de ter horário, prefiro fazer o meu horário, se forem em 4 pessoas compensa alugar um carro a diária sai na faixa de 400,00 a 450,00 pesos por dia, almoçamos em Vila Angostura no Restaurante Hora Cera, que tem o tenedor libre (buffet livre), 125,00 pesos por pessoa, me esbaldei de tanto comer foi o melhor lugar em Bariloche que comemos uma comida bem caseira, retornamos as 18:00 horas e ficamos no centro andando a toa. Dia 04-07 iriamos no Cerro Catedral fechou o tempo e ficamos vendo a neve cair no hostel e tomando uma sossegado, assistindo o jogo contra Colômbia, compramos algumas lembranças, algumas roupas baratas, alfajor, e devido ao mal tempo fui na aerolineas argentinas e antecipei o voo de volta a B.A. para curtir o final de semana lá, pois em Bariloche iria estar só chuva e mal tempo. Dia 05-07 Chegamos ao meio dia e não achamos vaga no hostel suítes florida, então na esquina do Burger king tem o Hotel Liberty que a diária estava 690,00 pesos e com uma choradinha ficou por 590,00 pesos só 30,00 reais a mais que o hostel, e no quarto havia frigobar e TV só que quem está acostumado com globo e não entende muito o espanhol, de nada serve a TV senão for para durmir com ela ligada, e não tem a galera que tem no hostel para se fazer amizades e trocar ideias, ficamos no quarto assistindo a argentina e belgica, após o jogo combinei com um casal o Yuri e a Bianca que conhecemos na primeira semana em B.A. fomos a um Pub Irlandes o Showmrock muito 10 recomendo, servem chopp Budweiser copo 500ml por 18 pesos e depois da meia noite vai para 22 pesos e abre a boate que fica no piso abaixo, muito diferente, fomos embora la pelas 2:00 da manhã. Dia 06-07 amanheceu um dia de muita chuva, vento e friu assim que deu uma minimizada fomos ao Cemitério da recoleta, fomos visitar vários túmulos em especial o da Evita Peron, maiores perguntas sobre o porque do cemitério deixo para vocês pesquisarem no Google e saber essa historia da Argentina, e o que isso representa para eles, se você for lá e não conhecer é como se fosse uma desconsideração, fomos voltando e tiramos fotos dos bonecos de cera, e na volta de coletivo fizemos a visita guiada no Teatro Colón, não deixem de fazer isso muito importante mesmo. Dia 07-07 deixei a esposa e fui fazer as visitas mais demoradas pelo bairro La Boca conhecer a Bombonera numa visita guiada, paguei 90,00 pesos e mais 200,00 pesos pelas fotos de pisar no gramado, banco de reserva, e outras que saíram por mais ou menos 40,00 reais e digo valeu a pena pois não sei quando voltarei a ver isso de novo, passei de novo no Caminito e tive que fazer uma aula de Tango né kkkkk a patroa não gostou muito. Dia 08-07 Já havia pegado todas as informações e nós iriamos de ônibus de B.A. até a cidade de Lujan onde iria gastar uns 60 pesos e evitar de gastar 390,00 por pessoa só para ir conhecer o Zoo de Lujan, mais caiu do céu uma carona que custou 75,00 pesos ida e volta por pessoa, e na hora custa mais 300,00 pesos o ingresso, existem muitos relatos de pessoas que falam que os animais são dopados, tem que ir e lá você vai perceber a real situação, existe um órgão mundial que cuida da proteção dos animais e se eles fossem dopados esse zoológico já estaria fechado, desde filhotes eles tem dentro das jaulas cães domésticos e também a presença de vários treinadores e de varias pessoas então o entra e sai toda hora, e desde filhotes acabam acostumando e o que acontece quando dormem é que realmente eles ficam cansados, pois são animais noturnos, li relatos de sempre deixar uma caixinha para os tratadores e de levar trocados, na verdade agora eles inflacionaram muito cheguei cedo para pegar vários animais acordados e os que dormiam eu dava em torno de 20 a 50 pesos para os treinadores acordarem eles com leite ou com carne de frango, assim eles faziam de tudo para que você tirasse as melhores fotos. Voltamos para o hostel para assistir ao grande único e mega jogo Brasil e Alemanha kkkk não preciso falar mais nada, e apesar da goleada não houve gozação ou alguma piada com a nossa mesa, estávamos em umas 4 mesas e cerca de 30 brasileiros contra sei lá 200 estrangeiros, cantamos o hino nacional alto para tipo intimidar, sei que foi muita comédia, e não estávamos nem ai queríamos festa e estávamos curtindo um passeio muito bom, imaginei como estaria se estivesse no Brasil, mais ali naquele ambiente não demorou 1 hora após o jogo para esquecermos dele e tomar outras quilmes, falar com a galera sobre outras experiências, vimos um alemão sozinho no canto tomando a gelada dele e chamamos para nossa mesa, ele ficou meio espantado por sermos brasileiros, mais nada haver jogo é jogo, e férias é férias. Dia 09-07 estávamos já cansados de tanta viagem e compramos a nossa volta para a noite, era dia de jogo da Argentina e Holanda e naquele pé não sabia para quem torcer, 10 títulos a Europa e 9 títulos a América, mereciamos empatar então torci pela Argentina além do mais fui muito bem recebido e muito bem tratado, estava me sentindo quase um Hermano, estávamos no Espaço do Hostel e devia haver umas 100 pessoas vendo o jogo e como vibravam, fui ver a cobrança de pênalti dentro do Terminal Retiro e nossa que festa o motorista foi buzinando até sair de B.A. e as ruas foram se fechando, pensei nossa domingo o Obelisco estará o bicho. Hoje dia 13 de Julho após a derrota para a Alemanha milhares de pessoas foram comemorar o segundo lugar no obelisco e após algumas horas o que se via era uma multidão fazendo saques, assalto, brigas, quebra quebra e tudo mais, o embaixador da Alemanha em B.A. ficou ilhado dentro de uma pizzaria com vários torcedores que tiveram que sair escoltados, e acreditem ele estava no Brasil na vitória da Alemanha por 7 x 1 e ficou com mais medo de nós do que dos Argentinos, e nós perdemos de 7 x 1 e não matamos ninguém, essa é a diferença entre o Brasil e a Argentina no futebol eles são muito loucos mesmo o sangue é azul e branco. Bom Pessoal acho que consegui tirar algumas duvidas de quem for fazer essa viagem, como já disse fomos muito bem tratados e recebidos, nada a reclamar qualquer duvidas ou perguntas podem me enviar no e-mail [email protected], e ano que vem quero fazer o Chile, penso em ir de carro. Abraço a todos.
  5. Olá, quando você fez essa viagem, o cambio do real 1 por 4,25 pesos é recente... Você trocou na calle florida mesmo.. Abraço e parabéns pelo relato
  6. Show de bola o relato estou indo em julho bem no inverno... Quanto custou as diárias dos hostels o casal... Estou indo com minha esposa, vcs chegaram de ir no caminito??? Abraço e obrigado
  7. Vou fazer praticamente a mesma rota que voce saio entre os dias 28 e 29 de junho e volto dia 16-07 se quizer compania me add no msn [email protected], mais me mande um email antes para te add, opu deixe recado no face, corumbá santa cruz la paz (dowhill, chalcat..., ) copacabana salar e outros
  8. Olá pessoal tambem farei a trip mais irei pelo trem da morte entre os dias 30-06 e 1-07 quem quizer cia vamos combinar meu e mail [email protected]
  9. Legal Sidnei estarei fazendo essa trip agora final de junho começo de julho.... vc acha que compensa ir de aviao de santa cruz a sucre ou dá pra arriscar ir de busão? foi muito sofrido? té mais
  10. e ai fera show de bola hein.... vou fazer essa viagem agora em julho vou de trem da morte até la paz ... como vc voltou??? mesmo trajeto da ida ou nao La paz compensa comprar as coisas tudo por lá mesmo ou levo daqui do brasil ... morei 28 anos em cuiaba... no Boa atualmente to em cascavel... abraço
×
×
  • Criar Novo...