Ir para conteúdo

camila oliva

Membros
  • Total de itens

    39
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que camila oliva postou

  1. Oi gente, tudo bem? Estou indo pra Mendoza na semana que vem, mas estou na maior dúvida sobre qual moeda levar. O que compensa mais, levar dólar e trocar por pesos lá ou levar real mesmo e trocar direto por pesos? beijo e obrigada!
  2. Oi pessoal, Consegui um novo contato com a Bouza... Respondendo a minha própria pergunta (acima), a Bouza não cobra visita e degustação, caso a pessoa opte por almoçar no restaurante, sendo que o almoço é a la carte e gasta-se em torno de 900 a 1200 pesos uruguaios por pessoa.. ou seja, almoçando lá, a visita nos vinhedos, planta, museus dos carros antigos e degustação estão incluídas. Se alguém tiver a mesma dúvida, está respondida! Valeu!
  3. Olá pessoal, tudo bem? Estarei em Montevideo em abril e pretendo visitar a Bodega Bouza. Quero fazer a visita guiada, degustação dos vinhos e também almoçar no restaurante, que pelos relatos e fotos me parece ser divino! Acontece que estou preocupada com o custo que isso terá, já que quero conhecer outras vinicolas. Por isso, pergunto a quem já foi a Bouza se existe um pacote com visita + degustação + almoço no restaurante, por um preço unico, ou seja, é preciso pagar pelo almoço ou esse pacote já inclui tudo? Pesquisei no site da Bouza, mas a informação não está muito clara... Enviei um e-mail e eles me responderam que posso almoçar e degustar os vinhos selecionados para o almoço, mas não ficou claro se também posso fazer a visita e degustação por um unico preço, ou se pago tudo a parte... Alguém pode me ajudar??? Valeu!
  4. camila oliva

    Pucón

    Realmente é uma pena que fora da temporada tudo fique fechado no vulcão. Mas a notícia boa é que mesmo sem subir o vulcão dá pra cutrtr o visual e aproveitar o lugar. Valeu Isabela! Camila
  5. camila oliva

    Pucón

    Oi pessoal, tudo bem? Em novembro irei com meu marido e mais um casal para Pucon. Além de outros passeios, nossa intenção era escalar o vulcão Villarica, mas por ordens médicas meu marido não poderá subir... Li que há um teleférico que faz parte dessa subida e que de lá já tem uma vista legal... enfim nós queríamos pelo menos estar no vulcão, mesmo que não seja no topo. Minha pergunta é se é precisamos contratar agência para subir até teleférico (se ele estiver funcionado) ou se podemos ir por conta própria mesmo e ficar por lá curtindo o visual ou a neve, se ela ainda estiver por lá. Inclusive, há algum mirante no vulcão ou outra atividade para quem não vai subir até o cume? E a ultima pergunta é se podemos chegar a área de vulcão com o nosso próprio carro? Obrigada pela ajuda! Camila
  6. Esqueci de fazer uma pergunta, na realidade duas! Pra percorrer a região de Pucon e Puerto Varas, com todos os passeios e vulcões, etc., é preciso alugar um carro com tração e ptência, etc. e tal, ou pode ser um carro normal mesmo? E a ultima, para dirigir no Chile é preciso ter a carteira internacional, certo? Há mais alguma exigência? Valeu!
  7. Isso mesmo! Como entro e saio do Chile por Santiago, pensei em pegar avião até Puerto Montt e alugar carro pra fazer a região de Pucon e Puerto Varas. Eu sei que vai sair bem mais caro, mas vou ganhar tempo pra aproveitar tudo... Também acho que a travessia dos lagos vale a pena se incluir Bariloche... mas ainda não será dessa vez, vou me concentrar só no Chile e estudar mais sobre esse roteiro. Mais uma vez, obrigada pela ajuda!
  8. Muito obrigada por responder Principe 185! Sobre a travessia dos lagos, li bastante sobre ela ontem... acho até que vale a pena fazer, mas o preço é muito salgado! Então decidimos explorar Pucon, pois os relatos que li dão conta que a região é maravilhosa! A distância de 1.000 km que vc menciona é entre Puerto Varas e Pucon?? Achava que a distância entre elas era de uns 400 km... Meu marido adora dirigir, mas realmente acho que ficará bem cansativo! Levando em consideração a distância entre elas, é possível conhecer as duas cidades em 5 ou 6 dias? Lembro que chegarei ao Chile por Santiago e voltarei ao Brasil por Santiago também. Minha ideia é ir a Puerto Mont de avião e voltar pra Santiago de avião, pra ganhar tempo... Obrigada!
  9. Oi pessoal, tudo bem? Eu e meu marido compramos passagens para ir à Santiago em novembro, numa promoção da Tam (R$ 700,00 por pessoas já com todas as taxas). Já fomos a Santiago 2 vezes, mas como a passagem estava em conta resolvemos aproveitar a promoção e dicidir o que visitar depois. Pesquisando, ficamos encantados com a região dos lagos e decidimos conhecê-la. Gostaríamos de alugar um carro e conhercer Pucon, Puerto Varas (incluindo todos os passeios dessa região), Valdívia, Frutillar, Puerto Mont (acho que vamos chegar de avião por ela). A nossa dúvida é se em 5 dias inteiros conseguimos conhecer Puerto Varas a Pucon de carro, fazendo todos os passeios interessantes. Na realidade, poderíamos aumentar só mais um dia, pois mesmo conhecendo Santiago, gostaria de ficar um dia lá, pois amo aquela cidade! No entanto, podemos cortar esse dia e daí teríampos 6 dias inteiros para a região dos lagos. Já li aqui que o interessante é ficar em Puerto Varas e conhecer as cidades próximas e depois partir para Valdívia e Pucon se hospedando por lá... Mas será que 5 ou 6 dias bastam? Se não der tempo pra Puerto Varas a Pucon, o que não posso deixar de fazer? Corto Pucon? (snif). Outra dúvida é sobre o passeio de barco pelos lagos. O unico que pesquisei até agora é um que vai até Bariloche, mas achei muuuiito caro!! (U$ 280 só ida). Vale a pena fazer?? Ou tem algum outro passeio de um dia e mais em conta? Estou começando a planejar a viagem, por isso agradeço muito a ajuda de vcs!!
  10. Oi Tallipozzibon. As passagens já estão compradas, porém ainda não defini o local que ficarei na Ilha. Vc tem alguma dica?
  11. camila oliva

    Piranhas

    Oi pessoal, Estava passeando pelo site, passei por esse tópico e resolvi deixar meu relato. Espero que ajude! Eu e meu marido estivemos em Piranhas em abril de 2011. Ficamos em Maceió, alugamos um carro e fomos até Piaçabuçu fazer o passeio da Fóz do Rio São Francisco, achando que era o passeio dos Cânions, mas chegamos lá e não era nada disso (mas o passeio da Fóz é bem legal, vale a pena fazer). Como decidimos viajar de uma semana pra outra, não tivemos tempo de estudar sobre a viagem e por isso fizemos esssa confusão. Resolvemos ir de carro de Piaçabuçu pra Piranhas, pois eu queria muito conhecer os Cânions e também porque já estávamos quase na metade do caminho, imaginamos que não valeria a pena voltar pra Maceio e ir no dia seguinte pra Piranhas, por isso fomos com roupa do corpo mesmo e lá compramos tudo que precisamos. Ligamos para a Pousada Nosso Lar (Rua Josélia Maria de Souza Resende, n. 8, Centro de Piranhas. Fone 3686-3406), a única que estava no guia Quatro Rodas, e reservamos o ultimo quarto por R$ 100,00, com café da manhã. A pousada é simples, mas bem limpa e arrumadinha. Os quartos são grandes e com ar-condicionado. O atendimento é excelente, eles são muito atenciosos! Saímos de Piaçabuçu, por volta de 15:30hs e fomos pra Piranhas via Arapiraca. A estrada é mão simlpes, e um pouco perigosa, pois o asfalto está bem ruim. De Piaçabuçu à Piranhas foram 4 horas, numa velocidade entre média 100 km. Lembrem-se que saímos de Piaçabuçu, que fica há 2 horas de Maceió, então de Maceió até Piranha são cerca de 6 horas. A viagem foi bem cansativa, foi muito longe, e pegamos estrada à noite, fato que nos cansou ainda mais, pois a atenção foi redobrada. Não chegávamos nunca, parecia que a estrada não tinha fim, achamos que estávamos perdidos, pois passamos muito tempo sem encontrar placas de indicação, e quando finalmente encontramos, a indicação era de que Piranhas estava à 70km. Foi desanimador, ficamos bem chateados e com medo que os Cãnions não fossem tão belos como imaginávamos!!! Se soubéssemos que era tão longe, certamente não teríamos ido, mas ainda bem que não sabíamos. Mas mesmo depois de toda a aventura da viagem, chegar em Piranhas foi a melhor recompensa!! Mesmo à noite, percebemos que a cidade era uma graça, com casas coloridas, parecia um cenário de novela. Só por estar em Piranhas, já valeu todo cansaço da viagem. Na pousada já reservamos o passeio dos Cânions para as 11:30 horas do dia seguinte. No dia seguinte, antes de ir para os Cânions, conhecemos a cidade. Conhecemos o Museu do Sertão, que conta a história do cangaço com objetos e roupas da época e também a famosa foto das cabeças de Lampião e seu bando que foram expostas nas escadarias da Prefeitura de Piranhas. Inclusive, fomos também na prefeitura. Além disso, há o mirante Secular, onde se tem uma vista maravilhosa de Piranhas e do Rio São Francisco e sua água verdinha. Pode-se subir a pé, por uma escadaria de 340 degraus, ou de carro, saindo de Piranhas, fica há uns 3 quilometros. Depois fomos para Canindé de São Francisco pegar o catamarã para os Cânios. É bem pertinho de Piranhas, no mesmo caminho pra Usina de Xingó, que aliás, vale a visita. No caminho tem o Museu da Usina de Xingó onde são expostos os achados durante a construção da usina, é bem legal. Sobre o passeio dos Cânions, uma palavra resume tudo: espetacular!! O lugar é simplesmente maravilhoso! O passeio é ótimo, o catamarã tem uma estrutura incrível, com banheiros, lanchonete, guia e tripulantes educadíssimos. Vale à pena pagar R$ 50,00 por pessoa. O mergulho no rio então, é relaxante e dá um up para volta à Maceio. Resumindo, Piranhas e o passeio dos Cânios são maravilhosos! Eu me arrependeria, e muito, se não tivesse ido, principalmente porque, na volta para Maceió, liguei pra minha sogra pra dar notícias nossas, e antes de eu falar da nossa aventura, ela já foi me falando que nós não poderíamos deixar de ir para Piranhas fazer o passeio dos Cânions, pois tinha saído uma reportagem imensa no jornal da minha cidade (sou de Santos/SP) sobre esses lugares. Mal acreditamos na coincidência e ficamos muito felizes por ter ido conhecer esse paraíso! Bom, desculpem o texto imenso, mas gosto muito de viajar e contar sobre o que vi, e principalmente ajudar quem ainda vai viajar. Até!
  12. Oi pessoal, tudo bem? Estou planejando uma viagem para Portugal em abril de 2012, e quero conhecer a Ilha da Madeira para realizar o sonho de conhecer a terra da minha mãe!!! Tenho no máximo de 10 a 15 dias para conhecer Portugal e a Ilha, por isso pensei em reservar 3 ou 4 dias inteiros para conhecer a Ilha da Madeira. Será que é pouco? Gostaria de saber também sobre hoteis e pousadas para ficar lá, por um preço em conta e também aluguel de carro. Estou fazendo uma cotação pra saber se realmente vou poder viajar pra lá no ano que vem, por isso, qualquer informação é muito bem vinda!!! Valeu!
  13. Oi AndrePM, tudo bem? Em 2009 estive em Santiago e fiz um passeio (por conta própria) no Santuário Yaerba Loca, que fica há mais ou menos 1 hora de Santiago. Fica no caminho para as estações de Valle Nevado, El Colorado e Farrelones. É só chegar lá, pagar o ingresso e entrar no santuário. No entanto, vc precisa ir de carro, pois, se não me engano eles não possuem veículo próprio para visitação. É uma reserva natural. O lugar lá é muito bonito, e pode-se de alugar cavalos e cavalgar pelas cordilheiras. Fui acompanhada de um guia do santuário que nos levou para uma cavalgada de 2 horas pelas cordilheiras. Chegamos há 2 mil metros de altitude. Achei bem interessante Dá uma olhada no site: yerba-loca.blogspot.com, para se informar melhor. Espero ter ajudado.
  14. Oi Leochave, tudo bem? Se vc ainda não foi, para "desencargo de consciência", pode tentar na Zara (no Shopping Arauco tem). Estive em Santiago semana passada, com a mesma intenção que a sua, mas desisti! Esqueça roupas, principalmente se vc não achou nada nas lojas de departamentos... É o mesmo preço do Brasil, e com todo respeito do mundo, as roupas daí não são muito amigas da moda... Acho que não vale a pena. Até
  15. camila oliva

    Esqui no Chile

    Oi [email protected], valeu pelo relato! É importante para quem ainda não foi ter informações. Além disso, é uma forma de retribuirmos as dicas que pegamos aqui! Como não consigo terminar meu relato, vou postando nos tópicos para ajudar o pessoal que ainda vai pra lá. Queria complementar suas informações sobre os equipos e também Valle Nevado: Em relação aos equipos, como já foi dito aqui, e pude comprovar semana passada quando estive lá, é mais barato alugar equipo em Farellones do que em Santiago, mas isso só em Farellones (mais indicado para iniciantes, como eu, hehehe). Percebi isso quando cheguei lá em cima... Encontrei um casal de brasileiros que também pagaram mais caro lá em Santiago. Além disso, a pessoa que contratei para me dar aulas também falou o mesmo, ou seja, geralmente é mais barato em Farellones. Então, é bom ficar atento e perguntar para alguém que já tenha ido! Em relação à Valle Nevado: já conhecia o lugar, porém sem neve, e achei a vista espetacular.. Por isso, depois de visitar Farellones (esquiar) e El Colorado (apenas visitar), resolvi subir a Valle Nevado só para contemplar a vista.... A maior roubada!!! Valle Nevado realmente é lindo, mas tinha muuuiiitaaaa genteeee!!! Foi imposspivel chegar ao mirante para tirar fotos, pois a cada passo que eu dava, esbarrava em alguém, diga-se de passagem, brasileiro. As pessoas gritavam e faziam muita zoeira, sem falar que a toda hora era preciso desviar de um desavisado que carregava seu equipo sem nenhum cuidado, trombando nas pessoas. Respeito todas as opiniões, e realmente acho Valle Nevado um lugar especial e imperdível... mas na época em que eu fui pela primeira vez, quando não tinha neve, ou seja, em abril. Com neve, nem pensar! Vá a Farellones e El Colorado. Essa ultima, também tem uma visual deslumbrante! Abraço pra todos!
  16. Excelente explicação Leó!! Cheguei de Santiago há dois dias e a cotação para o dólar estava 460 em casas de câmbio na Providência e no Centro. Levei dólares, e não tive nenhum problema em usá-los em restaurantes, artesanias, aluguel de equipos para esquiar, van de transporte.... Paguei muitas coisas com as verdinhas, ou seja, sem precisar trocar por pesos chilenos, no entanto, é importante ficar atento ao câmbio praticado pelos pretadores de serviços e negociar muito bem. Precisei usar meu cartão de débito Santander/Visa, e não tive problemas na aceitação, mas as taxas realmente foram absurdas. Abraços para todos!
  17. camila oliva

    Esqui no Chile

    Oi Dé_Guimarães, Muito obrigada! Vc ajudou muito! Já tinha lido as dicas no site, mas ainda estava bem insegura... Até
  18. camila oliva

    Esqui no Chile

    Valeu Hugo! Li aqui no site que há camelos no centro que vendem calças impermeáveis por 3.000,00 pesos. De repente, se passarmos por algum, vale a pena compar. Até!
  19. camila oliva

    Esqui no Chile

    Oi pessoal, tudo bem? Estou indo à Santiago dia 11/08 (quinta agora) e estou com uma dúvida crueeeeel e acho até que ridícula, hehehe. Não faço a menor idéia de como me vestir na neve. Não vou esquiar, mas é a primeira vez que vou ver neve, então quero brincar bastante. Li nesse tópico alguns post's sobre isso, e até li o post do LéoRj, sobre como se vestir em locais frios, mas estou bem insegura e em dúvida sobre a temperatura na neve. Tenho um casaco apropriado pra neve e impermeável, no entanto, não sei o que colocar por dentro, Comprei uma blusa que fuciona como segunda pele, e que segundo o vendedor é apropriada pra neve. Mas o que coloco por cima dela? Blusa de lã, malha. Quantas camadas de blusas? Sente-se muito frio na estação? Qual a média da temperatura? Pergunto isso porque sou de Santos/SP e minha cidade é um pouco quente, não estou acostumada com o frio. Em relação à parte de baixo, pretendo ir com uma calça jeans e uma meia calça por dentro... É necessário a calça impermeável, certo? E em relação ao calçado e luvas, o que uso? É necessário alugar calçados especiais para andar na neve, mesmo pra quem não vai esquiar?? Agradeço muito a ajuda dos veterenos! Abraços pra todos
  20. Oi Julia, Vou dia 13/08 e volto dia 15/08. Até!
  21. Oi Mkoerich, Também achei a Sousa's tour, um pouco caro... apesar que o passeio é com guia que fala portugês, mas eu estou interessada só no transporte mesmo. Em relação ao transfer aeroporto/hote/aeroporto, o preço está bem em conta, principalmente para quem vai em grupo. No entanto, vi aqui, no post logo acima que no aeroporo saem vans que levam ao hotel por uma média de 6.000 pesos... Se você vai para El Colorado/Rarelones, ainda tem o transporte oficial que sai da Galeria Omnium, achei bem interessante, pois custa 10.000 pesos. Estou indo para Santiago semana que vem e quando voltar faço um relato com os preços e dicas. Até
  22. Oi jeffersonleal. Tem também a Sousa's Tour. É uma empresa de brasileiros, estou negociando com eles esse passeio para semana que vem. Estou trocando e-mail com a Jaqueline, segue o contato: Tel. 56 - 9 - 872 356 30 e-mail: [email protected] Espero ter ajudado! Até
  23. Oi Julia, Vou por conta própria mesmo, pois é bem mais barato. Li aqui nesse tópico, acho que na página anterior, que é bem fácil chegar lá, então vou agendar a visita no site e vou por conta mesmo. Pode deixar que colocarei as dicas aqui. Até.
  24. Oi pessoa, tudo bem? Minha viagem pra Santiago é semana que vem, e estou com uma dúvida crueeeeel e acho até que ridícula, hehehe. Não faço a menor idéia de como me vestir na neve. Não vou esquiar, mas é a primeira vez que vou ver neve, então quero brincar bastante. Já tenho um casaco apropriado pra neve, bem forrado e impermeável, no entanto, não sei o que colocar por dentro, se blusa de lã, malha, segunda pele, quantas camadas de blusa.... Sente-se muito frio na estação? Qual a média da temperatura? Pergunto isso porque sou de Santos/SP e minha cidade é um pouco quente, não estou acostumada com o frio. Em relação à parte de baixo, pretendo ir com uma calça jeans e uma meia calça por dentro... É necessário comprar calça impermeável? Li que pode-se compar em camelô ou alugar... E em relação ao calçado e luvas, o que uso? É necessário alugar calçados especiais? Agradeço muito a ajuda dos veterenos! Abraços
  25. Valeu Sara! Agora vou mais tranquila!! Ufa, mais uma coisa resolvida, hehehe! Abraço para todos.
×
×
  • Criar Novo...