Ir para conteúdo

Vini.

Membros
  • Total de itens

    52
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Vini. postou

  1. Nossa, que bizarro! Eu tenho uma Asolo Fugitive GTX e neste momento te escrevo da França e estou andando com ela igual peregrino e a bota segura o tranco absurdamente. Já a usei aqui na França por todo lado e no meu outro mochilão pela América do Sul também. Que azar o teu... (ou que pena que a qualidade da Asolo caiu).
  2. Meu número é 41 e tenho uma bota Fugitive número 10 e fica super confortável. Se o teu é 42, acho que é o 10.5. O número 11 pode ficar folgado.
  3. Leo, eu tenho uma Asolo Fugitive GTX, desde 2009, que só usei no meu mochilão pela América do Sul. Amanhã embarco para a França, onde ficarei por 2 meses, e pretendo visitar a Aiguille du Midi (Mont Blanc) e a Grotte de la Mer de Glace, ambas na cidade de Chamonix, cujas temperaturas costumam ficar entre 0ºC e -10ºC no verão. Vou levar dois pares de meias FoxRiver Trailhead e vou usar meia social como liner, porque uma lavanderia da Bolívia perdeu a minha Coolmax da FoxRiver. Este mês fui na Equinox e eles não a vendem mais (disseram-me que saiu de linha)... ¬¬" Dá para segurar essa bronca com o meu material?
  4. LaFuma e The North Face são excelentes marcas! A LaFuma, por ser francesa, deve ser bem em conta por lá, né?
  5. Vocês sabem dizer se existem lojas de aluguel de roupa de frio ou se existem roupas de frio a preços baixos por lá? Acabei de ler no Lonely Planet que, mesmo no verão, a temperatura na Aiguille du Midi raramente fica acima de -10ºC!
  6. Aí, Renatão, tira uma dúvida do teu camarada: tu achas que vale a pena visitar Chamonix no verão? Eu viajo para a França dia 25 agora e irei fazer um mochilão de 2 meses naquele país. Quando estiver em Lyon, pretendo dar uma chegada em Annecy e estou em dúvida se vale a pena conhecer Chamonix no verão e eu jamais esquiei.
  7. Ingrid, já expliquei aqui mesmo que eu tenho o cartão de crédito Bradesco Gold e quando solicitei a atendente disse-me que não era necessário comprar a passagem com o cartão. Ela nem pediu nada, só os meus dados e os dados referentes ao tempo da viagem.
  8. Liga para o Bradesco e solicita o teu seguro gratuitamente. Eles mandam a apólice diretamente para um e-mail que indicares.
  9. Na Equinox vende. Comprei a minha lá. Fica na Rua Buenos Aires, no Centro da cidade.
  10. Quanto à questão das boas operadoras de seguro eu não posso te informar, só contratei duas até hoje e em nenhum dos casos utilizei-as. Existem inúmeras diferenças que só podem ser respondidas pela própria empresa com quem tu pretendes contratar. Existem variações no que diz respeito ao preço, ao valor máximo da cobertura, algumas cobrem internações, tem planos que possuem assistência dental, seguro de vida, seguro contra acidentes, assistência jurídica etc.
  11. Eu peço desculpas por haver criado aquele outro tópico. Quando postei a minha mensagem, estava quase caindo de sono aqui, por volta de 4 da manhã, e só havia me dado da existência dessa guia, que inclusive já havia lido. Desculpas pelo inconveniente e obrigado por terem movido meu tópico para cá. Assim que criei o tópico e, antes de moverem a minha pergunta, é que encontrei este... Com relação à minha pergunta propriamente, não é respondida na guia.
  12. Amigos, alguém já visitou essa área da França? Eu estou organizando o roteiro do meu mochilão de 2 meses somente pela França e gostaria de tirar uma dúvida: vindo de Bayeux com o intuito de conhecer Mont St-Michel, é mais conveniente pegar o trem para Ponterson ou para St-Malo? Achei que Ponterson seria uma boa base para explorar Mont St-Michel, mas já vi roteiros com base em St-Malo, que convenhamos é muito mais interessante que Ponterson. Obrigado a todos.
  13. Então foi a lama mesmo que detonou a minha bota. Peguei uns lamaçais nervosos na viagem... hehehehe!
  14. Leo, o que tu fazes para proteger as garras do cadarço da Asolo Fugitive contra ferrugem? Por ser uma bota para trekking achei que ela segurasse a onda sem frescura. Porque "mochilando" nem sempre existe a possibilidade de ficar passando paninho seco bonitinho.
  15. Adorei o teu relato de viagem e a primeira dica é, de fato, a mais importante! Eu estava pensando em viajar com um mochilão, uma mochilinha e uma mala, mas a informação dos trens apertados e sem locais para guardá-la (a mala) caiu como uma bomba nos meus planos. Vou precisar repensar a estratégia toda. Já o fato da ausência de elevadores eu já sabia e acho que isso, apesar de ser um grande inconveniente, é um fator menor e "resolvível". Muito obrigado.
  16. Bia, Shengen é uma cidade de Luxemburgo, onde foi celebrado o acordo internacional que estipula uma série de medidas concernentes à circulação de pessoas entre os países signatários do pacto, não uma espécie de seguro. Quando as empresas referem-se ao Seguro Shengen, isso quer dizer que a apólice cumpre as exigências traçadas por aqueles países em específico. Vale lembrar que a Inglaterra não é signatária do acordo em questão e, pois, a seguradora deve ser expressamente informada disso para que não seja induzida a erro e oferte um seguro que não irá atender-te plenamente. Um forte abraço.
  17. Pessoal, só para contribuir com vocês, dou-lhes algumas informações. Vou mochilar 2 meses pela França a partir do dia 25/06 e ontem mesmo entrei em contato com a Central de Atendimento ao Cliente do Bradesco e peguei todas as informações. Sou cliente Bradesco Gold VISA e, segundo a atendente, eu fazia jus ao seguro de viagem internacional no valor de € 30.000,00 (trinta mil). Segundo ela, pelo Bradesco Gold VISA não é necessário a compra da passagem usando o cartão, basta ser cliente do plano Gold ou superiores que o cliente já pode valer-se do benefício gratuitamente. O prazo máximo da cobertura é de 3 meses e dependentes até 16 (dezesseis) anos também são beneficiados. Por último, foi-me dito que uma vez estando no Brasil, eu posso solicitá-lo quantas vezes eu desejar, sem custos. Gostaria que vocês olhassem a apólice que eu tomei a liberdade de publicar abaixo e dissessem-me se eu já posso considerar essa etapa da minha viagem cumprida. O que vocês acham da sua cobertura médica? É boa e posso ficar despreocupado? Atende aos requisitos do Acordo de Shengen?
  18. Bordeaux e Reims: http://www.conexaoparis.com.br/category/vinhos/ Lyon: Essa cidade é a capital da gastronomia francesa. Acho que lá tu vais encontrar mais programas gastronômicos que passeios de vinículas.
  19. Hahahahaahaha! A bem da verdade, nem tinham poucas meias quando fui lá, Mi. Só da Coolmax Liner FR tinha uma porrada (porém de outros tamanhos), da Large é que apenas havia um filho único que eu acabei levando.
  20. Amigos, eu fui à Equinox faz umas duas semanas comprar dois pares de liner coolmax da Fox River, mas só havia um último par de tamanho Large. Indagada quando chegariam mais a vendedora me informou que a loja não deverá receber mais o liner de coolmax da FR. Alguém sabe se estão tirando de linha ou se a empresa Fox River está passando por uma crise financeira ou algo do tipo? Achei esquisito a vendedora dizer isso. Não ficou claro para mim se era uma decisão da loja de não mais importá-las, uma crise na FR ou se o produto está saindo de linha.
×
×
  • Criar Novo...