Ir para conteúdo

Tony_Helder R.

Membros
  • Total de itens

    13
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Tony_Helder R.

  • Data de Nascimento 10-06-1987

Conquistas de Tony_Helder R.

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Oi pessoal, queremos fazer a trilha agora em janeiro/fevereiro, tranquilo com relação a chuvas? É possível fazer a trilha de tênis? E no mais, agradecemos se alguém puder passar o croqui da trilha: [email protected]
  2. Galera, estou bem afim de fazer alguma trilha litorânea do guia. Alguém tem alguma boa sugestão? De preferência em local que tenha pousada barata...hehe Valeu Abraços
  3. Bruno#1 Quando eu fui era cheio de turista sim, mas é por que era Ano novo também né, ai é bem lotado. Senti que o parque fica mais cheio a tarde, que deve ser quando chegam as companhias de turismos acredito eu. Você pode aproveitar muito de manhã, é quando dá pra "tirar as melhores fotos" e dá pra passear tranquilo. Mas mesmo assim, o parque é muito grande, não é nada absurdo o tanto de gente... Olha, vou te falar que não é de boa subir a pé não. Mas acredito que valeu a pena, pois subir Huayna Picchu teve um gostinho especial, meio que de superação. Bom, achei a subida até o portão do parque, mais pesada do que a de Huayna Picchu. Você pode decidir entre os atalhos ou subir pela estrada mesmo, o que eu fiz foi um misto, e o trajeto demorou 2hs. Dependendo da sua condição fisica, você consegue subir tudo pelo atalho, o que é mais rápido. Tem muita gente que sobe a pé, o clima é muito legal, todo mundo se junta e vai subindo!!! Como é de madrugada, é bom levar uma lanterna. Quando fui pra lá, eu não sabia os horários dos ônibus que levam até o portão. O 1° sai as 5:30 se não me engano, e se você pegá-lo você consegue a senha, agora para os próximos não acho tão garantido... O pessoal forma uma fila para pegar o ônibus, então tem que ir cedo pra rua de onde ele sai, se você quiser pegar estes primeiros... Quem não conseguir ser um dos 400 primeiros a entrar no parque tem uma chance também. É só mostrar o interesse na entrada, que eles vão marcar um número a caneta, ai você vai até o portão de Huayna Picchu e vê se consegue entrar. Quando eu fui, deixaram um monte de gente sem senha subir as 7hs, pois várias pessoas com senha desistiram. Então existe essa alternativa também, pelo menos quando eu fui. Decidimos pela trilha para conseguir pegar a senha, mas sinceramente, não sei se existe essa necessidade em outras épocas do ano, por que não sei o quanto fica cheio de gente o parque. Seria legal alguém que foi no final de Janeiro comentar pra você sobre isto ou então você conversar com os locais quando chegar lá, dessa forma, você pode decidir se vale ou não fazer a trilha até a entrada de MP. Espero ter ajudado Abraços e boa viagem
  4. Camila_Rasga Quando a Peru Rail coloca como destino Machu Picchu, está dizendo Águas Calientes. Lá é o ponto final dos trens dessa compania. Pelo que sei, não chegam mais trens de turismo até perto da subida para MP... Os preços estão os mesmo praticados até o final deste ano, que foi quando eu fui. Dormir em Ollanta, na minha opinião não vale muito a pena, pois o único sentido seria para pegar o trem bem cedo para Águas Calientes, o que você pode fazer mesmo não dormindo em Ollanta... Faz mais sentido dormir em Águas Calientes para chegar bem cedo em Machu Picchu e até curtir um pouco a cidadezinha, que é bonita (cara, mas bonita). Mas tudo depende de seus objetivos... Se é subir a montanha Huayna Picchu - tem que chegar bem cedo nos portões de MP. Se é apreciar a paisagem da viagem de trem - fazer o trajeto de dia. Como você disse que vai fazer o Vale Sagrado, se você pegar algumas companias turísticas elas fazem o pacote de Vale Sagrado de dia, dormir em Águas Calientes e no dia seguinte Machu Picchu. Elas tem certas "facilidades" nas compras dos bilhetes da Peru Rail, e parecem que agilizam tudo pra você (passeios, guias, vans até as estações de trem e até a entrada de MP, ingresso de MP e passagens dos trens). Como não fui com nenhuma compania turística, não posso te recomendar, mas creio que tem um tópico aqui sobre isto!!! Bjos
  5. Rodrigo e Gí valeu pela resposta, acabei lendo só agora mesmo. Fui para Águas Calientes pela Peru Rail mesmo, sai de Ollantaytambo... Quero alertar pra que existe uma nova compania que faz Ollantaytambo - Águas Calientes Inca Rail - www.incarail.com Em geral sai mais caro do que a Peru Rail, e tem menos horários. Neste final de ano estava U$40,00. Alexandre O trajeto de trem de Ollantaytambo - Águas Calientes demora em média 1:30, 2hs. Sai muito mais trens da Peru Rail por lá, do que por Poroy (Cusco). Você pode ver a diferença dos trens no site, mas já adianto que o Backpacker é bem confortável (lugar pra colocar a mochila, e 4 lugares um de frente com outro, mas com um razoável espaço pra esticar as pernas. Andei em um Vista Dome, que tinha 4 lugares de frente pro outro com menos espaço entre os bancos, acho que não compensa... Para chegar até Ollantaytambo de Cusco, você pode pegar um "colectivo", que são carros que fazem esta viagem para 4 pessoas (15 soles cada um). Ou então Vans de agências de turismo, que cobram em geral o mesmo preço. O trajeto demora também 1:30, 2hs e é bem bonito, pois você vê os nevados no caminho... Andei pelos dois e foi mais confortável e divertido pelo "colectivo" pois fomos em um carro com mais 6 peruanos (nós 2, 2 trabalhadores, o motorista, sua esposa e seu filho...). Em Cusco os "colectivos" saem de uma rua específica (esqueci o nome agora), mas você pode se informar no IPeru de lá (centro de informação turística oficial) sobre isto, o IPeru fica próximo a Plaza de Armas, perto de um mercadinho. Desta mesma rua, saem também os ônibus para Urubamba... Abraços
  6. Recomendo bastante o Pirwa!!! Em Cusco, neste final de ano, fiquei no de San Blas, 22 soles a diária no final de ano! Uma ladeira distante da Plaza de Armas... Quarto arrumado, banheiro bom, só a cozinha que vale mais para grupos, pois tem que pagar para usar o fogão. Conseguimos transferir uma diária nossa para o Pirwa de Águas Calientes, que custa 30 soles a diária (só pagamos a diferença). Eles sempre foram muito comprensivos, simpáticos e nos ajudaram bastante no nosso roteiro! Havia quartos tranquilamente, não precisamos reservar antes... Demos uma olhada na internet para ver se havia quartos disponíveis e como havia, fomos para lá! Bom, tive uma ótima experiência. Recomendo mesmo!
  7. Para subir Huayna Picchu em temporada é bom chegar cedo. Eles distribuem 400 carimbos nos ingressos que são válidos para a subida. É bom estar na entrada de Machu Picchu umas 5, 5:30 da manhã, já que se forma uma fila para entrar. Recomendo a quem quer subir, comprar o ingresso antes (em algum ponto de venda), pois pode chegar lá e garantir um lugar na fila de entrada. Fiz a trilha a pé de Águas Calientes até a entrada de Machu Picchu, demora umas 2 horas mais ou menos. Mas quem pegar o 1º ônibus que sai ou quem sabe o 2º consegue chegar para pegar o carimbo também. As pessoas que não conseguirem, devem demonstrar interesse na entrada (eles escrevem um número a mão), e é provável que possa subir as 7hs da manhã, muitos quando eu fui conseguiram dessa forma. Huayna vale muito a pena (a visão de lá é imperdível), a trilha é moderada, com bastante degraus e lugares para segurar. Abraços
  8. Fui a Machu Picchu a 3 dias atrás e aceitaram a carteirinha da minha faculdade! Tem o nome da faculdade, o meu nome, uma foto e a data de validade da carteirinha. Paguei 62 soles.
  9. Pessoal, não recomendo a companhia aérea TACA, especialmente em dias movimentados como o final de ano... A TACA pratica um overbooking forte, de até 15 pessoas. Isto foi confirmado pelo funcionário que me disse que haviam x passagens vendidas e x-15 assentos... No meu caso, cheguei a 50 minutos antes do voo e não pude ingressar (tudo bem que eles pedem para chegar com antecedência, mas seria plausível fazermos o check-in). No caso o funcionário nos pediu para voltarmos no dia seguinte que estaríamos na lista de espera para o próximo voo e nos garantiu que pegaríamos o voo (por isso ficamos tranquilos). No dia seguinte, o que vimos foi um total desrespeito com o consumidor... Havia um overbooking grande em que não somente eu não poderia ingressar, como muita gente com passagens regulares para aquele dia... Os que chegaram por último (mesmo que antes de 1 hora e mesmo que pegando a fila de check-in) não puderam viajar, e eles ainda colocaram a culpa nesses passageiros, que se "atrasaram" e foram os últimos da fila... Eu e outros brasileiros passamos por esta situação desrespeitosa. Alguns foram alocados em voos da Lan após muita briga (rasgaram o bilhete na Lan falando que não tinha validade e um casal chegou a ser retirado do voo chegando na porta do avião) e outros como eu voaram no dia seguinte, após pagarem um absurda taxa de U$50,00. Aprendi que não se pode deixar barato com essas companhias (eu não deveria ter pagado esta taxa) já que elas é que não respeitam o consumidor (overbooking não é uma prática correta). Não recomendo essa companhia a ninguém (pois não vi nenhum problema na Lan ou em outras) e se for imprescindível voar com ela, que faça o check-in com 2 horas de antecedência sendo o 1º da fila...
  10. Fiz o trajeto Cusco/Puno (dia 1 de janeiro/2010) em 7 horas pela companhia Libertad. O preço foi de 35 soles. O ônibus estava em um mal estado de conservação e faz muitas paradas para pegar os trabalhadores peruanos, que enchem o ônibus com suas malas e produtos. Chega a ficar tão lotado, que pessoas vão no corredor! Recomendo a quem for fazer este trajeto, pesquisar se alguma companhia de ônibus faz o trajeto direto, sem paradas (infelizmente não fizemos isto). A viagem foi segura, porém bem cansativa. As estradas estão em um bom estado de conservação e os peruanos são amigáveis dentro do ônibus. Considero que para quem tiver dinheiro, ir de avião até Juliaca é bem considerável... Abraços
  11. Estou indo para Machu Pichu dia 28/12 e pelo site da Perurail não há mais passagem de ida. Não estou disposto a pagar mais para as agências. Já vi que existe uma rota alternativa, de ônibus pra outra cidade, hidroelétrica e a pé... Mas gostaria de saber: Existe alguma outra companhia de trem que faça o trajeto Cuzco - Proximidades de Machupichu? Existe alguma forma direta de ir para lá sem ser pelo trem? Desde já agradeço. Abraços
×
×
  • Criar Novo...