Ir para conteúdo

Tiago R.

Membros
  • Total de itens

    79
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Tiago R. postou

  1. Galera viagem feita! Cheguei hoje da Bolívia.. Como relatei ae em cima...eu não tinha muito tempo. Fiz STA CRUZ X LA PAZ de ônibus pela Trans Copacabana MEM, neste trajeto não tenho do que reclamar. Ônibus de última geração MARCOPOLO G7 DOIS ANDARES, novíssimo....com televisão, banheiro e manta....só não tinha ar condicionado...que eu percebi não ser muito comum na Bolívia ssrsrrs ...mais tranquilo. O ônibus não pegou ninguém no meio do caminho, todos com lugares marcados, fizeram uma lista de chamadas antes de sair da rodoviária...pelo q eu tinha lido aqui no site....eu esperava encontrar mais bagunça, não sei ´por outra empresa...massss a TRANS COPACABANA MEM superou minha expectativa...quando forem comprar a passagem de vocês se liguem na dica: Este carro de dois andares, MARCOPOLO G7 sai sempre entre 14:00 e 15:00. Quem chega em STA CRUZ através do vôo da GOL que sai de São Paulo 11:05, consegui pegar tranquilamente este ônibus. Segue uma foto dele que tirei na parada que eles fazem para o almoço. Fui com meu primo, cada um pagou 100 bolivianos neste ônibus que é leito, 3 filas de poltronas. No trecho La Paz x Sta Cruz, peguei o mesmo modelo de ônibus, porém saiu a 170 bolivianos cada passagem... Neste fim de semana, começarei a fazer o relato de viagem. Dúvidas estou a disposição. ÔNIBUS QUE USEI NO TRECHO STA CRUZ DE LA SIERRA X LA PAZ
  2. Olá galera, blz? Bom, estou a um bom tempo lendo os relatos, roteiros, enfim lendo tudo que é possível e impossível sobre transporte na Bolívia. Ficarei " 6 dias". O último dia na verdade, é meio dia...pois meu voo sai de Santa Cruz 13h50. Porém estou perdido no transporte para chegar\sair do Salar. Meu roteiro, é o seguinte: Chegada> Santa Cruz de la Sierra 18\4 às 13h00 Sexta feira Neste mesmo dia pretendo pegar um ônibus Leito para La Paz (Pelo que li as empresas Transcopacabana e Copacabana, são as mais recomendadas) Chego em La Paz sábado de manha, dia 19\4 Quero fazer o passeio de bike neste dia. No dia seguinte, o passeio do Chalcataya. Dia 20\4 domingo, após o passeio do Chalcataya, pretendo seguir para Uyuni Ai começa a confusão no meu roteiro. Além de ser muito distante (La Paz - Uyuni), a opção trem não está batendo os horários, pois li que esses trens só saem em dias intercalados. Pra mim, teria que ser o trem que sai de Oruro ás 19h de domingo. Porém como pegar esse trem no domingo, se no domingo queria fazer o Chalcataya????? Quanto tempo de viagem leva de La Paz A Oruro? A outra opção é ônibus. O que preocupa é a péssima condição da estrada que ele vai pegar, durante boa parte da viagem (Separei as empresas Panasur e Todo Turismo, como opções para este trajeto). Pelo que li, a galera sempre tenta optar pelo trem. 21\04 Segunda feira - Fazer o Salar de 1 dia somente. Neste mesmo dia a noite, voltar para Santa Cruz ou passar a noite em Uyuni e voltar na terça Terei o dia 22\04 Terça feira, para o transporte até Santa CRuz, pois sei q é beem distante. Deixei esse dia só para transporte, vai que acontece alguma coisa srsrs. Pelo que vi até Santa Cruz, tenho que fazer: Uyuni >Potosi> Sucre> Santa Cruz, li que esse trecho também é tenso, para não dizer horrivel. Meu voo sai dia 23\04 quarta feira as 13h50 de Santa Cruz Preciso de ajuda com transportes nos trechos La Paz - uyuni e Uyuni - Santa Cruz.
  3. Realmente tinha algo errado...o ônibus foi devagar por mais ou menos 30 minutos pela estrada....até que não deu mais...Ficamos na estrada srsrsr, pois é pessoal, o ônibus quebrou de vez....srsr A sorte ou não, é que o motorista veio devagar boa parte do trajeto, e assim o ônibus que saiu atrás do nosso, nos alcançou rápido srrsrs Embarcamos no outro ônibus, esse bem mais rápido...andamos uns 20 minutos mais ou menos e o motorista avisou que estava na hora de descer. Ficamos na rua que dá acesso ao Temaiken, começamos a andar, andar, andar srsrs de longe conseguimos ver o parque, ele é muito, mais muito grande. Entramos no parque, fomos direto para o setor de entrada, já que compramos os ingressos no guichê do Línea 60, ainda na Plaza Itália. Me surpreendi, com a estrutura, achei muito bonito. FOTOS DO BIOPARQUE TEMAIKEN Bom pessoal, essas foram algumas das centenas de fotos que tirei nesse Bioparque, recomendo dedicar um dia para conhece-lo. Na hora de voltar, já nos preparávamos para nossa caminhada srsrs , quando chegamos no estacionamento e demos de cara com o ônibus 60, não acreditamos, e não acreditamos que iríamos perde-lo pois ele já estava saindo kkkk Corremos atrás dele kkk até que o motorista viu e parou. O ônibus estava vazio, no acomodamos e nos preparamos para quase 1h30 de viagem até Plaza Itália. Victor apagou, dormiu que nem criança dentro do ônibus, eu ainda resisti um pouco, porém não demorei muito e dormi...meus pés estavam doendo muito, afinal andamos o dia todo no parque srsrs Mais valeu a pena. Chegamos na Plaza Itália, tomamos o subte até o obelisco, que era bem pertinho do hostel, chegando lá, fomos comer alguma coisa e descansar, já tinhamos combinado de conhecer Tigre no dia seguinte, então tinha que descansar para encarar mais uma aventura no dia seguinte srsrs
  4. Galera, vou continuar mais tarde, pois terei que sair srs.. Dúvidas, podem perguntar a vontade... abraços.
  5. QUARTO DIA Bom galera, voltando ao relato....Como disse, neste dia queria conhecer o Bioparque Temaikén (http://www.temaiken.org.ar/ ) Sobre esse parque, não tenho do que reclamar, é um parque maravilhoso, uma estrutura muito boa também, ele é muito grande, a minha sorte é que como fui no meio da semana, estava praticamente vazio, vocês vão ver algumas fotos que tirei dos espaços vazios dentro do parque srsrsr muito tranquilo. Acordei um pouco atrasado srsrs , eram 9h mais ou menos, fui correndo tomar café e já encontrei Victor, me esperando. Quando fui falar com ele, ele me disse que não iria poder ir pois estava com pouco dinheiro, e sua mãe somente iria depositar o dinheiro que ele havia deixado em casa, no dia seguinte....neste momento, o espirito de amizade bateu mais forte...Começamos a contar dinheiro, juntei o que eu iria levar com o que ele tinha e vimos que poderíamos ir, sem problemas desde que não extrapolássemos srsrrs Para chegar ao Temaikén, o trajeto é longo. Vocês devem chegar na Plaza Italia, próximo a esta praça, existem pontos finais de várias linhas de ônibus. Na Praça ítalia, vocês vão pegar o ônibus número 60, maissssss atenção. Existem três tipos de ônibus neste trajeto. 1º ônibus – É o parador, parador mesmo, para em todos os pontos, NÃO TEM AR CONDICIONADO, é corta vários bairros, demora mais de duas horas. Sem condições. Este ônibus anda tanto mais tanto, que ele passa em Tigre primeiro, antes de chegar em Escobar, ele anda muito. Então ao não ser que você queira fazer um tour, NÃO PEGUE ESTE ÔNIBUS srsrrs 2º ônibus – Esse que eu peguei, ele é semi-rápido, porém no meu caso ele foi semi-devagar, vocês vão entender depois srsrrsrs, ele deixa você na entrada da Rua que da acesso ao Bioparque Temaikén. Descobri da pior forma que, esta rua é muito, muito grande, e mais uma vez eu e Victor, andamos, andamos muiiiiiito srsrsrrs, mais o espirito de aventura não nos deixava ficar aborrecidos srsrs, com uma garrafa de água na mão, fomos caminhando e caminhando srsrs 3º ônibus – Este é igual o segundo ônibus que eu falei, a diferença que ele para no estacionamento do parque kkkk só isso kkk, você não vai precisar andar como eu andei, vai descer na porta. O que diferencia este ônibus do que eu peguei, é um adesivo no vidro dianteiro, informando Bioparque Temaikén srsr Uma fácil diferença entre o ônibus parador e o rápido é a pintura deles. O semi-rápido, como mostra a foto acima, tem o nome da empresa bem grande, além do ar condicionado. Já o parador tem um número 60 bem grande, que pega toda a carroceria do ônibus, segue uma foto que achei na internet dele, reparem o número 60 bem grande na lateral. Mesmo assim ,vale perguntar ao motorista e se informar. Voltando ao trajeto.... Pegamos o ônibus na Praça Italia, rumo a Escobar (Local onde fica o Temaikén), a viagem é agradável, ônibus confortável, foi vazio boa parte do tempo, cortaa alguns centros e depois pega as rodovias, diferente do parador que vai cortando os bairros e parando, então muito cuidado...srss Depois de 1h30m de viagem mais ou menos, no meio da estrada, percebi que o ônibus, começou a andar mais devagar e fazer uns barulhos estranhos e o ar condicionado foi diminuindo até parar srsrrsr, na hora comecei a sentir calor.... falei com Victor, tem alguma coisa errada srsrr Continua...
  6. Obrigado WANDERHURYO! Vou continuar o relato.... Melhor parte vem agora...indo para o Bioparque Temaiken....srsr
  7. Galera amanhã eu volto para relatar o quarto dia, pois o sono está forte aqui.. Qualquer dúvida, podem perguntar a vontade..... Abraços... Até amanhã
  8. Este ônibus ajuda bastante para quem tem pouco tempo na cidade. Eu peguei ele por volta das 13h30, comprei o bilhete de 24 horas, então eu poderia usar o serviço, até as 13h30 do dia seguinte....Passei a tarde todo do primeiro dia andando e conhecendo lugares através do ônibus, vale muito a pena...ele não é um ônibus com guias, não é aquela coisa chata, pra mim foi somente um meio de transporte rapido e objetivo, pois te leva nos principais pontos turísticos da cidade. Subi e desci vaaaaaarías vezes. O lugar que eu fiquei o maior tempo esperando este ônibus, foi em La Boca, mais ou menos uns 40 minutos srsrs ...sorte q não fiquei no final da fila.... Depois de andar pela região, tomei o ônibus novamente, desci em alguns pontos e voltei a subir em outro ônibus srsrsr ….como já estava entardecendo resolvi voltar para “casa” srsr. Quais eram meus planos? Como eu conheci metade dos lugares nesse dia, pois acordei tarde, queria terminar de conhecer no dia seguinte, lembram que o bilhete te da direito a usar o ônibus por no minimo 24 horas. Voltando para o centro de Buenos, desci a ultima vez do ônibus perto de Puerto Madero. Chegando no Hostel por volta das 19h, só queria descansar mais uma vez srrs .. perNa sala ceberam que eu andei muito praticamente todos os dias em Buenos Aires srsr Na sala de vídeo, encontro meu amigo mexicano outra vez srsrs, Victor, conversamos bastante, e concordamos em conhecer o Bioparque Temaikén, que fica em Escobar, a mais ou menos 1h40 de Buneos Aires, combinamos em acordar cedo pois a viagem iria ser longa. Então fomos na rua comemos cachorro quente e voltamos para o hostel, para descansar.. O dia seguinte prometia ser bem agitado srsrs Continua...
  9. Tive problemas com a comida srsrs... galera estou acostumado com arroz e feijão né, então foi brabo srsr ..exagero meu.. srsr deu para sobreviver...Lá em Buenos Aires, existem algumas lojas do Carrefour, ou melhor minis Carrefours, então sempre que dava eu passava neles e comprava alguma coisa para comer..nessas idas ao mercado, encontrei Guilherme, um paulista que estava na cidade a 2 dias, veio de Santiago e depois de dois dias iria voltar para São Paulo. Guilherme, estava meio irritado com a cidade de Buenos Aires, ele caiu no golpe do Taxista do Aeroporto Ezeiza, eu já tinha lido relatos sobre os taxistas, então já fui preparado ….. já o Guilherme não teve a mesma sorte. Que eu me lembre o taxista cobrou um valor do Ezeiza até a Avenida Corrientes, porém quando chegaram no destino ele jogou o valor lá em cima, acho que 300 pesos e ainda ameaçou o Guilherme, coagido, ele acabou pagando. Bom voltando para o Hostel, morto de cansado, fui para área de Wi Fi, usei os computadores do Hostel ,para tirar algumas dúvidas sobre lugares que eu queria ir...fui deitar um pouco. Acordei por volta das 23h, e fui para a rua, conheci um barzinho legal, não sou de beber, não curto mesmo..então queria mesmo era ver pessoas, conversar enfim...interagir mais e mais...não lembro o nome do bar, só lembro que o dono era um inglês, muito gente boa, depois peguei um taxi e fui em uma boate, queria ouvir o que os Argentinos dançam srsrsr ...óbvio, música latina e muita música brasileira antiga kkkk, gente nunca imaginei que em 2013 iria escutar “Na boquinha da garrafa” srsr .. mais foi bem legal...curti muito e isso tudo sozinho, pois acabei desencontrando do meu amigo mexicano. Ah dica para o táxi: Eu procurei no google, o trajeto que o táxi iria fazer até o local que eu queria ir mais ou menos srsrss, tempo médio enfim essas informações, puxei assunto com os taxistas, falando sobre a cidade e tal elogiando eles srsr, fazendo um social ssrsr ...e deu tudo certo, teve um que acabei dando uma nota errada, dei a mais..e ele me devolveu falando para ter cuidado...as boates ou boliches começam tarde, por volta de 1 hora da manhã. Voltando da boliche, resolvi ir andando, confesso que senti um pouco de medo, afinal 5 da manhã e andando pela rua...mais foi tranquilo, fiz alguns colegas na boate, saimos juntos e depois cada um para seu lado, andei sempre ligado, em todas as direções, observei se tinha alguém me seguindo, ou seja, olho muito aberto, mesmo com sono srsr Fui dormir por volta das 6 da manha e vocês já podem imaginar o que aconteceu né? Perdi a hora. TERCEIRO DIA. Como acordei quase meio dia, sai correndo do quarto para comer alguma coisa na rua, não procurei muito pois queria pegar o ônibus que faz o tour pela cidade. Entrei no subway, lanchei e fui até a agência que fica no centro mesmo em uma rua que eu não lembro o nome, porém que é paralela a Av. Corrientes. Lá você pode comprar 2 tipos de bilhetes: 1 que você pode andar por 24 horas e o outro que você pode usar por 48 horas. A vantagem é que este ônibus passa pelos principais pontos da cidade, e você pode descer e subir quantas vezes quiser, o intervalo é de mais ou menos 20 minutos, lembrando que depende do trânsito. Como eu tinha pouco tempo na cidade, resolvi usar o serviço de 24 horas para conhecer alguns lugares, e mais uma vez sozinho...srssr isso nunca foi problemas, não vou deixar de conhecer um lugar, só por estar sozinho. Só se realmente não for recomendado. Continua...
  10. SEGUNDO DIA Acordei tarde, fiquei conversando até tarde com o Javier srsrs quase perdi o café da manhã srsrs … Encontrei por um acaso meu amigo Mexicano, e combinamos de conhecer alguns pontos da cidade juntos. E ai começou nosso passeio, fui no Obelisco e depois caminhamos até Puerto Madero, mais uma vez andamos, andamos muito a pé srsrs Passamos praticamente o dia todo andando, tinham momentos em que eu não sentia mais meus pés kkkk, achei a cidade muita urbanizada e bem cuidada na medida do possivel rsrsr. A parte de Puerto Madero realmente é bonita e cara. Viagem com o objetivo de gastar o minimo possível kkk, então economizei em tudo que pude kkk ….. Sobre violência, vi um “pivete” roubando uma pessoa na entrada do subte (Metrô), porém a polícia foi rápida e pegou o safado. Uma coisa que reparei, é que a grande maioria anda com as bolsas e mochilas na frente do corpo, ou seja, o roubo de carteiras, celular e outros deve acontecer com facilidade por lá, fora esta situação não vi nenhuma outra. A importante, o câmbio, como disse no começo, fiz câmbio no Ezeiza, só para ter alguns Pesos na chegada em Buenos Aires. Antes do dinheiro acabar, fui com meu amigo Mexicano procurar algum lugara para câmbio. Por recomendações aqui da galera do Mochileiros, fui para a Calle Florida, procurar os lugares digamos mais em conta srsrsr No começo fiquei com receio, porém tentei usar uma tática srsr ,fiquei olhando algumas lojas próximas as pessoas que estavam gritando câmbio, câmbio, cãmbio com objetivo de ver a movimentação...tudo feito de forma tranquila e sem chamar atenção...se bem que, eu tenho 1,90, é dificil não chamar atenção kkkk. Enfim, escolhi uma dos carinhas que estava gritando, para fazer o câmbio, combinei com meu amigo mexicano, o Victor, para me dar corbetura kkk ele ficou um pouco distante me observando srsrs … O tiozinho do câmbio me levou até uma agência de turismo e la fizemos a troca, na epoca se não me engano consegui 1 real = 3,80 pesos mais ou menos..me achei rico srsr Continua...
  11. Eles me colocaram em um quarto que só tinha brasileiros kkkk, sendo sincero, não simpatizei muito com eles, mais para frente explico melhor sobre isso kkkk deixei minhas coisas no quarto e fui conhecer algumas partes da cidade Primeiro fui conhecer a região por perto, fui até a casa rosada (Estava tendo protesto em frente) e encontrei um brasileiro perdido como eu kkk, ele pediu para tirar uma foto, ai descobrimos que o outro era brasileiro kkk, Calle Florida que na época estava em obras, cheia de buracos kkk, Obelisco e demais ruas da região. Andei bastante pela região, e andei muito a pé, me senti bastante seguro , caminhando pela cidade, mais seguro do que aqui no Rio de Janeiro kkk. Pelo menos na região onde eu passei kkkk Voltando para o hostel, fui para a sala de vídeo, para aproveitar o wi fi e descansar, pois andei muito kkk, na sala conheci Victor, um mexicano muito gente boa, que se tornou com amigão e um companheiro de viagem durante minha passagem por Buenos Aires. Conversamos bastante, passei muitas informações sobre o Brasil para ele, e eu recebi muitas informações sobre o México, e a vontade de conhecer este país foi despertada kkkk Depois de muita conversa com meu novo amigo Mexicano, fui para o quarto, conversei um pouco meus “colegas de quarto”, os brasileiros que falei no começo, e realmente não fui com a cara deles kkkk a humildade passou longe deles.... e pior, um deles parecia uma motor de carro velho quando dormia, fazia muito maissss muito barulhos mesmo...kkkk Como eu não tinha simpatizado com eles e eu queria ter o máximo de contato com o espanhol, resolvi tentar a troca do quarto no dia seguinte..fui até a recepção kkkkk Pedi para trocar de quarto...o pessoal do hostel trocou de quarto sem problemas..srsrs Fui para um quarto peguei minha cargueira, falei com meus “ex-colegas” de quarto q iria me mudar, eles nem deram bola... srsrs No outro quarto encontro um Alemão, um Colombiano e um Uruguaio...O Alemão, era uma comédia, ele tentava falar e eu tentava entender, no final caiamos na gargalhada, o Uruguaio foi embora do hostel assim que cheguei e o Colombiano, a esse é muito gente boa, Javier, um colombiano gente fina, conversamo bastante.
  12. Bom galera primeiro tenho pedir desculpas pela demora em fazer meu relato, afinal fui para Buenos Aires em Abril deste ano. Ficando por 5 dias, fui sozinho mesmo. Na época eu fui graças a uma promoção da gol, onde a passagem de volta saia por 59,00 kkk. Paguei no total R$ 553,00 ida e volta por ela. Não vou entrar muito em detalhes em relação a valores, até por que como já tem um tempo, esses valores devem estar mais do que ultrapassados, porém na época enquanto eu estava lá, postei algumas informações, em tópicos especificos. Vou fazer um resumo da minha passagem por esse país maravilhoso, gostei muito dos 5 dias q passei lá, alias fiquei com gosto de quero mais. Começando então. Sai do Aeroporto do Galeão, aqui no Rio de Janeiro. Tenho que confessar uma coisa logo de cara, não simpatizo muito em andar de avião kkkk Quando fui para o Chile em 2010, fui de ônibus, saindo aqui do RJ. 3 dias e meio de viagem pela Crucero Del Norte, também sozinho..srsrs. Primeira viagem que fiz sozinho, e fui logo para fora do Brasil e de ônibus .. kkk Voltando a Argentina.... Sentei na poltrona próximo a asa do avião, na janela...quando o avião começou a subir da aquele frio na barriga...porém no meu caso, a sensação foi pior kkkk Pois além de sentir ele subindo, ele começou a fazer uma curva no meio da subida...srsrsr foi um desespero kkk ver aquela coisa gigante fazendo uma curva, no meio do céu, aquela asa que parecia de papel ...kkk mais enfim...graças a Deus..a viagem foi bem tranquila, sem turbulências, céu bem azul......O ruim foi somente ficar algumas horas apertado na poltrona da gol, afinal tenho 1,90 ….virei para um lado, virei para outro...a cãimbra apareceu..e nada de chegar em Buenos Aires kkk PRIMEIRO DIA Cheguei sábado, por volta de 13h em Buenos Aires, pelo Aeroporto Ezeiza o maior da cidade e mais distante também. O outro Aeroporto é o Aeroparque, que fica mais próximo do centro da cidade. Fiz câmbio no próprio aeroporto, alias só troquei o necessário até chegar em Buenos Aires, pois achei o câmbio muito ruim. Todo o tramite do aeroporto foi bem tranquilo e rápido. O hostel que eu fiquei disponibiliza uma van gratuita, que sai em horários certos do Aeroporto (Esses horários estão no site do hostel), esperei mais ou menos 1h30 e ela chegou. Neste intervalo fui ao Mc Donald's, pedi um Big Mc, que por sinal parecia um podrão de esquina...ou melhor acho que podrão seria gostoso kkkkk Senti falta do Brasil neste momento kkk Do Ezeiza até o Hostel, que fica na Av. Corrientes, foram mais ou menos 30 minutos, estrada muito boa, movimentada e cheia de pedágios kkkk Fiquei no Hostel Suite Obelisco ( http://obelisco.hostelsuites.com/ ), este hostel pertence a mesma rede do famoso Florida. Recomendo e muito este hostel, fui super bem tratado pelos atendentes, wi fi na área principal, o quarto era confortável, o café da manhã é bom, bastante variedade, pães, café, suco, frutas, biscoitos, doce de leite. Durante o tempo em que fiquei lá, tomava sempre um café reforçado...comia bem..mais bem mesmo..ainda levava duas frutas para comer na rua kkkkk Continua...
  13. Galera voltei de Buenos Aires já...(Infelizmente) pois eu queria ficar mais ...srsrs Desculpe não ter colocado o relato ainda, pois cheguei e ja fui trabalhar Esse fim de semana sem falta eu coloco... Obrigado a todos pelas dicas... Espero que as minhas tambem ajude a todos.. Abraços
  14. Estou no Hostel Suite Obelisco, mesmo do Suites Florida, so muda a rua. Badalacao e festa pelo que vi e no milhouse, porem nao sei como e.... O Suites Florida e bem movimentado tambem.....muito brasileiro, no transfer q eu fiz ezeiza - hostel, tinha uns 7 brasileiros so para o florida e somente eu para o Suite Obelisco. Aqui e muito tranquilo...tranquilo mesmo, quem quer um hostel mais calmo pode vir para o Suites Obelisco. Balada, creio q seja melhor Milhouse e como segunda opcao Suites Florida.
  15. Eu sai do Rio de Janeiro, Quando passei na agencia do Bradesco do Aeroporto do Galeao para tentar trocar pelo menos 100 reais, desisti so de taxa seria 60 reais .. fala serio.... Ai troquei quando cheguei no aeroporto Ezeiza aqui da Argentina, na agencia do Banco La nacion.
  16. Sobre nome deles e meio arriscado perguntar pois esse tipo de cambio nao e oficial, entao nem arrisquei..... conversei rapidamente com ele durante o trajeto ate o cambio, e um senhor branco, alto com roupa social, deve ter entre 65 e 70 anos, careca. Tem muitos arbolitos, porem muitos sao novos com no maximo 35 a 40 anos e ate garotos de 20 e poucos anos. Sobre o dola/peso, nao prestei atencao pois nao trouxe nenhum dolar, so vim com real, mais deve estar bem alta com os arbolitos tambem, se no banco la nacion a cotacao oficial real /peso esta 2.50 e com eles esta 3.85, imagina dolar, deve estar nas alturas...srrs Sobre lugares que aceitam comprar com real. Como falei em um post anterior, ontem vi um restaurante que aceitava real nas compras, cada real era cotado a 3 pesos. Hoje de manha esta cada real por 3.30, agora a noite passei em frente a ele e estava cada real por 4 pesos. Fiquei tentando, POrem a comida nao e tao barata assim nele e vim para Buenos Aires com pouco dinheiro, ou seja sem abusar. Tudo bem economico... srsrs Hoje almocei em um restaurante bem simples, perto da casa rosada por 30 pesos com uma coca de 600 ml saiu 39 pesos. Muito pure de batata e abobora e para minha tristeza pescado, nao gosto de peixe me ferrei, era o prato do dia...srsrsr mais tranquilo, o pure compensou.. srsrs Amanha vou tentar sondar o valor do dolar/peso....
  17. Galera, Acabei de fazer cambio com um arbolito na Calle Florida, cotacao 3.85, real por peso. Tentei seguir a recomendacao aqui da galera, escolhi um senhor q deve ter entre uns 65 e 70 anos, ele me levou ate uma agencia de passagens de onibus e fiz o cambio. ABracos.
  18. Alguns poucos lugares que vi esta na faixa de 2.50 tambem, assim como no banco la nacion do EZEIZA. Conversei com o pessoal do Hostel, eles indicaram ir na calle florida, ontem passei la ate para conhecer, realmente tem muita gente que faz cambio, os famosos arbolitos..... Pelo que li aqui no mochileiros, a galera recomenda fazer cambio com os arbolitos mais velhos, os senhores.....normalmente eles fazem o cambio em alguma loja. Hoje vou passar la novamente e perguntar a valor...pois ontem nao perguntei.... Passando quase em frente ao obelisco vi em um restaurante q eles aceitavam real e cada real era equivalente a 3 pesos....estava cheio....hoje tambem vou dar um pulo la, como quem nao quer nada e ver se eles fazem cambio..srsrsr...sera que vale ou e muitos arriscado?
  19. Pois è Kdera89, Cheguei hoje em Buenos Aires, troquei no La Nacion no Aeroporto EZEIZA a 2.50 ontem quando observei no site dolarhoy estava na faixa de 2,74 a 2.76...... doce ilusao Estou no Hostel Suite Obelisco ... Alguem por ae?????
  20. Galera, Dando uma olhada do site http://www.dolarhoy.com/indexx.php agora a noite vi que no Banco la nacíon e na casa Multifinanzas a venda do real está entre. 2.74 e 2.76, acredito ser uma boa opção de câmbio certo? Sabem me dizer se no aeroporto ezeiza vendem a caneta money test? Bom está chegando a hora...meu voo sai daqui a pouco..não tem mais como fugir....Buenos Aires ai vou eu....
  21. Valeu galera pelas informações, bom acho que vou ter que passar os dados mesmo, pelo menos esta tudo conversado por email, tudo registrado.... Não posso correr o risco de chegar lá e não ter a reserva feita...ficar na rua não dá kkkkkk Seja o que Deus quiser....
  22. Galera sei que o post deveria estar em Buenos Aires Onde ficar? (Já postei lá) porém estou com medo de não ter a resposta a tempo de reservar o Hostel, pois já embarco daqui a duas semanas ... srrs o desespero bateu ..srsr Sobre os passeios, estão ok..lugar para conhecer não falta... Estou mantendo contato com o pessoal do Hostel Suite Florida\Obelisco e eles pediram que eu enviasse por email mesmo o número do meu cartão de crédito e o código de segurança para reservarem minha vaga no Hostel, bom queria saber se isso é normal eles pedirem ,em vista que fiquei meio desconfiado, alguem sabe me dizer se isso é normal? Dá para confiar?
  23. Galera, alguem sabe o que fazer nesta situação??
  24. Valeu pela dica Augusto, Temos que ficar espertos mesmo, parece que já esta escrito na nossa teste que somos turistas .. srsrsr
  25. Pois é, tratei direto por email com o próprio Hostel, porém o próprio atendente do Hostel solicitou número do cartão e código de segurança por email... Pessoal teria uma outra alternativa? Pois fico com receio de passar esses dados por email....
×
×
  • Criar Novo...