Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

_maya

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre _maya

  • Data de Nascimento 17-07-1984

Outras informações

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. _maya

    É possível viver mochileiro?

    Olá, pessoal! Antes de mais nada, peço desculpas pela (incrível) demora. Estou com os tais 30 anos, exatamente a idade que eu havia previsto no início desse tópico para o fim da minha aventura. Bem, para resumir o que aconteceu desde o primeiro post até hoje, posso dizer estou, em partes, vivendo aquele sonho, mas por vias das quais jamais poderia imaginar naquela época (uma via tradicional? Sim, mas que talvez tenha me poupado e encurtado alguns caminhos). Sou uma pessoa de sorte e, mesmo não acreditando em destino, essa história ainda me surpreende... Abri esse tópico em fevereiro de 2010, um pouco como desabafo, mas muito para legitimar o que estava disposto a fazer (e não haveria outro lugar ou pessoa que pudesse me encorajar mais do que aqui, num blog de viajantes). Em junho do mesmo ano (portanto, 4 meses depois) fiz a primeira de muitas viagens que estavam por vir… Ela durou cerca de 15 dias e aconteceu entre a Argentina, o Uruguai e Chile. Sempre sozinho. Mas não irei me aprofundar nela, pois como qualquer viagem, essa também foi muita rica e cheia de experiências. O que me chamou a atenção, dessa vez, não foram as mudanças que uma viagem proporciona ao viajante, mas justamente o que ela corroborou, ou seja, aquela predisposição em querer dar uma guinada na vida. A segunda-feira útil subsequente às minhas férias seria certamente para um pedido de demissão (e assim foi, mas de uma maneira da qual eu não esperava). Muito ansioso, cheguei cedo à empresa e, enquanto esperava o chefe, meio que despretensiosamente, abri o e-mail para ler as "grandes" oportunidades que eu estava prestes a perder. Naquela altura, não tinha noção de que a primeira daquela vasta lista de mensagens mudaria a minha vida. O remetente era um órgão governamental e a mensagem era a nomeação em um concurso público que havia feito em 2008, o único que fiz na vida. Sim! Eu virei funcionário público (e sigo assim até hoje). Acredito que a minha surpresa esteja no fato de nunca ter dado a mínima para o resultado pós-prova, o que me impediu de ver que eu era o primeiro da lista de espera. Mas vejo que isso fez toda a diferença, já que se eu fosse mais apegado ao andamento do concurso, talvez tivesse criado outras expectativas de vida, onde não teria espaço para o conflito existencial que culminou neste tópico e influenciou outras pessoas. Desde então, recebi centenas de e-mails e mensagens das mais diferentes fontes, todas inspiradas pela sensação de desprendimento que o post sugere. Eu sempre evitei respondê-los como forma de evitar o desencorajamento dessas pessoas que se sentiam motivadas, afinal, aquela referência de caminho alternativo acabou buscando a mais tradicional das vias. Para mim, valia mais o lúdico das várias possibilidades que história poderia tomar (quem sabe não tenha acontecido em outros paralelos, né?) Hoje, com a cabeça um pouco mais no lugar (pra não dizer velho), percebo que a liberdade para escolher caminhos pode ser conquistada por qualquer um. Isso significa que uma vida ativa e prazerosa pode (e deve) ser almejada também por médicos, advogados, professores, jornalistas, publicitários e etc. Acredito, ainda, que uma sociedade feliz seria aquela dedicada ao lazer e tempo livre, porque uma pessoa não pode ser classificada apenas pelo título da sua profissão, assim como um arquiteto não pode ser apenas um arquiteto. Ele também pode ser um ciclista, guitarrista, mergulhador, ilustrador, professor, voluntário ou paraquedista (por que não?) Bem, voltando pro meu mundo e recitando o cantor, ratifico que "a gente só leva da vida a vida que a gente leva", já que, mesmo sendo funcionário público, eu me sinto viajante e capaz de realizar os mesmos sonhos que tinha com 25 anos, mas com um ponto a favor: uma boa fonte patrocinadora. E desde a criação desse post (lá se vão 4 anos), já retornei pro Uruguai e Argentina, mas, dessa vez, acompanhado com o meu grande amor ( ). Fiz questão de refazer os mesmo passos que fiz na primeira viagem, visitando as mesmas cidades e as mesmas atrações, mas incluindo Bariloche como diferencial. De lá pra cá, também conhecemos a Colômbia, os EUA e uma boa parte do nordeste brasileiro. A próxima aventura já está marcada e deve passar pela França, Holanda e Bélgica. Eu sinto que a cada viagem me torno um pouco mais livre do que era antes. Não quero ser exemplo pra nada. Acredito que cada escolha é única e serve de maneira diferente para cada pessoa e situação. Se for preciso se aventurar, então vá! Terá o meu apoio, mesmo que eu não tenha vivido isso de uma maneira tão radical, pois sei que existem várias maneiras de se chegar no mesmo resultado. No meu caso, a minha nomeação não se traduziu numa interrupção, pelo contrário, encarei como uma oportunidade para seguir com alguns daqueles sonhos, pois ainda estou no controle da situação e posso moldar a profissão a minha vida (e não o oposto). Entender isso foi libertador. Abraços e uma boa viagem! (aí vai uma frase de minha autoria: "O mundo tá pronto. É só usar") Segue uma foto minha do ano passado: Lucas Maia
  2. _maya

    Esqui no Chile

    Galera, vou pro Chile agora em Junho. Vou chegar em Santiago. Como faço para sair para esquiar a partir de Santiago? Pela experiencia de voces, tenho que necessariamente passar uma estadia nos locais de esqui?
  3. Drika_web Pretendo ficar em hostels sim. Basicamente o que eu já pesquisei foram os melhores hostels citados aqui no forum. Mas ainda nao fiz reservas. Fiz o roteiro eu mesmo baseado no que eu queria fazer. Uma viagem sem monotonia e de aventura. Buenos Aires Hostel Suites Florida - http://www.suitesflorida.com, Centro Milhouse - http://www.milhousehostel.com, Centro Portal del Sur - http://www.portaldelsurba.com.ar, Centro Colonia Hotel Ciudadela Antiguo - www.guiacolonia.com.uy/hotelciudadela El Español MonteVideo Shirmann Munker HI (na Rio Branco com Canelones) Red Hostel www.redhostel.com Punta del Este Backpacker de la Barra - http://backpackerdelabarra.com/espanol/index.html El Hostal - http://www.hosteluruguay.org/puntaelhostal.html Hostel 1949 - http://www.1949hostel.com/ Manantiales ou em Piriapolis na HI Bariloche: Hostel 41 Below (muito caro, procurar outros) > LINKS: BARCOS BsAs ATE URUGUAI http://www.coloniaexpress.com/ar/default.aspx (MUUUUUITO BARATO de BsAs até Colonia del Sacramento - comprei esse) http://www.buquebus.com/cache/HomeARG.html (outra companhia que o pessoal comenta. mais caro que o coloniaexpress. deve ser mais rápido talvez) TREN PATAGONICO http://www.trenpatagonico-sa.com.ar/Inicio.html (ESSE TREM QUE IREI PEGAR ENTRE VIEDMA/ARG ATE BARILOCHE) http://www.cnrt.gov.ar/infoferro/espano ... a_mapa.htm OUTRAS ROTAS TREM: http://sateliteferroviario.com.ar/horar ... entina.htm http://www.cnrt.gov.ar/infoferro/espano ... p_mapa.htm http://www.trenhistoricoavapor.com/ http://www.sateliteferroviario.com.ar/horarios/ Esse topico é excelente para quem vai para BsAs. Inclusive com as atrações por lá. dê uma olhada: buenos-aires-t15670.html Hostels: http://www.hostels.com/buenos-aires/argentina //////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////////////////////////////////////////////////////////////// samanthavas, na verdade comprei uma promo. meus voos ida + volta SP > Buenos Aires. Tenho que necessariamente chegar em Buenos Aires e sair por Buenos Aires. Realmente isso ficou num vai e vem, mas nao teve muito jeito. De BsAs para Bariloche, somente de aviao, que é caro. Talvez tenha onibus, mas entre onibus e o trem que sai de Viedma, prefiro o trem pela aventura. Foi uma escolha pessoal, tenho minhas reservas câmbiais, mas necessito de viagens desse tipo. Conhecendo a raiz e os perrengues de cada local. Me tira uma dúvida. Como voce fez com o cambio? Voce levou dolares, reais, pesos argentinos e uruguaios? Ou foi trocando a medida que entrou em cada um dos paises? Melhor trocar dolares pela moeda local ou reais brazukas? No mais, obrigado pelas infos dos preços dos onibus de colonia para mvd. Ja estou considerando aqui. Valeu //////////////////////////////////////////////////////////////////// //////////////////////////////////////////////////////////////////// Ainda tenho fortes dúvidas quanto a rota Buenos Aires > Viedma (passando por Bahia Blanca ou Carmen de Patagones ou direto) E o mais importante: Esse mesmo percurso ao contrario. Quando voltar de Bariloche, o tempo será curto entre Viedma até Buenos Aires para embarcar no voo de volta.
  4. Cheguei a uma conclusão: Não dá pra fazer tudo ao mesmo tempo.. hahahaha enfim, vou pro Uruguai e Bariloche. Prevejo muita aventura, perrengue e pouco dinheiro. Infelizmente Chile e Ushuaia vao ter que esperar um pouco. 01/06 08:50 - voo Gol: Belo Horizonte/MG > Guarulhos/SP (10:05, chegada) 13:55 - voo Lan: Guarulhos/SP > Buenos Aires/ARG (16:55, Chegada) 02/06 00:00 - Dia livre em Buenos Aires/ARG 03/06 08:00 - barco ColoniaExpress: Buenos Aires/ARG > Colonia del Sacramento/URU (???, chegada) ??? - onibus???: Colonia del Sacramento/URU > Montevideo/URU (???, chegada) 04/06 00:00 - Dia livre em Montevideo/URU 05/06 ??? - onibus???: Montevideo/URU > Punta Del Este/URU (???, chegada) 06/06 Dia livre em Punta del Este/URU 07/06 ??? - onibus???: Punta del Este/URU > Colonia del Sacramento/URU (???, chegada) 20:45 - barco ColoniaExpress: Colonia del Sacramento/URU > Buenos Aires/ARG (???, chegada) 08/06 00:00 - Dia livre em Buenos Aires/ARG 09/06 00:00 - Dia livre em Buenos Aires/ARG (ou posso adiantar o dia de amanha 10/06) 10/06 ??? - trem ou onibus???: Buenos Aires/ARG > C. Patagones/ARG ou Bahia Blanca/ARG ??? - onibus???: C. Patagones/ARG ou Bahia Blanca/ARG > Viedma/ARG 11/06 (SEX, unico dia de partida do trem) 18:00 - trem Patagonico: Viedma/ARG > Bariloche/ARG (12:50) 12/06 (SAB) 12:50 - Dia livre em Bariloche/ARG 13/06 (DOM, unico dia de retorno do trem) 18:00 - de trem: Bariloche/ARG > Viedma/ARG (12:50) 14/06 ??? - onibus???: Viedma/ARG > C. Patagones/ARG ou Bahia Blanca/ARG ??? - trem ou onibus???: C. Patagones/ARG ou Bahia Blanca/ARG > Buenos Aires/ARG 15/06 10:05 - voo Lan: Buenos Aires/ARG > Guarulhos/SP (12:55, chegada) 23:20 - voo Gol: Guarulhos/SP > Belo Horizonte (00:35, chegada) 16/06 LABUTA! ACABOU A MOLEZA! ------------------------------------------------------------------------------ > MAPA ROTA/ARG: http://maps.google.com/maps?f=d&source=s_d&saddr=Buenos+Aires,+Argentina&daddr=Bahia+Blanca,+Argentina+to:C.+Patagones,+argentina+to:Viedma,+Argentina+to:Bariloche,+Argentina&hl=pt-BR&geocode=Fd7q7_0d10uF_Cm9DPlOO8q8lTGHjuiILoGzoA%3BFYJOsf0dUt1J_Cm9AhPcq7ztlTEReh4kjdjRdg%3BFfZkkf0dvxU__Cl1tSjPhpj2lTGAHtuajAqWZQ%3BFXtCkf0dFME-_CnF2AFiEpj2lTHoenyHQpBDDA%3BFZgcjP0dagfA-ynlYMggFXsaljFlmnvLl64Qgg&mra=ls&sll=-37.87891,-64.83732& ;sspn=8.791114,19.709473&ie=UTF8&z=6 ------------------------------------------------------------------------------ > MAPA ROTA/URU: Maldito googlemaps. Não permite calcular rotas no Uruguay. ------------------------------------------------------------------------------ > CUSTOS ESTADIAS Ainda nada. ------------------------------------------------------------------------------ > CUSTOS DESLOCAMENTOS/TRANSPORTES: . Voo Gol - BH > SP (ida e volta + taxas): 197 BRL . Voo Lan - SP > BsAs (ida e volta + taxas): 568 BRL . Barco Colonia Express - BsAs > Colonia del Sacramento (ida e volta + taxas): 36 ARS (16 BRL) . Onibus - Colonia del sacramento > Montevideo: ? . Onibus - Montevideo > Punta: ? . Onibus - Punta > Colonia del Sacramento: ? . Onibus ou Trem - BsAs > C. Patagones/ARG ou Bahia Blanca/ARG: ? . Onibus - C. Patagones/ARG ou Bahia Blanca/ARG > Viedma: ? . Trem Patagonico: Viedma/ARG > Bariloche/ARG: 57 ARS (25 BRL) . Trem Patagonico: Bariloche/ARG > Viedma/ARG: 57 ARS (25 BRL) Por favor, quem puder me ajudar com relação as lacunas será excelente! por exemplo: . os ônibus dentro do uruguai entre colonia > mtvd > punta. info, preços, etc. . o melhor caminho de buenos aires até Viedma/ARG. Como, preço, infos, etc. . Melhores estadias e dicas de um modo geral. Abraços!!
  5. Pessoal, Irei para Buenos Aires em junho começar minha jornada. (01/06/2010 a 15/06/2010) Ficarei 15 dias nessa trip e gostaria de opiniões sobre o roteiro. OPÇÃO 1A) ARGENTINA - URUGUAI - ARGENTINA : - Buenos Aires/ARG (2 a 3 dias) - Colonia del Sacramento/URU (barco - www.coloniaexpress.com) - 1 dia - Montevideo/URU (1 ou 2 dias) - Punta del Este/URU (1 dia) - Colonia del Sacramento/URU (barco - www.coloniaexpress.com) (passagem) - Buenos Aires/ARG (1 dia) - Rosário/ARG (1 dia) - Cordoba/ARG (1 dia) - Mendoza/ARG (1 dia) - Buenos Aires/ARG (voo de volta) OPÇÃO 1B) ARGENTINA - URUGUAI: - Buenos Aires/ARG (3 a 4 dias) - Colonia del Sacramento/URU (barco - www.coloniaexpress.com) - 1 dia - Montevideo/URU (2 ou 3 dias) - Punta del Este/URU (2 ou 3 dias) - Colonia del Sacramento/URU (barco - www.coloniaexpress.com) (passagem) - Buenos Aires/ARG (voo de volta) OPÇÃO 2: ARGENTINA - CHILE - Buenos Aires/ARG (2 ou 3 dias) - Rosário /ARG(2 dia) - Cordoba/ARG (1dia) - Mendoza/ARG (1 dia) - Santiago/CHI (2 ou 3 dias) - Valparaiso/CHI (2 ou 3 dias) - Buenos Aires/ARG (voo de volta) OPÇÃO 3A) ARGENTINA, BUENOS A. - BARILOCHE - USHUAIA (PATAGONIA) (opção mais cara, certamente) - Buenos Aires/ARG (2 ou 3 dias) - Bariloche/ARG (2, 3 ou 4 dias) (avião) - San Martin de Los Andes (1 dia) - El Chatén e El Calafate (1 dia) - Puerto Natales e Punta Arenas (1 dia) - Ushuaia (2 ou 3 dias) - Buenos Aires (voo de volta) OPÇÃO 3B) ARGENTINA, BUENOS A. - BARILOCHE (segunda opção mais cara, provavelmente) - Buenos Aires/ARG (3 ou 4 dias) - Bariloche/ARG (2, 3 ou 4 dias) (avião) - Puerto Varas (1 dia) - Puerto Montt (1 dia) - San Martin de Los Andes (1 dia) - Buenos Aires/ARG (voo de volta) ================================================================================ Levando em conta: Diversão, Gastos e experiência de vida. Qual será a melhor opção? O que tiver de informações para facilitar a escolha de algumas das rotas será válido. Como hostels, preços, meio-de-transporte, etc.. Confesso que queria ir até o Chile, mas também me vem a cabeça passar pelo Uruguai. Logo, lembro de curtir Bariloche (será que vale a pena mesmo?). E acho que todo mundo gostaria de ir para o extremo sul do continente (Ushuaia, patagonia) Conclusao: Nao tenho uma preferencia exata pelas rotas acima. Acho que o diferencial será o quer for melhor na relação custo/benefício. Abarços!!!
  6. Estarei na Argentina 1º de junho (Buenos Aires). Qndo vc passará por lá? abs
  7. _maya

    Chile - Roteiros e Meios de Transporte

    Qual o melhor destino no Chile? Santiago, Calama, Antofagasta, Temuco, Puerto Montt ou Punta Arenas?
  8. _maya

    É possível viver mochileiro?

    andre amaral, Pela foto percebo que vc é mergulhador, certo? pois entao.. tb sou mergulhador. Alias, minha vida inteira (nesses 25 anos) foi pautada no lazer, aventura, esportes, enfim. sou escalador, andava de skate, capoeira, muay thai, o mergulho, etc. agora imagina alguem que curte fazer isso travado num escritorio? de fato a pergunta para minha resposta pode ser um pouco menos estusiasmada. ja pensei em prestar concurso para bombeiro ou avançar minha certificacao de mergulhador para Dive-master e fazer disso a minha vida. profissoes relativamente normais e que envolvem a natureza, o lazer, a ação.. A vida outdoor me fascina. E olha que eu estou falando isso um dia apos sofrer um acidente de moto, pra vc ter ideia. ontem, o pneu da moto estorou numa curva. resultado: todos os dedos dos pe direito quebrados. Mas isso o tempo cura. Já outras dores so pioram com o passar do tempo. Dei a bobeira de "cair" no convencional e atualmente trabalho na area que me formei, sou designer. tenho um salario rasoavel, mas, sinceramente, sinto que estou perdendo 8 horas diarias da minha vida sentado em frente ao PC dentro de um escritorio. me sinto como um passaro com as asas quebradas (pra dramatizar um pouquinho) Eu nao consigo responder o que eu quero a medio-longo prazo. mas uma coisa é certa: NAO ME VEJO TRABALHANDO COM ISSO DAQUI HA 10 ANOS, ENTENDE? ficaria louco. nao mem vejo com quarenta trabalhando da mesma maneira. (já que o papo agora é sobre quarentoes) nao preciso de muito dinheiro pra viver. minha felicidade é preenchida com coisas simples. constituir familia? claro que sim. sou doido pra ter meu muleque e escalar, mergulhar, jogar bola ou viajar com ele. Mas isso farei com uns 30 anos. Ou seja, quero aproveitar o tempo que ainda resta nessa tal juventude sem filho. Enfim, sou inquieto. Prentendo realmente me desligar da empresa no 2o semestre. vou preparar uma viagem "semi-planejada" de alguns meses (ou de 1 ano) e tirar a prova dos nove. experimentarei os dois lados da moeda. Se me adaptar a nova vida "bicho-solto", bola pra frente que o resto virá facil. Se nao der certo. Acredito que eu tenho tempo para errar e voltar um pouco atras, mas dessa vez, com mais bagagem. abraços PS: Registrei na ONU em busca de trabalhos humanitarios. mas 99% deles precisam de ingles fluente. Tenho um ingles mediano que dá pra um certo gasto, mas fluente é outra historia. ê coisa! o negocio é me jogar na AM. L.
  9. _maya

    É possível viver mochileiro?

    Pessoal, Cada uma das respostas estão sendo de muita valia para mim. É certo que a grana é curta e o que eu quero é improvável (?) Prefiro jogar na sena para, quem sabe, acertar a quina. Entende? Se não vier uma vida baseada em viagens, que eu a faça ao menos uma parte do que sonhei. ou, talvez, viajar em "parcelas" como a Mi sugeriu muito bem. Estou ciente que isso tem um custo alto. Talvez, quando eu me der por satisfeito, não terei bens ou uma vida estável economicamente. Provavelmente terei desfeito das minhas 2 motos que comprei ao longo da minha carreira profissional. Não terei uma casa própria ou uma situação ideal para constituir uma família. E etc. Por outro lado tenho algumas coisas que contam ao meu favor: Tenho sim uma familia que certamente me apoiaria num retorno furado, como o Ogum777 lembrou. Apesar de ser a últimas das últimas opções. Não pretendo depender de ninguém. também tenho a convicção que o cenário estará bem melhor por essas bandas até lá. Afinal, copa do mundo em 2014 e olimpíadas em 2016. E o passo mais dificil já foi dado, mudar a mentalidade. Desde o inicio de 2009 já tenho essa vontade (há um ano), ou seja, não é algo que me deu na telha. Cheguei a traçar uma rota para ir ao Chile de moto, mas não era a hora. Também compartilho algumas coisas que o xaliba falou: Não querendo pagar de "durão", mas eu gosto muito de viver algum tipo de perrengue. Frescura, desse mau eu não sofro. Dormir em qualquer canto, ficar dias sem uma boa alimentação, virar em situações dificeis, não dormir por tempos, enfim. Minhas melhores experiências foram em algumas viagens de moto em que tive problemas mecânicos a serem resolvidos no meio do nada. Ou ainda, viajar de carona sem nenhum tostão e comida para aproveitar um final de semana. Isso virou estória. Para mim, isso é viver. E é no aperto que as melhores idéias aparecem. Quando eu conto a minha vida para os outros eu sempre falo das viagens que fiz. Na prática, o que estou querendo planejar é trabalhar fazendo bicos por onde passar. Sempre dá para aproveitar as altas-temporadas. Seja num inverno na Argentina ou Chile ou no verão no nordeste brasileiro, por exemplo. Tive alguns colegas que viajavam "de graça" para o nordeste ralando como garçom. Claro que aproveitavam pouco. Mas não deixa de ser uma experiência. Também já trabalhei como garçom e barman "free-la" em minha cidade mesmo. E quer saber? É massa também. É uma pena que em nosso país esse tipo de serviço braçal ou de sem-instrução é pouco remunerado e mau visto. Acho que o mais difícil é sair da inércia. E esse primeiro passo já está traçado. Estou no meu último projeto (por assim dizer) no meu trabalho. Sou coordenador da minha área, tenho um salário razoável. Mas em julho deste ano pedirei demissão. Ai sim a aventura começa. De la pra cá vou me programando, colhendo informações e contatos. conversando com gente que tem experiências e traçar a rota. Abraços PS: bfcosta, fiquei instigado por esses trabalhos na onu, oea ou similares. Você tem mais informações sobre?
  10. _maya

    É possível viver mochileiro?

    Juntei cerca de R$ 15 mil nos últimos 2 anos de trabalho. Tinha a esperança de comprar um casa. Mas quer saber? Não quero mais essa vida. 8 horas por dia trancafiado em um escritório não dá mais. Quero abrir mão de um sonho convencional (comprar uma casa) para realizar um grande sonho e a verdadeira independência, ou seja, quero ser feliz e aproveitar a vida que, assim como a terra, é muito pequena. Sou jovem. Fã de aventuras e da liberdade. Tenho 25 anos. Pretendo planejar uma viagem pelo cone-sul e américa central até os meus 30 anos. Tenho moto, ainda cogito a hipótese de usa-la. Mas talvez pretendo vende-la e fazer o percurso todo via onibus, carona, a pé, etc. Ja fiz algumas viagens sozinho, mas nada audacioso e grande como dessa vez. Sei que são 4 ou 5 anos de viagens e que 15 mil reais é pouco. Daí que surgiu a idéia da viagem ser algo sustentavel e tornar o mundo (ou parte dele) a minha casa e o meu viver. É possível? Alguém já fez isso ou conhece algo similar? Sugestões? Incentivos? ou compartilha do mesmo sentimento?! Abs
  11. Ja li historia de um cara que foi de Santos pra Holanda de Carona em um navio. Cara, realmente me interessei pela sua historia. Acho que a aventura vale a pena se voce sabe se virar. Indo sozinho, penso ser melhor mesmo. Pq assim vc nao se responsabiliza por terceiros e responde por si nessa viagem. No mais, se voce tem vontade e sabe se virar, vá lá! A vida é muita pequena. Tb tenho planos audaciosos pra o futuro breve. Ainda sem planos. E assim pretendo ficar mesmo. Abs
×