Ir para conteúdo

peter tofte

Membros de Honra
  • Total de itens

    809
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

9 Neutra

1 Seguidor

Sobre peter tofte

  • Data de Nascimento 01-07-1963

Bio

  • Ocupação
    Auditor

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Prezado, Três dias de aclimatação antes vão ajudar muito. Em Huaraz faça trekkings para a Laguna 69 e outras próximas. Faça no mesmo sentido que eu, pois a subida é mais gradual. Eu fiquei um dia a mais acampado no campo base do Alpamayo (lado Sul) para me aclimatar melhor para a subida para a Punta Union. Como prevenção leve Diamox e comece a tomar 2 dias antes da caminhada, se não tiver restrições médicas ao uso. Ao acampar deixe tudo dentro da barraca a noite. Acampe um pouco afastado da trilha, junto a outras barracas. Boa sorte! Peter
  2. Ana: Para a Patagônia eu costumo ir com minha Bora 80 da Arcteryx. Isto porque roupa para frio ocupa espaço. E normalmente faço rotas sem refúgios ou sem utilizá-los, ou seja, tenho de levar tudo. Se vc fizer o circuito "O" de TDP carregando toda a comida, carregando tenda (sem dormir nos refúgios), vc provavelmente vai precisar de uma 70 a 80 litros. Sua altura não é importante e sim o comprimento de sua lombar, para vc escolher o tamanho adequado da mochila. No próprio site da mochila mostra como medir este comprimento e daí vc consulta a tabela. Isto é muito importante para o s
  3. Valeu Rafael! O caro normalmente é chegar lá. A Espanha ainda é um dos destinos na Europa mais próximos e menos caros para nos brasileiros. Nas montanhas não gastamos muito, levamos uma vida de ascetas, mas curtindo muito as belas paisagens. Os Pirineus valem muito a pena. Apenas selecionar bens os locais de pernoite. Alguns lugares não aceitam acampamento, vc só pode ficar no refúgio, o que é ainda um pouco caro para nossos padrões. Abraços, Peter
  4. Valeu Otávio! Lá em Aysén o pessoal para o crro sem vc pedir e te oferecem carona. Aconteceu 3 vezes comigo. Se for para Curitiba a trabalho eu te aviso. Será um prazer palestrar na AMC outra vez. Quem sabe dê para fazermos tb uma trilha! Abs, Peter
  5. O Cerro San Lorenzo é a terceira e última etapa de minha viagem de 2 semanas por Aysén. Está descrito como Campamento De Agostini, no livro Trekking in the Patagonian Andes, do Lonely Planet, de autoria do saudoso Clem Lindenmayer. A montanha é a segunda mais alta da Patagônia chilena, com 3.706 metros. Foi escalada pela primeira vez pelo padre De Agostini, em 1943, que provavelmente gostava muito mais de montanhas do que de missas. Ele foi um grande explorador da região. A mais alta é o Cerro San Valentín, 4.070 m, que fica no Campo de Gelo Norte. Dia 21/03/2016 – segunda – Cochrane/F
  6. Segundo trekking em Aysén, realizado após Cerro Castillo (vide relato). A Reserva Natural Tamango é um local bonito e de trilhas sem maiores dificuldades, ideal para relaxar um pouco, depois de um trekking mais puxado, como o de Cerro Castillo. Dia 16/03/2016 – quarta – Villa Cerro Castillo/Cochrane Após chegar em Cochrane fui para uma cabaña que reservei pelo Booking. Lugar legal, apenas a cerca de 1 km da entrada da RN Tamango, as margens do belíssimo Rio Cochrane. Águas de um azul transparente. Se passasse uma truta nadando pelo fundo dava para ver. Ofurô legal. Pena que nã
  7. Valeu Otávio! Acho que o servidor do Mochileiros está com algum problema. Abraços, Peter
  8. Preâmbulo Fazia algum tempo, três anos, que não ia para a Patagônia. Elegi outros lugares para fazer trekkings com amigos ou solo. Mas estava com muita saudade desta linda região, minha predileta. Lagos, montanhas, geleiras, florestas de contos de fadas. Os Andes patagônicos são uma das regiões mais bonitas do planeta, que venho visitando desde 1995. Num trekking no Peru, ano passado, um casal de amigos, Andrea Zimmermann e Fábio, me falaram maravilhas de Cerro Castillo, trekking que fizeram anos atrás. Resolvi ir. Ao mesmo tempo Ramon Quevedo, outro amigo, me convidou para fazer o Tra
  9. Sim Evelyn. Mas normalmente temos que ir para Punta Arenas (de avião) e de lá para Puerto Natales de busão. A não ser que vc venha de El Calafate (e Chaltén) na Argentina, de onde há linha regular de ônibus para Puerto Natales. Abs, peter
  10. Thalita: Infelizmente creio que não há transporte público até lá. Teria de acertar com um taxista de Lençois ou ver se há carro de frete (compartilhado). Na comunidade vc acha fácil demais alguém que te leve no barco, sem atravessador (agência). Abraços, Peter
  11. Em relação a T0trek a T10trek tem apenas mais pontos de amarração de cordoletes e o ziper da porta posicionado de maneira diferente. Não acho que vale pagar esta grande diferença, e em Libras Esterlinas $$$$$! Boa compra e depois posta uma foto da barraca montada, quando fizer seu primeiro trekking com ela. Abs, peter
  12. Medi: 2,15 metros. Talvez montada e tensionada chegue a 2,20. Mas, como falei, os últimos modelos parecem mais compridos. Repare que o fundo da barraca é um vértice de triângulo. Vc só aproveita todo o comprimento se dormir com os pés juntos. Abs, peter
  13. Ainda não medi porque estou em viagem. O último modelo da T0Trek era ligeiramente mais comprido que o meu. Comprei por 165 libras. Vai fazer boa economia!
×
×
  • Criar Novo...