Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

thiagobdi

Colaboradores
  • Total de itens

    269
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutra

Sobre thiagobdi

  • Data de Nascimento 14-06-1980

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Serra do Cipó - MG,
    Serra dos Órgãos - RJ,
    Chapada dos Veadeiros - GO,
    Pico da Bandeira - MG/ES,
    Ibitipoca - MG,
    Carrancas - MG,
    Lapinha da Serra - MG,
    Circuito das Águas - MG,
    Campos do Jordão - SP,
    Itacaré - BA,
    Bolívia - Peru - Chile
    Ilha Grande - RJ
    Travessia Serra Fina - SP, MG, RJ
  • Próximo Destino
    Programando as próximas férias.
  • Ocupação
    Analista de Sistemas.

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Vamos colocar esse projeto para funcionar. Estou decidido ir para lá. Quem tiver interesse, chama no meu zap 31988385780 Vamo que vamo.
  2. @tchterra o fórum aqui é para retirar dúvidas e compartilhar experiências. Talvez uma companhia você encontre mais fácil na parte de "Companhias para Viajar". Foi só uma dica.
  3. Boa tarde @VAL1910. Eu não acho que lá tem trechos tão técnicos mas trechos que exigem maior atenção e orientação. Acho que dá para encarar de boa, só tentar reduzir o peso da sua cargueira e levar o necessário para a travessia + situações de emergência. Em Abril vou estar de férias e estou pensando em encarar essa travessia. Caso seja do seu interesse podemos agendar a mesma data e encarar a empreitada. Qualquer coisa mande msg no privado. Abraços.
  4. @LF Brasilia Obrigado pelas informações. Eu até achava que as agências brasileiras cobravam mais caro. Um amigo meu foi em 2017 e pagou R$2500,00. Achei um absurdo visto que as agências brasileiras contratam o serviço dos venezuelanos para fazer o passeio. Nos contatos que fiz, diretamente com agências e guias da venezuela, o valor estava em torno de R$1200,00 o tour de 8 dias passando 2 dias no cume. Porém chegar ao lado venezuelano e regressar é por conta do viajante. Então a comodidade tem sempre um preço e pode acabar valendo esses R$600,00 de diferença. Tudo depende do orçamento disponível para a trip. Novamente, obrigado pelas dicas.
  5. Essa Clube Native é uma agência brasileira ou venezuelana? Eu tenho o contato direto de 10 guias venezuelanos que arrumam todo o aparato necessário para fazer a viagem. E é claro, eles estão diretamente ligados a alguma agência que opera esse tipo de turismo na região. LF Brasilia, você pode falar qual o valor que pagou e para qual pacote? Existem vários. Obrigado.
  6. Goulartinho eu já fiz a travessia da Serra dos Órgãos por 2 vezes (3 dias e 2 noites)e a travessia do Marins x Itaguaré (um fim de semana) uma vez fazendo o ataque aos 2 cumes. São percursos bem diferentes. A travessia da Serra dos Órgãos é mais técnica, se sobe/desce muitas lajes de pedra onde não há trilha e somos orientados pelos toténs, caso a pessoa não tenha GPS. Alguns locais a travessia é mais delicada e alguns grupos até fazem uso de cordas, exemplo: Cavalinho no Vale da Morte. Nas vezes que fiz o guia não era obrigatório e não vejo problemas em realizar a travessia solo. Se você vir algum grupo ou pessoa fazendo o percurso, junte-se a eles e aí só sucesso. A travessia da Serra Fina eu fiz solo, mas no segundo dia encontrei com 2 montanhistas do Rio. Então fizemos um trio e foi sucesso. O que é recomendável é que você deixe uns 50% da sua coragem em casa, para evitar o excesso de confiança, ser mais paciente nos pontos críticos, realizar a transposição dos obstáculos com atenção e controlar o psicológico se der alguma situação adversa. Qualquer dúvida, estamos aí....
  7. O foda dessa data é a alta temporada. Os pacotes e passagens estão bem mais caros nessa época. Inicialmente eu pensei para março. Mas se conseguirmos fechar um grupo, fica tudo mais fácil de negociar com os guias.
  8. Chile estou querendo ir para Torres del Paine fazer o trekking de 8 a 10 dias no parque. Aí aproveitar a viagem para passar em Pucon e subir para Santiago e região.
  9. Olá Beatriz, tudo bem? Ano passado tentei fazer o Circuito W mas acabei abortando no meio do trajeto por questões climáticas. Dessa vez eu pretendo também fazer o Circuito O. Gostei da sua idéia de ir a Pucon para subir um vulcão. Vamos conversar sobre esta trip?!
  10. Boa tarde Felix. Tentei fazer o W ano passado mas tive que abortar por condições climáticas. Neste ano pretendo fazer o Circuito O. Posso fazer o W com você e depois seguir meu rumo solo. Qual sua programação para esta trip? Abraços.
  11. Também estou igual a você, procurando destino. Ahahaha... Bora procurar um lugar.
  12. Boa tarde Thiagão, meu chará. Tem flexibilidade com a data ou só pode ser neste período? Qual seu planejamento? Ano passado tentei fazer o W mas abortei por questão climática. Este ano estou querendo fazer o Circuito O, mas quem sabe posso fazer o W com você e depois seguir meu rumo. Abraços.
  13. Olá turma mochileira. Fiz algumas pesquisas relacionadas ao trekking do Monte Roraima e descobri que para viabilizar o projeto, com o melhor custo x benefício para todos, é ideal ter um grupo já fechado para então contratar o pacote do trekking. Penso em fazer, pelo menos, o trekking de 8 dias, onde se fica 2 dias no topo do Tepui para explorar a região. Então, quem topa esta empreitada? Abraços.
  14. Opa Nathan, beleza? Eu já fui para lá no ano passado, para fazer o Circuito W, porém peguei um tempo muito ruim em Torres e aí abortei o projeto no terceiro dia. Na verdade fui em uma época com mais chance de tempo ruim e me dei mal. Agora quero retornar em uma época com clima mais estável mas desta vez para fazer o Circuito O. O roteiro não tem muito segredo visto que é um passeio "selvagem" por dentro da reserva. Basicamente o planejamento é para a ida e volta. Saída do Brasil com destino a Punta Arenas, provavelmente via Santiago. De Punta Arenas, busão até Puerto Natales. E de Puerto Natales, busão até a entrada do Parque Torres del Paine. De lá, é aventura pelos próximos 8 a 10 dias. Todos os locais de pernoite já são pré-definidos pelo orgão ambiental chileno. O retorno para casa é só fazer tudo inverso. Até meio simples né? Bora?
×
×
  • Criar Novo...