Ir para conteúdo

marceloguedes

Membros
  • Total de itens

    9
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Bio

  • Ocupação
    Estudante

Outras informações

  1. Dia 17 de Janeiro fiz o trajeto Ciudad del Este para Buenos Aires, pela Sol Del Paraguay. Tem que fazer a migração na ponte da Amizade, o que demora um pouco e pegar um ônibus urbano pois a rodoviária é uma boa distância da ponte. Rodoviária precária, bem rústica para usar um têrmo politicamente correto. Ônibus panorâmico em bom estado, razoavelmente limpo e o ar condicionado segurou as pontas pois esta forte o calor. Começou vazio mas conforme vai parando no trajeto ainda em Ciudad del Este e localidades próximas, lotou. Entram ambulantes vendendo refrigerantes e comestíveis, além de garrafas
  2. Em Fevereiro de 2010 estava no Chile durante o terremoto. Além de um consulado inútil e com péssimo atendimento ou orientação (só indicaram que ficasse onde estava - esperando o próximo abalo que ocorreu alguns dias depois...) o seguro TRAVEL ACE foi inócuo. Realmente me arrependi pela péssima contratação e me culpo por não ter lido por completo. No final uma pessoa da agência que ajudou EFETIVAMENTE. Realmente ler o contrato por completo é importante mas mais ainda é buscar todas as alternativas possíveis, sem esperar que ou a seguradora ou o consulado do Brasil, contribua em um situação de r
  3. Fiz exclusivamente uma viagem para Bento Gonçalves no feriado de aniversário de São Paulo, por oportunidade de passagem aérea barata pela TAM, ida e volta para Porto Alegre. Aluguei um carro (conforme dicas aqui do blog e outras pesquisas) e fui para Bento. Estrada em boa condições, só um pedágio na volta. Bela paisagem. Hospedei-me na Casa Valduga. Não considerei o custo/benefício bom. Tem outras opções. Quanto as vinículas, Miolo e Casa Valduga são de nível internacional e recomendo a degustação. O passeio Caminho de Pedras é muito legal, com construções de 1880 . Cidade limpa e bem conserv
  4. Sobre o Hawaii ... um local com diversos contrastes. Com milhagem para os EUA pela AA, ia para o Alasca mas pesquisando descobri sobre Big Island no Hawaii e fui de encontro com os vulcões. Não fui "mochileiro" pois acabei ficando em hotel e aluguei carro para percorrer boa parte da ilha. é uma viagem genial para qual gosta de contrates. A organização e sinalização e informação americana é invejável. Pousei em Kona no dia 29/04 pela HAWAIIAN AIRLINES (já incluso na milhagem da American Airlines). De carro para o hotel. Paisagem desolada...encantadora...quilometros de lava remexida e uma ilha e
  5. Oi Carla. Não postei...tiramos muitas, muitas fotos.... e não montei um blog... e preciso reduzir a qualidade para anexar aqui...mas o processo é um pouco chato. Alguma dica de como reduzir a qualidade das fotos e enviá-las ? Abraço
  6. Peter, não sentimos em Calama, onde chegamos no dia 27/02 as 8h00. E saimos antes do terremoto do dia 04/03 quando teve uma replica. Hoje inclusive inclusive houve mais um na região centro-sul. Ainda voltarei para conhecer este belo país melhor. Ainda bem mesmo e que foi de ônibus pois apreciei uma belíssima paisagem de SPA para Salta. Eu cheguei a ver uma moto em caso extremo de falta de alternativa.... Guedes
  7. É um lugar genial. Paisagem espetacular. Não deu para fazer tudo mas o Salar de Tara (já citado aqui) é fantástico. Fiz em um 4x4 com um guia excelente (PEDRO da Atacama Connection - 40.000 pesos por pessoa, não tem entrada) e um bom guia faz diferença. Tiramos umas 300 fotos!!! Junto com um casal da Espanha que esta viajando pelo mundo (vejam o site viendomundo.com ). Daí decidimos fechar o Cerro Toco com este guia. Foi outra surpresa mais que agradável. Mesmo com a neve que caiu na noite anterior, um passeio genial. Infelizmente não consegui fazer o passeio celestial, pois as noites estavam
  8. Maria Fernanda, bom dia. Retornei na semana passada de SPA e pelos emails que troquei com o pessoal do hotel Kunza e da Vulcano (agência de turismo) não houve nada em SPA mesmodespois dos tremores na região Norte (que inclue Calama). Quanto a primeira pergunta, sugiro já levar pesos chilenos daqui, mesmo com o IOF. No aeroporto de Santiago estava exposto um valor bom de taxa, mas não perguntei se havia mais algum imposto. Tem 3 caixas eletrônicos para saques em SPA mas a taxa cobrada (que varia de banco para banco) acaba refletindo. Ligue para seu cartão de crédito e pergunte sobre as taxas,
  9. Peter, muito legal seu relato e fotos. Eu estava em Calama rumo a Santiago justamente no dia 27/02 e, lógico, não chegou nenhum avião ao aeroporto. Até o dia 01 de Março não havia pousado nada em Calama (nem aivões pequenos) e não dei tanta sorte com a cia. aérea, pois a LAN em Calama não tinha nenhuma informação e na segunda feira (01/03) colocou polícia na porta solicitando que as pessoas ligassem para a central LAN (que não atendia). As informações foram muito desencontradas quanto a retomada da normalidade do espaço aéreo e decidi ir de ônibus para Salta na Argentina (apesar dos tremores
×
×
  • Criar Novo...