Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Vivaldi

Membros
  • Total de itens

    7
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Vivaldi

  • Data de Nascimento 12-06-1982

Outras informações

  • Ocupação
    Analista de Sistemas
  1. Já que ninguém se habilita eu sou o primeiro..hehe Acredito que a inquietude seja o elo que nos une. Inquietude no sentido da vida não caber dentro do próprio peito, todos temos uma sede insaciavel de irmos além de nós mesmos.... Não sei...só sei que foi assim!
  2. Vivaldi

    Viajar sem rumo

    Essa frase que o murillus colocou sobre viajar por si.....é uma verdade da qual a cada dia me aproprio mais. Depois de ler o livro "Sozinho no pólo norte" que tem mais ou menos essa idéia..... o cara resolve ir ao pólo norte magnético da Terra sozinho....e faz questão que seja assim. Antes de relatar sua viajem ele conta algumas histórias de expedições inteiras que fracassaram nessa empreitada, mas muito mais do que loucura seu desejo era "uma busca de si mesmo". Há momentos no livro em que ele está defronte a um deserto branco enorme e com lágrimas nos olhos..... Meu sonho é fazer das aventuras que vejo relatadas nesse fórum meu estilo de vida...... Estou lutando pro dinheiro trabalhar a meu favor pra depois me entregar às surrealidades que posso encontrar nessas viagens. Mais do que um momento......uma escolha de vida! (Assistam: "Sem Destino" filme da década de 70) todos entenderão e se apaixonaram pelo tema desse tópico VIAJAR SEM RUMO Abraços Mochileiros!
  3. Toda tribo tem seus costumes, por mais que cada individuo seja único com todas suas particularidades, o fato de estar inserido num grupo social implica identificação com certas caracteristicas dessas outras pessoas. Nesse sentido e considerando que são muitos os participantes deste fórum, fica a pergunta. Qual seria a caracteristica principal que une "os mochileiros" (coloquei entre parenteses, pois somos mais do que uma identificação, somos completos)? A solidão? A Inquietude? ou algum outro sentimento ou postura diante da vida? Opinem!
  4. Oi Line, Como você também sou marinheiro de primeira viagem, se morassemos perto poderiamos combinar alugma expedição...rsrs, mas sou de Sampa e por enquanto viagens pra fora do estado por mais que sejam desejaveis são inviaveis. Quanto ao seu gosto por livros talvez goste do livro "Sozinho no Pólo Norte" de Thomaz Brandolin. É uma leitrua fácil, de certa forma até muito descritiva, mas com algumas coisas nas entrelinhas que te prende, falo de sentimentos compartilhados por mochileiros. Inclusive foi depois de ler esse livro que começei a caçar pela net algum canal de comunicação com pessoas com essas mesmas inclinações. Fica a dica e boa sorte em suas aventuras! Beijos!
  5. Vivaldi

    Poesia mochileira

    Poesia sobre a motivação que impulsiona os mochileiros não conheço não, mas estou familiarizado com este sentimento. O que me ocorre nesse momento e que explicita bem isso é uma cena de um filme, a saber: "Alexandre o Grande" Mais ou menos na metade dele ou um pouco depois, Alexandre esta numa montanha gelada conversando com alguém, inconformado pelo seu povo não compartilhar seu desejo de conquistar e desbravar o mundo todo. A cena tem um viés triste, solitário, mas não por ser isso em sua essencia, mas pela solidão do desejo não compartilhado. Isso resume bem meu impeto pelas viagens. Olho o mundo a minha volta e não consigo me conformar com a prisão que somos submetidos, existem tantas pessoas pra se conhecer, tantos lugares pra se visitar. Enfim é isso!
  6. Se olharmos esse assunto do lado de fora e em várias culturas e sociedades percebemos que é um sentimento que acompanha a humanidade. Tenho pra mim que a solidão é fruto de duas forças antagonicas em nosso interior. A transitoriedade e a Transcedencia (não entenda isso como algo religioso).... Explico, a nossa finitude e nossos limites nos apresenta uma realidade irrevogavel, todos temos um fim e tudo o mais que acontece nesse intervalo é inequivocadamente NADA, é brisa passageira. Não obstante, o sentimento de que valemos mais do que o passar desse curto tempo comparado a eternidade, a necessidade de superarmos a nossa própria existencia transformando ela em algo relmente digno de ser lembrado......enfim esse conflito entre o passageiro e o eterno que nos pertuba de maneira inconsciente e nos leva a essa solidão....
  7. Fala Galerinha Bonita, Garimpando pela net encontrei algo que talvez não seja novidade aqui nesse site mas que na dúvida resolvi compartilhar. Trata-se de um site que oferece curso de navegação (acho que relacionado ao esporte em si e ao uso de bussola). Abaixo segue o site onde encontrei essa pérola: http://www.ironadventure.com.br/trekkingsp/ Minha inscrição já foi feita para o dia 24/04 Independente de companhia ou não irei, mas gostaria muito de compartilhar essa experiencia com o pessoal do site Meu email é: [email protected] Aguardo ansioso o contato de voceis Abraços!
×
×
  • Criar Novo...