Ir para conteúdo

paula gross

Membros
  • Total de itens

    67
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que paula gross postou

  1. Oi Rodolfo! Então... desde 2012 nunca mais passei nessa estrada. Mas na época eles já estavam recapeando, acredito que a BR-222 esteja boa. Conforme meu relato (que eu nem lembrava mais!... rs), gastei 420 reais de gasolina, desde Belém. São 1752 km até Fortaleza. Se seu carro fizer uns 13 km/litro, calcula que vc gaste uns R$ 500. Espero ter ajudado! Depois conta sua aventura aqui, tá?! P.S.: em set/2015 acabou-se minha aventura cearense... Voltei pra SP.... hj moro no interior, perto de Ribeirão Preto. Minhas aventuras automotivas cessaram por um tempo.... Se eu puder ajudar com alguma coisa, é só avisar! Paulinha.
  2. Vai ser ótimo Wagner! Depois conta pra gente aqui tá?
  3. Van! Seu relato está FAN-TÁS-TI-CO!!!!! Mais uma vez estou certa de que PRECISO fazer esta escalada, em sua companhia, claro! Parabéns pela força, coragem, empenho e habilidade em reunir grupos de aventureiros! Bjs, Paulinha.
  4. Oi Guto! Vc vem pro Ceará? Muito legal!!!!! Espero que fevereiro esteja com menos seca e vc aproveite os riachos da estrada! Boa viagem! E conta tudo depois, tá?
  5. Oi Gih! Não, R$ 700 foi só pra um trecho. No meu caso, de Manaus até Belém.
  6. Oi Lucas! Moro em Fortaleza há 7 meses e fui pra Jeri antes do carnaval deste ano. Quando vim a primeira vez pra cá, fiquei hospedada na Pousada Atlântico Centro, próx à praia de Iracema, Mons Tabosa, etc. É uma pousada simples, mas limpinha, central, boa relação custo x benefício. Na época fiz minha reserva pelo booking.com, e acabei ficando amiga da gerente de lá, a Mary. Não sei como vai estar a pousada neste período, visto que é férias. Mas foi ela quem nos conseguiu o passeio de 3 dias pra Jeri, com transporte e hospedagem com café da manhã, por R$ 170/pessoa, os 3 dias. O passeio foi contratado pela Girafatur: Contato: (85) 3219 . 3255 | 9985 . 3559 | [email protected] Fortaleza · Ceará · Brasil Também não sei quanto a valores, pq vc virá em alta temporada. Mas tem um relato meu sobre a viagem pra Jeri. Como primeira vez, fiz tudo que mandaram fazer.... jericoacoara-fev-2013-t80053.html?hilit=jericoacoara#p816650 Mas quando eu voltar pra lá já sei o que é melhor: eu não perderia a caminhada à pé pra Pedra Furada, e não perderia o passeio pra Lagoa Azul. E JAMAIS deixaria de subir a Duna do Pôr do Sol pra ver o Rei Sol mergulhando no mar.... Aí tem os atrativos da Vila, forrós, etc. Boa viagem! Bjs, Paulinha.
  7. Oi Sarah! Desculpa, não posso mais te ajudar.... me mudei pra Fortaleza desde set/2012. Quando eu fui pra PF fiz bate-volta, no mesmo dia. Não conheço nenhuma pousada, mas o Ricardo (psoares) tem mais experiência do que eu lá. Manda um email pra ele ou MP. Bjs e boa sorte! Paulinha.
  8. Oi Maria Emilia! Desculpa a demora... Não sei como é a cobrança do transporte; se é por tamanho, ano, etc.... Falei com o Heitor, na SANAVE de Manaus. Não sei se ele é dono, filho do dono ou o quê, só sei que ele é mega atencioso, e de tanto apurrinhar o bichinho ele me fez por R$ 700,00, pagos antecipado. Meu carro é um Ford Ká, e foi entregue na SANAVE Manaus em 23/08/2012. Seguem contatos: (92) 3625-4101 [email protected] Pode falar que fui eu quem indicou, se ele lembrar, né? O pessoal da SANAVE em Belém é meio casca grossa, mas segue telefone de lá: (91) 4005-6400. Espero ter ajudado! Bjs, Paulinha.
  9. Olá a todos! Faz muito tempo que não passo por aqui..... me desculpem.... Agora moro em Fortaleza, já faz 6 meses. Já conheci algumas praias lindíssimas, mas JERICOACOARA supera tuuuuudo! Comprei um pacote de transporte e hotel com a Girafatur: 3 dias por R$ 170,00..... achei beeeeem interessante! Saímos na 6ª, 01/03, pela manhã, de Fortaleza, em ônibus com ar condicionado. Paramos na estrada; parada básica para comer e wc. Após umas 4hs de saída de Fortaleza, chegamos em Jijoca pra pegar uma D-20, do George. Fazendo festa, só alegria, torcemos pra caminhonete atolar na areia e.................. atolou! Com emoção tudo fica mais gostoso! Mas os homens queriam me matar..... Ok, chegamos em Jeri já era umas 14h30m, e fomos pra Pousada Tropical Brasil, lindinha! Arrumada, limpinha, 10! Tomamos banho e nos encontramos com um pessoal numa das 4 ruas principais, para a caminhada até a Pedra Furada. A vista é imperdível, desde o topo do morro até lá embaixo. E não é pela formação, eu não sou geóloga.... é por estar ao lado da pedra, tocá-la, saber que vc está presente, fazendo parte de uma paisagem que até então eu só ouvia falar em histórias e fotos! Dica: tem gente que vai de charrete até o morro, mas caminhe. São uns 20 minutos, a paisagem é lindíssima, tudo é mágico em Jeri! E de qualquer forma, se vc for de charrete, vai ter que descer até a Pedra e subir à pé, então economize seu dinheiro pra outras coisas! Neste primeiro dia, demos uma volta pela vila, tomamos sorvete, tiramos fotos, enfim, dia de reconhecimento.... Depois banho e cama. No sábado acordamos cedo, tomamos um café mega reforçado e o Beto veio nos buscar de bugue para fazer um passeio do lado leste, acho.... rs Dica: NÃO feche os pacotes dentro do ônibus nem em Fortaleza; estando em Jeri vc consegue fechar passeios mais baratos direto nas pousadas onde vai se hospedar. Esse passeio durou o dia inteiro, atravessamos pedaços de mar em 'jangadas'.... meeeeeeedo! Visitamos uma 'floresta' de árvores com raízes à mostra... Fomos pra Tatajuba... parada pra esticar as pernas, ouvir histórias da região, tomar uma caipirinha de siriguela quem sabe.... Passamos pela Duna Petrificada, e por um eskibunda gigaaaaante! Aí fomos pra Lagoa da Torta relaxar.... Na volta, passamos por um rio e pegamos um barco com a idéia de apanharmos cavalo marinho. Pagamos R$ 10 por isso, mas como não vimos nada, o dinheiro foi devolvido. E já estávamos todos mortos de cansaço pelo passeio do dia todo. Esse passeio foi fechado por R$ 45 por pessoa, na nossa pousada. Chegamos na pousada, banho e bora pra Duna do Pôr do Sol..... as fotos falam por si! À noite saímos pra comer algo e dar umas voltas pelo buxixo. Conheci um barzinho show (um dos, né?), de um italiano, chamado Dumundu (o bar). Vale a pena uma visita! Dica: Jeri é um local pra turistas, comida é muito cara. Opte por pratos feitos em restaurantes mais simples. A comida é de ótima qualidade e o preço é bem mais acessível. No domingo, tristeza...... hora de voltar pra casa..... Tomamos o mesmo café reforçado de sempre e o George, da D-20 lembram???, veio nos buscar. Passamos pela Árvore da Preguiça... E finalmente a tão esperada Lagoa Azul! Essa foi uma das minhas viagens fantásticas! JERICOACOARA é linda, é imperdível, e é meu novo projeto para 2015! Um lugar tranquilo, saudável, uma natureza exuberante, onde se pode ganhar dinheiro e ter uma qualidade de Vida excelente! Espero que tenham gostado! Bjs, Paulinha.
  10. Pois é..... fiz essa viagem sozinha! E posso falar? Foi a MELHOR VIAGEM QUE FIZ NOS ÚLTIMOS TEMPOS!!! Sai de Manaus num vôo na madrugada do dia 28 para 29/08, chegando em Belém às 7h30m do dia 29. Tranquilo, peguei minhas malas e a Leticia (minha gata) na esteira e simbora prum hotel, pq eu já sabia que a balsa que traria meu carro atrasou (de novo). Nessa época do ano, quando começa a estiagem, o rio baixa e as embarcações tem que navegar mais lentamente. Novamente encontrei a Lídia, aquela moça pra lá de simpática e prestativa, que trabalha no balcão da Infraero do Aeroporto de Belém. Eu a conheci em nov/2011, quando viajei pra Ilha do Marajó. Ela se lembrou de mim e me ajudou a achar um hotel, já que estava tendo um Congresso de Contabilidade na cidade, e os hotéis estavam todos lotados. Fiquei no Hotel Ver-o-Peso, bem em frente ao Mercado. Simples, mas limpinho, paguei 60,00 a diária, com café da manhã. E como eu cheguei não eram nem 9 hs e eu estava morta de fome, a recepcionista me deixou tomar café e não cobrou nada por isso. Ah, o trânsito estava péssimo do aeroporto pra lá, gastei 30,00 de táxi.... Depois do café tomei um banho e dormi até 4h30m da tarde!!!! Liguei na SANAVE e meu carro só estaria liberado depois das 17hs. Como eu não pegaria estrada à noite, dormi de novo... Acordei cedo na manhã do dia 30, tomei café e peguei um táxi com toda minha bagagem pra SANAVE (17,00), que fica na Av Pedro Álvares Cabral, não muito longe dali. Peguei meu carro, re-arrumei tudo e simbora pra estrada! Abasteci, peguei dinheiro e bora pra BR-316. Em Belém a gasolina é beeem mais barato que Manaus: R$ 2,55/litro. Passei por Ananindeua, Castanhal, Capanema, Santa Maria do Pará e outros pequenos vilarejos, até que...... meu carro deu pane em Cachoeira do Piriá.... A minha sorte foi eu ter conseguido chegar até o posto Paco e Pel, e os meninos de lá me ajudaram (Benjamin, Eduardo e outros 2 que - sinto muito - esqueci os nomes...) e a dona da conveniência Léa e mais Jaiane e Liliane. Queimou a Junta do Cabeçote! Ah, mentira vai.... Era por volta das 14hs. Acionei a Porto Seguro mas o guincho só chegou às 18h30m!!! Ok, não vamos estressar.... Estávamos voltando pra Capanema (retornando 100km.... ) quando nos deparamos com um acidente, o Éberson perguntou se ok parar, claro, e ele ajudou a desvirar a Toyota que tinha capotado. Enfim, chegamos em Capanema às 21h30m, ele me deixou no Hotel Central e levou meu carro pra Oficina do Marcelo. Cristiano do Hotel foi super gentil, fiquei num quarto simples mas limpinho por R$ 50 a diária. Banho e cama. Acordei cedo na manhã do dia 31, tomei café e fui pra oficina ver a situação. O babado era grande: queimou a Junta e quebrou a carcaça de distribuição térmica.... enfim o carro ficaria pronto somente por volta das 17hs, e como eu não pegaria estrada à noite, bora dormir de novo no Central! À noitinha fui na lanchonete da dna Fátima, indicada pelo Cristiano, e tomei uma vitamina de abacate sensacional. Tem umas comidinhas gostosas lá, sanduíches, caldos, etc. A um preço razoável. Na manhã do dia 01/09, levantei às 6hs, tomei café e fui bater na oficina às 7h30m. Peguei meu carro, paguei (370 paus....), passei no hotel, carreguei o carro e bora pra BR de novo! Passei pelo posto Paco e Pel, parei pra agradecer o pessoal e fazer um H... Segui viagem, e uns 30 km depois eu adentro o Maranhão!!!! Boa Vista do Gurupi é a cidade que faz divisa com o Pará. No Maranhão, a BR-316 está totalmente esburacada.... um horror! Tomem muito cuidado, ok? E o fluxo de caminhões aumenta vertiginosamente. Bom, passei por zilhões de cidades: Junco do Maranhão, Maracaçumé, Gov Nunes Freire, Maranhãozinho, etc. São muitos vilarejos cortados pela BR, mas o Maranhão é uma graça e super colorido! Obs.: existem muitas fazendas de gado e grandes campos com palmeiras, mas a seca tá feia por aqui.... Vi gado morto na beira da estrada, de sede e fome. Vi acidentes também, então atenção redobrada ok? Parei pra abastecer em Zé Doca e segui em frente. Cheguei em Bacabal à 15h40m, foram 489km e eu tava muito cansada. Parei no Hotel São Francisco; R$ 70 a diária. Acordei cedo no dia 02 e segui pela BR. De Bacabal até Caxias, que é a última cidade maranhense, a estrada está ótima! Mas a seca estava ainda pior... Muitas queimadas, mais gado morto, enfim, uma paisagem desoladora. Posso dizer que passei no meio do sertão maranhense, bem triste.... E até Caxias é deserto, dá impressão de que estamos no meio das filmagens de Blade Runner, substituindo as torres de fumaça por caatinga queimando.... Cheguei em Timon/MA e...... existe uma Ponte que atravessa para entrar no Piauí! Muito legal, e a cidade do lado piauiense já é Teresina! Parece ser uma graça de cidade, mas era domingo e tudo estava fechado.... uma pena.... Parei num posto pra pegar informações e segui viagem pela BR-343. Passei por Altos, Campo Maior *** Lá foi travada a Batalha do Jenipapo. Existe até um Monumento referente a isto. Depois procurei no Wikipedia mais informações sobre esse episódio da nossa história.... sou apaixonada por cultura! Cheguei em Piripiri/PI. Foram mais 422km, estávamos cansadas (eu e Lelê) e paramos no Hotel Califórnia. R$ 50 a diária. Tomei um banho gostoso, cai na cama e acordei às 3 da manhã! Putz.... Acordei cedo no dia 03, tomei café e fui-me embora pro Parque Nacional das Sete Cidades, que fica 17km de Piripiri, sentido Ceará. SHOOOOOW!!!! O Parque é incrível, dividido em 7 'cidades' de formações rochosas belíssimas. Existem também inscrições rupestres datadas de 3000 a 5000 anos. Paguei R$ 50 pelo passeio completo, fui com o meu carro e a guia Erivânia me mostrou todos os detalhes e contou todas as histórias. A vista do Mirante na 2a Cidade é impagáááável!!! Tem também a Pedra do Beijo na 3a Cidade, cuja lenda diz que dois namorados foram amaldiçoados e viraram pedra, pois iam fugir para se casarem. Mas a lenda diz que as 'pedras' se aproximam a cada período e quando de tocarem novamente eles virarão 'gente' e toda a região será irrigada e o Sertão vai virar Mar! Eu quero voltar lá daqui uns 10 anos, pois medi a distância entre as 'bocas', um palmo meu fechado, e se essa distância realmente retroceder.... maninho...... haja crença nessa história de Amoor!!! Tem a Gruta do Catirina, na 4a Cidade, onde morou José Catirina por quase 10 anos, porque seu filho tinha epilepsia. Ele fazia ervas curadoras e em troca o povo lhe dava comida. Saí do Parque já era quase 1 da tarde! Fui-me embora pra Pedro II, que fica 50 km 'pra baixo' de Piripiri. Lá existem as maiores jazidas de Opala das Américas. E em matéria de qualidade/nobreza, essas pedras são equiparadas às australianas. Fala-se muito pouco sobre opalas, pelo menos o MEU conhecimento era pequeno. As pedras são lindas!!! Existem as leitosas e a matriz (que mistura a opala com pedaços de rocha) - essas são menos valiosas; e a double e a 'extra', que é a mais cara e considerada preciosa. Existem muitas lojas de jóias, a preços mega acessíveis! E é claro que eu fiz uma pequena festinha de anéis, colares e brincos (acho que gastei uns 500 paus..... mas não me arrependo nem um pouco!). Ah, em Pedro II tem o Festival de Inverno, em junho. Dizem que é maravilhoso! Pq lá é serra, e friiiio! Quem diria né? Voltei pra Piripiri no fim do dia, banho, pedi uma pizza com refri (13,50) e cama. Acordei cedo no dia 04, tomei café, voei pra Pedro II buscar um 'presente' do sr José Araújo, artesão de mão cheia! que me fez um anel de prata belíssimo com opala matriz. Bom, comprei mais pecinhas..... Ok, bora pegar minhas malas e a Lelê no Hotel, abastecer e BR!!!! Chegando na divisa do Ceará existe uma serra, a Grande ou Ibiapaba. É muito louco, a temperatura cai meeesmo, vc passa um tempo por cima da montanha, vendo tudo lá de cima, muito bonito! A primeira cidade cearense é Tianguá, e depois tem a descida da serra, que lembra um pouco a descida da Anchieta, em SP, com muitos penhascos e curvas fechadas. Depois, Sobral. Depois..... buracos, muitos deles..... Geente, uma BR nesse estado é crime meeeu!!! A 222 depois de Sobral está intransitável! São mais de 100km de crateras.... ok, já estão recapiando, mas jamais poderia ter chegado no ponto em que chegou! Parei pra abastecer em Itapagé e fui chegar em Fortaleza já era quase 7 da noite!!!! Um absurdo!!!! Bom, o importante é que cheguei em caaaaasa!!! E foi uma das melhores viagens que já fiz na vida! E se vc quer fazer, sozinho ou sozinha, vai tranquilo/tranquila. De dia, ok? Pq os caminhoneiros são malucos e a estrada tem seus trechos esburacados no MA e no CE. Tempo: 7 dias, mas deveriam ser 3 ou 4, pq perdi 1 dia esperando a balsa que atrasou, em Belém; e mais 1 dia e meio em Capanema, pq o carro quebrou. Gastos: R$ 330 hospedagem R$ 420 gasolina R$ 20 água mineral R$ 50 comida R$ 500 jóias de Opala em Pedro II Se vc fizer o normal, sem percalços, vai gastar metade com hospedagem e gasolina. E se quiser fazer em 7 dias, pode alterar seu roteiro para os Lençóis (que era meu projeto inicial). Bom, foi uma viagem perfeita, fascinante, descobri coisas lindas desse Brasil enoorme, e descobri que SE EU QUERO, EU POSSO E EU CONSIGO!!! Provavelmente, num feriado qualquer ai pela frente, minha nova viagem será Fortaleza x Aracajú, pelo litoral! Mas pode deixar que eu posto aqui! Bjs, Paulinha.
  11. Oi Klaus! Então acredito que sim, mas tudo no Norte depende das cheias dos rios..... Sei que junho é mês de cheia, e em set/out os níveis começam a baixar. Não sei o trajeto dessa caminhada pq infelizmente não consegui ir no ano passado.... E agora moro em Fortaleza! Inclusive ontem postei minha viagem de Belém pra cá, de carro, foi massa! Quanto à documentação que eu saiba não existe nenhuma. Na verdade nem em Manaus eles exigem a vacina da febre amarela.... E como falei, não conheço a trilha, mas conheço a selva.... sei que é perigosa e vc pode se perder.... animais, falta de sinal de celular, a coisa pode ser feia..... Recomendo cautela nesse primeiro momento.... Boa sorte! Bjs, Paulinha.
  12. Oi Wesley! Show demais sua viagem hein? Que bom que gostou do hotel da dna Ruth: a relação custo x benefício salvou né? rs Putz, e vc foi pra n lugares shooow! Pena que o modem aqui em Manaus tá difícil, então não consegui ver suas fotos.... Amanhã eu tento ir num lugar de melhor sinal... Bom, dentro de 1 mês espero estar em Fortaleza, mas vamos trocando viagens! Onde vc mora em SP? Bjs, Paulinha.
  13. Oi Wesley! Seja muito bem vindo! Bom, espero que vc tenha gostado de lá. Posta suas fotos e comentários pra gente ver. Vou te fazer um convite: bora pra Fortaleza de carro??? Putz..... nem sei onde vc mora.... Mas fica a dica! Bjs, Paulinha.
  14. Oi Ricardo! Ando meio sumida mesmo..... mas sempre VIVA! Bom, mas o importante é que vc VAI pro Marajó, e tenho certeza que vai adorar! E ai, bora pra Fortaleza de carro? Tô precisando/procurando companhia; não quero viajar sozinha.... Tem um post meu aqui no Mochileiros.com, dá uma olhada depois. Bjs, Paulinha.
  15. paula gross

    Ilha do Marajó

    Oi Ricardo! Quando eu fui pra lá, a moça de Belém disse que seria melhor eu comprar a passagem de volta lá no Marajó mesmo. Mas a dica é comprá-la qdo vc desce em Salvaterra/Camará, e não esperar o dia de voltar pra Belém pra fazer isso, entende? Sai de Belém, chega em Camará e já compra tua passagem de volta lá mesmo. Eu tb deixei pra comprar no domingo, cheia de malas, etc, e realmente a fila é uma zona.... Bjs, Paulinha.
  16. Bom dia Luiza! Desculpa a demora em responder.... E ai, foi pra Marajó??? Me conta tuuuuudo!!! Agora meu projeto é ir de Manaus a Fortaleza de carro, no fim de agosto/2012. Estou de mudança pra capital cearense e quero aproveitar a deixa e fazer essa trilha de carro, passando é claro pelos Lençóis Maranhenses! Boralá??? Bj, Paulinha.
  17. Oi jotacaztro! Sim, Marajó é lindaaaaaaaa! Quero voltar, agora 'mais esperta'..... FELIZ 2012 pra vc tb!!! Vms combinar uma viagem então, uai! haha Bjs, Paulinha.
  18. Mais uma viagem dos sonhos realizada! E como há pouquíssima, ou quase nenhuma informação do Marajó em site nenhum, desbravei, aprendi e agora já sei fazer tudo direitinho pra próx viagem pra lá, que deve acontecer em janeiro! Vamos lá: Meu vôo saiu de Manaus às 3:30hs da manhã do dia 08/12. Voei Gol e cheguei em Belém às 6:40hs. São 2 horas de vôo, mas Belém está 1 hora à frente de Manaus. O aeroporto é lindo, super organizadinho, beeeem melhor que o de Manaus.... Infelizmente não havia ninguém no balcão de informações, então tive que recorrer às meninas da INFRAERO que foram mega simpáticas e atenciosas comigo: Peguei o buzão Pratinha - Pres Vargas (2,00), no ponto a uns 100 mts da saída do aeroporto. Uma moça muito educada segurou minha mala, o buzão tava lotado! Pedi pro cobrador me avisar qdo chegasse próximo ao Mercado Ver-o-Peso, e desci. Caminhei mais uns 400 mts e cheguei! Foi emocionante pq minha mãe contava uma história sobre Belém, qdo ela foi pra lá, há mais de 30 anos! O mercado é no meio da rua, aberto, muito louco, mas tem os 'departamentos': de comidas, artesanato, sucos, cereais, peixes, e das famosas mandingas pra arrumar marido, levantar o que já está morto, ter sucesso, etc.... muito divertido! Comi um sanduíche de pão com queijo e suco de maracujá na barraca da Claudia (3,00), tirei várias fotos: A manhã estava meio nublada, mas vamos que vamos! Resolvi andar até a Doca 10, pra comprar passagem pro barco que leva até a Ilha. É mais uma pernada, tipo 700 mts. Com mala e bolsa, parecia um Ano-Luz de distância.... Muito importante: existem 2 horários de barco: 6:30hs e 14:30hs, se eu soubesse disso teria programado meu vôo pra outro horário, mas enfim..... Você pode optar pela passagem 'standard' (16,00) ou no climatizado (25,00). Na boa, do jeito que eu tava cansada, sem dormir, com calor, paguei 9,00 a mais e comprei na Sala VIP. Tentei deitar no banco pra descansar, mas o guardinha não deixou... Devia ser umas 10hs, então deixei minha mala no guarda malas (1,50), comprei um picolé de abacaxi (2,50) e voltei pro Mercado, agora de mãos vazias, os 700 mts foram somente 700 mts. Rodei o mercado inteiro, tirei mais um tanto de fotos, e acabei sentando numa mesa do lado de fora da Estação das Docas (só abre às 13 ou 14hs, não lembro): Peguei o barco às 14h30m em direção à Ilha do Marajó, e ainda bem que paguei R$ 9 a mais pra ficar na Sala VIP: com ar condicionado, TV, poltronas grandes.... eu tava cansada da viagem, deitei e dormi. A viagem dura mais ou menos 3h20m, e qual minha surpresa ao chegar na Ilha com Sol! Eu tava perdidinha da Silva.... Perguntei pra uma moça que estava com 2 crianças pra onde eu ia (????). O marido veio buscá-la no porto. Pegamos uma van (5,00) pra Salvaterra e lá eles me indicariam um Hotel. O motorista me deixou no Hotel Fonte, falei com a dna Ruth proprietária e subi pro quarto. Simples, uma cama de casal, ar condicionado, frigobar e TV que só pegava a Globo.... Tomei banho, ajeitei as coisas e deitei um pouco. Desci pra comprar uma água - na farmácia! - por 2,00. Comi uma lasagna com um suco maravilhoso de maracujá, no trailer em frente ao Hotel, também da dna Ruth (tudo deu 5,00). Estava tendo uma espécie de festa na cidade, com barraquinhas, etc. Eu, podre, subi e capotei.... Gasto do dia: R$ 54,00 Na manhã de 6a feira, levantei às 8h e desci pro café. Simples: pão com manteiga, banana ou mamão, a dna Ruth me fez uma tapioca e café com leite. Fechei o apto por 3 dias com ela por R$ 105,00, ou seja, R$ 35,00 a diária. Paguei R$ 100,00 adiantados e fui embora! O dia estava lindo, o Sol veio nos brindar! Passei numa lojinha e comprei um vestidinho de praia (18,00) e segui pro porto de Salvaterra. O barco demorou um pouco então fui tirar fotos. Peguei o barco pra Soure, uns 20m de travessia a 2,00. Conheci o seu Arlindo que me levou pra tomar mingau de tapioca no Mercado de Soure. Infelizmente não sei qto custa pq foi ele quem pagou. Gostoso, mas doce e farto, pra mim inadequado praquele horário e depois de um café da manhã reforçado. Mas valeu! Vi os primeiros búfalos soltos na rua, assim, carros e motos desviando dos bichinhos. E dá-lhe foto! Bom, meu objetivo era ir pra Praia do Pesqueiro, mas lá não tem transporte. Havia uma van, que só sairia com 8 pessoas, no mínimo. Só tinha eu e já passava das 10hs. Resolvi ir caminhando. Tinha umas senhoras esperando o ônibus pra lá, que só passaria às 12hs; fui-me embora! Elas falaram que era longe, mas o que é longe pra uma aventureira??? Peguei a 4a Rua, me lambuzei de protetor 30 e fui embora. Comprei uma garrafa de água de 1,5 litros (1,60) e continuei em frente, tirando fotos. Quando chegou numa curva, depois de 1h30m de caminhada, vi uma placa: 'Praia do Pesqueiro - 8km'..... sem chance! Pus meu dedo pra funcionar e peguei carona num caminhãozinho baú. Os meninos eram gente boa e fizeram zilhões de perguntas, como eu sozinha, debaixo daquele Sol, bla bla bla. Infelizmente esqueci os nomes deles, mas tirei foto do caminhãozinho já lá na Praia. Eles foram legais e me avisaram que eu tb teria que arrumar carona pra voltar.... Na boa, era feriado - 08/12 é feriado católico em quase toda Região Norte do Brasil - mas percebi que a infra estrutura turística é quase ZERO!!! Uma pena.... vcs vão ver que Marajó é tudo de bom!!! A praia do Pesqueiro é lindaaa! Mas não se enganem: ainda é rio, que recebe um pouco das águas do Atlântico. Entrei nas águas, com a licença de minha Mãe Yemanjá, pedindo suas bençãos e agradecendo por tudo de bom que me aconteceu em 2011, inclusive a viagem à Marajó! Depois quis experimentar o famoso Filé de Búfalo (1/2 porção + caipirinha = 25,00). Agora vamos caminhar e tirar mais fotos? Começou a ficar tarde, fiquei pensando na carona de volta e minha pele dava sinais de ardor.... Voltei e fiquei no Bar da Dna Enedina esperando outra Santa Alma aparecer. Tem um deck bem legal, onde vc pode visualizar a beleza do lugar. Ela também me contou a história da filha dela, e sua atual devoção à Santa Luzia, pra quem montou um altar. Não sou católica nem religiosa, mas me emocionei... Voltei de carona com os meninos que foram entregar bebidas nos quiosques, e mais perguntas sobre eu estar sozinha, etc etc etc. Esse povo precisa viajar mais e descobrir que nem só de duplas, trios e afins vive o mundo! De volta a Soure, fui caminhar mais um pouco e tirar mais fotos. No porto, conheci uns meninos que estavam se divertindo pulando no rio. A 'plataforma' devia ter uns 3 m de altura, mas pensei: 'Qdo eu terei a oportunidade de fazer isso de novo?' Me enchi de coragem e mandei ver! Peguei o barco de volta pra Salvaterra (2,00), hotel, banho, descandei um pouco, e desci pra pracinha das barraquinhas. Nesta noite só tomei um sorvete de maracujá (1,00), voltei e dormi. Meu corpo ESTAVA queimado.... além da conta..... Gasto do dia: R$ 131,60 Na manhã do sábado, levantei às 8hs, desci pro café e fui embora pra Soure de novo; ainda havia muita coisa a fazer por lá. Peguei o barco (2,00) e fui pra 8a Rua, até o Quartel da PM. À pé, é longe e o Sol me castigava mais uma vez - comprei 3 garrafinhas de água 3,35 -, mas eu precisava 'agendar' meu búfalo. Conheci a soldado Gleise que pediu que eu voltasse às 13h30m, então fui caminhar até o Farol. A criançada brincava por lá, queriam sair em todas as fotos e me mostrar os búfalos. Quando deu meio dia eu não aguentava mais e parei no Solar do Bola pra me alimentar. Pedi uma Coca 600ml, uma porção de camarão e levei outra água (tudo deu 11,50). A menina Fernanda foi super gentil e me deu um mapa de Soure!!!! Tô falando que esse povo é hospitaleiro demais! 13h15m, eu morta de ansiedade, saí e fui pro Quartel, que é do lado. Cadê os búfalos????? Enquanto esperava, tirei foto do mapa grande da Ilha, que dá pra entender um pouco melhor a localização das coisas: A soldado Gleise chamou um companheiro do quartel que ligou não sei pra quem e os cabos/soldados/sei lá chegaram! E eis que surge um deles trazendo o Baratinhaaaa!!! O búfalo mais show de bola que eu já vi na minha vida! Dá medo, não vou negar, mas subi! E peguei pelo chifre também! Ahhhh sai de lá com dever cumprido! Pronto, minha viagem estava completa! Ok, hoje vamos conhecer a Praia da Barra Velha; essa é mais perto, são só 2 km, então pernas que te quero! A estrada é uma graça, o Sol pra variar tava de matar, mas eu tive a chance inacreditável de ver os Guarás, pássaros vermelhos MARAVILHOSOS típicos da região também. O seu Arlindo (lembram?) me falou pra procurar o Carlinhos se eu fosse pra Barra Velha. Parei na Barraca Netuno, do próprio. Deixei minhas coisas, fui pra água, pedi licença novamente à minha Mãe Yemanjá e me esbaldei. Voltei e pedi mais camarão, com 3 latinhas de Skol gelaaaadas (tudo deu 18,00). E ficamos conversando, sobre a Vida e a tranquilidade de se morar em Marajó. O próprio Carlinhos inclusive me disse que o forte lá é Julho e Agosto, por causa das nossas férias e depois das férias européias. Foi então que chegou minha mais nova amiga mochileira Raquel Machado, é mta coincidência, né? Hora de ir embora, já passava das 17hs. Voltei ao lado da dna Raimunda, esposa do Carlinhos. Fui pro porto e quem falou que tinha barco de volta pra Salvaterra??? Olha a infra precária ai de novo! Mas tirei uma lindo foto do Pôr do Sol: Peguei uma rabeta até o Caldeirão (2,00), e de lá tive que pegar um moto táxi, Diego, até o hotel (5,00). Tomei um banho, desci e peguei 2 sandubas + suco de maracujá no trailer (tudo deu 5,95) e cama! Gasto do dia: R$ 49,80 No domingo já levantei triste.... Comigo é sempre assim: fico triste no último dia de viagem.... Tomei café e fui caminhar. Era dia de eleição no Pará, pela divisão do Estado em 3. Num terreno meio-vazio, achei uma placa mega engraçada: Num outro terreno encontrei um búfalo albino: E fui pra Praia Grande de Salvaterra. Tomei um caldo das ondas, mas sobevivi.... Parei num quiosque, tomei uma Brahma garrafa às 10hs da manhã + 1 água (tudo deu 6,00) e fui andando. Voltei pro hotel, tomei banho, arrumei minhas coisas e paguei a diferença do combinado pra dna Ruth (6,00 pq ela não tinha troco). Esperei a van que me levaria de volta pro Porto de Camará (5,00), comprei a passagem de volta, sempre na Sala VIP (25,50), comprei um queijo de búfala tb (10,00), me ajeitei na poltrona mas tava lotaaaaaaado! Os barcos de volta pra Belém saem às 6h30m e às 15hs. Chegamos em Belém já era quase 19hs. Peguei um táxi (Alex) até o aeroporto por 30,00, agradeci e me despedi da Nidia e da Laura da INFRAERO e peguei o beco pra Manaus..... Mas eu voltarei, agora pra conhecer Joanes, e fazer o luau lá na Barraca do Carlinhos, em Barra Velha!
  19. Oi Ricardo! Amei seu relato de Alter, e diga-se de passagem beeeeeem diferente de 2 meses antes quando eu fui, que tava tudo encoberto pelas águas..... Não tem problema, sei que voltarei em breve. Mas fiquei MUITO CHOCADA com a foto do cenário de Tainá....... incendiaram as ocas?????? Gente, que absurdo!!!! Eu ainda tive a sorte de entrar, tirar fotos e até 'tocar tambor'.... haha Mas uns vândalos como estes que destroem o patrimonio devem no minimo ser severamente castigados...... Bom, parabéns pelas fotos! Bjs, Paulinha.
  20. Podexá JC! Tô mega ansiosa pra fazer esta caminhada. Aviso a data sim! Bjs, Paulinha.
  21. Oi Marcelo! Desculpa a demora em responder.... Essa caminhada ecológica começa num sábado pela manhã em Santarém e vai até domingo, pela hora do almoço, até Alter. Ainda não tenho as datas definidas, mas devo ligar pra Dna Sueli (moradora de Alter) no começo de setembro pra me informar. Pelo que ela me contou, é uma caminhada 'acompanhada', ou seja, os caminhadores compram uma espécie de kit que contém camiseta e talvez mais alguma coisa, existem pessoas experientes, que já fizeram outras vezes, crianças também participam (ano passado uma neta da Dna Sueli, então com 10 anos também participou). É beirando o Rio Tapajós, e vai uma equipe 'aquática'; se vc cansar, é só pular pra dentro do barco! Na noite do sábado, eles param numa vila/comunidade à beira do rio, comem por lá e dormem (a maioria em redes). Eu estou MEEEEGA ansiosa pra ir, e devo fazer o mesmo esquema de quando fui pra Alter: pegar o vôo que chega às 3 da manhã em Santarém, me juntar ao povo e simbora! Vamos nessa? Bjs, Paulinha.
  22. Ricardo, Maria Emilia e Rayson! É sim, o Pará é demaaaais! Tanto que estarei lá em Santarém novamente em outubro deste ano, pra Caminhada Ecológica, junto com a Sueli e a trempa toda. Ano passado foram 213 participantes. Essa galera sai de Santarém no sábado pela manhã, e caminha cerca de 46 km pela orla do rio Tapajós, até chegar em Alter, no domingo, por volta das 11hs. Ainda não tenho a data certa, mas COM CERTEZA estarei lá! Bjão, Paulinha.
  23. Oie! Todo mundo aqui em Manaus comenta sobre as belezas de Alter do Chão..... achei uma promoção aérea, e fui! Sai de Manaus no vôo da 1 da manhã, no último sábado. Houve atraso e cheguei em Santarém às 4hs, horário local. Não havia ninguém com cara de mochileiro, então pensei: 'Tô na roça, táxi custa R$ 80 pra ir até Alter, e R$ 50 pra Santarém, vou dormir no banco, esperar um buzão até Santarém e depois pegar outro buzão até Alter...'. Foi então que apareceu um taxista (seu Josué, (93) 9195-6284) que estava levando um casal pra Alter e me ofereceu 'carona' a R$ 30; chorei e consegui por R$ 20! A estrada é linda, mesmo estando escuro, mas o asfalto e a sinalização estão novinhos em folha! Cheguei no meu hotel Água Linda, fiz check-in, fui dormir já passava das 5:30hs da manhã.... Bom, levantei às 8hs pra não perder o café da manhã, que vai somente até às 9... Tempo fechado.... Café bem simples: café com leite, suco, mamão, banana, pão, margarina, queijo e um outro troço muito ruim, tipo um presunto, mas ruim mesmo, que não dava pra comer.... mas tinha uma moça muito simpática que me ofereceu tapioca e ovo..... aí sim hein? Ok, tempo fechado virou chuva: voltei pro quarto e dormi até 12hs! Energia recarregada, pus um short e uma blusinha, peguei minha máquina e sai pra explorar a vila; uma graça! O hotel fica na rua de cima da praça, bem pertinho de tudo. Desci pra orla e vi: Rio Tapajós cheio, sem praia..... Tristeza? Que nada, conversando com as pessoas, a moça falou: 'Lá embaixo tem um pouquinho de praia, a Praia do Cajueiro'. Continuei andando e tirando fotos. Ok, chega de andar, o Sol apareceu, faz muito calor, fui até a Praia do Cajueiro tomar uma gelada e comer algo; já devia ser perto das 2 da tarde. Parei num barzinho, sentei com os pés dentro d'água, que delícia! Conheci um casal muito simpático, de Manaus. Ele, advogado, Dr João Motta, e sua esposa, Dna Alice. Cerveja Skol 600ml, gelada, a R$ 4 e Pirarucu com baião e farinha a R$ 25, pra 2 pessoas. Saímos da praia às 18hs pois o casal tinha que voltar pra Santarém. Parei na praça pra tomar um sorvete, muito bom por sinal, de tapioca (R$ 2,50) Tirei fotos do pôr do Sol Passei no mercadinho de esquina do outro lado da praça e comprei uma água 2 litros, um pacote de bolacha e um chocolate (R$ 7 tudo) e voltei pro hotel pra descansar. Tomei banho e dormi até umas 22hs e saí pra comer algo..... cidade deserta!!! Ninguém na rua.... comprei um sanduíche e voltei pro hotel. Domingo levantei atrasada e corri pro café. O tempo tava feio de novo; voltei pro quarto e coloquei a bateria da máquina pra carregar. Sai por volta das 12hs de novo e achei que faria a travessia de barco pra praia do outro lado do rio, mas começou a chuviscar.... Parei na praça, na loja da Dna Sueli, uma pessoa incrível! Aí os netos começaram a chegar, foi uma festa e fiquei por lá de bobeira. A fome apertou, fui até o Terminal ver passagem pra Santarém tirei mais fotos e depois parei no Tribal pra almoçar: Comi um Pirarucu na manteiga delicioso, com arroz, farinha e maionese (R$ 20) com suco de abacaxi (R$ 3,50). Já passava das 15:30hs. Desci pra loja da Dna Sueli, conheci o Jorge e fomos dar um passeio de barco pelo Tapajós, junto com a Anastácia, mas pode chamar de Tácia que ela atende... O Jorge me levou até o outro lado do Rio, onde estavam as malocas da locação do filme Tainá..... incrível!!! Tomamos um banho no Rio e hora de voltar pra casa! Arrumei minhas coisas, tomei um banho e fiz meu check-out: R$ 112,50 por 1 diária e 1/2. O pessoal do hotel foi super legal comigo, pq entrei na madrugada de 6a pra sábado, e me cobraram mais meia diária pra sair às 19hs do domingo. Obrigada Aldir e equipe! (93) 3527-1314 / 3527-1201 [email protected] Desci pra praça e fiquei lá. Meu vôo sairia de Santarém às 3 da manhã..... haha Então vamos bagunçar e tirar fotos??? Todos os netos da dna Sueli: Tainá, Catarina, Isadora, Efraim, etc, etc, etc Ai chegou o Carioca, perdido, com o violão, e a animação continuou: Bom, a bateria da máquina acabou de novo.... Ainda fomos comer uma pizza no italiano (R$ 14) com uma Coca pet, tipo 600ml, mas era de 1 Litro (R$ 4)! Nunca vi em lugar nenhum, e infelizmente não tenho foto pra mostar.... mas é verdade! Bom, o Cebola, genro da dna Sueli, e sua esposa Carla me levaram até Santarém. Pus R$ 30 de gasolina pra eles. Enfim, foi uma viagem incrível, dna Sueli já me convocou pra Caminhada Ecológica que acontece em outubro - saída de Santarém e 46km pela orla até chegar em Alter. E eu vou! Nos vemos na próxima viagem! Bjs, Paulinha.
  24. Oi Ricardo! Gostei demais do seu relato! É, agora tenho noção de que existem milhares de lugares legais em Figueiredo, e bom mesmo é passar um fds inteiro lá! Nos vemos na próxima parada! Bjs, Paulinha.
  25. Obrigada pela dica Rayson! Na próxima ida pra Figueiredo vou nessa cachoeira que vc indicou. Bjs, Paulinha
×
×
  • Criar Novo...