Ir para conteúdo

francisco_chico

Membros
  • Total de itens

    12
  • Registro em

  • Última visita

Sobre francisco_chico

  • Data de Nascimento 12-05-1988

Bio

  • Ocupação
    Freelance

Informações de Viajante

  • Próximo Destino
    Ainda decidindo

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

Conquistas de francisco_chico

Iniciante

Iniciante (2/14)

  • Incentivador
  •  Um ano de Mochileiros.com
  • Uma semana de Mochileiros.com
  • Um mês de Mochileiros.com
  • Primeiro Post

Distintivos Recentes

4

Reputação

  1. Histórias aterrorizantes e só mostra um pouco dos planos que vem aí pela frente. Não querem mais ter que lidar com "pessoas como nós", se é que você me entende. Primeira vez que eu viajei pra Europa em 2010, mal planejei a viagem, nem vi direito o que tinha de requisito, simplesmente comprei a passagem em uma agência de viagens e pronto, oficiais da imigração me fizeram perguntas mínimas e me deixaram passsar sem quaisquer transtornos. Fico imaginando se um pouco disso foi pelo fato de eu ser branco "aparência de gringo". Pessoa ser julgada com base na aparência uma coisa completamente aterrorizante e desmedida. Acho engraçado que de lá pra cá essas medidas se tornaram muito mais rígidas mas isso não diminuiu de forma alguma a criminalidade ou o tráfico de drogas, muito pelo contrário, até aumentou. Se trata de apenas mais uma forma de controle pra cima do "rebanho", que é como eles enxergam a gente. E infelizmente a gente vê que esse tipo de pensamento tem o apoio de muitos, inclusive daqui. Nessa hora, você não vê pessoas de "movimentos" protestando. Alguns deles são até os mais radicais. Horripilante. Desejo boa sorte a todos e muita força.
  2. Até países em teoria "quebrados" como Índia utilizam luvas na hora da vacinação. http://southernvoice.org/indias-vaccine-roll-out-in-a-nutshell/ Brasil não é nenhum país miserável pra não dispor de luvas para enfermeiras. Justificativa técnica ou "científica", eu não vejo nenhuma das duas. Só vejo o mesmo de sempre: mentiras e desvio de dinheiro. A velha mentalidade do "aí galera se f*** aí no brasil enquanto eu tô de boa aqui na Suíça" Mas tudo bem, não querem dar Pfizer para população daqui, eventualmente as outras vacinas também são aceitas, só vai demorar mais um pouquinho. O problema nem se trata em si de "escolher vacina", o problema se trata de que os governos estaduais estão recebendo doses (caríssimas) do exterior compradas com dinheiro público e preferem deixar expirar, deixar estragar, do que ter que aceitar dar para os "pobres nojentos", que é como nós somos vistos hoje em dia. Se já era antes, hoje em dia mais do que nunca. Não é só funcionário público e parente de político não que tem direito a viajar. Todo brasileiro tem o direito e o privilégio de poder viajar. Só desejo que você - pessoa de bem - nunca se deixe enganar por pessoas que tentam convencer você do contrário. Nós temos uma coisa que esses tipos não podem comprar com dinheiro: a habilidade de saber viver com pouco. Nunca se esqueça disso.
  3. Claro, claro... Durante o último ano houveram dois velórios da parte da família da minha mãe (nenhuma morte relacionada com covid...) Em ambos os casos, os familiares foram proibidos de ter um velório decente, de poder se despedir, no primeiro foi caixão fechado, e no segundo foi decidido pelos funcionários do local que o caixão deveria ficar isolado, em uma sala separada, velório com caixão vazio simbólico. Enquanto isso, as mesmas "autoridades" permitiram que Bruno Covas, Paulo Gustavo e MC Kevin pudessem ter velórios públicos com uma larga aglomeração de pessoas, sem nenhum tipo de restrição. Familiares próximos com trauma pro resto da vida sem poder se despedir adequadamente de familiares, enquanto os "ricos e poderosos" podem ter tudo sem restrição. Classismo sim. Esse é o "novo normal" que tá por aí. Essa é a "ciência" que temos por aí. Esse vírus é bem esperto né, ele só gera novas variantes em países onde a maioria da população vive abaixo da linha da pobreza e metade da população de "cor marrom". Interessante isso. É uma ciência bem precisa. Esse vírus não tem cerimônia não KKKK É uma ciência tão precisa que as enfermeiras que aplicam vacina no braço não precisam mais nem usar luva nas mãos? Uau... Quanto mais os caras querem vir discutir mais feio fica KKKKK
  4. Opa valeu, anotei seu contato, a gente se fala Tem outra coisa que está acontecendo nesses últimos 15 meses. A imprensa só noticia quando os países fecham, mas não noticiam quando terminam as restrições. Teve algum período onde algum desses países, por exemplo Europa, reabriu entrada a turistas depois de um período fechado? E se a resposta for sim, reabriu somente para turistas da zona do Euro ou para o mundo todo? Me desculpe, mas eu não vejo nada focado em saúde nisso tudo, o que eu vejo é CLASSISMO e o que eu vejo é que eles finalmente descobriram um jeito de "expurgar" os "plebeus", "pobres nojentos" (na visão deles) desses países. Agora fica permitido somente viagem de uma pequena porção de países privilegiados. Perceba como a mídia enfatiza que os indianos não conseguem entrar mais em país nenhum, pois na visão deles ninguém mais precisa lidar com "aqueles marromzinhos vindo colocar os pés aqui na nossa terra". Me desculpa, mas o que eu vejo nesse tempo todo é isso. Muito pequena a chance de alguém ler isso e concordar comigo, e mesmo se concordar por favor não se manifeste por aqui senão você vira alvo também... Mas se você aí leu isso e concorda comigo manda uma mensagem privada, vamos manter contato, não precisa se expor aqui, eu tomo a iniciativa mas você não precisa. Tô de saco cheio de ver puxa saco de governo em tudo que é canto e povo que defende crimes sendo cometidos em plena luz do dia, às claras, tudo escancarado. A maioria que defende tem alguma ligação com governo ou trabalha diretamente com órgãos de governo. Privilégios para poucos, só isso que eu vejo.
  5. Também estou ficando maluco cara. Estava com tudo pronto pra ir a europa começo de 2020 e parou tudo. Ainda tô "de molho". Sensação horrível... vida parou... Mas enfim qualquer coisa manda mensagem, eu tô só esperando algum sinal verde partindo das autoridades, só não quero correr risco de pagar passagem e ser barrado, perder passagem. A gente se fala cara. Não tenho um destino específico certo, o importante é dar o primeiro passo, depois uso minhas "exímias habilidades de improvisação e adaptação", e também a modéstia KKKKKK Tem uma lista aí de países onde a população local entende e fala inglês, quero ir principalmente pra melhorar meu inglês que ficou bem enferrujado após anos sem usar. (pronúncia)
  6. Como que tá a situação no México? Estão aceitando entrada de turistas normalmente agora? O México chegou a barrar entrada alguma vez? Acho que não né? Mas enfim, o México me parece ser um país muito bom em muitos aspectos, e isso se reflete no fato de eles não terem barrado de forma agressiva como a maioria dos países fez. Se dinheiro não fosse problema, México pra sempre sem problemas kkkk
  7. Dá pra fazer sim, com certeza. Mas não tem nada garantido, é questão de sorte mesmo, e ajuda bastante se você for um cara com "esperteza de rua" (coisa que eu não sou) Teve uma vez que mudei pra uma cidade desconhecida de 200 mil habitantes em outro estado e achei trabalho em 4 dias. Teve outra vez que mudei pra capital de estado com população muito maior e não achei nem bicos pra fazer. Questão de sorte. A ansiedade pega, é um peso enorme no psicológico mas quando dá certo é uma sensação muito boa. E aí a partir disso corre o risco de você ficar viciado nesse ciclo. Depois disso, não tem volta, você tá amaldiçoado pra vida. KKKK Tem outras pessoas que fazem isso somente por um tempo e conseguem parar. Mas pelo que vejo essas pessoas que param é porque tem alguma herança de familiar, uma casa que ganhou, um terreno algo assim, que tiveram motivos pra sair da estrada, não por vontade própria.
  8. Você não está sozinho Syansor, eu tava com tudo pronto pra viajar começo de 2020 e a pandemia me fez ficar de molho. Ainda na espera de quando vamos poder voltar a poder pegar avião tranquilos, sem risco de ser barrado.
  9. Bom, pelo que entendi do seu relato, me parece que você viveu a vida toda no mesmo lugar e nunca se mudou sozinho para alguma cidade desconhecida? Nesse caso, ficaria um pouco difícil mudar pra fora pois seria um baque muito grande pra você, eu já passei por algo parecido, fui morar em outro país sem saber do idioma local e acabei ficando muito isolado, acabei voltando somente alguns meses depois, dinheiro e tempo perdido. Mas tem esperança, nem tudo está perdido. Baseado na minha experiência de viver meio "nômade" já faz uns anos, eu recomendo que você aproveite que nós estamos nessa "pandemia" agora (eu não concordo, mas enfim, não vou ficar discutindo isso aqui...) e por enquanto esqueça lá fora. Escolha uma cidade do Brasil onde você tem curiosidade de conhecer. Lugares onde você consegue ter uma qualidade de vida legal. Balneário Camboriú, João Pessoa, Goiânia, Curitiba (vai depender se você gosta mais de praia ou campo... eu tendo mais a ir próximo do mar...) Simplesmente vá pra essa cidade e passa uns 2 meses lá na acomodação mais barata que você conseguir achar (esse é um problema, pois são poucas cidades onde você tem opções de moradia mobiliada temporária, por isso já elimina de cara cidades muito pequenas) Quartinho mobiliado, pensão, quem sabe dá sorte e acha uma kitnet mobiliada por não mais que 500 (muita sorte) Quarto coletivo por não mais que 250 dependendo da cidade, no RJ você acha 250 até individual, tem que ficar em cima dos anúncios. Tire vantagem do fato de que você tem uma certa "segurança financeira", não use os recursos financeiros que você tem, deixe somente pra emergências, tente conseguir trabalho onde for morar, faça bicos, voluntarie, etc etc. Essa experiência que você tiver vai ajudar tremendamente na hora que você for morar lá fora e aprender a não cair em golpes. Tomar calote em Reias já machuca, imagina tomar calote em Euros. Esse treinamento vai ser muito importante. Mas mesmo assim, viver em um país de língua diferente ainda vai trazer um peso enorme no seu psicológico, eu fui um tanto ingênuo quanto a isso. Viajar sozinho é perrengue. Acompanhado sempre vai ser melhor.
  10. Obrigado, fiquei uns dias sem acesso fixo à internet, por isso a demora em responder. Esse tempo de espera do consulado que eu não conseguia encontrar em lugar algum, 18 dias só pra fazer a entrevista? Quando precisar fazer, já sei. Valeu!
  11. Achei uma passagem super barata para a Europa mas faz escala em Miami. Será que conseguiria pedir um visto de trânsito em apenas 13 dias a partir de hoje? Se não rolar, indicam sites pra ficar de olho em promoções de vôos para a Europa? Não precisa ter datas ou destinos específicos, da cidade que desembarcar pego trem ou outro transporte.
×
×
  • Criar Novo...