Ir para conteúdo

jacc

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Bio

  • Ocupação
    Publicitário
  1. jacc

    Cusco e Valle Sagrado

    Diogo, acabei de voltar do Peru e fiz o seguinte: fui de transporte público (micro-ônibus) que sai a cada dez minutos de Cusco até Pisac. O preço é 2,50 soles. Em Pisac te deixam próximo da praça principal. Aí você decide: ou sobe até as ruínas a pé ou faz como fiz, contrata um táxi que te deixa na entrada (15 soles). Se você preferir, pode combinar com ele de ficar esperando lá e te levar de volta ou, o que é melhor, descer a pé depois de visitar as ruínas de Pisac. A todo momento saem os micro-ônibus de volta a Cusco. O ideal é parar em Tambomachay e em frente está Puka pukara. And
  2. Bratislava é bem pequena e bastante simples quando comparada com Viena. Apenas 60km distam as duas cidades e é melhor ir de ônibus que de trem pela maior frequência de horários e porque pode-se saltar já no centro de Bratislava. Quem for passar a noite, o Ibis é muito bem localizado. O passeio fora da cidade que gostei foi às ruínas do castelo de Devín, a 8 km da cidade. É fácil ir de ônibus, mas o ticket tem que comprar antes de embarcar, em umas máquinas no ponto de ônibus. É um lugar muito tranquilo, com bela vista do Danúbio e dá pra fazer boas fotos. Fora isso, a cidade tem algu
  3. Estive na Sérvia em setembro último, valeu muito a pena. Ainda precisa de visto porque o acordo internacional entre Brasil e a Sérvia ainda depende de ratificação pelos respectivos parlamentos. É simples, porém, conseguir o visto. Só mandar o passaporte e os comprovantes exigidos para Brasília e eles devolvem com o visto. O único problema é que o visto é bem caro, gasta-se mais de 200 reais com isto. Eu estava em Budapest e tinha pensado em ir a Belgrado de trem, mas são 7 horas e a travessia da fronteira não é automática como no interior da União Européia. A Sérvia não a integra e por is
  4. jacc

    Manaus

    Amigos mochleiros, muito obrigado pelas respostas. Decidi não ficar no IBIS vou ver se consigo algum hotel bem próximo do Teatro, de modo que talvez nem precise alugar carro. Quanto ao passeio ao encontro das águas, vou tentar com alguma agência mais renomada, porque já vi que tem muita "roubada" nesses passeios aí.. Qualquer sugestão, aliás, eu agradeceria. Prometo que, voltando, posto minhas experiências aqui para ajudar aos demais. Grande abraço. João
  5. jacc

    Manaus

    Caros colegas mochileiros, preciso de algumas informações sobre Manaus, gostaria que alguém me ajudasse. Vou a Manaus agora em agosto e vou ficar pouquíssimo tempo, mas queria, ao menos, visitar o Teatro, ir ao Encontro das Águas e à Praia de Ponta Negra. Chego na sexta-feira ao meio-dia e volto domingo à tarde. Então, pergunto, o Ibis fica no Distrito Industrial. É muito fora de mão, mesmo alugando um carro? É tranquilo dirigir em Manaus no fim-de-semana (tráfico, etc..). A região do Teatro é perigosa para ir à noite ou domingos? O passeio do Encontro das Águ
  6. Obrigado, Idmelo, pela resposta às minhas perguntas. Voltei ontem de Israel. A viagem foi sensacional. Gostaria de compartilhar com os demais algumas experiências: 1 - voo: Só a EL-AL, companhia israelense, faz o voo direto SP-TEL AVIV. É muito cômodo sair de Guarulhos e já chegar em Israel, viagem que dura entre treze e quatorze horas. Fazer conexão na Europa aumenta em quatro, cinco horas a viagem. A El-Al é considerada a companhia aérea mais segura do mundo e já em São Paulo fazem um longo questionário a cada passageiro e a bagagem é minuciosamente checada. Com isto quero dizer que CADA
  7. Idmelo, sem querer abusar da sua colaboração, que já foi imensa com um completíssimo post acima, eu gostaria de lhe perguntar se com a CNH, pura e simples, sem permissão internacional para dirigir, você conseguiu alugar o veículo na sixt? Além disto, este programa do GPS você comprou no Brasil mesmo para andar lá? Abraços Jacc
  8. Muito obrigado Idmelo, estou mais tranquilo com isto e espero realmente não ter maiores problemas com a entrada lá. Vou ser franco, o que me perguntarem vou responder, não devo e não temo. Vai dar tudo certo. Abraço.
  9. Oi Fuccin, muito obrigado pela resposta, espero que tudo transcorra bem. Qual o período que vc vai? Então você me recomenda já ir com todas as reservas prontas, pelo que entendi... Você foi orientado a fazer assim? Você conseguiu fazer reservas sem pagar antecipadamente? A declaração do meu empregador vai ser impossível. Trabalho no serviço público e ninguém lá conseguiria fazer isto em inglês. Vou levar minha identificação funcional. Ir a Israel como eu disse é um sonho, mas to com um medo terrível de isto virar um pesadelo... Grande abraço.
  10. Oi pessoal, preciso de uma informação. Eu comprei minhas passagens para Tel Aviv ida e volta saindo de SP voo direto da El-Al. Sempre tive sonho de conhecer Israel. Eu não curto excursões prontas pois gosto de estar livre em um destino escolhido para eu próprio montar minha programação. Com as leituras sobre Israel na internet, comecei a verificar que a entrada em Tel Aviv pode ser uma tortura, um martírio. Vi relatos de gente que ficou longuíssimas horas sendo interrogada e tecnicamente presa, alguns inclusive deportados. Com isto, fiquei bem preocupado, porque sou homem, na casa do
×
×
  • Criar Novo...