Ir para conteúdo

duartefx

Membros
  • Total de itens

    10
  • Registro em

  • Última visita

Conquistas de duartefx

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Obrigado pela esclarecimento sovesky, ajudou imenso!
  2. Avaliações e troca de informações sobre botas BERG Acabo de descobrir uma nova marca de equipamento outdoor e tomei a iniciativa de abrir este tópico. Não sei se a marca está disponível no mercado brasileiro mas deixo-vos o link para o site da mesma: https://www.bergoutdoor.com/pt/pt/ Bota Modelo Muskox da Berg Outdoor Se alguém tiver algum tipo de experiência com a marca agradecia se deixasse algum feedback. Cumprimentos
  3. Por acaso até há uma Centauro na cidade onde me encontro, vou passar por lá para espreitar. Obrigado pela sugestão Eônio. Passei na Centauro e até vi alguns modelos bonitos da Bull Terrier. O problema é que estive a ler o fórum específico para esta marca e muita gente se queixa da falta de qualidade do material. Creio que, depois da Snake, a Bull Terrier é a 2ª marca a ser posta de parte. A Nômade continua em 1º lugar na minha lista...
  4. Por acaso até há uma Centauro na cidade onde me encontro, vou passar por lá para espreitar. Obrigado pela sugestão Eônio.
  5. LeoRJ, eu nunca afirmei que a presença de um cão num ambiente que não é o seu não iria causar algum tipo de impacto. Causa, naturalmente, e reconheci-o desde logo. Discordo é que se enalteça esse impacto e menospreze o impacto humano. Afinal de contas, o simples facto de estar ali qualquer organismo alóctone, seja mamífero, insecto ou outra coisa qualquer, já é suficiente para haver alguma influência. Certo que a urina e a saliva irão introduzir naquele meio alguns microrganismos externos. E o mesmo aplica-se às fezes. Mas nós (humanos) não fazemos o mesmo? Vocês quando percorrem uma trilha de várias horas não espirram? Não tossem? E a urina? Não urinam directamente para o meio ambiente? E as fezes (no caso de trilhas de vários dias)? Tudo isso irá deixar vestígios. Há muita gente por esse mundo fora a percorrer trilhas. Muitas vezes em excursões de 30 ou 40 pessoas. Se for para deixar a natureza totalmente incólume, então teremos todos de deixar de fazer caminhadas. Vão me dizer que, se eu percorrer uma trilha com mais 40 pessoas, o impacto é mínimo, mas se o fizer a sós com o meu cão estaremos a desequilibrar o ecossistema?
  6. Pela falta de respostas, presumo que não haja aí muita gente a usar Bestard. Será que a marca não existe no mercado brasileiro? Para aqueles que não a conhecem, deixo o link para o site da marca: http://www.bestard.com/
  7. Exacto Cacius. E eu, como tu, respeito opiniões diferentes da minha. Mas como dizes, e bem, não vale a pena debatermos aqui esse assunto porque estaríamos a fugir ao tópico. Todos vimos cá para falar de botas e não de cães. E por falar nisso, creio que vou optar mesmo pelas Finisterre. A relação qualidade/preço parece-me muito boa.
  8. [align=CENTER][info]Tópico criado para discussão sobre botas da marca BESTARD http://www.bestard.com/[/info][/align] Como não encontrei nenhum tópico sobre esta marca, tomei a liberdade de criar um. Alguém tem botas da Bestard? Se sim, qual a vossa opinião?
  9. Sim, naturalmente Cacius. Não referi esse aspecto pois achei-o demasiado óbvio. Não me referia a entrada de água pelo cano pois aí realmente não há bota que resista. Referia-me mesmo à impermeabilização do equipamento. Quanto à presença do cão, concordo parcialmente com o que disseste. Certo que pode interferir com o ambiente (e interfere de alguma maneira), mas como referes, o impacto do animal é muito muito menor que o nosso! Farto-me de recolher lixo nos lugares por onde ando, tudo deixado pelo homem. Quanto às pulgas, parece-me mais provável ele trazê-las da serra do que deixá-las lá. Costumo examiná-lo depois de cada caminhada e não é incomum encontrar carraças ou carrapatos. Sempre tive imenso prazer em estar em pleno contacto com a natureza, mas infelizmente sempre vivi em cidades. As serras são dos poucos lugares (únicos?) onde posso andar com o cão solto. Não preciso de mais nada para um dia perfeito. Orgulho-me de ter consciência ecológica mas sinceramente não vejo inconveniente em fazer-me acompanhar por um cão. Pelo menos um com um bom nível de educação, como é o caso. Respeito o teu ponto de vista Cacius, mas se fosse para evitar qualquer impacto no ambiente, então eu mesmo teria de deixar de frequentar as trilhas, coisa que não tenciono fazer. Para mim, levar o cão é como levar outra pessoa.
  10. Boa tarde a todos Sou novo aqui no fórum e começo por elogiar a quantidade (e qualidade) da informação aqui disponível. Cheguei recentemente ao Brasil (sou português) e tenciono fazer umas caminhadas assim que me for possível. Em Portugal fazia-as regularmente mas o calçado que utilizava não me satisfazia totalmente. As botas eram impermeáveis à chuva, mas se tivesse que atravessar poças de água, riachos, etc... (o que acontecia regularmente), acabava por ficar com os pés molhados. Ao chegar aqui, fiz uma pesquisa sobre marcas brasileiras e foi assim que descobri este fórum. A marca Snake já foi posta de parte (estou baseando-me no que li aqui) e agora estou inclinado para a Nômade. O modelo Finisterre parece-me ter uma excelente relação qualidade/preço e após uma visita ao tópico dedicado a esta marca, o interesse recrudesceu. O preço ronda os 300 Reais, o que me parece bem atractivo tendo em conta as características deste calçado. Procuro uma bota 100% impermeável (com sistema Gore-Tex ou algo do género) mas não necessito uma bota topo de gama pois as caminhada que faço são de dificuldade moderada. Faço-me sempre acompanhar por um cão e como tal tenho de ser bem selectivo nos percursos que escolho. Evito sempre zonas de grandes abismos, subidas demasiado violentas, lugares sem sombra, etc... Mas a presença de água é sempre bem-vinda. Se alguém achar que um determinado modelo/marca é o mais indicado para mim, agradeço desde já a sugestão. Sem outro assunto de momento, despeço-me com cordiais saudações. Duarte
×
×
  • Criar Novo...