Ir para conteúdo

impala58

Membros
  • Total de itens

    30
  • Registro em

  • Última visita

Conquistas de impala58

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Leandro, sua programação está bem legal, talvez um dia a mais em Zadar, já que vc vai chegar em um dia e ir embora no outro. De qualquer forma tá bem montada. Boa viagem
  2. Olá Marcel, Eu gosto de alugar apto, assim economizamos pois não precisamos comer fora sempre, ou seja economia $$$$. Quando fomos alugamos um apto em Lapad, é menos de 10 min de bus do centro histórico, mas se tiver muita mala dá trabalho para levar no circular.
  3. Olá Camila! Você estará por lá antes. Provavelmente chegaremos em Ljubljana dia 13, dia 16 vamos para Rovinj e 19 para Zagreb. Dá uma olhada no relato da viagem que eu fiz da Croácia, talvez te ajude em algo. Não vi Zadar na sua lista, se der tente incluir a cidade, gostei mais dela do que de Split, que na minha opinião é turística demais. Qualquer coisa pode perguntar.
  4. Obrigado Camila! Como não achei nada sobre lugar para guardar mala no site oficial do parque, fiquei na dúvida e resolvi perguntar. Minha esposa e eu também vamos em agosto para lá, chegaremos em Rovinj vindo de Ljubljana. Quem sabe a gente não toma ir café por lá? Leandro, Vc vai estar em Zadar ou Split antes de ir para o parque? De Zadar para o parque são 2 horas em média, só precisa ficar atento na hora de escolher ônibus na Croácia pois para o mesmo trajeto tem ônibus que gasta o dobro do tempo pois para em vários locais, outros são quase diretos ou diretos. Em 2010 cheguei por Dubrovnik e fui subindo, Split, Zadar e Zagreb, como não consegui visitar o parque naquela viagem, vou voltar esse ano e aproveitar para conhecer Pula e Rovinj também.
  5. Pessoal, alguém sabe informar se no Plitvice Lakes tem guarda volumes para malas? Vamos sair de Rovinj de manhã e antes de ir para Zagreb queremos conhecer o parque. Obrigado
  6. Olá Vc pode ir de metro até a estação Dejvická( LInha A) ou Zlicin (LInha B) nas duas tem onibus para o aeroporto. É tranquilo, mesmo com mala sempre fui de onibus, taxi é fria em Praga. Att
  7. Cadu, Tudo bem? Onibus é uma boa opção na Croacia, o problema e que são pouco dias para conhecer a Croacia. De Zagreb para Plitvice Lakes tem onibus diariamente e a viagem leva pouco mais de 2 horas. Talvez voces chegando no dia 21 pela manhã poderiam conhecer Zagreb neste dia e no dia 22 cedo ir para plitvice passar o dia e no final da tarde seguir para outra cidade, vou sugerir Zadar que conheci e gostei bastante e fica a duas horas e viagem, passariam o dia 23 em Zadar voltando para Zagreb a noite ou na manhã do dia 24 dependendo do horario do voo de voces para a Italia. Pena que o tempo de voces é curto para conhecer muita coisa, eu fiquei uma semana e acho que não deu para nada! Estou colocando o link de onibus que pode te ajudar: www.akz.hr Saudações
  8. OLá pessoal, planejo passar alguns dias na Croacia em maio e chegarei por Pula, alguém sabe como faço e quanto tempo gasto para ir de onibus para Plitvice Lakes? Acredito que não há onibus direto talvez tenha que ir até Rijeka. Alguém já fez esse trajeto? Obrigado
  9. A parte velha de Zadar é realmente muito bonita! Pela manhã a dona do apto que alugamos nos deu uma mapa e marcou os locais que tinhamos que visitar assim saímos para conhecer esses lugares. O orgão tocado pelo mar é incrivel, cada vez que a aguá vem o som é diferente. è muito relaxante ficar lá sentado olhando o mar e ouvindo aquela sinfornia natural, imperdivel! Visitamos também o Museu Arqueologico que tem um acervo interessante sobre a História da região. Nessa parte velha existem diversas igrejas antigas, uma das mais interessantes é a de Sao Donato que é do séc IX e em frente há as ruinas de um Fórum Romano do séc I A.C. O dia estava muito quente e aproveitamos para tomar um sorvete, andamos bastante pela cidade e resolvemos almoçar, paramos em um lugar simples, pedimos peixe e cerveja croata, boa refeição e resolvemos por dica da Ivanna do Apto, pegarmos um ferry de 25 min até Preko, como não tinhamos muito tempo, pois na manhã seguinte seguiriamos para Zagreb, esse era o passeio de ferry possível. A frequencia é de 45 min eu acho. Foi rápido, e valeu a pena, como estava quente deu ainda pra tomar um sol quando chegamos e ficamos lá até umas 17:00, voltamos para pegar o ferry para Zadar e enquanto esperávamos outra cervejinha caiu bem. Pegamos o ferry voltamos para Zadar, pegamos nosso onibus para o apto, chegamos e passamos no Tony para comprar comida e bebida para nossa ultima noite em Zadar, no dia seguinte partiriamos para Zagreb.
  10. 12/05 - Acordamos atrasados , fechamos as malas e partimos para a rodoviaria que não era longe, mas atrasados e com as malas pesadas pareceu tão distante! No fim chegamos a tempo e embarcamos rumo a Zadar. A viagem foi tranquila e chegamos em Zadar no meio do dia, procuramos o ponto de onibus onde parecia ser um terminal, mas era bem bagunçado, não tinha local certo e os onubus encostavam, pegavam os passageiros e saíam. Tinhamos que pegar o se não me engano nº 8 Diklo que é o local que ficaríamos. esperamos um bom tempo e não veio esse onibus, já estamos com fome e resolvemos ir de taxi mesmo, voltamos para a rodoviaria e perguntamos quanto custava para irmos até Diklo, o taxista cobrou 80 kunas aceitamos e em 15, 20 minutos chegamos ao apto. Ele fica numa região bem tranquila o predio é bem novo e tem poucos aptos, mas tem sacada e são bem arrumados e novos, aparentemente o predio estava com pouca ocupação e a proprietaria nos recebeu muito bem, porem falou que o taxi devia ter cobrado 40, no maximo 50 kunas! Tudo bem, todo mundo um dia é enrolado por algum taxista! Por um lado foi bom, pois se fossemos de onibus iriamos sofrer, pois o onibus nos deixaria na avenida e teriamos que subir um bom pedaço a pé e com bagagem não é mole. Já devia ser umas 2 da tarde e estavamos morrendo de fome, a proprietaria do apto, muito gentil nos indicou um restaurante e nos ofereceu para nos levar até lá. O local é muito bom, tem umas mesas do lado de fora onde voce pode fica admirando o mar, o atendimento foi nota 10 e a comida era muito boa comemos e bebemos muito bem, gatamos 215 kunas, valeu muito a pena. O local se chama Taverna Restoran fica na Kresimirova Obala 52 - Diklo Zadar. Voltamos caminhando parar fazer a digestão, era uma caminhada de mais de 20 minutos até o apto, mas o local é bem traquilo e iamos olhando o mar então não foi sofrido. Voltamos ao hotel e nos preparamos para ir a praia, a aguá como sempre é muito bonita, mas a água estava fria na nossa opinião, apesar de haver um sol legal no céu. Passamos ali umas 03 horas sem fazer nada, apenas tomando sol, olhando o mar, algumas crianças brincando, quando começou a esfriar pegamos nossas coisas e voltamos, antes passamos no Toni (esse era o nome do mercado mais proximo do apto) comprar alguma coisa para o jantar e umas cervejinhas e claro! Preparamos um macarrão rápido bebemos um pouquinho e fomos descansar, no dia segunte iriamos para a Cidade Velha e estamos ansiosos para conhecer o orgão tocado pelo mar, mas isso fica para a próxima parte, até lá...
  11. 11/05 - Acordamos cedo edpois do café partimos para conhecer alguma praia, andamos cerca de 20 minutos e chegamos em uma praia, como na maior parte das praia da Croacia essa também era de pedra, o tempo estava bom e havia sol, não havia quase ninguem na praia. Achamos um lugar bem traquilo e aprovietamos para curtir o mar e o sol, como é bom sair da loucura de SP e ficar naquele silencio,deitado só ouvindo o barulho do mar! Estava tão tranquilo que cochilamos algumas vezes! Ficamos até a fome começar a bater, por volta das 13:00 voltamos ao apto.agora o chuveiro funcionou , ANtes de almoçar resolvemos já comprar as passagens para Zadar onde iríamos no dia seguinte. Compramos com saída as 09:00 e pagamos 126,00 kunas cada. Passagens garantidas hora de matar a fome, fomos a um restaurante que fica perto da marina e pedimos um peixe com vegetais e claro, acompanhado por cerveja. Depois do almoço, resolvemos voltar a praia e aproveitar o final do dia. Só voltamos ao apto quando o sol baixou e começou a esfriar. Saímos para dar uma volta pelo centro da cidade andamos até bater a fome e resolvemos comer uma pizza e tomar umas cervejas, nossa passagem por Split já estava terminando e após algumas canecas, voltamos ao apto arrumar as malas, pois no dia seguinte iriamos sair cedo rumo a Zadar...
  12. 10/05 - Acordamos cedo, tomanos nosso sagrado cafézinho e preparamos as malas, conseguimos um preço em conta para irmos a rodoviaria, a cunhada da proprietária do apto nos levou com o seu carro por um preço legal. Embarcamos e a viagempara Split é muito bonita, as paisagens são incríveis o contrastre o belo mar e as paredes rochosas, a estrada é sinuosa e as curvas até assustam, mas o que me preocupava um pouco era o momento de cruzar a fronteira com a Bosnia, dizem que não implicam com turistas mas nunca se sabe né? Depois de um tempo de viagem, o motorista avisa que vams parar na fronteira e pede que todos peguem os documentos, o oficial da fronteira entra e verifica os documentos de todos, na nossa frente estava um casal de asiaticos acho que ele plhou com mais atenção o passaporte deles, no nosso caso ele só olhou a foto e olhou pra gente e nos desejou boa viagem. Ufa, estava preocupado a toa, mais um tempo de viagem e paramos no outro posto de fronteira, novamente um oficial entra e confere os documentos, tudo correu bem e a viagem continuou sem problemas, no caminho vi placas indicando Sarajevo e gostaria de visitar esse lugar em outra oportunidade. Depois de algumas horas chegamos na rodoviária de Split e a quantidade de pessoas oferecendo quartos era enorme, não sabiamos direito onde ficava o apartamento que reservamos, mas tinhamos a referencia de um hotel e esse era bem conhecido então nos indicaram, seguimos à direita e percebemos que a cidade recebe um fluxo muito grande de turista que chegam de ferry, muitos italianos principalmente. Por fim chegamos na agencia que alugamos o apto, conversamos e fomos levado ao apto, realmente ele ficava bem no centro de Split, o pédrio era bem antigo, mas quando chegamos na porta parecia que estavamos entrando em uma casa abandonada devido a quantidade de pó, parecia que vassoura era algo desconhecido ali, o engraçado e pra nossa sorte é que no andar de cima, a escada estava limpa e o hall também, o nosso quarto ficava ali, o apto era pequeno, mas para dois dias estava otimo, só não gostamos que não tinha internet, diferente do que dizia na reserva, nos falaram que podiamos usar na agência. Deixamos as coisas e saimos para almoçar e fomos a um restaurante perto da rodoviaria que estava vazio e não gostamos do atendimento, deve ser por isso que não tinha quase ninguem! Depois do almoço fomos então conhecer as ruínas do Palácio do Imperador Dioclesiano e confesso que ficamos decepcionados, achamos muito mal cuidado e não há muita coisa para se ver. Existe em volta das ruinas dezenas de barracas onde se vende todo tipo de coisas, camisas da Croacia, bonés e toda a sorte de lembranças, aproveitamos pra comprar algumas lembranças também. Outra coisa que epra mim foi estranho era a existencia de várias lojas de grifes famosas, sei lá não entendo muito isso, mas para mim descacteriza o lugar. Na avenida a beira mar a vários bares e sorveterias, compramos um sorvete e ficamos olhando para o mar aproveitando o final do sol da tarde. Passamos no mercado e compramos nosso jantar e a cervejinha que não podia faltar! Voltamos para o apto e outro problema, agora o chuveiro não esquentava, como estava tarde resolvemos tomar banho frio mesmo, mas estavamos ficando irritados com o pessoal da agência. Jantamos e fomos dormir, no dia seguinte iriamos conhecer as praias...
  13. Obrigado Ellen! Vou continuar sim, ainda tenho muito a falar sobre a Croacia.Porém é um pouco frustante, por mais que eu escrevo não consigo transmitir a sensação de satisfação de conhecer esses lugares, especialmente Dubrovnik, as palavras não suficientes, mas vamos tentar mesmo assim! Além disso para escrever o relato revivemos momentos inesquecíveis e isso é muito prazeiroso e podemos ajudar aqueles que pretendem fazer uma viagem parecida ou despertar um saudosismo naqueles que já a fizeram. Amanhã escreverei sobre a ida e o primeiro dia em Split. Um abraço
  14. Sim foi pela Orange Ways. O Onibus partiu da estação Florenc e custou 400 coroas. Boa viagem!
  15. 09/05 - Segundo dia em Dubrovnik, acordamos cedo, porém e tempo estava nublado e a temperatura caiu bastante comparado ao dia anterior. Tomamos nosso café, mesmo tão loge não ficamos sem nosso pão com manteiga e café preto! Tinhamos programado conhecer uma praia que não ficava longe do apto ( em Lapad)e mesmo com o frio fomos para lá, caminhamos por cerca de 10 min e erramos o caminho, e saimos numa rua bem acima da praia, por sorte nos indicaram descer por dentro de um hotel que dia na praia, pegamos o elevador e não sabiamos pra onde ir, ainda bem que ninguem nos perguntou nada, por sorte conseguimos sair em frente a praia e é diferente pra quem não está acostimado com praia de pedras, porém a agua é limpa e a sensação e o silencio é renovador. Ficamos menos de uma hora, pois o vento estava muito frio, voltamos então ao apto e nos arrumamos pra voltar à cidade velha. Corrigindo uma informação do meu post anterior, o passeio nas muralhas custa 70 kn e não 10 kn como havia informado, me desculpem! Bom, na cidade velha, visitamos algumas igrejas, compramos alguns souvenirs e quando a fome bateu paramos em um restaurante simpático, comemos bem, bebemos bem ( tinha cerveja em caneca de um litro!), por estar no centro achei que seria bem caro, mas foi razoável e indico para quem quiser uma boa chuleta Depois do almoço, fizemos o passeio pela muralha novamente, e muitas fotos tiradas novamente, vale a pena fazer esse passeio sem pressa. Ficamos passeando até o começo da tarde e resolvemos ir até a rodoviária comprar as passagens para Split, pois iriamos no dia seguinte de manhã, pegamos um onibus que nos deixou perto e chegando na rodoviaria mesmo a pé, comprovamos o que alguns colegas já disseram aqui, várias senhoras nos ofereceram acomodações. Compramos passagem para as 10:00 e custou 63 kn cada. Voltamos caminhando para o apto, jantamos e fomos descansar para no outro dia conhecermos Split, porem já estavamos com saudades de Dubrovnik. Eu digo, se for a Croacia, não deixe de ir a Dubrovnik!
×
×
  • Criar Novo...