Ir para conteúdo

carolhilst

Membros
  • Total de itens

    26
  • Registro em

  • Última visita

Sobre carolhilst

  • Data de Nascimento 16-03-1984

Bio

  • Ocupação
    Pofessora e psicóloga.

Conquistas de carolhilst

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Nossa, relato perfeito!!! Esse ano de 2013 fui à Chapada de Diamantina e agora em 2014 farei a dos Veadeiros!!! Gostaria de saber se as cachoeiras são sempre cheias, ou tem períodos melhores pra viajar! Ah e que carro vcs usaram? Na Bahia, nosso Palio sofreu!
  2. Boa noite gente, tô planejando minha viagem pra Chapada! Gostaria de saber quantos dias pra fazer um passeio legal? abraços!
  3. oiii , então foi por grupo.aí a gente dividia. todos os guias encontrei na associação, tem vários , e os passeios que eu considero fundamentais são: fumacinha, buracão, morro do pai inacio, poço encantado e poço azul! se vc ficar em lençóis a temperatura é normal, mas em Mucugê faz frio, aí tem q levar um casaquinho nada de mais/!!! boa viagem!!!
  4. Oieee gente! Primeiro agradecendo as companhias queridas de Daila e Generson que fizeram parte dessa viagem maravilhosa!!! Vagner, de todas as trilhas que fizemos eu recomendo guia só pra Fumacinha e Buracão. Poço Azul e Encantado fizemos sozinhos. Pratinha, Lapa Doce, Poço do Diabo, Mucugezinho, Pai Inácio e Sossego fizemos com guia, mas, na minha opinião, dá pra fazer tranquilo sem guia.
  5. gente, acabei de voltar de lá. Fiz um relato. Espero que ajude! abraços chapada-da-diamantina-5-dias-de-emocao-outubro-12-a-17-de-2013-t88045.html#p892024
  6. Olá mochileiros, Sempre quis ir à Chapada e sempre faltava companhia. Um dia entrei aqui no mochileiros.com e consegui mais dois companheiros pra fazer minha tão sonhada viagem. Oito dias de pura emoção. Primeiro, já tinha visto relatos de que não daria pra fazer nada em 8 dias, blábláblá. Logo, optamos por excluir o vale do Paty por conta do tempo. Nosso Roteiro era o seguinte: - Cachoeira do Buracão, Fumacinha, Poço Azul e Poço encantado, Cachoeira do Sossego, Mosquito, Poço do Diabo, Pratinha, Lapa Doce, Gruta Azul e Morro do Pai Inácio. A primeira coisa que decidimos foi ir de carro. foi a melhor opção. Na Chapada é tudo longe e as agências de viagem cobram muito caro. como éramos de estados diferentes, combinamos de sair dia 12 de outubro de Salvador. Eu de saí de Fortaleza mais uma amiga , comprei uma passagem pela Gol por R$ 230,00 ida e volta. Os outros vinham de Curitiba e de Salvador mesmo. 11/10 Saída de Fortaleza 20:30 Chegada Salvador 22:00 Pegamos o carro no aeroporto mesmo. Com Gps ficou fácil achar o hostel na Barra, apesar dos inúmeros desvios por conta de obras. 1- passeio 12/10 Saída de Salvador às 9h. Alugamos o carro em Salvador mesmo, o valor foi R$ 640,00 que dividido por 4 dava R$ 160,00. A gasolina deu R$ 90,00. Depois de longas quase 7h chegamos finalmente à Mucugê . Lá encontraríamos o guia e já faríamos o primeiro passeio para o Projeto Sempre-Viva. O guia furou com a gente. Pegou outro grupo maior. Acontece. O Recepcionista da pousada nos ensinou a chegar no Projeto e como estávamos de carro foi super simples. Projeto Sempre- Viva Um projeto simpático sobre flores. Você paga R$ 20,00 pra entrar e uma moça lhe dá as explicações e vc faz a trilha sozinho. (Dei graças a Deus pelo guia ter desistido da gente, afinal, economizamos uma diária de R$ 40,oo). A trilha simples, 25 min e chega-se a uma cachoeira conhecida como Tiburtino. Por conta da seca, ela estava bem fraca, mas depoois de horas de viagem qualquer água causava a maior alegria. ONDE FICAR: Ficamos na pousada Monte Azul, em Mucugê. Perfeita. Aconchegante, café da manhã MARAVILHOSO. A diária ficou R$ 145,00 e dividindo por 3 dava em torno de R$ 45,00 http://www.pousadamonteazul.com.br/ 2- Passeio 13/10 Buracão Para chegar à Cachoeira do Buracão tivemos que ir pra Ibicoara. Fica a uns 45min de Mucugê. A estrada é ótima e bem sinalizada. A associação dos guia fica logo no início da cidade. Fechamos o pacote por R$ 100,00 ! Muito mais barato que o guia anterior. Nosso guia era muito gente boa. Elder baixinho! Indico a todos. antes do passeio somos orientados a comprar lanche pois é 1h hora de trilha, pulando pedra e afins. rs. No caminho pega-se uma estrada de terra batida. muitas pedras. Passamos por alguns vilarejos e de repente, alguém sente cheiro de gasolina. Depois todos sentem. É, o tanque furara. Não sei até hoje se foi por conta das pedras ou o carro já veio ruim da locadora. Passeio no fim? Jamais. O guia parou no Vilarejo e acreditem: no meio do nada uma pessoa tinha DUREPOX! viva o Durepox!. Conseguimos chegar até o ponto da trilha, distante ainda uns 7km. Pagamos R$ 3,00, uma manutenção do parque e começamos a trilha. É bem cansativo. Muita pedra e nossa colega tinha esquecido os tênis em Salvador, teve de fazer de chinelo. Doí muito os pés. Portanto, não esqueçam os tênis. Após quase uma hora a gente vê a coisa mais linda! Nem adianta eu tentar colocar em palavras, só posso dizer que é uma experiência linda! Voltamos pra Mucugê felizes e com DUREPOX no tanque. hauahau. Procuramos uma oficina mas era domingo , sem chance. No dia seguinte faríamos Fumacinha, então era necessário ter um carro em bom estado. à noite não tem nada pra fazer em Mucugê, os bares (poucos) fecham muito cedo. O jeito era dormir. 14/10 Poço Encantado e Poço Azul Cidade pequena todo mundo sabe tudo. O recepcionista já sabia do problema no carro e nos indicou um mecânico. Passamos lá e deixamos o carro. Segundo ele, seria rápido, em 2h tava feito. Decidimos então passear pela cidade e aproveitar pra comprar o tênis da nossa amiga Daila. Mucugê é uma cidade bem típica de interior. As pessoas na calçada, as pracinhas denunciam seu aspecto bucólico. Depois de duas horas voltamos e o mecânico nem havia olhado o carro. Frustração total. Ligamos pro guia em Ibicoara e ele disse que não daria pra fazer o passeio pois pra chegar à Fumacinha era necessário 2h só de trilha, fora a estrada. Enfim, ele disse que a gente poderia fazer o Poço Azul e encantado, não precisava de guia. Aí rolou um pequeno estresse (acontece nos melhores grupos) pois parte estava com medo do durepox soltar e a outra parte queria ir. O mecânico disse que dava pra ir , então depois de uma votação nós fomos. O Dono da pousada Monte Azul tem um mapa super fácil que indica como chegar ao Poço Azul e encantado de maneira muito simples. Tudo isso sem guia! Lá fomos nós na cara e na coragem. A estrada é PÉSSIMA! Muita pirraça, cascalho. Mas o mapa funcionou muito bem. Pra entrar no Poço Encantado cobra-se uma taxa de R$ 20,00 Achei meio caro, mas enfim, é muito lindo. Não dá pra saber o que é água e o que é pedra.lá foram gravados a cena da nova novela da Globo e dias atrás tava fechado por conta das gravações. A visita dura cerca de 20 min. Depois resolvemos almoçar lá mesmo, tem uns restaurantes dos moradores. Comida muito boa. Arroz, feijão, carne do sol, por R$ 15,00. O dono é super simpático. Depois do almoço, voltamos pela estrada péssima rumo ao Poço Azul. No poço Azul pode-se fazer a flutuação. Custa R$ 15,00 e você desce com uma lanterna . Do lado de fora não botei muita fé pq a água era muito escura, mas quando vc entra seu queixo cai de tanta beleza. No final da tarde a luz do sol entra e fica ainda mais lindo. Vale muito. De volta à Mucugê deixamos o carro na oficina com a promessa de ser entregue ainda no mesmo dia. Ficamos na oficina até meia-noite, mas os mecânicos Jonny e evandro eram muito engraçados, uma atração na cidade. O prejuízo saiu por R$ 140,00, mas como eles tinham sido muito bacanas conosco resolvemos dar R$ 200,00 15/10 Fumacinha (terceiro passeio) Dia da fumacinha. Carro pronto, tudo certo. Em Ibicoara, o guia cobrou R$ 135,oo. compramos os lanche e partimos. Quase uma hora de carro. Em determinado ponte seguimos a pé. O sol é muito forte e tem de levar o protetor. Fizemos a trilha por cima da cachoeira, que são 14km (ida e volta), mas há também uma opção de fazer por baixo ,mas é o dobro do tempo. No caminho, as paisagens se confundem parecem savanas. sinceramente, a cachoeira mais ESPETACULAR da chapada. Não vou contar como chegamos até ela (pq fomos por cima) pra não estragar a surpresa de quem ainda for. só digo que é de encher os olhos de lágrimas. Nesse dia, só havia nosso grupo o que foi ainda mais especial. Nosso guia querido ainda era fotógrafo e fez uns cliques ótimos. Na volta, a caminhada de 7km nem doeu de tão alegre que a gente estava. De lá fomos direto pra Lençóis , nossa segunda parada. 3h de viagem. Assim que chegamos, o carro morreu. Rs. Mas aí a gente já tinha chegado mesmo. Resolvemos até ligar pra Locadora, mas o cara falou q a gente ia ficar sem carro. A noite em Lençóis é muito mais animada. Tem muito gringo. Muita opção de bares, alguns caros e outros bem baratinhos. Como estávamos bem cansados fomos dormir pra mais um dia. 16/10 (Sossego e Ribeirão do Meio) Pela manhã encontramos uma agência que faria o passeio. R$ 140,00 por grupo pra Cachoeira do Sossego. Na associação dos Guias, eles cobravam R$100,00. Na própria cidade há muitas opções de turismo, eu recomendo procurar a associação se você estiver de carro pois sai muito mais barato. Pro Sossego não precisa nem de carro, você sai a pé da cidade mesmo. A trilha é pesada,mas como a gente já tinha feito as mais difíceis deu pra aguentar. Há paradas onde pode-se comprar lanche. Assim, depois da Fumacinha e do Buracão nada é tão mais lindo. rs. Tinha também muito gringo. E a água é friaaaa!rs Depois a gente anda mais um monte pra chegar em Ribeirão do Meio, o tobogã natural de 20 metros. Muito legal! as pedras são bem escorregadias, tem que ter cuidado. E doí o bumbum um pouquinho tbm,mas depois da primeira descida você não quer parar mais! 17/10 (Rio Mucugezinho, Poço do diabo, Lapa Doce, Pratinha e Pai Inácio) Dia do passeio super longo. Na associação, o guia cobrou R$ 135,00 pro grupo. Primeira parada: Rio Mucugezinho e Poço do Diabo. Super Bonitos. No Poço do Diabo tem uma tirolesa, mas como era dia de semana não havia ninguém pra orientar. Assim, já tava meio chato tanta água e tanta pedra. Ninguém queria mais nem entrar na água. rs e aí quando a gente achava que nada mais iria nos supreender eis que vamos pra Lapa Doce, uma gruta no meio do sertão. R$ 20,00 pra entrar e nosso guia fica lá sentado esperando a gente entrar na Gruta. (esse passeio também dava pra fazer tranquilo sem guia).A duração é de 1h . Munidos com lanternas o guia local vai nos mostrando as construções. impactante pensar que aquilo tudo um dia foi mar. ele pede pra desligar as lanternas e você sente só você e o escuro. Muito lindo. Fazenda Pratinha Outro lugar incrível. Um oásis no meio do sertão. A água cristalina é ótima pro banho. Paga-se r$20,00 pela entrada. Caso queira fazer a tirolesa R$ 10,00 e a flutuação na gruta azul R$20,00. A gente ainda fez o pacote das fotos submersas, são 20 por R$ 15,00. Adorei a flutuação, dá um medinho pois você tem que acompanhar o guia lá no fundo só com a lanterna. Num momento quis me desesperar, mas é só respirar fundo e seguir. Aí que já eram 16h e ainda tinha o Pai Inácio. Pegamos um atalho e conseguimos chegar. Atenção porque a entrada é somente até as 17h. Aí adivinha? Você sobre 600m. Você vai subindo e vai passando um filme de tudo que aconteceu, você vai sentindo a energia, todos se ajudam, vai deixando seus problemas lá embaixo...quando você vê, chegou! E perdoem o palavrão, é muito FODA! E aí que nós voltamos tão felizes nesse dia que decidimos encerrar a viagem ali mesmo. Pra no outro dia a gente não sentir a frustração de não ver coisas tão incríveis com o o Pai Inácio, a Fumacinha e o Buracão, pra mim, os lugares obrigatórios da Chapada. 18/10 Salvador E ainda rolou um tour por Salvador linda. 19/10 volta pra casa! Gente, vale muito conhecer a Chapada. São dias que eu vou levar pra sempre. Não importa quantos dias você tem, vá. Acho fundamental alugar um carro mesmo. Mas não aluguem um Palio vermelho! rs Espero voltar pra fazer o Paty! Beijos mochileiros, Carol Viagens terminam. Lembranças permanecem e despertam saudade.
  7. Nelson, sai mesmo mais em conta alugar lá? A diária em Salvador sai 59. o dia e em lençóis fica 150,00 To querendo alugar em Salvador mesmo.
  8. Adorei o relato! estou indo pra lá em outubro! tbm vamos de carro, ficaremos em Mucugê, Vale do Capão e Lençóis. o total deu 2. 675 pra cada? Lindas fotos.
  9. Gente, é melhor alugar carro em Salvador ou Lençóis?
  10. Oi!!! Então já decidimos que vamos começar em Mucugê e terminar em Lençóis. Vamos sai dia 12 de Salvador (de carro) A proposta pra 7 dias é isso aqui: Torrinha pratinha/ Pai Inácio Mosquito encantado Sossego Fumacinha Buracão. Vai dar tempo? sugestões? quais devemos contratar guia? quais ir só? *Já me conformei que ficaremos ser o Vale do Paty obrigadaaa
  11. Ótimo saber!!! agora é correr atrás de um guia! obrigada!
  12. Estou addorando as dicas tbm! Fiquei na dúvida entre Mucugê e Lençóis , mas no periodo que vou 11 a 19 de outubro vai rolar festivais nas duas cidades! Aì temos que fugir pra não pegar os mega preços dos passeios e pousadas! Começando em Mucugê e terminando em Lençóis! Agora, minha gente eu liguei pra Associação dos guias e as noticias não são animadoras: a maioria dos passeios 200 reais por pessoa. Vale a pena alugar carro e se jogar sozinha? Alguém conhece um guia legal? Minha ideia é alugar um carro e negociar com um guia . Será q rola? obrigada! Ah como o detalhe q eu não sei nem por onde começar com tanta atração. Só sei q quero fazer Buracão e Fumacinha.
  13. Se rolar encontro mochileiros, contem comigo! estarei lá!
×
×
  • Criar Novo...