Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

vagware

Membros
  • Total de itens

    35
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

6 Neutra

Sobre vagware

  • Data de Nascimento 22-04-1988

Outras informações

  • Próximo Destino
    unknown
  • Ocupação
    Analista de sistemas
  • Localização
    Maua, Maua, São Paulo, 09341-440, Brasil

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Sim, sempre andei de bike. Ando de BMX e MTB a uns 10 anos pelos menos.. Mas sabendo andar de bicicleta voce consegue, no inicio sao quase 1 hora de descida por asfalto (sempre descendo), mas voce mantem a velocidade que quiser. Depois sao algo como umas 4 horas (com paradas) por estrada de terra. Ai já fica um pouco mais perigos, pois tem muita pedra no caminho, e tambem é descida. Mas controlando bem o freio nao tem tanto risco. No meu grupo foi um senhor de 67 anos, e ia na velocidade dele.. e foi tranquilo. Acho muito válido esse passeio na bolivia, diria que foi o melhor. A paisagem do lugar é incrivel.
  2. Legal Starlet!! Isso ai, Maua para o Mundo Ah e com certeza a sua mochila vai dar conta sim, leve poucas roupas para deixar espaço para as roupas que poderá comprar lá. tem muita coisa legal e barata.. eu deixei de comprar algumas coisas por falta de espaço. =/ O downhill da pra ir de boas tbm, nao precisa correr a toda velocidade entao é bem possivel
  3. O relato propriamente relatado Dia 1 um amigo me levou pro aeroporto de GRU pq me enrolei todo no dia e provavelmente iria perder o voo. O Aviao em guarulhos saiu as 19:15, com conexao em lima, Peru. As 00:30 sai de lima para sta cruz-BO. Dia 2 - BO Depois da imigração boliviana, aduana e revista da mochila, as 6 da manhã peguei um taxi pro terminal bimodal. (60bs). O cambio na plaza principal foi muito melhor q no aeroporto. 400 reais deram 810 (0,49).. No aeroporto 300 reais deram só 500 bob (0,60). Andei por sta cruz prox ao terminal. Nao tem nada. Fui na plaza Principal, so tinha a igreja e muitos pombos. Comi o hot dog de 20cm e uma fanta papaya por 20bs. Comi bastante cuñape (tipo um pao de queijo) 1 bob cada. As 17h saiu meu bus pra la paz. Esse foi um dia longo, pq quase nao dormi e o bus so saiu as 17h. Dia 3 (200bs bus) Passei um baita frio pelas 4 da manha. As 7h da manha ainda no ônibus pra la paz, já devia estar acima dos 3000m pq desci pra ir no banheiro e voltei ofegante. Cheguei em la paz por volta de 13h. Sai andando pra achar o hostel. Bash and crash, um lixo. Água gelada, sem papel no banheiro, luzes queimadas, camas/colchões ruins.. Guardei as coisas e fui andar por la paz e encontrar agências para os tours. Muita subida pra todo lado, pesquisei em 5 agencias mas preços praticamente não mudam. Maxima diferença foi de 10bs. Fechei 3 passeios, tiuanako, chakaltaya + vale de la luna e o downhill. Dia 4 (90+100bs) Segunda feira, foi o dia de ir pra tiuanako. Uns 120km de la paz, 2hrs de bus. Grupo de 23 pessoas. So eu e mais 2 brasileiros. Muito legal as ruinas, puerta del sol, museus de ceramica e de pedra. A precisão dos cortes das pedras sao fantasticas. Segundo o guia, as piramides do egito não chegam nem perto. Monolitos enormes com mais de 100 toneladas esculpidas, erguidos e montadas de forma precisa. Depois almoçamos, eu comi carne de llama. Nada demais, carne macia, mas nada demais. Dizem que nao tem colesterol nenhum. Voltei pro hostel umas 5h da tarde. Dia 4 (90+15bs) Dia de subir o chakaltaya 5305m, a van sobe ate perto de 4800m depois vai na caminhada. São duas etapas e para um 'primeiro cume' e o cume real. Subida bem difícil pela altitude, mas consegui. Tinham uns 8 brasileiros na van, uma senhora de 70 anos do Tocantins e tbm subiu (ate a primeira parte) uma guerreira. Depois descemos e fomos para o vale de la luna, Muito bonito as formações rochosas. Vale la pena. Nesse vale da pra ir por conta, pegar o teleferico amarelo, o "ponto final" fica proximo . Ao voltar pro centro de la paz estava havendo protestos, então tivemos que dar um puta volta e chegamos la uma 3h da tarde. Dia 5 (300bs) Dia de ir para carretera de la muerte. Pesquisei em varias agencias na calle sagarnaca..e tudo praiticamente igual. O melhor preço foi 300bs com a bike mais simples, mas tbm mto boa, fui com a agencia no fear adventure. A van sobe ate 4700m e descemos de bike até 1200m. Uma moça boliviana com seu vo de 68 anos desceram, senhor de coragem. Achei demais. São quase 5hrs de descida com 1h de asfaltado e mais 4h na terra e ripio. Tem momentos que pegamos muita velocidade, uma adrenalina muito boa pq sempre depois vem curva. Ao final paramos num bar com almoço incluso e um rio do lado. Muito bom. Eu e 1 chileno e um casal argentino formamos um grupo e tomamos varias cervezas, Judas, rimos e se divertimos muito. As 19h estavamos em la paz denovo. Dia 6 (30bs) Dia de ir pra copacabana, peguei o ônibus as 8:30. Ônibus pequeno e apertado. Hoje tbm comecei a ler "Livre". Cheguei em copa por volta de 13h, não tem terminal é tudo na rua. Já comprei a passagem pra cuzco e o passeio para isla del sol e luna para o dia seguinte. Fui pro hostel (florencia) e depois fui almoçar no lago titicaca, uma truta muito boa por 25bs. Mais tarde fui ao cerro calvario, uma boa subida e uma bela visão do lago lá de cima. Desci, fui no mercado, comprei pão e cerveja e subi denovo para calvario para ver o por do sol. Muito bonito. E estava tendo uma festividade na cidade, com carros enfeitados, fogueiras e oferendas a pachamama, fetos de llama jogados na fogueira e cervejas estouradas pro alto. Muito interessante e diferente pra mim. Voltei pro hostel por volta de 7h da noite. Banho e conheci um Casal da dinamarca que estava conversando com a dona do hostel, Muito simpaticos, falamos ou tentamos muito em espanhol depois descobrimos que em ingles era mais fácil pra todos kkkkk. Dia 7 (30bs) As 7:30 da manha café no hostel, arrumei a mochila e fui pro caz pegar o barco para isla del sol e luna. A saída do barco atrasou bem e saímos quase as 9h, uma mulher foi brincando com seu filho com bonecos de dedo (superman, Pikachu e homem aranha kkk) quase a viagem toda... 1:30 de ida. As ilhas não tem muito o que fazer. Subindo as trilhas tem uma otima vista, tanto do sol qto da luna. As 18h da tarde parti pra cuzco (120bs) "cama". Ao chegar na migração da bolivia para sair da bolivia, o papel verde que me deram ao entrar na bolivia não estava preenchido entao me cobraram 50bs para poder sair da Bolivia. Pior ainda foi para o casal argentino que não tinham o carimbo de entrada no passaporte, tiveram que pagar 250bs cada um. Dia 8 Sábado, cheguei em cuzco por volta de 6:30 da manhã, perdido, fui tomar um café no terminal. Os taxistas atacam oferecendo de tudo que é serviço. Depois do café contratei um taxi por 10 soles e fui para centro da cidade. Com ele já contratei o tour vale sagrado por 80s. Que depois descobri que foi caro (pesquisem). Fiquei no hostel Inka wild, calle matara. Fiz o tour começamos por Pisac, depois ollantaytambo.. E chinchero. E nao deu tempo de ir no ultimo.. Uma pena, o guia era muito bom, explicando tudo sobre as ruinas e o povo inca e a invasão espanhol. Voltamos e chegamos em cuzco as 20h. A noite sai para tomar umas gelas no centro, alguns bares com musica ao vivo muito bons. Voltei pro hostel e só ai descobri que tinha uma bar nele 😂.. Tomei mais 3 e conheci um venezuelano que só me chamava de hermano q podia conseguir o que eu quisesse.. "Dorgas" kkkk, um pessoal do chile e argentina muito lokos.. Fui dormir bêbado. Dia 9 Domingo, tirei o dia de folga. Acordei as 9 e quase perco o cafe da manhã. Tomei cafe e voltei a dormir. Acordei as 13h. Descansei bem. Fui almoçar e andar pelo centro. Achei uns restaurantes pouco confiaveis mas com prato de 1/8 de frango por 7soles (foi um belo pedaço de frango). Depois fui pechinchar os valores para salkantay. Depois de 6 agencias, consegui a trilha de 5 dias 4 noites por 170 dolares. Juntei com a montanha 7 cores e saiu por 194 dolares. Nada mal. Na cotação de 3,20 saiu por 620 reais. 5 dias com todas as refeicoes, entrada em Machu pichu, guia, cavalos pra levar coisas, ida e volta de van. Achei ótimo. No brasil paguei 1500 para ir pro jalapão por 4 dias. Dia 10 (60soles) Segunda, dia de ir pra montanha 7 colores. O carro chegou no hostel as 4h da manha, foram umas 2hrs e meia ate o início da trilha. O trekking de 6km com cume de 5200m.. Iniciando de 4200m. Um trekking meio pesado de quase 2hrs mas que vale muito a pena. O frio no cume da montanha é quase esquecido pela beleza que é formada por minerais que forman as 7 cores. Atrás da montanha ainda tem uma outro montanha de 6400m toda nevada. Coisa linda. Cafe e almoço incluso. Ah e tem cerveja no cume! 🍻 Dia 11 Terça, incio a trilha de salkantay.... Agencia inka expedition na calle procuradores, melhor preço q achei 170 dolares. A Van chegou as 4:30 no hostel, mais de 3hrs de viagem até mollepata, onde deixamos algum peso extra para ps cavalos levar. A trilha começa com subida boa e a 3600m. Por volta de 13h chegamos ao primeiro acampamento. Almoço e partimos pta laguna huamantay. Muito bonito e gelada. Voltamos pro camping perto de 17h. Janta e dormir. A noite mais gelada é a primeira. Fez menos 4 graus. Dia 12 O pior dia pra andar, começa com muita subida e chegariamos até 4600m de altitude. Começamos as 6 da manha, um frio castigando o café e nem o chá quente de coca ajudava. O melhor mesmo era sair andando... Caminhamos ate meio dia e chegamos ao cume 4600m vimos outra laguna, agora a Laguna salkantay. Água muito azul. Linda. Tbm fizemos um ritual inca e colocamos uma pedra que recolhemos pela manhã, da parte de baixo, agradecemos e colocamos em forma de totem/apacheta. Segundo o guia é a forma mais simples de fazer um a oferenda a pachamama (a terra). Depois da laguna começa a descida interminável. São mais 5hrs de descida. Almoçamos por volta de 14h e as 17:30 estávamos no camping florentino. Muito ruim por sinal. Não tinha chuveiro de água fria então tinha q pagar 10sol pelo de água quente. Reclamos e não adiantou nada, Eu uma canadense e mais 4 caras arrumamos uma bacia e foi o banho do dia com uma bacia. Dia 13 3o dia de salkantay, partimos do camping e caminhamos ate 13h subindo e descendo, hora por trilha hora por estrada. Chegamos a um camping com um campo de futebol, alguns jogaram outros descansaram. 40min depois partimos e chegamos a sta tereza. De lá uma van estava nos esperando. Foram uns 40min de carro ate no camping do dia 3. Havia algumas pessoas fazendo esse trajeto a pé, pessoas que estavam fazendo a salkantay sem guia. Almoçamos no camping e a tarde fomos para as aguas termais de sta tereza. 4 piscinas aquecidas naturalmente, foi otimo para as pernas cansadas. Voltamos por volta de 18h, jantamos e teve festa. Os guias pagaram algumas cervejas e musicas latinas tocaram ate 12h. Foi engraçado kkkk Dia 14 4o dia, tinha a opção de ir fazer uma tirolesa e com isso não precisar caminhar até a hidreletrica. Não quis, como muitos do meu grupo e fomos caminhando. Sao uns 13km e em 2 hrs fizemos isso. Chegamos as 11h as pessoas da tirolesa chegaram as 13h e foi servido almoço. As 14h e pouco partimos andando para Águas calientes, vai beirando a linha do trem todo caminho. Muitas pedras então e meio ruim pra andar, mas sempre plano. Umas 17h chegamos em águas calientes e fomos pro hostel inn salkantay nessa noite. Foi bom dormir numa cama. No jantar o guia entrega os ticketes para Machu pichu, o meu estava com nome errado, RG errado, e idade errada. Provavelmente não ia conseguir entrar, reclamei com o guia e fomos no centro cultural. De fato, falaram que não ia poder entrar. O guia entrou em contato com a agencia e iriam pagar outro ingresso. Mas perderia o turno da manha com meu grupo de 5 dias. Dia 15 5 dia, ida a Machu pichu. Tive q ir as 8h da manhã ao centro cultural comprar outro ingresso. Mas antes de comprar perguntei sobre o nome errado do outro.. Se não poderia entar e tal.. O rapaz ligou pra bilheteria lá da montanha e disse que sim, poderia ir e procurar por john pizarro. Sai correndo quase as 9h da manha e fui pra Machu pichu via trilha. Gastei 40min subindo cheguei lá acabado, procurei John e entrei. Ele mal olhou o nome e ainda perguntou pra qual time torcia no Brasil kkk. As 10h estava dentro de Machu pichu, mas perdi a explicacao do guia.. Mas conseguia ouvir de vari2os outros guias kkkk. Andei por menos de 2h e ja tinha conhecido tudo. Descendo encontrei os brasileiros e fomos comer pizza e tomar cervejas. Iria passar mais uma noite em aguas calientes por causa do erro, e me pagaram o ingresso (que nem precisei comprar, "ganhei" 152 soles :). Dia 16 Passei a noite, achei um hostel de 25 soles. Tinha a manhã livre e tenho q estar as 14h na hidreletrica para pegar a van para cusco...uma bagunça, dezenas de vans.. Tive q pagar 35s pq não encontrei a van do meu guia (contrate com trem incluso, mto mais fácil). Sai as 14:40 da hidrelétrica cheguei quase 22h em cuzco. Fiquei no mesmo hostel q tava minhas coisas, noite de segunda e terça (46s). Dia 17 Segunda, tirei o dia pra descansar. Andei pela cidade, fui ate o terminal comprar a passagem pra arequipa para terça a noite. Fui andando pro terminal sao 25/30 caminhando de boas. Paguei 40s na passagem pra arequipa, sao 11hrs de viagem. Depois fui conhecer a montanha do cristo e tava tendo uma bela festa de san cristobal.. Parece q eram 3 igrejas cada uma com sua orquestra, tocando musicas muito animadas. Cerveja de 1l a 9soles quente vendendo pra todo lado. A noite fui andar pela plaza de armas encontrei os brasileiros mineiros tomamos umas e boa. Fui dormir. Dia 18 Acordei as 9h com um mal estar que ate agora estou (20:30), tipo uma dor de barriga ou desidratação.. Nao sei.. Mas pensar em sopa e pollo parece que piora, nos ultimos 5/6 dias foram muitas sopas e frango.. Parece q nao ta fazendo digestão direito não sei. Fiz check out e guardei minha gargueira no deposito. No almoço comi um cordeiro gorduroso, com feijao branco, e claro sopa de entrada.. 9s. Começou a chover umas 14h e voltei pro hostel fiquei a tarde toda lendo Livre e depois youtube no celular ate umas 18:30. Fui andando pro terminal pra pegar o bus que sai as 20h. Estou nele Dia 19 7h cheguei em Arequipa. Do lado do terminal milhares de hostel baratos. Paguei 20s em um, mas parece q não tem agua. Umas 8:20 sai em direção ao centro pra procurar agencias de turismo. Plaza de armas foi o destino. Muitas agencias calle jerusalem, sta catalina. O cara do hotel disse q de taxi seria uma 7 soles, mas queria ir andando.. Entao recomendou umas vans de 1 sol. Fui atras delas.. Milhares de vans kkkk. Pedi ajuda pra 4 pessoas e cada uma indicava um lugar pra pegar rsrs. Um senhor me ajudou e esperou a van certa e deu sinal pra mim. Achei uma agência boa e barata Culture travel. Contratei o tour de 2 dias pro canion del colca por 120 e um city tour por 25.. bem besta. Almocei e fui andar pela cidade, bem grande por sinal. Lembra ate o centro de sp, achei ate uma rua Tipo sta efigenia com eletrónicos e coisas do tipo. Umas 17h fui no Mercado e hostel para o dia seguinte iniciar a trilha. Dia 20 As 2 da manha acordei para estar as 3h na plaza de armas e esperar a van. Só chegaram as 3:50. Ok. Mais 3hrs de van até o inicio do canion. Antes paramos num mirante onde ficam diversos Condor's voando. Café da manha em chivay e iniciamos a trilha as 7h. Foram quase 4h descendo pelas trilhas do canion, que inicia com 4600m mais ou menos, Descemos uns 1000m. 13h almoço simples de llomo saltado num vilarejo na em baixo. Pequeno povoado na base do canion. Depois andamos mais 2h ate o nosso hostel, um oasis no meio do canion, muito verde, visão do caniob e ate pscina.. Muito bom. A noite jantar, cervejas e conversas com italianos, espanhois e franceses. Really nice. As 4:20 acordamos pra caminhar as 5h, a subida do canion é pesada.. Mas 9h estavamos la em cima. Café da manhã as 10h e paradas no miradores.. E aguais termais depois. A de sta tereza é melhor, mas essa tbm vale conhecer 15s. Almoço e volta pra arequipa. Chegamos as 6h da tarde. Beers e água no mercado e partir pro terminal. Um puta trânsito, cheguei as 20h no terminal. Comprei a passagem pra tacna por 20s empresa Moquega. Não tinha mais no piso de baixo que sao mais confortáveis, então foi encima mesmo e no ultimo lugar 48. Saindo as 22:30 de arequipa. Dia 21 NUNCA compre os ultimos lugares de um obibus de 2 andares. Como nao tem banheiro em cima, é uma fileira de 5 bancos, e como eu sou sortudo foram 4 homens adultos de ombros largos.. Imagina a briga. Foi terrivel. Ninguém dormiu direito, alguém se mexia os outros acordavam. Mas cheguei bem em tacna, acho q as 6h. Fui no banheiro e fui atrás do onibus pra Arica, já no chile, cruzei a fronteira sem problemas. Saida do peru ok. Entrada no chile ok. Nem revistaram a mochila (tava com medo das balas de coca kkkk). Tudo ok. As 9:30 esta em Arica, já no caminho vc passa pelo deserto. Muito loko. Sai do terminal fui pro outro terminal ver o preço das passagens pra Calama. Como sou sortudo, denovo, o ônibus pra calama acabará de sair. O proximo so as 22h da noite por 10000p. Ou tinha opçao de pegar outros 2 onibus, arica x iquiqui x calama.. Mas sairia por 20000 e tbm só chegaria em calama na manhã seguinte. Resolvi esperar o das 22h que é cama (165°) e mais barato. Sai pra comprar coisas pra comer e trocar dinheiro no centro, o cambio no terminal tava muito ruim 1 real x 140 pesos. No centro, calçadão 21 de julho, Achei 1 real p/ 186 pesos. Agora são 13:30, so falta umas 9 horas pro meu bus kkkk... Foi dificil ler o livro, muito sono, começa a ler começar a pescar.. Andei bem pelas ruas ao redor do terminal, me perdi, achei cervejas baratas 450pesos.. Voltei pro terminal e "tomei banho" de lenço. Mas ainda sao 20:10. Onibus saiu as 22h em ponto. Dia 22 As 2 da manha paramos numa aduana, baixa tudo as malas e passa pela esteira, raio x... Fiquei com medo pq tinha queijo e presunto na bolsa de mão.. Mas passou de boa. Dormi pakas nesse onibus, bancos-cama de couro muito confortáveis. Chegamos em calama as 6 da manha, e por minha sorte denovo, aos domingos não se vende passagem pra san pedro naquele terminal! Mas ai por sorte mesmo, as 7:20 o ônibus da turbus passou no terminal anunciando vagas pra san pedro. As 9 estama em san pedro. Ao sair do ônibus encontrei 3 casais brasileiros. 2 com reserva de hotel e passeios.. e claro, pagaram muito mais caro. Eu e o outro casal achamos um hostel por 8000p na rua toconao, Matty, bom preço. Os passeios fechamos vale de la luna, geiser del tatio, tour astronomico, laguna escondida e piedras rojas por 70000p.. Mais uns 18000 das entradas. As 3h da tarde já fui pro vale de la luna. Um bom guia explicou tudo, passamos em cavernas de sal.. Bem legal. O plano era ir de bike, sao 5km de san pedro, mas ao entrar no parque são dezenas de km pra pedalar, com bastante subida. Como paguei uns 30 reais, acho q valeu a pena. Tava bem cansado pra pedalar... Vimos o por do sol e volta pra san pedro. Fiquei de conversa com um americano muito gente boa, que esta viajando a 1 ano pela america do Sul, como sempre, eu perguntei como se mantem e me explicou numa boa (tem uma propriedade la, entao mensalmente tem um $$ e sempre faz uma reserva de 35 dolares por dia pra 1 ano e viaja).. ate as 23:30 ele com vinho e eu na cerveja.. O problema é que tinha q acordar as 4 pra ir pro geiser del Tatio. Dia 23 As 4:40 chegou a van pra ir pro Geiser, já estava frio na rua.. Mas eu não imaginava pelo que viria de frio.. Chegamos umas 5:20 no parque, pagamos 7000m e entramos. Segundo o guarda do parque estava fazendo -13 e sensação termica de -25. Tava muito frio! Mas foi bom chegar cedo q vimos o nascer do sol e tinha pouquissimas pessoas. O guia Mario da agencia Tani Tani é muito bom, explicou com se formaram os geiser, e tudo mais.. Umas 11h saimos de la e fomos fazendo paradas em mirantes, vulcões, montanhas e os cactos gigantes. O guia contou uma longa história dos ancestrais e a relaçao com riqueza, tesouro no lago titicaca e a lenda da origem das folhas de coca. A tarde fui pra Laguna escondida com outro guia mas a mesma agência. Muito loko, água bem gelada mas experiência de não afundar é muito boa. A água tem 400g de sal por 1 litro d'água, é muuito sal. Depois que sai da água e começa a se secar, vai ficando todo branco pelo sal. Ainda bem q tem una ducha na entrada da laguna, mas vc tem q andar uns 30min ate ela.. Entao leve uma garrafa de 2l d'água. Ahh e o chuveiro tbm é bem gelada ou mais que as lagunas kkkk. Depois das lagunas o guia/carro parou no mirante do vale de la luna e comemos e bebemos Varios coisas.. Muito pisco inclusive. Foi show! Dia 24 Dia de ir pra piedras rojas, as 7:30 a van tava no hostel. Fomos num micro ônibus com umas 16 pessoas, mais espaçoso que uma van. O micro vai parando em varias montanhas, lagunas e vulcões pra tirar fotos. É bem longe, mais de 3hrs de onibus e nada de chegar. 12h chegamos numa grande laguna congelada, da pra andar por muitos metros sob o gelo e fazer fotos em perpectiva. Bem legal. Almoço e depois laguna chaxar ver os flamingos, tinham poucos deles mas foi legal. Umas 17h partimos pra o povoado de toconao. Era feriado no Chile entao quase tudo fechado no povoado. Umas 19h estavamos em San pedro. As 21h era hora de ir pro tour astronomico. Muito interessante, não é uma visita a nenhum grande observatório, no meu caso fomos na casa de 2 professores de astronomia com 5 grandes telescopios no quintal. Uma casa grande a uns 3km de san pedro, lugar muito escuro então perfeito pra ver as estrelas. Aprendemos de forma básica a "navegaçao" pelas estrelas, vimos algunas planetas como saturno e seus aneis, estrelas de diferentes cores depois fomos ver um pequeno documentário sobre os grandes observatórios do chile. Foi 14m, acho q valeu. E aprendi definitivamente a tirar fotos das estrelas Dia 25 Meu ultimo dia em San pedro, e o único dia que consegui dormir ate depois das 7h da manha :). Ontem já havia comprado minha passagem pro Uyuni, mas o bus só vai sair as 3h da manhã. Então tive o dia livre em san pedro. As 11h fiz check out no hostel, guardei a mochila e fui andar pela cidade. Almocei, uma cerveja e fui alugar uma bike pra ir no vale de la muerte/marte... Foi foda! O vale é próximo de san pedro menos de 5km. O problema foi o vento e a areia fina do vale.. Tem longos trechos q nao da pra pedalar, a roda afunda a ponto de parar a bike. Nem ficar em cima da bike, a areia é muito fina e solta afunda o pneu todo da bike. Depois da entrada, em 5km vc chega nas dunas pra fazer sandboard.. Tinham poucos fazendo. Eu olhei um pouco e segui em frente, mais areia fofa pela frente impossível ficar em cima da bike.. Segui empurrando. Mais uns 3km e tem uma cancela e "acaba" o vale de la muerte. Mas da pra passar pela lateral da cancela, e começa uma descida sem fim.. Paralela a rodovia.. Que inclusive se vc quiser pode entrar pela rodovia no vale, resolvi não descer tudo pq nao se via o fim. Voltei. As 18h devolvi a bike e tomei o ultimo banho no hostel, de cortesia pois já tinha feito check out.. Hostel matty, calle toconao ;). Rodei pelas ruas, comprei besteiras pra comer e umas 22h fui pro terminal esperar o bus das 03h da manha Dia 26 12h fechou o terminal e pensei q seria expulso.. Expliquei a situação pro segurança e ele me deixou ficar. Só tinha eu esperando o bus das 3h. Tentei dormir um pouco nos bancos do terminal, e acho q dormi uns 40min mas acordei uma puta dor nas costelas (veja foto dos bancos kkk). Como tinha 2 cervejas "doradas", amendoim, nozes e o kindle... O tempo passou de boas.. As 3 saimos. Umas 5h da manha entrou uns 20 bolivianos a maioria bebados, gritando, cantando e abrindo cervejas. Eram de uma orquestra... Um cara muito bêbado sentou do meu lado, praticamente desmaiado. Viagem longa, onibus ruim, dificil dormir e muitos bêbados. Imigraçao do chile, o policial reclamou da minha identidade dobrada.. Mas passei de boas. Pra entar na Bolívia foi de boas, o cara até falava portugues. As 11h paramos num restaurante beira de estrada, pratos de macarrão a 8bs. As 14h cheguei em Uyuni, ja fui atacado por agências de tours. Fui até a agência de uma moça, o primeiro preço para o tour de 2d1n no Uyuny foi 500bs.. No final consegui fechar por 360 com hotel para a primeira noite incluso. O tour saiu por 310bs :). a tarde fui deixar umas roupas e meias pra lavar, 15bs o kg. A noite sai pra pegar as roupas, comer e comprar coisas pro salar. Dia 27 O tour pro salar sai as 10:30, muito bom dormir um pouco a mais kkk.. Geralmente os tours saem na madrugada. Atrasou e saiu as 11h. O cemiterio dos trens da pra ir andando, foi 5min de carro. As 13h estávamos no almoço. Depois fomos pro salar propriamente ver monumento dakar, o antigo hotel e agora Museu/Restaurante de sal e do lado ficam as bandeiras do mundo. Umas 4 da tarde chegamos no hotel de sal onde iamos passar a noite. Fica na base do vulcão tunupa, a 3670m. Muito frio a noite. Jantamos, tirei umas boas fotos do céu noturno do salar e umas 9h fui dormir. Dia 28 Acordamos as 7, ca0fe no hotel as 7:30 e umas 8:30 partimos pra subir o vulcão. O hotel está a 3670m, o "quase cume" a 4900. Na verdade os guias dizem que não pp2de subir só, pois é muito inclinado e perigoso, então recomendam subir até o segundo mirador. Besteira, eu 2 franceses e uma garota de taiwan resolvemos subir, mesmo sabendo que não tinhamos tempo.. Pq as 14h seria o almoço no hotel e resolvemos subir as 11h do 2o mirante ate o cume. Foram mais 1:40 até a "quase cume" de 4900m. Ja eram 12:40, tiramos algumas fotos e descemos o mais rápido que podíamos. Chegamos no hotel 14:40. Um bom tempo, mas super atrasados pro almoço, na verdade todos já tinham comido. Almoçamos e os franceses tinham que ir para o tour de 4 dias e partiram num carro. Eu como sempre com sorte, meu carro de 2d1n estava atrasado pois saiu tarde de Uyuni, as 15:40 ainda estava no hotel sozinho esperando..kkkk chegou as 16:10. Fomos pra isla dos cactos gigantes, que crescem. 1cm por ano.. E tem cactos de até 25m na ilha (2500 anos). Depois saimos e no caminho paramos pra ver o por do sol no meio do salar, o novo motorista era muito bom nas fotos. E tinha uma senhora boliviana com as 2 filhas no carro muito animadas. Chegamos umas 7:30 na cidade e fui com a senhora e as filhas jantar. O ônibus saia só as 22h pra sucre. Dia 29 Escolhi a poltrona 1 do ônibus de 2 andares, péssima ideia. Antes do anibus sair já marcava 03 graus, e a primeira poltrona tem vidro na frente e do lado, só com umas cortinas bem finas. Muito frio, dormi e as 00:00 acordei com dor de garganta. Fui no banheiro e vi que a parte de baixo (camas) só tinha 2 pessoas. Mudei pra lá na hora kkkk.. Dormi melhor, mas ainda meio frio. As 2h da manhã o motorista para e abre a porta, entram 2 bêbados com um radio a mão cantando e berrando, e sentam do meu lado.. É muita sorte..kkk. Mudei de lugar. Cheguei em sucre as 5h. Achei 3 gringos falando com um cara no terminal, e já tinham quase fechado um hostel de 35bs. Achei bom pra continuar dormindo, pegamos o taxi e fomos. Acordei as 10h e fui pro terminal comprar passagem pra Sta cruz, apesar das recomendações das pessoas que falei sobre a estrada ser perigosa pra sta cruz e tal... Paguei 60bs no bus saindo as 17h. Estou nele, e é bem ruim, os bancos pura poeira, sem encosto pras pernas e sem cintos.. Mas blz Dia 30 Bus chegou as 5h da manhã no terminal bimodal, 10hrs de viagem com muita poeira e barulho do motor, mas cheguei de boas. Achei um hotel na rua de trás do terminal por 40bs... Parece uma cela, só tem a cama e uma escrivaninha com ventilador kkkk mas deu pra dormir bem. Almocei e a tarde fui pra plaza principal.. Como de costume nada de mais, muitos pombos e algumas pessoas. O cambio estava bom 2.08 pra 1 real. Comprei umas cervejas diferentes e fiquei um tempo na plaza principal.. Uma delas, maltita, era sem álcool 😒. Umas 18h peguei um taxi e voltei pro hotel que era perto do terminal bimodal, mas antes de chegar no hotel comprei uma água e uns cuñape.. Ai veio o pior momento da viagem. Chegando perto do hotel, quase na porta mesmo, na rua atras do termianl, aparecem 3 policiais da interpol pedindo meus documentos, carteira de vacinação, documento de imigraçao. E a droga é que meu RG ficou na recepçao do hotel qdo eu cheguei e não peguei ele depois.. Mas como estava quase na porta fui lá com os policias, peguei e dei todos os documentos que pediram. Estava tudo certo, mas não para os corruptos policiais bolivianos. Falaram que eu parecia suspeito andando pela rua?! Que estavam me vendo pelas cameras..?! Então perguntaram em qual quarto eu tava e foram revistar minhas coisas, e diversas perguntas sobre tudo possível. Olharam tudo, reviraram a mochila e nada de ilegal. Mesmo assim falaram que teria que acompanhar eles até a "Oficina" pq no momento que me abordaram eu estava sem documento. !!! Dos 3 policiais um era o "Capitão" assim como foi apresentado pra mim, tentar falar direto com o capitão que eu estava com tudo certo e que não tinha nada a fazer na Oficina, mas nao deu bola e disse que o policial que estava conduzindo.. Ok. Fui na oficina, que é uma pequena sala da interpol dentro do terminal. Lá o policial alegou que na Bolívia é totalmente proibido andar sem documentos e que teria que relatar para imigração e na manha seguinte me levar até lá. Ahh tbm alegou que eu estava com indícios de embriaguez (pq qdo me abordaram estava com 2 latas de cerveja que comprei no mercado).. Resumindo, na manha seguinte eu tinha o voo pra SP pra voltar.. Entao ele disse que "não queria me prejudicar" e perguntou umas 3x o que eu poderia fazer pra ele me ajudar.. Eu com medo de falar em dinheiro, e piorar.. Fiquei perguntando o que eu poderia fazer pra ele me ajudar.. Olha isso! Entao eu falei "eu tenho algum dinheiro" ai as coisas mudaram totalmente. Ele falou que a multa na imigraçao seria algo bem alto, em torno de 500bs, e que ali eu poderia "sair no lucro". Falei que tinha 180bs ele balançou a cabeça negativamente.. E disse "assim não dá.. Estamos precisando arrumar a Oficina, temos que cambiar esse vidro, faltam cadeiras... Nos de 100bs e 100 reias e podemos te liberar. Devolvemos seus documebtos e você volta pro hotel tranquilamente." Nessa hora o Capitão não estava só 2 policiais e bem tranquilos me estorquindo... Com medo, dei os 100 reais e 100bs e fui embora Dia 31 As 2h da manha acordei e fui atras de um taxi pra chegar no aeroporto de sta cruz. 70bs o taxi. Cheguei la as 2:40 e ja tinha fila grande no guiche da latam. Meu vôo era só as 5:10 então estava tranquilo. Lembrei que ti ha pegado um pedaço geande de sal do salar Uyuny e resolvi jogar fora pq sabia da revista da mochila. Ainda bem que foz isso, estava na bolsa da camera fotógrafica, foi a primeira coisa que olharam.. Rsrs. Passei pela migração da bolivia para sair dp país, e dessa vez sem propina. Mochilas ok. As 5 esrava no aviao. Cheguei em Lima as 7h. As 9:05 saiu o outro voo pra sp. O piloto deve ter feito uma outra rota.. Kkkk.. Pq demorou mais de 4h de Lima a SP.. Nao lembro desse tempo todo na ida. Mas ok. Cheguei em sp as 16h hora local. * Possiveis erros ortograficos, pois fiz no bloco de notas do celular durante a viagem (e nao revisei )
  4. Gastos Gerais: Comidas, bebidas/beers, Taxi e passagem menor de 10 não marquei... * O que tiver um valor + outro, é referente ao tour pago na agencia + entrada no local Quanto levei de dinheiro: 2800 reais 444 dolares (~R$1500 reais) Total: R$ 4300,00 Saque no Peru: U$400 (~R$1458 com taxas) Total: 5800,00 E voltei com uns 400 reais =) Taxi aeroporto x terminal s cruz: 60bs Passagem Sta Cruz x la paz: 200bs Tour tiuanaku + vale luna: 190bs Tour Chalkataya + vale: 115bs Tour Downhill: 300bs Hostel la paz: 90bs Passagem La paz x copa: 30bs Tour Isla del sol e luna: 30bs Hostel copa: 70bs Passagem copa x cuzco: 120bs Tour vale sagrado: 80+70sol (ingres) Tour. 7 Colores: 60sol Tour. Salkantay: 170 dollar Hostel cuzco: 46 sol (3 noites) Hostel cuzco: 46 sol (2noit, pós salk) Lavagem roupa cuzco: 2,5s kg Passsgem cuzco x Arequipa: 40 sol Hostel arequipa: 20s Tour canion del coca: 138+40s (2d1n) Passagem are x tacna: 20s Passagem tacna x arica: 12s Passagem arica x calama: 10000p Passagem calama x san pedro: 3000p Hostel san pedro: 3x8000m Tour vale de la luna: 6m+3m Tour Geiser del tatio: 15m+7m Tour piedra rojas: 25m+3m Tour laguna escondida: 12m+5m Tour astronomico: 14m Passagem S. pedro x Uyuni: 15m Tour Salar Uyuni 2d1n: 310+30bs Hostel Uyuni: 50bs Passagem Uyuni x Sucre: 70bs Lavagem roupa Uyuni: 15bs kg Hostel Sucre: 35bs Passagem Sucre x Sta cruz: 60bs Hostel Sta cruz: 40bs Taxi Sta Cruz x aeroporto: 70bs Propina 1: Saida bolivia 1: 50bs (faltava o numero do meu documento no papel de saida) Propina 2: não estar c RG: 100r+100bs (estar sem documento na rua, em frente ao hotel) Propina total: R$ 175,00
  5. Galera, A viagem foi demais!! Vou começar logo pelas dicas, pois foram os perrengues que passei e você pode evitar =) Dicas gerais - Leve pouca roupa.. Para 3 ou 4 dias no max. Vc pode lavar por la (é barato e em 2h estão secas), e/ou vc vai comprar/ganhar roupas. - nao reserve tours, nem hostel, pela internet. Fisicamente é sempre mais barato - sempre pesquise os tours em mais de 3 agencias, e leve o preço da ultima na próxima. - veja os horarios dos onibus de longa viagem antes de ir pro terminal - sempre guarde tudo que lhe for entregue na entrada e saida do pais - pesquise a taxa de cambio em mais de 3 casas de cambio (bs 2,04, peso chileno 186, soles 0.94, foram as melhores que achei) - tente calcular tudo q vai gastar e faça o cambio 1x só. É dificil mas se conseguir consegue econonizar - Na mochilinha q vai levar dentro do bus: travesseiro de viagem, algodao (p/ nariz para poeira. Bolivia principalmente), fone/protetor auricular, touca, luva e blusa extra - pegue ônibus a noite, vc economiza 1 noite de hostel e chega no começo do dia na cidade. (Pegue cama) - não leve frutas ou vegetais ao entrar no chile, multa de 200 dólares. - leve um ou mais livro ou kindle, vc pode esperar muitas hrs até a saída de um onibus. - se for pras lagunas salgadas, leve roupa de banho e uns 2L de água pra tirar o sal depois - Geiser de tatio, Chile. vá muuito bem agasalhado, peguei -13 e sensação térmica de -25 - fui com um mochila deuter de 42l, recomendo uma maior.. Mas tbm levei algumas roupas que não usei.. A aqui vai minha planilha de planejamento, que peguei aqui mesmo de uma viagem de 2012 se nao me engano, mas nao tenho mais o link. Topico da Alessandra, se nao me falha a memoria, muito obrigado! =) Mochilar_ROTEIRO_Bolivia_Peru_Chile_2017.xls
  6. Eae Vinny, Eu vou pra Bolivia, chile e Peru tbm, mas saio de SP dia 21/07 e volto 22/08.. Anexei meu roteiro aqui.. se as datas coincidirem, nos vemos por algum canto.. me add ai qualquer coisa vamos nos falando... 11 97084-2725
  7. Bom dia, Estou indo pra Bolivia em Julho (21), fazer bolivia, Peru e chile (em 30 dias) e ainda estou com duvidas sobre os pagamentos. Voce levou dinheiro em especie (Dolar ou real) e fez o cambio lá? E sobre cartão internacional, sabe me dizer se aceitam nas agencias de boa? ou Visa travel money?
  8. Tenho uma duvida em relação a botas de neve.. Mesmo com materias impermeaveis e respiraveis, como goretex e/ou novadry e outros.. voces acham que elas não sao recomendaveis para uso em trilhas/trekking ?? Pergunto pois achei algumas semi-novas (Quechua inuit, salomon) com preço muito bom, mas nao pretendo usar na neve, seria para trilhas mesmo. obrigado!
  9. Tenho uma duvida em relação a botas de neve.. Mesmo com materias impermeaveis e respiraveis, como goretex e/ou novadry e outros.. voces acham que elas não sao recomendaveis para uso em trilhas/trekking ?? Pergunto pois achei algumas semi-novas (Quechua inuit, salomon) com preço muito bom, mas nao pretendo usar na neve, seria para trilhas mesmo. obrigado!
  10. Ai a T&R subiu no conceito. Com atendimento assim, vale pagar um pouco mais.
  11. Aé, so vi agora..rs ta ai a planilha.. Ushuaia 2015 v1.zip
  12. Olá pcgaspar, Ja tem algum planejamento da data de saida, qtos dias de viagem, kms por dia.. Tenho interesse numa viagem dessa tbm, dependendo do mes, consigo tirar ferias do trabalho e me juntar nessa.
×
×
  • Criar Novo...