Ir para conteúdo

Fred Michel

Membros
  • Total de itens

    41
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Fred Michel

  • Data de Nascimento 23-06-1980

Outras informações

  1. Gastos na Jordânia A Jordânia saiu muito mais cara do que a gente esperava! Ficamos só por uma semana, o que também concentrou os gastos de atrações e transporte. Mesmo assim, achamos que seria barato, mas foi longe disso... Gastos médios em dólares por dia e por pessoa: Hospedagem: $17. Ficando em lugares bem simples e com banheiro compartilhado, mas qto privado. Não vimos mtas opções de dormitórios. Transporte: $8. Tem q procurar os ônibus e forçar pra pagar um preço parecidos com o q os locais pagam. É comum turista alugar um táxi pra viajar passando pelos pontos turísticos, m
  2. Cara, duas realidades bem diferentes: Os albergues na China são SENSACIONAIS!! Os melhores que vimos em toda viagem! O preço do qto privado é mto parecido com duas camas no dormitório, então, fomos quase sempre nessa opção. E são qtos de hotel, novos, bem decorados, ar condicionado, bons banheiros. Mto bom mesmo! A gente dava uma checada nos dormitórios e vimos q o padrão era um pco mais baixo, mas ainda assim blz. E a infra dos albergues tb é boa, com umas áreas comuns bacanas. No sul é baratasso e mais pro norte sobe o preço, principalmente Shanghai e Beijing. Aliás, em Beijing é que o p
  3. Ué, não tiramos não... Vou dar uma conferida lá, estranho... Valeu!! Abs
  4. JORDÂNIA, abril de 2011 Chegamos à Jordânia de ferry a partir de Nuweba, no Sinai. A viagem que deveria durar 5 horas atrasou em quase 3 horas a saída e ainda levamos mais quase 2 pra começar a desembarcar! Como eles dizem... “egyptian time”. A imigração na Jordânia foi bem confusa e tomou muito mais tempo do que o comum. O resultado é que não tinham mais ônibus pra Wadi Mousa, que é a base pra visitar Petra. Então, tivemos que pegar um táxi, o que é bem caro. Saiu por 40 euros depois de muita negociação (são umas duas horas de viagem). Então, uma boa dica é procurar outras pessoas pra div
  5. Valeu, marioluc! Consigo levantar uma média dos gastos nesses países. Já calculei aqui os primeiros dois destinos na África já comentados aí pra trás nesse relato: Marrocos e Egito. Hoje mesmo coloco Jordânia e calculo os gastos por lá tb. Vou fazer assim, na medida em que for subindo os relatos, levanto os números, blz?! Estamos dando um gás pra deixar mais em dia esse negócio!! Média aproximada de gastos POR DIA, POR PESSOA (em DÓLARES): MARROCOS (Total: $50 a $55 por pessoa por dia) - Dá pra apertar e gastar menos, mas não é um lugar super barato não! - Hospedagem: $20. Fica
  6. Relax na Península do Sinai De Luxor, partimos pra uma viagem de 20 horas de ônibus até Dahab, reduto de mochileiros na península do Sinai. A viagem é bem cansativa e fazer esse trecho voando pode ser uma boa ideia, mas sairia muito mais caro. Dahab é DEMAIS!!! Super relaxante com muitas boas opções de hotéis, albergues e restaurantes com ótimos preços. A água transparente e os vivíssimos corais do Mar Vermelho fazem com que Dahab seja um excelente ponto de mergulho. Os cursos também são bem mais baratos que no Brasil (fizemos o Advanced Open Water lá). Mergulhamos no naufrágio This
  7. Oasis de Bahariya, Deserto Branco e Deserto Negro Partimos pro Oásis de Bahariya para conhecer os incríveis Desertos Branco e Negro. A viagem de ônibus dura cerca de 5 horas a partir do Cairo, passando pelo cenário bem monótono do Saara. O oásis propriamente dito é ok, nada de muito especial. Tem mta água brotando do chão e o resultado é um palmeiral improvável no meio daquela sequidão. Demos um rolê por lá de tuc-tuc. No nosso hotel mesmo acertamos um giro de dois dias pelos desertos. Aí a coisa é SENSACIONAL!! O visual do Deserto Negro: E do Deserto Branco, surreal!
  8. Ficamos um longo tempo sem postar nossos relatos aqui no Mochileiros. Vida de mochilão pode ser dura, vcs sabem. Tendo sempre que correr atrás de um monte de coisas, acabamos deixando o relato aqui ficar bem atrasado. Vamos tentar tirar o atraso, dando pelo menos uma ideia geral de onde passamos e algumas dicas que possam ser úteis. No nosso blog, tá tudo mais detalhado, mas não conseguimos manter os dois lugares no mesmo pé. EGITO, março e abril de 2011 Passamos exatamente um mês no Egito e fomos pra tudo quanto é canto. Cairo, oásis, as cidades na margem do Nilo, um cruzeiro pel
  9. Valeu edtrindade e Elter!!! Realmente, fiquei mto tempo sem atualizar o post. Mas, agora vai. Vou aos poucos, mas vou subindo aqui os últimos meses. Estamos agora na Índia, mas desde Madrid já passamos por Egito, Jordânia, Israel, Grécia, Itália, Holanda, Inglaterra, África do Sul, Namíbia, Botswana, Zimbábue, China, Tibet e Nepal!! Então, mta história pra contar...! eheheeh Valeu pela força, abraços!!
  10. Guerra, não sei se vc viu, mas colocamos algumas fotos q vc tirou no nosso mergulho no Sinai no nosso blog. Elas têm sido mto elogiadas! ehehehe Abs!
  11. De fato, entramos por Aqaba com o visto vencido e não pagamos nada. Saímos hoje da Jordânia e na saída sim há uma taxa de 8JD (mais ou menos 8 euros) pra qq estrangeiro deixando o país.
  12. MADRI, março 2011 Nós imaginamos que passar uns dias em Madri sairia muito caro. Os primeiros albergues que pesquisamos custavam pelo menos 16 euros por pessoa, a comida é cara e lembramos dos preços das atrações em Barcelona, que é altíssimo! Ficamos até na dúvida sobre realmente ficar lá. Até porque a princípio a gente não pararia na Espanha. Viajamos esses trechos entre Marrocos e Egito com a passagem da One World e Madri era só uma escala. Mas, começamos a ver umas alternativas e, no final, por incrível que pareça, foi uma das semanas mais em conta da viagem até agora. Ficamos no I
  13. Inacreditável, Guerra!!! Pensar que qdo sua viagem começou, a gente ainda estava em casa na expectativa pra nossa partida. Ficamos acompanhando os seus relatos e pensando: “daqui a pco é a gente q tá lá...!” Vc saiu pra um lado do mundo, nós fomos pro outro. E quem diria q a gente iria se encontrar mesmo no meio do caminho, sem combinar nem nada. No mesmo barco e ainda no mesmo grupo de mergulhadores. Sensacional!! Mto bom te conhecer, parceiro! O lance da foto, eu agradeço. Vou jogar na conta do anonimato, hahaha! Quem sabe não encontramos em Petra? Nós estamos aqui em Wadi Mousa e o
  14. Exatemente, heka: ponto pra descanso! Estamos numa vigem bem longa q chegou agora aos 2 meses. Viemos pra ficar uns 5 dias e já estamos há mais de 10. Saímos do Brasil com visto pra Jordânia e preferimos deixá-lo vencer a ir embora... Mas, agora té chegando a hora. Ainda tem mto mundo pela frente!
×
×
  • Criar Novo...